Você está na página 1de 4

Nome:

Número:

1) Considerando os conceitos desenvolvidos com relação à moeda:


a) Defina moeda e suas funções;
Moeda = instrumento ou objeto aceito pela coletividade para
intermediar as transações econômicas, para pagamento de bens e
serviços. Essa aceitação é garantida por lei, ou seja, a moeda tem
“curso forçado”.
As principais funções da moeda são:
Instrumento ou meio de troca => a moeda é o intermediário entre
mercadorias, ou seja, é o meio utilizado para efetuar trocas.
Denominador comum monetário ou unidade de medida =>
possibilita que sejam expressos em unidades monetárias todos os
bens e serviços produzidos na economia.
Reserva de valor => a moeda representa um direito que seu
possuidor tem sobre outras mercadorias. A moeda pode ser
acumulada para aquisição de um bem ou serviço no futuro (desde
que haja estabilidade de preços). Possui liquidez absoluta.

b) Diferencie moeda fiduciária de moeda lastreada.


Moeda
Quarta Lista fiduciária
de Exercícios - moeda sem lastro em metal ou valor intrínseco.
– Macroeconomia/2021 1
Ou seja: é uma moeda que só tem valor porque o governo, a
economia e as pessoas em geral atribuem valor a ela.
Moeda lastreada - tem por base a existência de reservas de metais
preciosos (principalmente ouro) pela autoridade monetária. Durante o
padrão-ouro a emissão de papel moeda era lastreada em ouro, ou
seja, o governo só poderia emitir moeda se tivesse o equivalente em
ouro.

2) Com relação aos meios de pagamento:


a) Conceitue meios de pagamento;
Meios de pagamento = moeda de liquidez imediata, que não
rendem juros. Meios de pagamento é igual à soma do papel moeda
em poder do público com os depósitos à vista nos bancos
comerciais.

b) Defina M1, M2, M3 e M4.


M1 = moeda de liquidez imediata, que não rendem juros (total dos
meios de pagamento)
M2 = Conceito M1 (+) depósitos de poupança (+) títulos privados
emitidos pelas instituições financeiras depositárias
M3 = Conceito M2 (+) cotas de fundos de investimento depositários
(+) operações compromissadas com títulos públicos e privados
M4 = Conceito M3 (+) títulos públicos emitidos pelo Governo Federal,
adquiridos em operações definitivas

c) Caracterize monetização e desmonetização. Qual a relação desses


conceitos coma taxa de inflação.
Monetização: ocorre quando as pessoas passam a reter mais
moeda que não rende juros.
Desmonetização: ocorre quando as pessoas reduzem a quantidade
de moeda que não rende juros sobre o total de ativos financeiros.

Num processo de inflação, as pessoas procuram se defender da


inflação, com aplicações financeiras que rendem juros, provocando
assim, a desmonetização da economia. Quando a inflação se reduz
as pessoas passam a reter mais moeda.

d) Dê dois exemplos de criação e dois exemplos de destruição de


meios de pagamento.
Criação de moeda:
Venda de títulos públicos e crédito do valor na conta corrente
(depósito à vista)
Transferência de recursos da poupança para a conta corrente.
Destruição
Quarta Lista de Exercíciosde moeda:
– Macroeconomia/2021 2
Pagamento de parcela de um empréstimo bancário
Compra de dólares para uma viagem ao exterior.

e) O pagamento de uma compra via PIX, utilizando recursos que


estão na conta corrente, representa criação ou destruição de meios
de pagamento.
Nem criação, nem destruição.

3) Sobre a oferta de moeda:


a) Quais as funções do Banco Central? Quais os instrumentos que ele
dispõe para operar a política monetária?
Funções do Banco Central: execução da política monetária; banco
emissor; banco dos bancos; banco do governo; controle e
regulamentação da oferta de moeda; execução da política cambial e
administração do câmbio e fiscalização das instituições financeiras.
Instrumentos de Política Monetária:
- monopólio de emissões;
- depósitos compulsórios;
- operações de mercado aberto;
- operações de redesconto e
- regulamentação da moeda e do crédito.

b) O que são reservas ou depósitos compulsórios? Qual o efeito de um


aumento da taxa de depósitos compulsórios sobre a oferta de
moeda?
Depósitos compulsórios ou reservas obrigatórias correspondem a um
percentual incidente sobre os depósitos captados pelos bancos
comerciais, que deve ser colocado à disposição do Banco Central.
O depósito compulsório é um instrumento de controle monetário que
atua sobre os meios de pagamento por meio do multiplicador
bancário.
Um aumento na taxa de depósitos compulsório reduz o volume de
recursos que o banco pode emprestar e, portanto, diminui a “criação”
de moeda pelos bancos comerciais.

c) Por que bancos de investimentos, financeiras e outros intermediários


financeiros não podem afetar a oferta de moeda e os bancos
comerciais têm essa prerrogativa?
Os bancos comerciais, diferentemente dos bancos de investimentos,
financeiras e outros intermediários financeiros recebem depósitos à
vista e podem aumentar os meios de
pagamento
Quarta Lista de Exercícios –(aMacroeconomia/2021
oferta de moeda) com a multiplicação dos 3
depósitos à vista, por meio de empréstimos.
As instituições financeiras não bancárias não recebem depósitos à
vista e fazem somente a intermediação entre os poupadores e os
tomadores de recursos e, portanto, não afetam a oferta de moeda.

d) O que vem a ser multiplicador monetário? De que parâmetro


depende?
Multiplicador monetário = mostra a capacidade dos bancos de
ampliar a base monetária por meio do crédito. É a relação entre o
acréscimo na oferta de moeda (ou nos depósitos) e o aumento nas
reservas bancárias (m = 1/r)
Depende da taxa de reserva dos bancos comerciais sobre os
depósitos à vista.

e) Quais razões levam a coletividade a demandar ou reter moeda?


Quais variáveis afetam essa decisão?
Demanda de moeda para transações – o público e empresas
precisam de dinheiro para suas transações do dia a dia (alimentação,
transporte, etc);
Demanda de moeda por precaução – é uma reserva monetária
para despesas imprevistas ou atrasos de pagamentos previstos;
Demanda de moeda por especulação (ou por portfólio) – dentre a

carteira de aplicações (portfólio), investidores retém moeda,


observando o comportamento da rentabilidade de vários títulos ou
ativos (oportunidade de algum novo negócio).
As variáveis que afetam essa decisão são a renda (transações,
precaução e especulação) e a taxa de juros (especulação).

4) O Copom fixou a taxa de juros Selic em 4,25% e a meta de inflação para


decidida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) é de 3,75% para
esse ano. Qual a taxa real de juros para o período?

( 1+i )=( 1+r ) (1+ π )


( 1+0,0425 )= (1+ r ) (1+ 0,0375)
(1 + r) = 1,0425/1,0375
r = 0,481

5) Você faz parte da equipe econômica do governo. Que medida de política


monetária você sugere para cada um desses objetivos:

a) Expansão do nível de atividade;


- reduzir
Quarta Lista taxa–de
de Exercícios juros básica (Selic);
Macroeconomia/2021 4
- aumentar as emissões de moeda, na medida das necessidades dos
agentes econômicos;
- diminuir a taxa de depósitos compulsórios dos bancos comerciais;
-recomprar títulos públicos no mercado;
- diminuir a regulamentação no mercado de crédito.
b) Política anti-inflacionária.
- aumentar taxa de juros básica (Selic);
- reduzir as emissões de moeda, na medida das necessidades dos
agentes econômicos;
- aumentar a taxa de depósitos compulsórios dos bancos comerciais;
- vender títulos públicos no mercado;
- aumentar a regulamentação no mercado de crédito.

Você também pode gostar