Você está na página 1de 2

Escola Estadual de Ensino Fundamental Professora Zilda Morrone

Componente Curricular: Educação Física - Professor: Luís Gustavo

Dia 11 de agosto – Dia do Estudante

A data celebra um direito básico dos cidadãos e a fase da vida onde nos dedicamos à
busca do conhecimento, através do estudo constante sobre os temas que nos rodeiam.

Uma boa educação e um bom ensino escolar ajudam a formar uma sociedade sólida e
com senso crítico apurado para solucionar crises, além de formar profissionais qualificados.
Falando em crise, estamos há alguns meses realizando nossas atividades de uma forma não
convencional. Vamos comemorar a data aprendendo a confeccionar um destes jogos caseiros
adaptados com materiais alternativos? Escolha o que você achar mais legal e bora jogar com
alguém da sua casa... Mande fotos ou faça um vídeo jogando! Movimentar-se é preciso!!!

Opção de Jogo 1: Pega Bolinha


Materiais: 2 Garrafas pets de 2 litros; 1 Bolinha tirada do vidro de desodorante; Tesoura; Durex
colorida ou canetinha para enfeitar.
Modo de Fazer: Corte as 2 garrafas pets na altura do gargalho. Decore como quiser com durex
colorido, canetinha ou de outra maneira que como preferir.
Como Jogar: Dois jogadores, cada uma fica com uma garrafa. Eles têm que jogar a bolinha um
para o outro, pegando dentro da garrafa sem deixar cair no chão.

Opção de Jogo 2: Tênis de Mesa

Materiais: 1 Folha de ofício; 1 Caixa de papelão


grande; 1 Bolinha tirada do vidro de desodorante;
Lápis; Tesoura; Cola tenaz; Durex ou canetinha
para colorir.
Modo de Fazer: Faça um molde da raquete à mão
livre na folha de ofício, e posteriormente use-o
para marcar o papelão. Recorte. Se achar que
ficou molengo, faça duplo, colando duas peças de
papelão com cola tenaz. Adapte a rede com o que
você tiver em casa no meio da mesa da sua
cozinha, dividindo-a em duas partes (pode ser
com pedaços do papelão que sobrou das raquetes).

Como Jogar: Dois jogadores, um em cada extremidade da mesa. A bolinha é arremessada de


um jogador para o outro, sendo que se deve sempre deixá-la tocar na mesa e depois jogá-la com
a raquete de volta para o adversário.

Você também pode gostar