Você está na página 1de 5

Experimento 3

Química Analítica
Nício Murilo da Silva
Profª Adriana Ferreira Faria
23 de Janeiro de 2021

1 Objetivos
Esse experimento visa aferir, através de titulação, a porcentagem de acidez do
vinagre da marca Castelo (% m/v) e comparar com os valores exigidos por
legislação: (4% a 8%) m/v.

2 Volumes das Pipetas


2.1 Primeira pipeta

Para determinar-se o volume das pipetas, primeiro determina-se a relação entre


as concentrações de titulante e titulado. Considera-se a seguinte equação:

CH3 COOH(aq) + NaOHaq −
)−
−* +
− CH3 COO Na (aq) + H2 O(l) (1)

Sabe-se que o HAc possui título 6% m/v e massa molar de 60g/mol, encontra-se
a concentração, então, por:
6g
[HAc] = 100mL
60g (2)
1mol
mol mol
[HAc] = 0, 001 =1 (3)
mL L
Agora, comparando-se as duas concentrações, tem-se:

[HAc] × δ = [N aOH] (4)


1M × δ = 0, 1M (5)
1
δ= (6)
10
Portanto, a concentração de ácido acético é dez vezes maior que a concentração
de hidróxido de sódio. Se, por conveniência, igualarem-as concentrações do
ácido e da base, necessitaria-se diluir 10 mL de ácido acético em 90 mL de água,
atingindo-se o fator de diluição de um para dez e completando-se o volume do
balão, que é de 100 mL. Logo, usa-se uma pipeta de 10 mL.

1
2.2 Segunda pipeta

A solução padronizada de NaOH no último experimento é utilizada nessa titu-


lação, ela possui concentração 0, 1 mol
L . Considerando-se que sejam gastos 5mL
da solução padronizada, metade do volume total da bureta, tem-se o número de
mols gastos:

nN aOH = [N aOH] × 5mL (7)


mol
= 0, 1 × 5mL (8)
L
nN aOH = 5 · 10−4 M ols (9)

Como a proporção estequiométrica da reação (1) é de uma parte de HAc para


uma parte de N aOH , espera-se que no erlenmeyer tenha-se a mesma quantidade
de mols do que aquela gasta para a titulação, ignorando-se os erros, que serão
levados em conta posteriormente.

nHAc = nN aOH (10)

Como assumido anteriormente, a concentração da solução de ácido diluído é de


0,1 M. Então, o volume da solução esperado no erlenmeyer é:
nHAc
v= (11)
[HAc]
5 · 10−4 mols
= (12)
0, 1 mol
L
v = 5mL (13)

Vê-se que, caso sejam gastos 5 mL de base na titulação, seria recomendada uma
pipeta de 5mL para pipetar o ácido, entretanto, caso haja desvios na quantidade
titulada para cima ou baixo, igual o ocorrido na bureta, deveria-se permitir esse
erro também na pipeta, logo recomenda-se, também 10 mL de volume.

3 Tratamento de Dados
3.1 Dados experimentais

Conforme videoaula, o volume de N aOH gasto para cada titulação é:

Tabela 1: Volumes de N aOH em mL gastos nas titulações.


Titulação Volume(mL)
1 8,55
2 8,50
3 8,55

O primeiro passo na determinação da concentração do vinagre, é encontrar


o número de mols de HAc que estavam originalmente dentro do erlenmeyer;
considerando-se a reação 1, espera-se que o mesmo número de mols de NaOH

2
que saíram da bureta correspondam ao número de mols do ácido no erlenmeyer.
Pode-se encontrar o número de mols de NaOH por:

nHAc = nN aOH (14)


= [N aOH] × vN aOH (15)

mol
nHAc = 0, 1 × vN aOH (16)
L
Será utilizada a linguagem de programação Python para os cálculos. Segue
abaixo o código para determinação dessa quantidade:
import numpy as np

def n_erl(vol):
resul = 0.1 * (vol * 1E-3) #Transformando pra Litro
return resul

#Volumes da titulacao
vols_NaOH = np.array([8.55, 8.50, 8.55]) #mL

vols_erl = n_erl(vols_NaOH)
Usando o código acima, teremos os valores: Agora, caso a pipeta usada para

Tabela 2: Volumes de NaOH usados na titulação e números de mols de HAc no


erlenmeyer.
HAc
Titulação VN aOH (mL) nerl (mols)
1 8.55 8.550e-04
2 8.50 8.500e-04
3 8.55 8.550e-04

passar o ácido do béquer para o erlenmeyer seja de 10 mL, o balão volumétrico


terá dez vezes o número de mols contidos no erlenmeyer. Retirou-se 10mL da

Tabela 3: Volumes de NaOH usados na titulação, números de mols de HAc no


erlenmeyer e no balão volumétrico.
HAc
Titulação VN aOH (mL) nerl (mols) nbal (mols)
1 8.55 8.550e-04 8.550e-03
2 8.50 8.500e-04 8.500e-03
3 8.55 8.550e-04 8.550e-03

amostra para inseri-los no balão e diluí-los, neste processo, o número de mols


se manteve constante, mudando apenas a concentração. Com isso, sabe-se o
número de mols de ácido acético que estavam em 10mL da solução original
de vinagre, através da massa molar do HAc, 60g por mol, chega-se então na
massa de ácido em 10mL de vinagre, portanto, fazendo a porcentagem, têm se

3
o título de massa em volume. Não é possível saber exatamente o número de
mols presente em toda a amostra, haja vista que não sabe-se o volume íntegro
de amostra retirado do frasco de vinagre. Segue o raciocínio para um número
de mols demonstrativo n:
g
n × 60 = m10mL (17)
mol
m10mL
τ= (18)
10

def titulo(n):
m_dez = 60*n
tau = (m_dez/10)*100
return tau
acidez = titulo(vols_erl*10)#volume no balao e 10 vezes o volume no erlen

Tabela 4: Volumes de NaOH usados na titulação, números de mols de HAc no


erlenmeyer, no balão volumétrico e acidez do vinagre.
HAc
Titulação VN aOH (mL) nerl (mols) nbal (mols) %m/vHAc
1 8.55 8.550e-04 8.550e-03 5.13
2 8.50 8.500e-04 8.500e-03 5.1
3 8.55 8.550e-04 8.550e-03 5.13

4 Cálculos Estatísticos
Segue abaixo o código para os cálculos estatísticos:

#Cálculos estatísticos:
Media = round(np.mean(acidez),3)
desv_pad = round(np.std(acidez,ddof=1),3) #ddof = 1 indica desvio amostral
t = 4.3 #2 graus de liberdade e 95% conf
termo = round(t*desv_pad/np.sqrt(3),3)
erro_rel = 100*(4.00 - acidez)/4.00
erro_r = 100*(4-Media)/4
cv = round(100*desv_pad/Media,3)

Tabela 5: Resultados estatísticos experimentais.


Variável Valor
τ̂ 5.12 %
s 0.017 %
IC (5.12 ± 0.04)
CV 0.332

4
Tabela 6: Erros experimentais relativos a 4%.
Acidez(%) Erro(%)
5.13 28 %
5.10 27 %
5.13 28 %

O erro relativo à média é de:

E(%) = 28% (19)

5 Discussão
Vê-se que, dado o baixo desvio padrão, o experimento obteve um valor médio
de acidez com alta precisão. O intervalo de conança mostra que a acidez real
do vinagre é 28% acima, em média, do valor declarado pelo fabricante, porém
toda a faixa do intervalo ca confortavelmente entre os limites legais de 4% a
8%.

Tabela 7: Uma Tabela Maluca


1 4 7 a
2 5 8 b
3 6 9 c
4  10 d

Você também pode gostar