Você está na página 1de 2

Somos todos diferentes!

Se o seu aluno for vítima de


bullying/ciberbullying?
• Realce que não se deve sentir culpado por ser
Somos todos únicos! Escola Sem
alvo deste tipo de comportamento; Queremos


Ajude-o a estar calmo, tranquilo e sereno;
Incentive-o a relatar o que se está a passar (o
que pode ser feito de modo anónimo); uma ESCOLA PARA TODOS,
Bullying
• Explique-lhe que denunciar a situação a um


adulto é um passo importante;
Ao ajudar a vítima a denunciar, diga-lhe que é
importante responder a 5 questões:
UMA…
Escola Sem
Violência
Quem é o agressor?
O que realmente aconteceu?
Desde quando?
Em que locais (físicos ou virtuais)?
Quem assistiu e pode testemunhar? Que
provas existem (fotos, vídeos, capturas de
ecrã, etc.)?

• Aconselhe-o a evitar estar sozinho ou em zonas


mais isoladas da escola;
• Contacte os pais/encarregados de educação
da vítima e procure averiguar se a família tem
conhecimento da situação.

Se o seu aluno for um possível


agressor?

• Ajude-o, de forma tranquila, a reconhecer que


tais ações são inadmissíveis na escola;
• Procure, com calma, compreender a origem
Visita-nos em…

desses comportamentos;
Contacte os pais/encarregados de educação Os docentes podem fazer
do aluno e procure averiguar se a família tem Website Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência


conhecimento da situação;
Tente recolher o máximo de informação e
http://www.sembullyingsemviolencia.edu.gov.pt/
a diferença no combate ao
encaminhe o caso para o órgão de gestão da
escola.
a ainda no Facebook e no Instagram
#EscolaSemBullyingEscolaSemViolencia bullying e ao ciberbullying!
O que é o bullying? Quem são os intervenientes? Como pode ajudar a prevenir
É um comportamento: uma situação de bullying/
• A vítima (quem sofre as agressões) ciberbullying?
 Adotado entre pares;
 Agressivo e intencional; • O agressor (quem agride) • Estando atento a comportamentos
agressivos entre alunos, na sala de
 Repetido; • O observador (quem assiste)
aula, nos intervalos, entrada/saída
 Envolvendo desigualdade e abuso das aulas, entre outros;
Os apoiantes do agressor, os
de poder.
indiferentes e os defensores da vítima • Confirmando, caso detete ou lhe
seja confiada alguma denúncia, que
se trata realmente de uma situação
A criança ou jovem pode estar
de bullying/ciberbullying;
a ser vítima de bullying ou
ciberbullying? • Tomando uma posição firme,
Tipos de bullying protegendo a vítima e resolvendo a
 Físico: roubar ou destruir objetos Sintomas a ter em atenção situação rapidamente;
pessoais, bater, empurrar, cercar, • Encaminhando rapidamente a
perseguir a vítima; situação para o órgão de gestão da
• Tristeza, apatia e isolamento;
 Verbal: difamar, provocar, ameaçar, sua escola.
insultar, gozar, colocar alcunhas • Diminuição da autoestima e
maldosas; autoconfiança;
 Sexual: assediar, abusar ou tocar de • Desmotivação e baixa de rendimento O que não se pode dizer a uma vítima
forma não consentida, indesejada e escolar;
inapropriada; – Se eles te batem, bate-lhes também!
• Perturbações alimentares (anorexia/ – Ignora esses ataques!
 Psicológico: coagir, intimidar,
bulimia) e do sono (insónias e –
discriminar, humilhar; Evita esses colegas!
pesadelos);
– Isso são coisas de criança…
 Ciberbullying: adotar os
comportamentos acima referidos • Ansiedade, depressão e – Tens de saber defender-te!
(à exceção dos físicos), através comportamentos autolesivos. – Precisas de ser forte!
das tecnologias da informação e – Estás a fazer um dramama do
ma do caso…
caso
ca
caso
s …
(No limite, em alguns casos, pode levar à
comunicação. ideação suicida ou mesmo suicídio)
– Isso é uma fase, isso passa!
pa
p ass
ssa!
a!!

Os comportamentos de bullying podem


encaixar-se simultaneamente em mais do
que um destes tipos.