Você está na página 1de 2

Fatores condicionante da Comunicação

1. Segundo o autor este «direto» à palavra na algum momento é preciso que o primeiro locutor satisfaça
crie condições satisfatórios de forma recíproca onde o autor mostra as condições favoráveis do seu
comportamento que reconhece a situação especifica criado pelo primeiro.
2. Na perspetivas de Charaudeau o reconhecimento do sujeito poético passa necessariamente das
capacidades cognitivos que este sujeito tem de consumir as sua ideias na interação com a instituição
ao ouvinte que lhe permite comunicar se de forma recíproca este reciprocidade de comunicação é que
identifica como sujeito falante.
3. O acto de comunicação segundo o autor, tal conceito fundamenta se na relação entre os dois (locutor
e receptor),que é necessário que seja criada as condições em que estes sujeito falante reconheçam este
direto de falar no seio da comunicação social onde estão inserido de forma recíproca construindo o
sentido.

4. a)Primeiro princípio: principio de interação que consiste entroca de informação entre dois
intervenientes onde um imite uma massagem e o outro recebe e toma conhecimento e descodifica, criando
reprocídade entre ambos.

b) Princípio de pertinência :este, exige dois factores ,primeiro interlocutor( ou o destinatário) que tenha
conhecimento de existência de interação do locutor motivação de comunicar.

Segundo o locutor e interlocutor tenham em comum as ideias ou dados para este devem ter valores e
normas que regulam os seus comportamentos socias.

c)Princípio de influência: este principio refere que todo o acto de comunicação tem a motivação do sujeito
falante que lhe obriga a pensar como falar com interlocutor e passa necessariamente a estabelecer
estratégicas de palavras e isso faz parte de um questionamento para o controle dos objetivos da
comunicação.

5. Contrato de comunicação é uma relação existente entre o emissor e receptor e que tem em conta as
condições em que estes encontram e reconheçam o direito recíproca de dialogar constituindo os seus
sentidos.

Bibliogafia

Patrick Charaudeau é professor emérito da Universidade de Paris-Nord (Paris XIII) e fundador do Centre
d’Analyse du Discours (CAD) dessa mesma universidade. Criador de uma teoria de análise do discurso,
denominada Semiolinguística, é autor de diversas obras: A Conquista da Opinião Pública, Discurso das
Mídias, Discurso e Desigualdade Social, Discurso Político, Dicionário de Análise do Discurso e Linguagem
e Discurso, todos publicados pela Contexto. Na França, é autor de vários livros, capítulos de livros e
revistas, todos dedicados aos estudos discursivos.

Patrick Charaudeau é um linguísta francês, especialista em Análise do Discurso. É fundor da Teoria


Semiolinguística de Análise do Discurso. Professor da Universidade Paris-Nord, pesquisa interações entre
indivíduos, seu contexto social e práticas mediáticas e políticas.
Nascimento: 1939 (idade 82 anos)
Formação: Universidade Paris-Sorbonne
Obras editadas: Dicionário de análise do discurso

Você também pode gostar