Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE SAVE

EXTENSÃO DE MASSINGA

FACULDADE DE CIÊNCIAS NATURAIS E EXACTAS

LICENCIATURA EM FÍSICA

CADEIRA: Antropologia Cultural de Moçambique


DISCENTE: José Virgínia Herculano DOCENTE: Prof. Dr. Carlitos Luís Sitoie

1. Diferencie a Etnologia da Etnografia e da Antropologia, apresentando exemplos concretos.

R: Etnografia: é simples descrição e narração da cultura. Observação e descrição, trabalho de


campo. A etnologia em contraste é o nível da procura de razões e comparações de costumes e
culturas. Não se relega à mera descrição dos factos, Classifica povos, de acordo com as suas
características culturais, e explica a distribuição de traços culturais. Em quanto Antropologia faz
uma interpretação global e holística (a totalidade da experiência humana: biologia, cultura,
história, economia...) dos fenómenos culturais.

Exemplos

Etnologia: os matsuas são mais simpáticos que os bitongos.

Antropologia: no mundo existe uma diversidade cultural.

2. Explica o objectivo e objecto de estudo da Antropologia Cultural e Social.

R: A antropologia cultural tem como objecto de estudo a cultura. Estuda os aspectos culturais do
homem e também as sociedades humanas, a sua investigação esta ligada a gastronomia, cultura,
família, linguagem.

A antropologia social tem como objecto de estudo pois as relações sociais e os produtos
culturais. Ela esta empenhada as analises politicas e culturais que ocorrem dentro de uma
sociedade.

3. Explica para que ramo da antropologia pertence as seguintes afirmações:


a) Temos que integrar as minorias étnicas estrangeiras em Moçambique.
R: Antropologia cultural ( etnografia).
b) Os insurgentes na província de Cabo Delegado, representam um fenómeno religioso
de Moçambique.
R: Antropologia social.
c) O sucesso sexual relacionado ao gonanzololo, arabenta-cona e a hérnia são problemas sociais
que permitem afirmar que existe em Moçambique uma “escravatura sexual perpetuada pelas
mulheres de sexo feminino contra os homens de sexo masculino.
R: Antropologia física
4. Fundamenta porquê pode se afirmar que todas as ciências sociais e humanas são

Antropológicas?

Afirma se que todas ciências sociais e humanos são antropológicas pois, a antropologia enfatiza
a subjectividade, o relativismo cultural, a compreensão dos participantes e o significado que as
acções socioculturais têm para as pessoas. Tanto a ciência social como a humana podem utilizar
ferramentas, mecanismos e instrumentos que objectivam a intersubjectividade e a produção de
conhecimento sobre a realidade humana.

5. Enumere as características do método antropológico.

 Escolha da área de estudo e da temática ou abordagem.

 Documentação e literatura sobre essa área e a perspectiva teórica escolhida.

 Estudo da fala local, autorizações.

 Traslado, contacto, convivência, entrada no terreno.

O método antropológico são:


 Trabalho de campo (etnografia): esse método permite perceber o conjunto das acções
sócias das pessoas estudadas como um sistema cultural complexo mais com coerência e
significado, permite a recolha de dados num determinado lugar pré escolhido para uma
pesquisa.
 Comparativo (etnologia): permite identificar as diferenças e as semelhanças apresentadas
pelo material colectado. Não se faz uma comparação sem antes fazer o trabalho em
campo.
 Histórico: consiste em investigar eventos do passado, a fim de compreender os modos de
vidas do presente que só podem ser explicados a partir da reestruturação da cultura e das
observações ocorridas no tempo.
 Estatístico: permite fazer com que os dados depois de colectados sejam reduzidos atem
nas quantitativas e demonstrativas em tabelas, quadros, gráficos entre outros.

6. Identifique alguns estudos antropológicos de Moçambique colonial.


R: Antropologia em MoÇambique durante o periodo colonial foi um dominio do conhecimento
recorrentemente invocado para justificar ou enquadrar determinadas praticas da
AdministraÇao colonial. Os estudos antropologicos feitos nessa época foram:
Estudo da etnias das colonias que o caso da etnia Macondes, Jawas, Emakuas;
Estudo de usos e costumes dos indignos de MoÇambique;
Estudo das leis da moral e da humanidade;
Estudo da raÇa a partir das caracteristicas fisicas dos indignais de MoÇambique.

Você também pode gostar