Você está na página 1de 2

Documento de Posicionamento Oficial

Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero


e o Empoderamento das Mulheres
País: República Federal da Alemanha Delegada: Bruna Cotta Peixoto Santana
Número: 4 Turma: 9ºE
A Alemanha ocupa, atualmente, o décimo lugar no ranking mundial de equidade de gênero
em relação a outros 153 países. Esta é uma consequência de anos das lutas e conquistas das
mulheres no país, desde 1918, quando conseguiram o direito ao voto, até 2005, quando Angela
Merkel foi eleita a primeira chanceler federal alemã. Em 1919, pela primeira vez, as mulheres
tiveram participação política, conseguindo quase 9% das cadeiras no parlamento. Outra conquista
foi a lei de 1958 que garantia o direito das mulheres sobre seu próprio dinheiro e bens, que eram
administrados por seus maridos ou tutores.
Um dos projetos atuais da Alemanha é o “Stark für die Zukunft”, ou “Fortes para o Futuro”
(tradução livre), este conta com nove objetivos e diversas medidas concretas para atingir a
igualdade entre homens e mulheres. Há também o “Deutsche Frauen Rat", ou “Conselho Alemão
de Mulheres” (tradução livre), que existe desde 1951 e é uma organização que reúne diversos
projetos que visam proteger os direitos femininos.
Além disso, em 15 de Outubro de 2020, foi realizada uma conferência, organizada pela
ONU Mulheres Alemanha, no âmbito: “Planeta 50:50 - A contribuição da Europa para os ODS”. As
demandas foram direcionadas para a Comissão da UE, para o Parlamento Europeu e para o
Parlamento Alemão. A reunião foi um apelo para que os governos implementem a igualdade até
2030.
A Alemanha vem criando leis e ações para proteger as mulheres e aumentar a equidade
de gênero. Como consta no Artigo 3 da Lei Fundamental Alemã: “Homens e mulheres têm direitos
iguais. O Estado promoverá a realização efetiva da igualdade de direitos das mulheres e dos
homens e se empenhará pela eliminação de desvantagens existentes.” Assim, o governo seguirá
tomando medidas para alcançar seus próprios objetivos, assim como ajudará outras nações em
seus processos de cumprir com o compromisso de tornar equivalentes os direitos de todos.

Bruna Cotta Peixoto Santana


Representante da República Federal da Alemanha, ONU Mulheres
REFERÊNCIAS:
https://www.unwomen.de/aktuelles/veranstaltungen/veranstaltungen-2020/internationale-
konferenz-planet-5050-europas-beitrag-zu-den-sdgs.html
https://www.dw.com/pt-br/merkel-%C3%A9-a-mulher-mais-poderosa-do-mundo-pelo-10%C2%BA-
ano-seguido/a-55877111
https://www.dw.com/de/was-hat-angela-merkel-f%C3%BCr-frauen-erreicht/a-59258871
https://www.lpb-bw.de/publikationen/stadtfra/frauen3.htm
https://www.humanresourcesmanager.de/news/frauenrechte-arbeit-letzte-100-jahre.html
https://www.gleichstellungsstrategie.de/rgs-de
https://www.frauenrat.de/verband/grundsaetze/
https://www.deutschland.de/pt-br/lei-fundamental-da-alemanha-artigo-3-principio-de-igualdade

Você também pode gostar