Você está na página 1de 23

ROTEIRO DO TCC

ÍNDICE

Apresentação da disciplina de TCC ................................................2


Sobre a orientação virtual..............................................................4
Como enviar mensagens ao tutor..................................................5
Sobre a coordenação de TCC local..................................................6
Checklist do TCC – Da construção à submissão do TCC...................7
Citações e referências..................................................................11
Sobre o envio de atividades ao tutor, sistema de avaliações e
defesa do tcc................................................................................14
Mais informações........................................................................18
Exemplos de referências de acordo com a NBR 6023:2018 (norma
da ABNT)......................................................................................20
2

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA DE TCC

Olá, Aluna(o)! Você está inscrita(o) na disciplina de TC (Trabalho de Curso)


ou TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).
Você precisa saber de algumas informações sobre essa disciplina. Vamos lá!
A) A disciplina de TCC é obrigatória para a conclusão do curso e
obtenção do diploma. Verifique o regulamento para entender as
avaliações nesta disciplina;
B) A elaboração do TCC é na área escolhida por você quando da
realização da matrícula;
C) Para elaborar o TCC, que é um Artigo Científico, você,
necessariamente receberá a orientação de um(a) professor(a)
(tutor/orientador) da Estácio do Rio de Janeiro (você não receberá
orientação de professores da Estácio local). Assim, a orientação ao
longo da disciplina do TCC é exclusivamente virtual (via
SIA/webaula). Todas as suas dúvidas de elaboração do trabalho
devem ser sanadas pela(o) orientador(a) virtual*;
*A orientação não é feita pelo app Teams. O contato entre tutor e aluno é
realizado via Central de Mensagens na webaula do SIA.
D) Você terá um apoio da sua Unidade Estácio local, por meio da
Coordenação do TCC. Porém, você poderá tirar dúvidas apenas em
relação a questões administrativas da disciplina e de formatação
metodológica do TCC. Procure a coordenação do seu curso para
saber como contatar a coordenação do TCC;

Orientação do TCC Apoio metodológico do TCC


Tutor/Orientador da Estácio RJ Coordenação de TCC na sua
unidade Estácio local
Contato via webaula (central de Contato via e-mail e outros meios
mensagens) disponibilizados pela coordenação
do curso de graduação

E) Existe um cronograma de atividades (são 04 atividades) a serem


realizadas por você, impreterivelmente, ao longo do semestre letivo.
A não realização das atividades e a respectiva entrega nos prazos
3

previstos implicam na reprovação da(o) aluna(o) na disciplina de TCC.


O cronograma está disponível no Regulamento de TCC;
F) A Coordenação de TCC da sua unidade Estácio enviará e-mail a você
com informações, regulamento da disciplina, cronograma e arquivos
que servirão de guia para a orientação com o(a) tutor(a). Portanto,
tenha seu e-mail sempre atualizado no cadastro da instituição. É por
meio dele que a comunicação com a Coordenação de TC acontecerá
(por sua vez, lembre-se de que a comunicação com o(a) tutor(a)
acontecerá exclusivamente via webaula/SIA).
Por fim, o TCC é o ápice da sua graduação. Logo, realize um ótimo trabalho,
seguindo as normas previstas no Regulamento e nos arquivos
encaminhados por sua Coordenação de TC local. Já pensou finalizar a
graduação com uma nota máxima no TCC e ainda publicar seu artigo
científico numa Revista Científica renomada? Você consegue!!

A seguir, você encontrará mais informações sobre o TCC e um checklist de


estruturação do seu trabalho.
Vamos iniciar?!
4

SOBRE A ORIENTAÇÃO VIRTUAL


Como você já sabe, a orientação do TCC é realizada exclusivamente de forma virtual
(pelo site estacio.webaula.com.br). O(a) seu(a) tutor(a) é docente na Estácio do Rio de
Janeiro e será designado(a) no início do semestre letivo, de acordo com a especialidade
dele(a) e a área de TCC escolhida por você no momento da matrícula.
Durante a orientação, você poderá tirar dúvidas sobre a elaboração do seu trabalho,
observando sempre quais são as atribuições do seu tutor/orientador, bem como as suas
atribuições, conforme Regulamento.
Aqui vão algumas instruções de como saber quem é seu(a) tutor(a) e como entrar em
contato com ele(a):
5

ATENÇÃO! O seu tutor não entrará em contato com você por outro meio, apenas por
mensagem via Central de Mensagens na webaula, conforme imagem acima. E você
também somente se comunicará com seu tutor pela Central de Mensagens. Não há e-
mails entre tutor e aluno. Apenas há e-mails entre coordenação de TCC e aluno.
6

SOBRE A COORDENAÇÃO DE TCC LOCAL

Como você já sabe, na sua unidade Estácio você contará com o apoio presencial da
Coordenação de TCC juntamente com a Coordenação do Curso.
A coordenação de TCC manterá contato com você via e-mail (mantenha seu e-mail
atualizado no cadastro da instituição). A coordenação de TCC não possui a atribuição de
orientação do trabalho, porém, é responsável por dar todo o apoio que você precisará
na adequação do seu trabalho aos padrões metodológicos.
Portanto, fique de olho nos e-mails enviados pela Coordenação de TCC local e entre em
contato com a Coordenação do seu Curso para ter acesso ao cronograma de Plantão de
Dúvidas do TCC.
Plantão de Dúvidas – Semanalmente, a coordenação de TCC da sua unidade Estácio
disponibilizará um horário para atendimento. Durante este atendimento, você poderá
apenas tirar dúvidas acerca das questões metodológicas do seu TCC. As demais dúvidas
serão sanadas pelo(a) seu(a) tutor(a) via central de mensagens na webaula/SIA.
Regulamento e Cronograma de Atividades – O Regulamento do TCC será
disponibilizado pela coordenação de TCC da sua unidade Estácio. Nele você observará
as suas atribuições enquanto aluna(o) de TCC, bem como terá acesso ao cronograma de
atividades da disciplina, ao sistema de avaliações e notas, e, especialmente, à política de
detecção de plágio da instituição, que pode acarretar a reprovação imediata do aluno.
Obs: Lembre-se de que a não realização das atividades e a respectiva ausência de entrega nos
prazos previstos implicam na reprovação da(o) aluna(o) na disciplina de TCC

Material para elaboração do TCC – Serão disponibilizados pela Coordenação de TCC


local alguns arquivos que ajudarão no processo de elaboração do trabalho. É seu dever
estar atento(a) às disposições desse material ao longo de todo o semestre, sob pena de
reprovação na disciplina de TCC.
7

CHECKLIST DO TCC – DA CONSTRUÇÃO À SUBMISSÃO DO TCC


Atenção! O seu trabalho obrigatoriamente deve ser um Artigo Científico com no mínimo 15
páginas e no máximo 30 páginas (a contar a partir da contracapa até a última página da lista
de referências).

ANTES DE INICIAR A REDAÇÃO DE SEU TRABALHO, VERIFIQUE O ARQUIVO “MODELO TCC


ESTÁCIO”. ELE SERÁ O MODELO A SER SEGUIDO.

Observe o arquivo “Modelo Tcc Estácio”: seu trabalho precisa conter uma capa e contracapa de
acordo com o modelo apresentado no arquivo. Em sequência, deverá ser estruturado da
seguinte forma:

I- Elementos pré-textuais:
a) Título e subtítulo do artigo Autor;
b) Breve currículo em nota de rodapé;
c) Resumo;
d) Palavras-chave;
e) Sumário.

II- Elementos Textuais:


a) Introdução;
b) Desenvolvimento;
c) Conclusão.

III - Elementos pós-textuais:


a) Referências (obrigatório);
b) Apêndice e Anexo (opcionais);
c) Notas explicativas (opcional).

O título não deve receber ponto final. Deve estar todo em letras maiúsculas, sem negrito,
centralizado. O título não deve ter mais de 14 palavras (desconsiderando os artigos e
preposições).

Na página subsequente à contracapa, o nome do(a) aluno(a) deve estar alinhado à direita,
apenas com a primeira letra de cada nome/sobrenome em maiúsculo. Ao final do último
sobrenome, inserir nota de rodapé com a sua qualificação.1

1
Graduando(a) em Direito pelo Centro Universitário Estácio de Sergipe. E-mail: xxxx@xxx.com
8

Como inserir nota de rodapé? (importante para a qualificação e para as referências no sistema
numérico):

Passo 1 - Coloco o cursor no local onde desejo inserir a nota de rodapé.

Passo 2 – Com o cursor já posicionado, clico em “referências” e depois em “inserir nota de


rodapé”

Passo 3 – Observo que a nota de rodapé já foi criada.

Passo 4 – Digito a informação desejada na nota de rodapé criada ao final da página.

O resumo deve vir sem recuo de primeira linha e com espaçamento simples. Nele devem
constar: a contextualização, a justificativa, a divisão do texto, o problema de pesquisa e a
metodologia de pesquisa utilizada. O resumo deve ser de até 150 palavras.

As palavras-chave devem vir sem recuo de primeira linha, em ordem alfabética e separadas por
ponto final. Máximo de cinco palavras-chave.
9

O sumário vem logo abaixo das palavras-chave, na horizontal, e sua estrutura é a seguinte:

SUMÁRIO 1 Introdução; 2 Desenvolvimento; 2.1 Título da Seção; 2.2 Título da Seção; 2.2.1 Título
da Subseção; 2.2.2 Título da Subseção; 2.3 Título da Seção; 2.3.1 Título da Seção; 2.3.2 Título da
Seção; 3 Conclusão; Referências.

ATENÇÃO! O máximo de seções no desenvolvimento são cinco. Ou seja, o desenvolvimento


somente pode ir até a seção 2.5.

Já no seu texto, observe como devem ser escritos os títulos. Nas seções do texto, colocar da
seguinte forma:

1 INTRODUÇÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2 DESENVOLVIMENTO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.1 TÍTULO DA SEÇÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.2 TÍTULO DA SEÇÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.2.1 Título da subseção
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.2.2 Título da Subseção
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.3 TÍTULO DA SEÇÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.3.1 Título da seção
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.3.2 Título da Seção
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.4 TÍTULO DA SEÇÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
2.5 TÍTULO DA SEÇÃO (esse é o limite de seções)
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
3 CONCLUSÃO
Texto. Texto. Texto. Texto. Texto. Texto...
REFERÊNCIAS

Obs.: Observe que a seção das referências não possui numeração.

Na introdução não deve haver citações. Nela há apenas a contextualização, a justificativa, a


explicação da divisão do desenvolvimento, o problema de pesquisa, os objetivos específicos e
geral, as questões norteadoras e a metodologia de pesquisa utilizada.

O tamanho da introdução é de até 1 página e meia, geralmente.


10

Todo o texto da introdução deve ser corrido e dividido em parágrafos. Não realizar quebra do
texto como no exemplo a seguir:

Objetivos específicos deste trabalho:

a) Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
b) Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Quanto à indicação da metodologia na introdução, geralmente, todo TCC em Direito é realizado


"por meio de pesquisa com procedimento metodológico bibliográfico e documental, por
analisar, respectivamente, livros, artigos, bem como legislações, tratados, entre outros."

O procedimento bibliográfico é de texto já trabalhado por outra pessoa, como livros, doutrinas.
Já procedimento documental é de textos brutos, como acordos, leis, tratados, jurisprudências.

Além disso, há também de se esclarecer qual o método de pesquisa, qual a abordagem da


pesquisa e qual a sua natureza.

Quanto ao desenvolvimento, observe como devem ser escritos os títulos das seções e
subseções de acordo com o que fora exposto no item 5 acima.

Para as citações, o sistema de referência a ser utilizado é o SISTEMA NUMÉRICO, ou seja, aquele
que são utilizadas notas de rodapé para indicação da obra completa citada no texto. Não deve
ser utilizado o sistema AUTOR-DATA.

Assim, em relação ao texto no desenvolvimento, TUDO que for citado no texto deve vir com
referência em nota de rodapé, inclusive as leis, sempre que aparecer no texto, e na lista de
referências ao final.

ATENÇÃO! Caso você não realize citações e, portanto, não coloque as referências nas partes
em que são trazidas informações de leis, de doutrina, de pensamentos de outros autores, seu
trabalho será reprovado por questões de plágio. Toda informação que você apresenta no texto
deve ser referenciada, até mesmo os dispositivos legais.

A referência deve vir ou ao final do parágrafo ou ao lado do nome do autor, se escrito seu
nome dentro do texto.

PARA SABER QUAL É A REFERÊNCIA A SER UTILIZADA PARA CADA TIPO DE OBRA
CONSULTADA, VERIFICAR A NBR 6023:2018 (NORMA DA ABNT).

Veja a seguir os exemplos de citação e referências:


11

No texto:

Observe que na citação indireta não há aspas duplas.


Você redige o texto com suas palavras à luz do que foi lido na obra do autor e coloca a referência.

E na nota de rodapé:

Depois, colocam-se as referências na lista final de referências no texto, ou seja, na seção


REFERÊNCIAS, em ordem alfabética, sem a menção à página da citação. Só se coloca a página na
nota de rodapé, não na lista final.

E na lista final de referências:

MADEIRA, José Maria Pinheiro. Administração Pública centralizada e descentralizada. 3 ed. Rio de
Janeiro: América Jurídica, 2005.
12

RODRIGUES, Sílvio. Direito Civil: dos contratos e das declarações unilaterais da vontade. V.3, 30 ed.
atual. São Paulo: Saraiva, 2004.

RODRIGUES, Victor Gabriel de Oliveira. Manual de redação forense. Campinas: Mizuno, 2000.

OBSERVE QUE O DESTAQUE NA REFERÊNCIA É EM ITÁLICO E NÃO EM NEGRITO.


O destaque deve aparecer na nota de rodapé e na lista de referências.

Este procedimento TEXTO DE AUTOR (CITAÇÃO DIRETA OU INDIRETA) -> NOTA DE RODAPÉ ->
REFERÊNCIA COMPLETA -> REFERÊNCIA NA LISTA FINAL (SEÇÃO REFERÊNCIAS) deve ser
realizado a cada nova incursão de texto de obra consultada durante a pesquisa, seja livro, artigo
científico, vídeo, áudio, lei, jurisprudência, jornal, texto de site, etc.

PARA SABER QUAL É A REFERÊNCIA A SER UTILIZADA PARA CADA TIPO DE OBRA
CONSULTADA, CONSULTAR A NBR 6023:2018 (NORMA DA ABNT).

Ao longo de todo o trabalho, verifique no seu word se está assim a aba de


parágrafo/espaçamento:

Toda vez que você for colocar uma sigla, a primeira vez que a sigla aparecer no texto você deve
colocar da seguinte forma: NOME DA SIGLA POR EXTENSO COMPLETO (SIGLA)

Ex.: O Supremo Tribunal Federal (STF) é o órgão máximo da jurisdição constitucional.

Ex²: Criada em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) realiza um trabalho importante
na pacificação social mundial.
13

Após isso, quando for utilizar a mesma sigla no resto do texto, você poderá usá-la sem a parte
por extenso.

Outra dica importante é que o plural das siglas é feito apenas colocando o “s” minúsculo, não
há apóstrofo.

Ex.: plural de CAP é CAPs, sem apóstrofo. É errado o plural CAP’s.

Ex²: plural de PM é PMs, sem apóstrofo. É errado o plural PM’s.

10

Ainda sobre referências, no que diz respeito às referências da internet, o correto é utilizar a
referência completa prevista na ABNT e, em seguida, utilizar:

Disponível em: link. Acesso em: 10 abr. 2021.

ATENÇÃO! Observe que o mês é abreviado, conforme tabela da ABNT abaixo.

Estando incorreto, por exemplo:

Além disso, NÃO se utiliza mais esse recurso do "______", deve-se colocar a referência na
íntegra. Portanto, o nome BRASIL deve aparecer no lugar de "_____", no exemplo acima.
Por fim, NÃO se utilizam os símbolos “<>” antes e depois do link.
14

SOBRE O ENVIO DE ATIVIDADES AO TUTOR, SISTEMA DE


AVALIAÇÕES E DEFESA DO TCC

Agora que você já sabe como estruturar seu TCC e já iniciou a redação dele, você terá
04 (quatro) atividades ao longo do semestre a serem enviadas ao tutor,
impreterivelmente, dentro do prazo estipulado no Regulamento, sob pena de
reprovação.

Portanto, organize-se e não deixe de realizar o envio das atividades dentro do prazo.

São as atividades:

Atividade 01 – Entrega da Matriz (projeto de pesquisa)


Atividade 02 – Entrega do Desenvolvimento
Atividade 03 – Entrega da Introdução/Conclusão
Atividade 04 – Entrega do Trabalho Completo
15
16
17
18

MAIS INFORMAÇÕES
A) O sistema de referências a ser utilizado é o sistema numérico (com as referências em nota de
rodapé e em lista final, sendo esta por ordem alfabética). As referências devem ser de
legislações, de tratados, de portarias, de artigos científicos, de livros, de dissertações, de teses,
de vídeos, de áudios, entre outros. As referências devem ser sempre atuais (de no máximo 3
anos, exceto os clássicos e legislações) e com a indicação do link de acesso quando for
encontrado na internet (clicar em remover hiperlink, para desativar o "azul" do link na
referência).

Sobre o sistema numérico e como utilizá-lo, acesse os vídeos explicativos a seguir:

Atenção!!!! Os professores, nos vídeos, informam que a lista de referências ao final do texto, ou
seja, a seção REFERÊNCIAS deve ser colocada em ordem de número, mas não é assim que você
fará. É por ordem alfabética!!

Vídeo 1
https://www.youtube.com/watch?v=9RSLLZkgRqY

Vídeo 2
https://www.youtube.com/watch?v=EnQn0EO9Mkg

B) A escrita do texto científico deve ser impessoal. Assim, não se deve utilizar do verbo na 1ª
pessoa, nem do singular, nem do plural. Portanto, não utilizar expressões como "nossa
Constituição", "nossa sociedade", "nossos dias", "minha posição", "meu entendimento",
"entendemos", "identificamos", "compreendo", "exponho", "apresento", "acho", etc. Enfim,
nada de expressões pessoais. Lembre-se de que quem "fala" é a pesquisa. Portanto, utilize a 3ª
pessoa do singular. Ex.: "denota-se", "observa-se", "compreende-se", "identificou-se",
"abordou-se", "utilizou-se", "a pesquisa indica", "a pesquisa revela", "o texto expõe", "o trabalho
buscou", etc.

C) Privilegie a citação indireta (paráfrase) em detrimento da citação direta (curta e/ou longa
recuada). Verificar o item 7 para entender como fazer a citação e a referência.

D) Quando utilizar citação direta curta, observar se ela tem até 3 linhas mesmo e colocar entre
aspas duplas, dentro do texto, indicando em nota de rodapé a referência completa e indicando
a página da citação.

E) Quando utilizar citação direta longa, observar se ela tem mais de 3 linhas mesmo e selecioná-
la, recuando na régua do word até 4cm, diminuindo o tamanho da fonte para 10 e alterando o
espaço entrelinhas para 1,0 cm (simples). Não se colocam aspas duplas nessa citação longa.
Indica-se também em nota de rodapé a referência completa, com a página ao final.

F) Quando utilizar citação indireta (paráfrase), ou seja, transcrever a ideia do texto de outra
pessoa para o seu, sem "copiar e colar" o texto original, também indicar a referência em nota
de rodapé, mas sem obrigatoriedade de indicação da página de onde foi extraída a ideia do texto
original.

G) Para todos os casos de citação (direta ou indireta), referenciar a obra por completo em nota
de rodapé e colocar a referência utilizada na lista final de referências em ordem alfabética.
19

H) A lista final de referências deve ser organizada em ordem alfabética e ter alinhamento à
esquerda (não é justificado). Lembre também que o destaque da referência é em ITÁLICO e não
em negrito.

I) Observar os modelos de referência dispostos no arquivo pdf anexo, que também está
disponível na pasta de arquivos do teams da nossa equipe.

J) A recomendação para o desenvolvimento é dividi-lo em 3 seções. Nada impedindo de


subdividi-lo em mais seções e subseções. No entanto, sugere-se fortemente que se mantenha
um padrão de quantidade de páginas a cada seção, privilegiando, assim, a simetria entre as
seções. Lembre que o máximo de seções no desenvolvimento são 5.

K) Não se coloca ponto, traço ou outro recurso gráfico entre o número da seção ou subseção e
o título. Assim, não se escreve " 1 - INTRODUÇÃO", nem "1. INTRODUÇÃO", ou "1)
INTRODUÇÃO". Forma correta: 1 INTRODUÇÃO

L) Numa seção, caso opte por dividir o conteúdo em subseções, necessariamente deve haver
duas e não apenas uma subseção. Logo, se existe uma subseção 2.1.1, deve haver uma subseção
2.1.2. Lembre também que entre o título da seção e o início da subseção deve haver texto
introdutório, ao menos um parágrafo explicando o conteúdo daquela seção e de suas
subdivisões.

M) Verifique sempre se a referência da citação utilizada está de acordo a NBR 6023:2018. E


verifique se todas as referências que estão na lista final realmente foram utilizadas ao longo do
texto do desenvolvimento em notas de rodapé. Não pode haver referência na lista final que
não tenha sido utilizada no desenvolvimento.

N) Lembre-se de que, pelo menos, você deve ter 2 citações (diretas ou indiretas,
preferencialmente estas últimas) por página de desenvolvimento. Página sem
citação/referência pode indicar plágio, e, com isso, o trabalho pode ser receber nota zero.

O) A contagem de páginas inicia-se na folha de rosto/contracapa, mas a numeração de páginas


começa apenas na página da introdução. Seu artigo científico deve conter de 15 a 30 páginas,
contadas da contracapa até a última página de referências. Lembre-se de que anexos e
apêndices se forem utilizados não entram na contagem.
Quando for numerar as páginas do seu trabalho, observe esse vídeo explicativo aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=eZwstZ9iLW0&list=LL&index=3

P) Espaçamento entre linhas 1,5, sem qualquer espaçamento antes ou depois (0 pt); Fonte 12,
Times New Roman ou Arial ; alinhamento justificado; margens superior e esquerda 3 cm, direita
e inferior 2 cm; citação direta com mais de três linhas deve ser grafada com fonte 10,
espaçamento simples, recuo 4 cm à direita. Utilizar itálico somente para palavras estrangeiras.
20

EXEMPLOS DE REFERÊNCIAS
DE ACORDO COM A NBR 6023:2018 (NORMA DA ABNT)

▪ Modelo de referência sem indicação de autor:

ASSEMBLEIA geral adota resolução que reconhece o acesso à água potável e ao


saneamento humano como direito humano, com voto registrado de 122 votos a favor,
nenhum contra e 41 abstenções. United Nations. Disponível em:
https://www.un.org/press/en/2010/ga10967.doc.htm. Acesso em: 20 mar. 2020.

▪ Modelo de Legislação on-line:

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível


em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituição.htm. Acesso em:
31 ago. 2018.

▪ Modelo Decreto nacional:

BRASIL. Decreto nº 4.340, de 22 de agosto de 2002. Regulamenta artigos da Lei no 9.985,


de 18 de julho de 2000, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Unidades de
Conservação da Natureza – SNUC. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/D4340.htm. Acesso em: 09 jun.
2019.

▪ Modelo Exposição de Motivos:

BRASIL. Exposições de motivos n. 00239/2018 da Medida Provisória n. 869 de 2018.


Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Exm/Exm-
MP-869-18.pdf. Acesso em 10 fev. 2019.

▪ Modelo Jurisprudência retirada diretamente do STF:

BRASIL, Supremo Tribunal Federal. Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 4983/CE.


Min. Relator Marco Aurélio, 2013. Disponível em:
http://portal.stf.jus.br/processos/detalhe.asp?incidente=4425243. Acesso em: 30 jul.
2020.

▪ Modelo de Medida Provisória:

BRASIL. Medida Provisória n. 869 de 2018. Altera a Lei nº 13.709, de 14 de agosto de


2018, para dispor sobre a proteção de dados pessoais e para criar a Autoridade Nacional
de Proteção de Dados, e dá outras providências. Disponível em:
http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2018/Mpv/mpv869.htm. Acesso
em: 08 fev. 2019.
21

▪ Modelo Livro impresso, cuja editora é Universidade:

CAMPELLO, B. S.; CENDON, B. V.; KREMER, J. M. (Org.). Fontes de informação para


pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: UFMG, 2000.

▪ Modelo de livro traduzido:

CAPRA, Frijot. A teia da vida. Trad. de Newton Roberval Eichemberg. São Paulo: Editora
Cultrix, 1996.

▪ Modelo referência de Dissertação/Tese disponível na web:

COELHO, A. C. Fatores determinantes de qualidade de vida física e mental em pacientes


com doença pulmonar intersticial: uma análise multifatorial. 2009. Dissertação
(Mestrado em Ciências Médicas) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio
Grande do Sul, Porto Alegre, 2009. Disponível em:
http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/16359/000695147.pdf?sequence=
1. Acesso em: 4 set. 2009.

▪ Modelo de artigo em revista científica:

GONÇALVES, Daniel Diniz; TÁRREGA, Maria Cristina Vidotte Blanco. Direitos da natureza:
reflexões sobre possíveis fundamentos axiológicos. Revista Brasileira de Direito, Passo
Fundo, v. 14, n. 1, p. 340-360, jan/abr. 2018.

▪ Modelo de artigo em revista científica digital:

HOUTART, François. El concepto de Sumak Kausay (Buen vivir) y su correspondencia con


el bien común de la humanidad. Revista Ecuador Debate, Quito, n. 84, p. 57-76, 2011.
Disponível em:
http://repositorio.flacsoandes.edu.ec/bitstream/10469/3523/1/RFLACSO-ED84-04-
Houtart.pdf. Acesso em: 31 ago. 2018.

▪ Modelo de livro nacional:

MACHADO, Clara. O Princípio Jurídico da Fraternidade: Um instrumento para proteção


de direitos fundamentais transindividuais. Rio de Janeiro: Lúmen Juris, 2017.

▪ Modelo de capítulo de livro:

SARLET, Ingo Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago. Algumas notas sobre a dimensão


ecológica da dignidade da pessoa humana e sobre a dignidade da vida em geral. In:
MOLINARO, Carlos Alberto; MEDEIROS, Fernanda Luiza Fontoura de; SARLET, Ingo
Wolfgang; FENSTERSEIFER, Tiago (Org.). A dignidade da vida e os direitos fundamentais
para além dos humanos: uma discussão necessária. Belo Horizonte: Fórum, 2008.
22

▪ Modelo Decreto estadual:

SERGIPE. Decreto nº 12.713 de 14 de junho de 1993. Institui a Área de Proteção


Ambiental do Morro do Urubu. Disponível em: https://semarh.se.gov.br/wp-
content/uploads/2017/01/decreto_n.%C2%BA_13.713.pdf. Acesso em: 09 jun. 2019.

▪ Modelo de artigos jornalísticos:

SILVA, Victor Hugo. Golpe no WhatsApp usa clonagem de celular para atingir políticos.
Tecnoblog, 2018. Disponível em: https://tecnoblog.net/247801/golpe-whatsapp-
clonagem-celular-politicos/. Acesso em: 20 jun. 2018.

▪ Modelo de Jurisprudência disponível em site. No exemplo, retirada do


JusBrasil:

STJ. RECURSO ESPECIAL: REsp 686209 RS 2004/0111329-9. Relator: Ministro João Otávio
de Noronha. DJ: 03/11/2009. JusBrasil, 2009. Disponível em:
https://stj.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/5915977/recurso-especial-resp-686209-rs-
2004-0111329-9-stj. Acesso em: 14 out. 2017.

Você também pode gostar