Você está na página 1de 17

ESCOLA DE PROFETAS

ESTRUTURAL
MODULO 3- VELHO TESTAMENTO
LEVÍTICO
-Autor / Data / Local: foi escrito por
Moisés provavelmente durante a estada no
deserto no Monte Sinai, logo após a saída do
Egito.

-Versículo chave: 20:7-8 “Eu sou o Senhor


que vos santifico”.

-Nome do Livro: O nome do livro tem


origem na Septuaginta e significa “relativo
aos levitas”.

-Tema: comunicar a santidade de Deus, que


convida Seu povo a ser igualmente santo
(Lv.11:45; 20:26), por meio do cumprimento
das ordenanças determinadas em Sua Lei.

Levítico 20: 7. Portanto santificai-vos e sede


santos pois eu sou o Senhor, vosso Deus.
LEVÍTICO

-Objetivo: ensinar o povo a andar nos caminhos do


Senhor.

-História: cobre um período de poucas semanas na


história do povo de Deus, desde a construção do
Tabernáculo (Êx.40:17) até a partida do Monte Sinai,
menos de dois meses mais tarde (Nm.10:11).

Levítico é o manual de Deus para o povo redimido. Em


Êxodo, o povo foi libertado da escravidão; em Levítico, é
dirigido para o Santuário de Deus.
LEVÍTICO
AS CINCO OFERTAS:

- Holocausto (Lv.1) era uma oferta voluntária de adoração,


oferecida diariamente, significando propiciação (separação)
do pecado e dedicação completa a Deus;

- Oferta de manjares (Lv.2) era uma oferta voluntária que


significava gratidão pelas primícias, um ato voluntário de
adoração e reconhecimento pela bondade e providência de
Deus;

- Oferta pacífica (Lv.3) era uma oferta voluntária que


simbolizava a comunhão com Deus, a paz com o Senhor;

- Oferta pelo pecado (Lv.4:1-5:13; 6:24-30; 12:6-8) era


obrigatória e de expiação. Ela tipifica Cristo, aquele que levou
a nossa culpa;

Oferta de Holocausto - Oferta pela culpa (Lv.5:14-6:7; 7:1-6; 14:12-18) era uma
Se a sua oferta for holocausto de gado trará macho sem oferta obrigatória de expiação por pecado que exigisse
defeito; à porta da tenda congregação, para que o home seja restituição, oferecida por quem tivesse privado alguém de seus
aceito perante o Senhor. (Lev 1:3) direitos ou profanado algo santo.
O Sacerdote
Deus escolheu os descendentes da tribo de Levi, os levitas,
para cuidar do serviço no Tabernáculo e, dentre os levitas, a
família de Arão, irmão de Moisés, para oficiar como sacerdotes.

Eles estavam encarregados dos sacrifícios e eram sustentados


pelos dízimos do povo e por parte de alguns dos sacrifícios.

Os versículos de 6:8 a 7:36 são uma espécie de manual para os


sacerdotes, para instruir estes líderes do culto acerca dos rituais
adequados para os sacrifícios e as ofertas.

Leituras:
Túnica: Ex. 28:31-34
Mitra: Ex. 28:36-38
Ornamentos de romãs e púrpuras e campainha e ouro:
Ex 28:33-35
Cinto: Ex. 28:4,39-40
Estola sacerdotal: Ex 28:5-15,31
CRISTO EM LEVÍTICO:

Levítico disciplina festas que deveriam ser observadas


pelo povo de Israel, todas apontando para o Senhor Jesus.

Algumas delas:

- Páscoa: fala da morte redentora de Jesus, nosso


cordeiro pascal (23:5);
- Festa das primícias: os primeiros frutos falam da
ressurreição de Cristo, como primícias da ressurreição de
todos os crentes (1Co15:20-23);
- Festa das trombetas apontava o Dia do Juízo e a futura
união dos salvos com o Senhor (23:23-25)
- Festa dos Tabernáculos: Também conhecida como
festa das Cabanas começava no décimo quinta dia do
sétimo mês. Comemorava o tempo em que o povo
viveu em tendas no deserto.

Leitura : Lev 23 (As festas solenes do Senhor)


Autor / Data / Local: também foi escrito por
Moisés, como declara o versículo final Nm.36:13.
Esta passagem também indica que a obra foi
escrita durante os 40 anos de peregrinação do
povo de Deus no deserto.

Versículo chave: Nm.9.17 = Guia do


Peregrino

Nome do Livro: vem da Septuaginta e se


refere aos dois censos populacionais
relatados no texto-

Tema: Peregrinação do povo de Israel pelo


deserto. Números também poderia ser
chamado de livro da transição, pois trata da
transição entre a primeira geração (que saiu
História: inicia dois anos após a saída dos filhos de Israel do Egito,
no Egito e pereceu no deserto, exceto Josué
no primeiro dia do segundo mês (Nm.1:1). Números é a continuação
da história narrada em Êxodo e cobre quase 40 anos da história de e Calebe) e a segunda geração (que nasceu
Israel em direção à Terra Prometida. Esses anos são os anos da no deserto e entrou na Terra Prometida).
peregrinação no deserto.
NÚMEROS
Divisão:

-Preparação para a peregrinação (os primeiros 10 capítulos);

-A peregrinação pelo deserto (De 10.11 até 20.13);

Leituras Importantes:
Levantamento do Primeiro Censo: Números 1: 1-3
Lei do Nazireado: Consagração ao Senhor. Números 6: 2-6.
Designação de setenta anciãos para ajudarem Moisés: Números
11: 16-30
Doze espias são enviados para espiar a terra de Canaã: Números
13: 1-33
Corá, Datã e Abião e as consequências da rebeldia (Nm 16);
Moisés, ao ferir a rocha em Meribá, em vez de profetizar sobre ela,
também não entra na Terra da Promessa (Nm.20.1-13).
Segundo censo para determinar poderio militar para futuras
batalhas ( Número 26)
NÚMEROS
Cristo em Números:

- Serpente de bronze, levantada por Moisés no deserto para


curar os rebeldes que eram picados pelas serpentes abrasadoras,
é uma clara figura da obra do Senhor Jesus na cruz. Todo aquele
que olha para Jesus em sua cruz, crê e entrega sua vida ao
Salvador é curado do veneno da serpente e da morte certa como
consequência do pecado (João 3.14).

- Rocha que proveu água ao povo também é uma figura de Cristo,


a fonte onde todos nós matamos nossa sede (1ª Co.10:4; Jo.4:10).

- Maná que diariamente era dado por Deus também anunciava o


Cristo Vivo que desceu do céu, o pão da vida para todos os que
crêem (Jo.6:31-35).
DEUTERONÔMIO

Autor / Data / Local: foi escrito por Moisés, na


terra de Moabe, no 40º ano após a saída de Israel
do Egito (Dt.1.3).

Versículo chave: Dt.30.19.

Nome do Livro: significa “segunda lei” ou


“repetição da lei”. Não se trata de uma nova lei,
mas de três discursos de Moisés com a finalidade
de rever para os filhos de Israel, a segunda
geração que nasceu no deserto, o significado das
obrigações e dos privilégios de sua aliança com
Deus.
DEUTERONÔMIO

Objetivo: o Senhor repete toda a lei ao


povo, já que era uma nova Israel, uma
geração que nasceu no deserto e não
conheceu a escravidão e precisava ser
ministrada.

Tema: Preparação para possuir a terra


prometida.

História: Deuteronômio cobre um período


de apenas dois meses, incluídos os 30 dias
de luto por Moisés.
-
DEUTERONÔMIO

Bênçãos e maldições: a lei do Senhor é fator


determinante de Sua aliança com o povo
(27:9,10), razão pela qual todos são esclarecidos a
respeito de todas as bênçãos que alcançariam os
que fossem obedientes (28:1- 14), assim como de
todas as maldições que viriam sobre os que
fossem infiéis (28:15-68).

Cristo em Deuteronômio: Em 18.15 o Senhor


Jesus é claramente retratado como o grande
profeta que seria levantado por Deus no futuro.
JOSUÉ
• Autor / Data / Local: é creditada a Josué até
24.28; a partir daí acredita-se que Finéias,
sumo-sacerdote da época, tenha escrito.
• Cobre um período de cerca de 25 anos, que
vai da morte de Moisés até a morte de Josué
(de 1451 a 1426 a.C.).
• Nome do Livro: leva o nome de seu autor e
personagem principal. Seu nome em
hebraico é YEHOSHUA, que significa “Deus é
salvação” e é o nome equivalente para Jesus.
• Tema: conquista de Canaã e a divisão da
terra entre as 12 tribos.
• Versículo chave: 24.15
JOSUÉ
HISTÓRIA
• Josué Cap 1 é uma receita para vitória e conquistas: aliança,
fé, santidade, meditar, viver e ensinar a Palavra de Deus sem
se desviar de seus caminhos (Js 1.1-9)
• - Josué e Calebe foram os únicos que saíram do Egito e
tiveram permissão de viver a promessa (Nm.14:29 e 30).
• - Josué foi escolhido para suceder Moisés, entrar com o povo
em Canaã e reparti-la entre as 12 tribos. Ao todo, Josué e os
israelitas venceram 33 reis, sendo 31 em Canaã e outros dois
com Moisés (Dt 1:4).
• - Deus concedeu grandes vitórias ao povo (Js.21:45) e
cumpriu todas as suas promessas.
• - Josué foi um líder exemplar, um tipo de Cristo por conduzir
o povo à Terra Prometida, terra que é uma figura da nossa
morada eterna no céu.
As terras foram divididas entre as doze tribos: Aser, Benjamim,
Dã, Efraim, Gade, Issacar, Judá, Manassés, Naftali, Rúben,
Siméao, Zebulom.

A tribo de Levi não recebeu terras. Ela recebeu cidades


(Números 35)

Duas tribos e meia habitam na Transjordânia ( Números 32).


As tribos de Ruben e Gade pediram a Moisés esta terra era
boa para habitar gado.

Herança das nove tribos e meia ( Numeros 15-19)

Os reis vencidos por Moisés ( Numero 12; 1-6)


Os reis vencidos pr Josué ( Numeros 12:7—24)
QUESTÕES PARA RESPONDER!

01 – Quem podia apresentar as ofertas a Deus? (Lv 8)

02 –Quem guiou os filhos de Israel na jornada do deserto? (Nm 9)

03- – Para que Josué entrasse com o povo na terra prometida, Deus fez uma promessa a ele. Qual
foi? (Js 1)
PLANO DE LEITURA BÍBLICA DO ANTIGO TESTAMENTO
SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA SÁBADO DOMINGO

ÊXODO ÊXODO ÊXODO ÊXODO LEVÍTICO LEVÍTICO LEVÍTICO


CAP 21 CAP 26 CAP 31 CAP 36 01 06 11
ÊXODO ÊXODO ÊXODO ÊXODO LEVÍTICO LEVÍTICO LEVÍTICO
CAP 22 CAP 27 CAP 32 CAP 37 02 07 12
ÊXODO ÊXODO ÊXODO ÊXODO LEVÍTICO LEVÍTICO LEVÍTICO
CAP 23 CAP 28 CAP 33 CAP 38 03 08 13
ÊXODO ÊXODO ÊXODO ÊXODO LEVÍTICO LEVÍTICO LEVÍTICO
CAP 24 CAP 29 CAP 34 CAP 39 04 09 14
ÊXODO ÊXODO ÊXODO ÊXODO LEVÍTICO LEVÍTICO LEVÍTICO
CAP 25 CAP 30 CAP 35 CAP 40 05 10 15

ESCOLA BÍBLICA ESTRUTURAL MÓDULO 3

Você também pode gostar