Você está na página 1de 2

Certificação de qualidade

Certificação de qualidade é um atestado de que certa instituição cumpre os


requisitos estabelecidos por determinada norma, e é emitido por um Organismo
de Certificação. Existem vários tipos de certificação, cada uma com propósitos
diferentes para uma empresa. Porém, todos eles têm o mesmo objetivo, que é
promover melhorias constantes e obter excelência em seus processos e
resultados. Esse atestado pode se dar por certificação, que tem condições
genéricas, e também por acreditação, que, além de avaliar os processos de
gestão, analisa os métodos e atesta a competência técnica da empresa para
exercer com segurança o que se dispõe. As certificações de qualidade são
aplicáveis a qualquer tipo de entidade e o escopo da avaliação é definido pela
empresa.
ISSO 9000: As normas da série ISSO 9000 dizem respeito ao sistema de
gestão da qualidade de uma organização, e não aos critérios de produtos
fabricados por ela. Ou seja, um produto fabricado por meio de um processo
certificado pelas normas ISSO 9000 não terá necessariamente melhor ou
menor qualidade que um outro similar. Significa apenas que todos os produtos
fabricados a partir desse procedimento terão o mesmo padrão de qualidade.
Portanto, o sistema ISSO 9000 promove algumas técnicas para otimizar os
processos internos de uma instituição. A aplicação delas é aconselhada para
qualquer organização que queira lucrar e melhorar seus procedimentos.
ISSO 9001: Essa é a principal norma relacionada com os modelos de gestão
de qualidade. Para obtê-la, a empresa deve estipular uma série de metas a
serem alcançadas. É preciso que o gestor de projetos esteja envolvido nesse
processo para que as várias etapas sejam implantadas com êxito. A ISSO 9001
pode ser aplicada em empresas de qualquer porte e atuantes em todos os
setores. Suas normas oferecem um conjunto de regras que promovem a
implantação e o monitoramento contínuo de técnicas para otimizar processos.
Seu foco é a satisfação do cliente.
ISSO 14000: É um conjunto de normas internacionais que abrange sistemas de
gerenciamento ambiental (SGA), auditoria, rotulagem, avaliação do
desempenho e avaliação do ciclo de vida ambientais. Como acompanhamento
do processo de padronização iniciado com a série ISSO 9000, a série de
normas internacionais ISSO 14000 define o esboço de como as organizações
podem integrar considerações ambientais em suas operações e produtos. É
um conjunto de padrões, guias e relatórios técnicos voluntários de gestão
ambiental, que se concentram especificamente em sistemas de gestão
ambiental, práticas operacionais, produtos e serviços. As normas ISSO 14000
não propõem metas ambientais, mas fornecem às organizações as ferramentas
para avaliar o impacto que suas atividades, produtos ou serviços têm no meio
ambiente.
Qual foi o fator para criação dessas normas?
O fator começou na segunda guerra mundial, quando a “International
Federation of the National Standardizing Associations” (ISA) tiveram que
encerrar suas atividades, após isso eles resolveram criar outra associação, o
“ISSO” que se refere à International Organization for Standardization, com o
objetivo de “facilitar a coordenação internacional e unificação dos padrões
industriais”. A necessidade de certificação surgiu com a necessidade das
empresas de comunicarem aos seus clientes e ao mercado a adequação de
seu sistema da qualidade. Às normas de referência originou a atividade de
certificação.

Você também pode gostar