Você está na página 1de 19

1

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO


LICENCIATURA EM PEDAGOGIA
6º SEMESTRE

KAROLINE VIEIRA DA SILVA

RELATÓRIO DO ESTÁGIO CURRICULAR NO ENSINO


MÉDIO GESTÃO EDUCACIONAL E ESPAÇO NÃO
ESCOLARES
ESTÁGIO CURRICULAR NO ENSINO FUNDAMENTAL

Barra de São Francisco/ES


2021
2

KAROLINE VIEIRA DA SILVA

ESTÁGIO CURRICULAR NO ENSINO MÉDIO GESTÃO


EDUCACIONAL E ESPAÇO NÃO ESCOLARES

Relatório de Estágio apresentado ao curso de


Licenciatura em Língua Portuguesa e respectivas
literaturas da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná,
para a disciplina de Estágio Curricular Obrigatório do
Ensino fundamental 6ºSemestre.
.

Barra de São Francisco


2021
3

SUMÁRIO

1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS..................................................................................4
2 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO (PPP).........................................................5
3 PLANEJAMENTO ANUAL......................................................................................6
4 ABORDAGEM DOS TEMAS TRANSVERSAIS CONTEMPORÂNEOS DA
BNCC......................................................................................................................7
5 PROPOSTA DE ATIVIDADE PARA ABORDAGEM DOS TEMAS
CONTEMPORÂNEOS TRANSVERSAIS DA BNCC.............................................8
6 ATUAÇÃO DO PROFESSOR E SUA INTER-RELAÇÃO COM A EQUIPE
ADMINISTRATIVA E PEDAGÓGICA.....................................................................9
7 CONHECER METODOLOGIAS ATIVAS COM USO DE TECNOLOGIAS
DIGITAIS...............................................................................................................10
8 O PROCESSO DE GESTÃO ESCOLAR.............................................................11
9 ATUAÇÃO DA EQUIPE PEDAGÓGICA NO ACOMPANHAMENTO DO
DESENVOLVIMENTO DA DISCIPLINA...............................................................12
10 PLANOS DE AULA...............................................................................................17
CONSIDERAÇÕES FINAIS........................................................................................20
REFERÊNCIAS...........................................................................................................20
4

INTRODUÇÃO

O Estágio Curricular Obrigatório busca a associação das dimensões


teóricas e práticas do currículo.
Dessa forma, articula interdisciplinarmente os conteúdos, por meio
de observação, reflexão, docência supervisionada, investigação da realidade escolar
ou de atividades práticas de regência
Objetivos do estágio São objetivos do estágio:
a) observar a instituição escolar (campo de estágio e de atuação
profissional);
b) reconhecer as semelhanças e diferenças de abordagem entre as
diversas séries da Educação Básica;
c) analisar, criticamente, o processo de ensino e aprendizagem
5

1 LEITURAS OBRIGATÓRIAS
PEDAGOGIA EM AÇÃO: O PAPEL DO PEDAGOGO E SUAS DIVERSAS
ATUAÇÕES

O pedagogo escolar desempenha o papel de supervisor e orientador


dentro do ambiente escolar, nos diversos níveis de ensino.
O coordenador pedagógico tem o difícil trabalho de articular o
conhecimento entre equipe pedagógica, pais e alunos, proporcionando a harmonia e
a transformação do meio escolar.
Além disso, por meio de conteúdo, métodos, técnicas e formas de
organização da classe, ajuda o desempenho dos professores em sala de aula
(LIBÂNEO, 2010).
Portanto, a presença do pedagogo escolar deve propiciar melhora
na qualidade de ensino.
Entende-se que o profissional de Pedagogia deve obter
conhecimentos teóricos e práticos que possibilitem aplicação constante do seu
potencial de estudo.
É importante também que o professor tenha em sua totalidade a
capacidade de planejar e executar o que lhe é solicitado.
A Pedagogia Hospitalar atualmente é um apoio a mais na área da
educação para transmitir e levar conhecimento. Segundo Matos e Mugiatti (2007), a
Pedagogia Hospitalar:
É um processo alternativo de educação continuada que ultrapassa o
contexto formal da escola, pois levanta parâmetros para o atendimento de
necessidades especiais transitórias do educando, em ambiente hospitalar e/ou
domiciliar (MATOS; MUGIATTI, 2007, p. 37).
A capacitação desse profissional deverá ser preferencialmente em
educação especial ou cursos de Pedagogia/licenciatura, é necessário que obtenha
conhecimentos prévios sobre as patologias mais comuns, assim como suas
complicações e cuidados, como lidar psicologicamente com elas, ajudando, com
isso, a recuperação e socialização do paciente.
Como especificidade, o documento do MEC (BRASIL, 2002) diz que
ao professor “compete adequar e adaptar o ambiente às atividades e os materiais,
planejar o dia-a-dia da turma, registrar e avaliar o trabalho pedagógico
6

desenvolvido”.
Portanto, esses espaços deverão possibilitar ao paciente e ao
profissional educador uma intensa troca e apropriação de conhecimento da
educação básica, para que ao retornar à escola a criança, o jovem ou o adulto
estejam preparados para dar continuidade aos seus estudos.
m virtude do que foi exposto neste artigo, fica evidente que a
atividade do pedagogo extrapola o âmbito escolar.
O trabalho se desenvolve de modo formal e informal, caracterizando,
então, um campo multidisciplinar de aplicação da práxis educativa.
A história em relação à formação do pedagogo delimita-se inúmeras
vezes à área escolar, na qual o pedagogo desenvolverá o trabalho de gestor e
mediador do conhecimento científico na busca de emancipação do sujeito dentro da
sociedade.
7

2 PLANEAMENTO ANUAL
1. Qual a proposta do professor quanto aos conteúdos a serem trabalhados
pela disciplina para a respectiva série do Ensino Médio.

A disciplina de Língua Portuguesa desempenha um papel essencial na educação,


pois a língua é a mais viva expressão de nacionalidade. Saber escrever a própria
língua faz parte dos deveres cívicos de cada um. Todas as outras disciplinas e toda
a forma de conhecimento são permeadas pela língua e pela literatura. O estudo da
Língua Portuguesa deve ter no seu âmago a formação do cidadão e sua capacidade
de relacionar-se com o mundo que o cerca. Para tanto, a abordagem dada ao seu
ensino deve privilegiar não só os conteúdos, mas também épocas diversas que
propiciem o reconhecimento e o entendimento dos conteúdos a serem
desenvolvidos, além do caráter diacrônico da língua, tradicionalmente estudado, e
também relacioná-los com o cotidiano, de forma que o aluno perceba a pertinência
desse estudo

2. Quais os objetivos da disciplina nessa fase do ensino.

Desenvolver no aluno a habilidade de concentração para ouvir;


• Compreender e interpretar textos variados;
• Formar leitores competentes e capazes de escrever com eficiência;
• Entender o que lê;
• Identificar elementos implícitos no texto;
• Identificar informações básicas do texto em confronto com a realidade;
• Compreender as propostas de redação e aplicar conceitos das várias áreas do
conhecimento para desenvolver um tema;
• Compreender e usar a língua portuguesa como língua materna, geradora de
significação e integradora da organização do mundo e da própria identidade;
• Proporcionar aos alunos, por meio dos textos, a importância da construção de uma
opinião própria;
• Analisar os recursos vocabulares, semânticos, morfossintáticos e estilísticos, e
compreender sua funcionalidade no texto, utilizando-os em situações que lhe
possibilitem assimilar os mecanismos linguísticos gradativamente, incorporando
esses recursos no seu cotidiano;
8

• Perceber a ideia central do texto e seu relacionamento com outras ideias da


temática; • Reconhecer a prática da leitura como um instrumento facilitador da
aprendizagem e auxiliadora na vivência do dia a dia;
• Despertar o gosto pelo texto poético;
• Adquirir o hábito de escrever e de reescrever o texto

3. Quais as metodologias, os recursos e as formas de avaliação.


“O ensino de Língua Portuguesa seguiu – e ainda segue, em alguns contextos –
uma concepção de linguagem não privilegiada, no processo de aquisição e no
aprimoramento da língua materna, a história, o sujeito e o contexto”. (DCE, 2008,
p.15)
O estudo de Língua Portuguesa deve participar ativamente do processo de
construção do cidadão, pois a construção do conhecimento perpassa pela vida e por
valores diversos.
Por essa razão, a prática metodológica deverá levar o aluno não só ao
comprometimento como também instigá-lo a problematizar, pesquisar, refletir e sair
em busca de resoluções.
Sendo o aluno sujeito de um processo cultural, assumindo a oralidade, a escrita e a
leitura como conteúdos que implicam conhecimentos relativos às variedades
linguísticas e às diferentes construções da língua, inclusive quanto aos aspectos
argumentativos do discurso, há de se considerar uma metodologia de ensino e
atividades diversificadas e contextualizadas.
9

3 ELABORAR ATIVIDADE PARA A ABORDAGEM DOS TEMAS


CONTEMPORÂNEOS TRANSVERSAIS DA BNCC

Tema Contemporâneo Transversal.


Ciências da Natureza e suas Tecnologias
PROPOSTA DE ATIVIDADE

TCT Este plano de ação tem como tema: A escola está no


entorno do contorno da cidade onde foi feito um
desmatamento para desvio das carretas no centro da
cidade, está no entorno do da cidade de Barra de são
Francisco e tem por objetivo proteger a diversidade biótica,
disciplinar o processo de ocupação e assegurar a
sustentabilidade do uso dos recursos naturais através de
trabalhos de controle, fiscalização, monitoramento,
educação ambiental, eco-turismo entre outras dinâmicas IN
LOCO
Objetivo Planejamento de atividades
Atividades Gesto
Oficina na APA
Atividade Proposta  Fortalecer o Conselho Deliberativo;
 Promover programas de Educação Ambiental e
campanhas de orientações com comunidades e
turistas;
 Apoiar ações socioambientais na comunidade
 Fortalecer e aprovar o Plano de Manejo com sua
revisão.

Descrever Área de Manejo e recuperação de área degradada Exploração de


conhecimento potencial turístico
Habilidade  Humanos: Equipe Pedagógica, gestora e participação
das famílias.
 Materiais:  
 Datashow.
10

Avaliação. As contribuições deste plano de ação para


a comunidade escolar são várias, entre elas promover a
interação escola/família e na construção de valores.
11

4 CONHECER O PROCESSO DE GESTÃO ESCOLAR


1. Como o regimento e o PPP se aplicam nas ações do cotidiano da escola.
O Projeto Político Pedagógico (PPP) representa formas específicas de contribuir
para um aprendizado mais significativo dos alunos, resultando em orientações e
sugestões para atividades pedagógicas mais efetivas.

O PPP direciona os educadores na elaboração dos projetos e vivências de cada


turma e nas formas de participação da comunidade escolar. 

É uma forma de sistematizar os planos educacionais e refletir criticamente sobre sua


importância, assegurando a qualidade do trabalho desenvolvido com o objetivo de
garantir a educação de qualidade.

É elaborado de acordo com as regulamentações do Regimento Escolar, que busca


estabelecer diretrizes para o funcionamento das Unidades Educacionais.

Tais documentos foram construídos com a participação da comunidade escolar, e o


conhecimento neles contido é uma forma legítima de se inteirar sobre o trabalho
realizado por todos os profissionais que trabalham na Escola.

2. Discorra sobre 3 (três) aspectos abordados pelo diretor que você destaca
como mais importantes.

 Formação e condições de trabalho dos profissionais da escola.

 Gestão escolar democrática que faz o acompanhamento da


qualidade da educação ofertada na escola

 A prática pedagógica do professor deve objetivar o desenvolvimento


e a autonomia dos educandos. Para isso, é preciso acompanhá-los
de perto e, de fato, conhecê-los em suas potencialidades e
dificuldades.
12

5 CONHECER A ATUAÇÃO DA EQUIPE PEDAGÓGICA NO


ACOMPANHAMENTO DO DESENVOLVIMENTO DA DISCIPLINA
1.Escolha e conceitue três atribuições da equipe pedagógica que auxiliam o
professor a organizar o Plano de Trabalho Docente.
A equipe pedagógica é responsável pela coordenação, implantação e
implementação no estabelecimento de ensino das Diretrizes Curriculares definidas
no Projeto Político-Pedagógico e no Regimento Escolar, em consonância com a
política educacional e orientações emanadas da Secretaria de Estado da Educação.
A equipe pedagógica é composta por professores graduados em Pedagogia.
Compete à equipe pedagógica:
I. coordenar a elaboração coletiva e acompanhar a efetivação do Projeto Político-
Pedagógico e do Plano de Ação do estabelecimento de ensino;
II. orientar a comunidade escolar na construção de um processo pedagógico, em
uma perspectiva
democrática;
III. participar e intervir, junto à direção, na organização do trabalho pedagógico
escolar, no sentido de realizar a função social e a especificidade da educação
escolar;

2. Exemplifique de que maneira a equipe pedagógica poderá orientar o


professor, tendo como referência a utilização do Projeto Político Pedagógico e
da Proposta Curricular.
A equipe pedagógica deve acompanhar todo o processo, realizar reuniões com
os professores sobre práticas pedagógicas, orientar no planejamento das aulas,
discutir critérios e instrumentos de avaliação, ou seja, retomar a formação didático-
pedagógica.
13

1 CONHECER METODOLOGIAS ATIVAS COM USO DE TECNOLOGIAS


DIGITAIS

As Tecnologias de Informação e Comunicação - TIC, utilizadas como


recurso no desenvolvimento do processo de ensino e de aprendizagem, é citada
diversas vezes na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).
A BNCC é um documento nacional que descreve o conjunto de
normatizações e aprendizagens essenciais que os educandos devem constituir na
sua permanência na Educação Básica A partir da estruturação da BNCC e do
desenvolvimento das novas metodologias, além do avanço das tecnologias digitais
na Educação, iniciou-se uma preocupação em formar professores para facilitar o
desenvolvimento de ações e posturas ativas junto aos alunos.
Perante esse novo contexto, os docentes devem superar vários
desafios no processo de ensino e de aprendizagem, dentre eles: o entendimento das
diferentes possibilidades metodológicas e pedagógicas proporcionadas pelas
tecnologias digitais, a compreensão da importância do desenvolvimento de
competências, habilidades e ações dos discentes, além da estrutura e do currículo,
ainda muitas vezes cristalizado, das escolas e universidades brasileiras.
Os docentes devem ter a oportunidade de experimentar ações de
utilização de novas metodologias, bem como a socialização e o compartilhamento
de conhecimentos.
Além disso, entende-se que os conteúdos teóricos associados às
atividades colaborativas, onde os professores têm a oportunidade de vivenciar a
própria prática, servem de importante apoio para que estes se sintam mais seguros.
Com isso, proporciona-se uma maior aproximação com o corpo
estudantil, facilitando a relação professor/aluno.
14

6 PLANOS DE AULA
PLANO DE AULA Nº 01
SOBRE NOVAS TECNOLOGIAS EM SALA DE AULA E O USO DO HIPERTEXTO

identificação Disciplina: português


Serie: 1º ano
Turma: B
Turno: vespertino
Objetivos -Despertar nos alunos a importância das novas tecnologias no contexto da sala-
de-aula, levando-os à reflexão sobre sua utilização e disponibilidade,
considerando que cada cidadão tem o direito de usufruir destas ferramentas,
bem como, o dever de utilizá-las de maneira responsável.
-Utilizar o hipertexto como ferramenta frequente na realização das atividades da
aula e nos momentos de pesquisa.

Conteúdo - A utilização de forma responsável das Tecnologias de Informação e


Comunicação – TIC;
- A importância das TIC;
- Os diversos usos das TIC no contexto da sala-de-aula;
- A aprendizagem relacionada a hipertexto utilizando sites de pesquisa.

Metodologia Primeira aula Tema: Hipertexto


Atividade 1: Utilizando o laboratório de informática da escola, os alunos
deverão acessar sites de busca, como, Google, Yahoo, uol busca e pesquisar
sobre hipertexto. Após navegar na Wikipédia e descobrir o que é, relatar aos
colegas sobre suas descobertas.
Atividade 2: Produzir um pequeno texto sobre a temática abordada e inserir
links de pesquisa para enriquecer sua produção.

Tópico para reflexão dos alunos:


      Ressaltar que as TIC são essenciais no contexto atual da educação e da
escola.

Sugestão de atividades:
1º passo: Após a apresentação de vídeos sobre o tema, realizar as seguintes
atividades:
       
      Dividir a turma em grupos, sendo que cada um se responsabilizará por
expressar através da criação de hipertexto se a aula com a presença das TIC, é
mais ou menos produtiva do que da forma convencional;
15

      Conduzir uma interação com os colegas através de um Chat;


2º passo:
Após a apresentação das atividades:
        Levar os alunos a visitar novos sites de forma aleatória para fomentar a
curiosidade e o desejo de continuar usando as TIC nas atividades educacionais,
principalmente nas pesquisas.

Recursos Computador celular tablet


Avaliação Observar e registrar a participação dos alunos nas etapas individuais e coletivas
do trabalho;
Verificar o domínio progressivo dos conceitos, das noções e dos processos;
Examine o conjunto da produção de todas as atividades;
Reservar um tempo para que os alunos falem livremente sobre a experiência e
para avaliar eventuais dificuldades e ganhos de aprendizagem.

Referências  www.mec.gov.br, www.google.com.br/Wikipédia

PLANO DE AULA Nº 02 Meio ambiente


identificação Disciplina: português
Serie: 1º ano
Turma: c
Turno: vespertino
Objetivos
 Os alunos serão capazes de discutir e desenhar representações de cada
estágio de crescimento de uma determinada planta;

 Estimular a curiosidade natural da criança;

 Trabalhar em equipe;

 Desenvolver a noção de sequência temporal.

Conteúdo
 A forma das plantas

 Sustentabilidade

Metodologia Atividade 1: Utilizando o laboratório de informática da escola, os alunos deverão


acessar sites de busca, como, Google, Yahoo, uol busca e pesquisar sobre meio
ambiente. Após navegar na Wikipédia e descobrir o que é, relatar aos colegas sobre
suas descobertas.
Atividade 2: Produzir um pequeno texto sobre a temática abordada e inserir links
de pesquisa para enriquecer sua produção.

Tópico para reflexão dos alunos:


16

      Ressaltar que as TIC são essenciais no contexto atual da educação e da escola.


Nessa parte os alunos poderão pesquisa sobre o meio ambiente principalmente os
impactos ambientais em sua cidade.

Recursos Computador celular tablet


Avaliação Observar e registrar a participação dos alunos nas etapas individuais e coletivas do
trabalho;
Verificar o domínio progressivo dos conceitos, das noções e dos processos;
Examine o conjunto da produção de todas as atividades;
Reservar um tempo para que os alunos falem livremente sobre a experiência e para
avaliar eventuais dificuldades e ganhos de aprendizagem
Referências www.mec.gov.br, www.google.com.br/Wikipédia
17
18

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Ao atingir os objetivos propostos para o Estágio Supervisionado de


Licenciatura em Língua Portuguesa, atividade curricular de caráter obrigatório para o
curso de graduação da UNOPAR, que tem por objetivo proporcionar ao aluno a
oportunidade de aplicação dos conhecimentos adquiridos no campo da prática
profissional, e após completar carga horária. O Estagio cumpriu o programa previsto.
Concluísse que as atividades realizadas durante o exercício do
estágio durante essa Pandemia do Corna virus nos desdobramos mais para assistir
os vídeos de instruções por parte dos professores a distância, contudo não
perdemos o foco, das disciplinas as quais foram fundamentais não somente para
fixação de parte dos conhecimentos obtidos durante a formação acadêmica, mas
para o crescimento profissional e pessoal do estagiário.
Revelando a rotina de trabalho em uma plataforma com professores
diretores pedagogos, supervisores coordenadores de referência da UNOPAR.
O ambiente interdisciplinar auxiliou o estagiário no desenvolvimento
de competências não desenvolvidas durante a graduação, como as competências
da plataforma web site, fundamentais ao aprendizado nesta fase da Pandemia.
Todavia o estágio é um espaço privilegiado de questionamento e
investigação onde a aproximação do aluno estagiário com o docente da escola não
é apenas para verificação da aula e do modo de conduzir a classe, mas é também
para pesquisar a pessoa do professor, seu ingresso na profissão, a forma como
conquistou seus espaços e como vem construindo sua identidade profissional ao
longo dos anos.
Neste momento não podemos conhecer os alunos, suas
dificuldades, peculiaridades, anseios, de conhecer como a escola se organizam para
receber estes alunos, de verificar qual postura deveremos ter ao estagiar, ao realizar
esta etapa utilizando as tecnologias digitais.
Foi um momento único, do qual tenho certeza que irá fazer parte de
minha vida profissional, como, mas uma experiência boa e agradável!
19

REFERÊNCIAS
https://www.dropbox.com/sh/qa01k9r9g5xxh0u/AACojITyD5l9xVLd5bxS0FbLa?
dl=0&preview=Projeto+Pol%C3%ADtico+Pedag%C3%B3gico+-+PPP.pdf acesso em
10/08/2021

https://www.dropbox.com/sh/znekgkqecoevhi8/AAA_sXlISGa7wrAGUGuIUvgJa?
dl=0&preview=Metodologias+Ativas.pdf acesso em 10/03/2021

https://fast.player.liquidplatform.com/pApiv2/embed/cef0e36cb56bc0d80571195a9e6
072ec/18ec14083a5a5fcdff6438d3d7e01888 acesso em 10/08/2021

https://blog.elevaplataforma.com.br/gestao-escolar-e-gestao-educacional/ acesso em
10/08/2021

file:///C:/Users/Sandro/Desktop/ANATOPATOLOGIA%202%20PARCIAL/plano
%20de%20trabalho%20covid.pdf acesso em 10/08/2021

https://minhabiblioteca.com.br/tecnologia-em-sala-de-aula-como-usar-celular/ acesso
em 10/08/2021

Você também pode gostar