Você está na página 1de 55

MANUAL DE INSTALAÇÃO

Condicionadores de Ar Hi-Wall
SHF/Q - 9/12/18/24.000 BTU/h
SRF/Q - 9/12.000 BTU/h

CERTIFIC
O
IA

AD
LE

DE
O

GARANTIA
AN

ÃO

ES
T

DA I LA
N S TA
ÍNDICE

1
INTRODUÇÃO

NOTAS ANTES DA INSTALAÇÃO

2
1. PEÇAS E ACESSÓRIOS
PEÇAS E ACESSÓRIOS INCLUÍDOS NA EMBALAGEM PEÇAS E ACESSÓRIOS INCLUÍDOS NA EMBALAGEM
DA UNIDADE INTERNA DA UNIDADE EXTERNA
(As quantidades estão indicadas entre parênteses) (As quantidades estão indicadas entre parênteses)

Placa de instalação Controle remoto (1) Manual de instalação CTI (1) Folheto Postos
(1) (1) Autorizados (1)

Postos
Autorizados

Pilhas para o Manual de operação


controle remoto (2) (1)

3
2. PREENCHIMENTO DO CTI (CONTROLE TÉCNICO DE INSTALAÇÃO)

4
3. INSTALAÇÃO - PRELIMINARES

5
4. COMO RETIRAR O SUPORTE DE FIXAÇÃO DA UNIDADE INTERNA

5. COMO ESCOLHER O LOCAL DE INSTALAÇÃO DO APARELHO


fig. 1
P
L

DIMENSÕES DA UNIDADE INTERNA


MODELOS A (mm) L (mm) P (mm)
SRFI/QI 9/12.000 250 740 195
SHFI/QI 9/12.000 270 790 180
SHFI/QI 18/24.000 320 1000 200

6
COMO ESCOLHER O LOCAL DE INSTALAÇÃO DO APARELHO (CONT.)

fig. 1

DIMENSÕES DA UNIDADE EXTERNA


MODELOS A (mm) L (mm) P (mm)
SHFE/QE 9.000 500 700 225
SRFE/QE 9.000 500 700 225
SHFE/QE 12.000 540 795 255
SRFE/QE 12.000 540 795 255
SHFE/QE 18.000 540 795 255
SHFE/QE 24.000 605 850 295

7
COMO ESCOLHER O LOCAL DE INSTALAÇÃO DO APARELHO
Ao instalar o condicionador de ar, respeite os espaços livres e os comprimentos máximos indicados no diagrama seguinte.

70 mm
300 mm ou mais
ou mais

300 mm
ou mais

“H” = 7 metros (9/12.000), “H” = 8 metros (18.000) e “H” = 10 metros (24.000)


1900 mm
Distância mínima do piso

“L” = 15 metros (9/12.000)


“L” = 20 metros (18/24.000)
(Comprimento máximo da tubulação)

de desnível máximo entre as unidades

1,0 m mínimo (9/12.000)


1,5 m mínimo (18/24.000)

COMPRIMENTO DOS TUBOS


MODELOS DESNÍVEL
PADRÃO MÁXIMO MÍNIMO
9.000
15m 7,0m
ATENÇÃO 12.000
Obedeça as elevações e comprimentos máximos 7,5m 2m
18.000 8m
permitidos para não perder o direito à garantia. 20m
24.000 10m

8
6. COMO INSTALAR A PLACA DE FIXAÇÃO DA UNIDADE INTERNA
fig. 1

9/12.000-2
fig. 2

18/24.000-2
fig. 3

fig. 4

fig. 5

Parafusos Parafusos

fig. 6

9
7. INSTALAÇÃO DO TUBO DE DRENAGEM DA UNIDADE INTERNA

mínimo
5 cm
Cavi-
dade

A inclinação do tubo A extremidade do O tubo não esteja A extremidade do tubo Haja pelo menos 5
não seja tubo não seja dobrado em não fique dentro centímetros de
ascendente imersa em água direções diferentes de qualquer cavidade distância entre o
tubo e o chão

Tubo de PVC
0,6 cm

10
8. COMO INSTALAR E CONECTAR A TUBULAÇÃO NAS UNIDADES

ISOLANTE TÉRMICO
A
UNIDADE
EXTERNA

A 3m
B
TUBO DE COBRE
UNIDADE 3m
INTERNA
IMPORTANTE: É obrigatório que as tubulações sejam
isoladas separadamente

11
COMO INSTALAR E CONECTAR A TUBULAÇÃO NAS UNIDADES

12
9. COMO FIXAR A UNIDADE EXTERNA

Saída de Ar

10. COMO PURGAR A UNIDADE INTERNA

13
11. COMO ALONGAR A TUBULAÇÃO

TORQUE

14
12. TRABALHOS ELÉTRICOS

115 V (FASE / NEUTRO) NEUTRO 220 V (FASE / FASE)


FASE
PONTE
TOMADA COM
TERRA PONTE
PLUG DE 3 PINOS
FASE

TERRA

CHAVE DISJUNTORA TERRA


NEUTRO FASE
CHAVE DISJUNTORA FASE
FASE TERRA

15
13. COMO CONECTAR OS CABOS DE LIGAÇÃO

fig. 1 Mod. SHF


9.000-2 / 12.000-2
(Frio)
Tampa do
conector

Unidade 1 2(N)

interna

Terra
Unidade 1 2(N)
externa

fig.2 Mod. SHQ


9.000-2 / 12.000-2
(Quente / Frio)
Tampa do
conector

Unidade 1 2(N) 3 4
interna

Unidade Terra
1 2(N) 3 4
externa

fig. 1 Mod. SRF fig.2 Mod. SRQ


9.000-2 / 12.000-2 9.000-2 / 12.000-2
(Frio) (Quente / Frio)
Tampa do
conector Tampa do
conector

1 2(N)
Unidade 1 2(N) 3 4
Unidade interna
interna
Terra
Terra

Unidade Unidade
1 2(N) 1 2(N) 3 4
externa externa

16
18.000-2 / 24.000-2 18.000-2
(Frio) (Quente / Frio)

2(N)
2(N)

2(N)
2(N)

24.000-2 Fig. 1
(Quente / Frio)

2(N)

18/24.000
(Quente / Frio)
2(N)

2(N)

18/24.000
(Frio)

2(N)

17
COMO CONECTAR OS CABOS DE LIGAÇÃO

fig. 1

fig. 2 (Frio)

Unidade
interna

Terra
Unidade 1 2(N)
externa

fig. 3 (Quente / Frio)

Unidade
interna
Terra

Unidade 1 2(N) 3 4
externa

18
14.COMO VERIFICAR A CONEXÃO DO ATERRAMENTO

Fio com isolamento verde/


amarelo, 2,5mm² x 3,5m

19
15. COMO EXECUTAR O TESTE DE VAZAMENTO NO SISTEMA
fig. 1 MANIFOLD

N2
CILINDRO DE
NITROGÊNIO

VAPOR

COMP CONDENSADOR EVAPORADOR

LÍQUIDO

UNIDADE EXTERNA UNIDADE INTERNA

fig. 2

fig. 3

20
16. EVACUAÇÃO E DESIDRATAÇÃO DO SISTEMA

VACUÔMETRO
MANIFOLD ELETRÔNICO

BOMBA
DE VÁCUO

VAPOR

COMP CONDENSADOR EVAPORADOR

LÍQUIDO

UNIDADE EXTERNA UNIDADE INTERNA

TEMPERATURA
UNIDADES DE VÁCUO DE EVAPORAÇÃO
DA ÁGUA
Poleg. Hg mm Lb Torr Mícrons 0°C 0°F
0 0 14,7 760 100 212
15 380 74 380 82 179
26 660 19 100 52 125
27 684 14 76 46 114
28 711 0,95 50,800 50.800 38 100
29 735 0,49 25,400 25.400 26 79
29,2 740 0,40 20,800 20.800 22 72
29,8 755 0,09 4,579 4.579 0 32
29,904 0,005 0,250 250 -31 -25
29,918 0,002 0,097 97 -40 -40
29,92 0,0005 0,025 25 -51 -60

1.

21
17.QUANDO E COMO COMPLETAR A CARGA DE FLUÍDO REFRIGERANTE

MANIFOLD

GARRAFA
GRADUADA

VAPOR

COMP CONDENSADOR EVAPORADOR

LÍQUIDO

UNIDADE EXTERNA UNIDADE INTERNA

18.COMO LIBERAR O FLUÍDO REFRIGERANTE PARA O SISTEMA

HASTE DA VÁLVULA

BATENTE

HASTE DA
VÁLVULA

22
19.TESTE DE FUNCIONAMENTO

20.SUPERAQUECIMENTO (CÁLCULO PARA AJUSTE DE CARGA)


MANIFOLD

21ºC

1 2 3
4

VÁLVULA DE SERVIÇO
DE SUCÇÃO

SA = t suc - t ev VAPOR

COMP CONDENSADOR EVAPORADOR

LÍQUIDO

UNIDADE EXTERNA UNIDADE INTERNA

SUPERAQUECIMENTO
FAIXA ACEITÁVEL FAIXA RECOMENDADA
De 5 a 15°C De 7 a 11°C

SUPERAQUECIMENTO
MENOR QUE 5°C MAIOR QUE 15°C
Há excesso de refrigerante. Há falta de refrigerante.
Retire refrigerante Acrescente refrigerante
do sistema. do sistema.

23
21. TABELA DE PRESSÃO/TEMPERATURA (R-22)
TABELA TERMODINÂMICA DO FLUÍDO REFRIGERANTE R-22
PSIG °C °F PSIG °C °F PSIG °C °F
-6 -45,6 -50 41,2 -6,5 18 153,2 28,9 84
-3,5 -43,9 -47 43,9 -6,1 21 160,8 30,6 87
-2,2 -42,2 -44 47,9 -4,4 24 170,1 32,2 90
-0,8 -4,6 -41 51,2 -2,8 27 176,5 33,9 93
1,4 -38,9 -38 55,2 -1,1 30 185 35,6 96
2,7 -37,2 -35 58,4 0 32 193,1 37,2 99
3,8 -35,6 -32 61 1,1 34 202,1 38,9 102
5,6 -33,9 -29 65,1 2,8 37 213,5 40,6 105
7,1 -32,2 -26 69,3 4,4 40 219,9 42,2 108
8,8 -30,6 -23 73,1 6,1 43 229,8 43,9 111
10,6 -28,9 -20 76,2 7,2 45 239,8 45,6 114
12,4 -27,2 -17 79,1 8,3 47 250 47,2 117
14,1 -25,6 -14 85,9 10,6 51 262,8 48,9 120
16,3 -23,9 -11 91,1 12,2 54 271,6 50,6 123
18,5 -22,2 -8 95,9 13,8 57 280,3 52,2 126
20,1 -20,6 -5 102,7 15,6 60 300 54,4 130
22,3 -18,9 -2 107,4 17,2 63 304,5 55,6 132
24 -17,8 0 113,2 18,9 66 319,7 57,2 135
26,5 -16,1 3 119,5 20,6 69 329,4 58,9 138
29 -14,4 6 125,7 22,2 72 342,2 60,6 141
32,7 -12,8 9 133,9 23,9 75 354,3 62,2 144
35,5 -11,1 12 139,5 25,6 78 368,6 63,9 147
38,1 -9,4 15 145,9 27,2 81 382,3 65,6 150

Pressão manométrica abaixo Temperatura de °C Temperatura de °F


de zero/unidade em ”Hg abaixo de zero abaixo de zero
(polegada de mercúrio)

22. CORRENTE ELÉTRICA


1. Verifique a corrente elétrica na etiqueta do produto.
ATENÇÃO: Não efetue correções da corrente elétrica
2. Com um alicate amperímetro, meça a corrente nominal de adicionando ou removendo fluído refrigerante.
funcionamento e compare com a da etiqueta.
Caso o valor apresentado for maior que o da etiqueta, iden-
tifique uma possível irregularidade.

24
23.TEMPERATURA DE INSUFLAMENTO E DE RETORNO

24.QUANDO E COMO ADICIONAR ÓLEO NO COMPRESSOR/SISTEMA


MANIFOLD

200

150

100

50

ÓLEO MINERAL
VAPOR

COMP CONDENSADOR EVAPORADOR

LÍQUIDO

UNIDADE EXTERNA UNIDADE INTERNA

25. FINALIZAÇÃO DA INSTALAÇÃO

25
26. CONDIÇÕES DE APLICAÇÃO / OPERAÇÃO
Os equipamentos foram projetados para aplicação e operação conforme a tabela abaixo:

SITUAÇÃO VALORES ADMISSÍVEIS


TENSÃO (V) ± 10% EM RELAÇÃO AO VALOR DE PLACA
REFRIGERAÇÃO: MÁXIMA 43°C
TEMPERATURA DO AMBIENTE EXTERNO
AQUECIMENTO: MÍNIMO 7°C
COMPRIMENTO E ELEVAÇÃO
VIDE ÍTEM PÁG. 08
DAS TUBULAÇÕES (ENTRE AS UNIDADES)

27. DEFEITOS, CAUSAS E SOLUÇÕES


OCORRÊNCIAS POSSÍVEIS CAUSAS AÇÕES
Compressor para de funcionar após 10
Congelamento Ajuste o controle remoto para
minutos e o motor ventilador da
na serpentina operar em ventilação baixa
unidade interna funciona
(evaporador) até completar o degelo.
na velocidade baixa.
Aparelho para de funcionar após 20 minutos Problema
Verifique o funcionamento
e ambiente com temperatura superior com funcionamento
da unidade externa e
a 25°C - led do temporizador pisca 5 da unidade
execute reparos necessários.
vezes com intervalos de 5segundos externa.
O ventilador da unidade é Sistema de proteção Verifique o funcionamento da válvula de rever-
interrompido durante o funcionamento contra insuflamento são e do compressor aguarde reiniciar o
em aquecimento e o led de operação de ar frio para o funcionamento, observe se o fluído refrigerante
fica piscando ambiente. aquece as serpentinas (evaporador).
Compressor e válvula reversora Temperatura na Verifique se há retorno de ar
interrompe o funcionamento, e sem serpentina interna de descarga do condensador
período determinado volta a funcionar. acima de 60°C. ou de outra máquina.
Verifique o circuito de alimentação (disjun-
Sem energia
tores, fusíveis, cabos elétricos interrompidos).
Baixa tensão Restabeleça ou use um estabilizador de tensão
Condicionador não funciona
Erros na interligação Verifique as ligações com o diagrama
elétrica elétrico
Motor ventilador queimado Substitua o motor ventilador
Operação irregular do Ajuste o funcionamento através
controle remoto do controle remoto
Verifique a carga térmica do ambiente comparando
Aparelho insuficiente com a capacidade térmica do aparelho.
Substitua ou acrescente outro(s) aparelho(s).
Excesso ou falta de fluído Ajuste a carga de fluído refrigerante através
refrigerante da medição do superaquecimento.
Evaporador e/ou condensador Desligue o aparelho para descongelamento
Ventilador funciona mas não refrigera ou
bloqueado por gelo ou sujeira ou efetue limpeza nas serpentinas
aquece o ambiente ou baixo rendimento
Compressor ou Motor ventilador Ajuste ou substitua o compressor
da unidade externa queimado ou motor ventilador do condensador
Válvula reversora não atua Substitua a válvula reversora ou
(travada ou bobina queimada) a bobina solenoide
Relé do compressor ou ventilador Substitua a placa eletrônica
não alimenta a unidade externa de comando
Temperatura externa muito Aguarde normalizar as condições
alta ou muito baixa de temperatura

26
DEFEITOS, CAUSAS E SOLUÇÕES
OCORRÊNCIAS POSSÍVEIS CAUSAS AÇÕES
Operação irregular do Ajuste o funcionamento através
controle remoto. do controle remoto.
Execute limpeza dos filtros de ar, aletas do
O aparelho funciona, porém insuflando Falta de manutenção preventiva.
evaporador e do blower (turbina).
pouco ar no ambiente.
Remova os obstáculos ou reposicione o
Obstrução por obstáculos. aparelho ou redirecione o insuflamento
desviando do obstáculo.
Bateria descarregada (pilha). Substitua as pilhas.
Interferência de sinais Afaste os equipamentos eletrônicos ou
eletrônico, (televisores etc). reinstale o aparelho em outro local.
Luz intensa incidindo Teste o equipamentos com menor intensidade
Controle remoto não funciona.
no receptor de sinais. de iluminação - solucione o problema apresentado
Problema do controle remoto. Substitua o controle remoto.
Possível teste com outro controle remoto ou
Receptor de sinais defeituoso.
substitua a placa eletrônica do receptor de sinais.
Problema mecânico ou elétrico
Substitua o compressor.
no compressor.
Compressor para após iniciar
Protetor térmico ou Substitua o componente
o funcionamento.
Capacitor defeituoso. defeituoso.
Problema eletrônico Verifique a tabela de auto diagnóstico do aparelho.
Bobina queimada ou
Contatora não abre/fecha os contatos. Substitua a contatora.
contato colado.
Folga nos mancais do ventilador. Substitua o componente defeituoso.
Blower desbalanceado (turbina). Substitua o blower.
Execute a limpeza do blower (cuidado para
Sujeira no blower (turbina).
não remover o balanceamento.
Instalação incorreta ou Ajuste a instalação
parede/suporte irregular. e o suporte.
Amortecedores de vibração
Vibração excessiva na unidade interna. Substitua os amortecedores.
danificados (coxim de borracha).
Compressor ou ventilado danificado. Substitua o componente defeituoso.
Parafusos com pouco aperto. Ajuste os parafusos de forma adequada.
Tubulações incidido no gabinete Ajuste as tubulações e componentes
ou outras partes da unidade. irregulares na unidade.
Bloqueio na circulação de ar No caso de obstrução por
Unidade condensadora ciclando nas serpentinas do condensador obstáculos, remova-os ou efetue
(liga/desliga), somente para ou evaporador. limpeza das serpentinas.
unidade com pressostato. Filtro de gás e/ou tubo Recolha o fluído refrigerante, substitua o
capilar obstruído. conjunto filtro e capilar, reprocesse o sistema.
Nivelamento da unidade. Nivele corretamente a unidade.
Vedação do dreno incorreto. Utilize produto apropriado para vedação.
Vazamento de água pela unidade interna.
Tubo de drenagem obstruído, inclusive Execute a desobstrução do dreno
por falta de manutenção preventiva. e a devida manutenção preventiva.

27
28.AUTO DIAGNÓSTICO
OCORRÊNCIAS - UNIDADES INTERNAS SH-9/12.000
POSSÍVEIS CAUSAS
LED DE FUNCIONAMENTO (verde) LED DE TEMPORIZADOR (amarelo)
Pisca uma vez com Problema no sensor de temperatura da
intervalo de 8 segundos. Acesa. serpentina (unidade interna).
Pisca 2 vezes com Problema no sensor de temperatura
intervalo de 8 segundos. Acesa. ambiente (unidade interna).
Pisca 3 vezes com Problema no motor ventilador
Acesa. intervalos de 8 segundos da unidade interna.
Pisca 5 vezes com
Acesa. intervalos de 8 segundos Problema na unidade interna.

Pisca 6 vezes com Problema no motor ventilador


intervalo de 8 segundos. Acesa.
da unidade interna.
Pisca 6 vezes com Conector do motor interno solto.
intervalo de 3 segundos. Acesa.
Conector invertido.
Pisca 6 vezes com Problema com sensor de proteção
intervalo de 2 segundos. Acesa.
do motor interno.

Pisca 3 vezes com


intervalos de 3 segundos Falta de Manutenção Preventiva
Acesa.
(depois de 1 hora de funcionamento). Motor defeituoso

OCORRÊNCIAS - UNIDADES INTERNAS SR-9/12.000


INFORMAÇÃO DO DISPLAY POSSÍVEIS CAUSAS
dF Degelo

Motor ventilador não liga* Defesa contra vento frio

E2 Falha no sensor de temperatura ambiente

E3 Falha no sensor de temperatura da serpentina

E4 Anormalidade na unidade externa

Sem realimentação do ventilador


E5
da unidade interna

E6 Falha de sincronismo

E7 Falha no sinal de retorno da unidade externa

E8 Proteção contra sobreaquecimento

E9 Falha na bomba de água

*Está ocorrência não aparece no display.

28
29.MANUTENÇÃO PREVENTIVA

SUGESTÃO DE PLANO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA EM CONDICIONADOR DE AR SPLIT.

29
30.TABELA DE CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
UNIDADE INT. SHFI-9.000-2 SHQI-9.000-2 SHFI-12.000-2 SHQI-12.000-2 SHFI-18.000-2 SHQI-18.000-2 SHFI-24.000-2 SHQI-24.000-2
ITEM
UNIDADE EXT. SHFE-9.000-2 SHQE-9.000-2 SHFE-12.000-2 SHQE-12.000-2 SHFE-18.000-2 SHQE-18.000-2 SHFE-24.000-2 SHQE-24.000-2

BTU/h 9000 9000 12000 12000 18000 18000 24000 24000


REFRIGERAÇÃO
W 2637 2637 3516 3516 5275 5275 7032 7032
CAPACIDADE
BTU/h 9000 12000 18000 24000
AQUECIMENTO
W 2637 3516 5275 7032

TENSÃO V 220 220 220 220 220 220 220 220


FREQÜÊNCIA Hz 60 60 60 60 60 60 60 60
REFRIGERAÇÃO 4,15 4,2 5,48 5,6 8,9 8,9 10,7 10,5
CORRENTE A
AQUECIMENTO 3,9 5,7 8,0 10,7

REFRIGERAÇÃO 885 905 1140 1200 1890 1890 2410 2400


CONSUMO W
AQUECIMENTO 840 1220 1700 2420
TIPO DE REFRIGERANTE TIPO R-22 R-22 R-22 R-22 R-22 R-22 R-22 R-22
CARGA DE REFRIGERANTE g 560 620 850 820 1000 1200 1150 1350
DISJUNTOR A 10 10 13 13 16 16 20 20
CABO DE INTERLIGAÇÃO mm² PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x2,5mm² até 10m PP 3x2,5mm² até 10m PP 3x2,5mm² até 10m PP 5x2,5mm² até 10m
CABO DE ALIMENTAÇÃO mm² Padrão Padrão Padrão Padrão Padrão Padrão Padrão Padrão
PADRÃO 7,5 7,5 7,5 7,5 7,5 7,5 7,5 7,5
COMPRIMENTO
m
DOS TUBOS
MÁXIMO 15 15 15 15 20 20 20 20

DESNÍVEL MÁXIMO m 7 7 7 7 8 8 10 10

LÍQUIDO 1/4 1/4 1/4 1/4 1/4 1/4 3/8 3/8


TUBULAÇÕES Pol.
SUCÇÃO 3/8 3/8 5/8 5/8
PESO (sem embalagem) EVAP./COND. kg 9/27 9/30 10/36 10/37 15/36 15/38 15/45 15/45

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SUJEITAS A ALTERAÇÕES SEM PRÉVIO AVISO

UNIDADE INT. SRFI-9.000-2 SRQI-9.000-2 SRFI-12.000-2 SRQI-12.000-2


ITEM
UNIDADE EXT. SRFE-9.000-2 SRQE-9.000-2 SRFE-12.000-2 SRQE-12.000-2

BTU/h 9000 9000 12000 12000


REFRIGERAÇÃO
W 2637 2637 3516 3516
CAPACIDADE
BTU/h 9000 12000
AQUECIMENTO
W 2637 3516

TENSÃO V 220 220 220 220


FREQÜÊNCIA Hz 60 60 60 60
REFRIGERAÇÃO 4,06 3,98 5,46 5,42
CORRENTE A
AQUECIMENTO 4,0 5,40

REFRIGERAÇÃO 890 880 1190 1190


CONSUMO W
AQUECIMENTO 860 1160
TIPO DE REFRIGERANTE TIPO R-22 R-22 R-22 R-22
CARGA DE REFRIGERANTE g 505 580 560 800
DISJUNTOR A 10 10 13 13
CABO DE INTERLIGAÇÃO mm² PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m PP 3x1,5mm² até 10m
CABO DE ALIMENTAÇÃO mm² Padrão Padrão Padrão Padrão
PADRÃO 7,5 7,5 7,5 7,5
COMPRIMENTO
m
DOS TUBOS
MÁXIMO 15 15 15 15

DESNÍVEL MÁXIMO m 7 7 7 7

LÍQUIDO 1/4 1/4 1/4 1/4


TUBULAÇÕES Pol.
SUCÇÃO 3/8 3/8
PESO (sem embalagem) EVAP./COND. kg 9/25 9/25 9/32 9/32,5

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SUJEITAS A ALTERAÇÕES SEM PRÉVIO AVISO

O cabo de interligação deve obedecer às especificações acima e estar em conformidade com o código 247NM53 da Norma
Mercosul.

30
31. CERTIFICADO DE GARANTIA

CASO VOCÊ VENHA A PRECISAR DOS SERVIÇOS DE


INSTALAÇÃO E ASSITÊNCIA TÉCNICA, POR FAVOR,
CONSULTE-NOS PELO TELEFONE:

31
ANOTAÇÕES

32
4176.00
Rev. 1 - (08/08)

0800 70 (35446(
GRANDE SÃO PAULO: 3383-5555
www.elgin.com.br - sac@elginsp.com.br
MANUAL DE OPERAÇÃO
Condicionador de Ar Split Hi-Wall
Linha Silent SGF/Q 8/12.000
SHF/Q 9/12.000
SKF/Q 9/12.000
Linha Compact SJF/Q 8/9/12.000
Bi-Split BAF/Q 18/24.000
CERTIFIC
O

IA

AD
LE
DE

O
GARANTIA

AN

ÃO
ES

Ç
DA I LA
N S TA
7121.00
Rev. 04 - (01/07)
0800 70 (35446(
GRANDE SÃO PAULO: 3383-5555
www.elgin.com.br - sac@elginsp.com.br
Você adquiriu um produto projetado para o seu conforto, com a qualidade e
garantia Elgin.
A partir de agora, você contará com todo o respaldo, confiança e
credibilidade de uma empresa brasileira que está, há mais de 50 anos,
atuando em diversos segmentos do mercado.

CARO USUÁRIO, PARABÉNS PELA SUA ESCOLHA

Este Manual de Instruções contém muitas informações úteis sobre o seu


condicionador de ar. Recomendamos que você dedique um tempo à leitura
de todas estas informações pois elas o ajudarão a tirar o máximo proveito
das características técnicas do aparelho.
Leia com atenção todas as instruções deste manual.

ANTES DE UTILIZAR O APARELHO

1. INSTALAÇÃO / MANUTENÇÃO PREVENTIVA ................................................ 2


2. PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA ............................................................... 3
3. VISTA DAS UNIDADES/NOMES DAS PARTES E SUAS FUNÇÕES ........................ 5
4. COMO ABRIR / FECHAR A GRADE DA UNIDADE INTERNA .............................. 6
5. PAINEL INDICATIVO DA UNIDADE INTERNA ................................................ 6
6. DESCRIÇÃO E OPERAÇÃO DO CONTROLE REMOTO ...................................... 7
7. MODO AUTOMÁTICO ............................................................................ 8
8. MODOS REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO ................................................... 8
9. FUNÇÃO HIGH POWER ......................................................................... 9
10. FUNÇÃO ECONÔMICA ......................................................................... 9
11. AJUSTE DA DIREÇÃO DO FLUXO DE AR .................................................. 9
12. AJUSTE DO HORÁRIO ...................................................................... 10
13. FUNÇÃO SLEEP (DORMIR) ................................................................. 10
14. FUNÇÃO TIMER (TEMPORIZADOR) ....................................................... 11
15. EVENTUAIS PROBLEMAS E PONTOS DE VERIFICAÇÃO ............................... 12
16. MANUTENÇÃO E LIMPEZA .................................................................. 14
17. DICAS DE OPERAÇÃO ...................................................................... 16
18. CUIDADOS NO MANUSEIO ................................................................. 18
19. CERTIFICADO DE GARANTIA .............................................................. 20
ÍNDICE

1
1. INSTALAÇÃO / MANUTENÇÃO PREVENTIVA

LEIA COM ATENÇÃO


l Este equipamento requer uma instalação especializada em
virtude das suas características peculiares e da necessidade
de se acoplarem ao sistema tubulações de cobre, fiação
elétrica, etc. Estes complementos não acompanham o
equipamento e suas especificações variam de acordo com o
perfil da instalação.

l Para que a instalação seja executada corretamente e com


segurança, recomendamos os serviços de uma empresa
qualificada/credenciada pela Elgin, conforme o folheto dos
Postos Autorizados que acompanha o produto. A instalação
elétrica deverá estar de acordo com as normas ABNT.

l Tanto a execução de serviços e reparos por empresas ou


pessoas não credenciadas/qualificadas, como a reposição
de peças não originais, poderão trazer danos ao
equipamento causando alteração na garantia do produto.

l A Elgin, na constante busca de melhoria, reserva-se o direito


de, a qualquer momento, introduzir modificações em seus
produtos para melhor atender as necessidades e
expectativas de seus clientes. É possível, portanto, a
ocorrência de discrepâncias entre as configurações deste
manual e os produtos apresentados.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA
l Para manter o bom funcionamento e preservar as condições
do aparelho aumentando sua vida útil, pelo menos uma vez
por ano o equipamento deverá ser submetido a uma limpeza
interna, face ao acúmulo de pó e resíduos que se alojam nos
componentes. Estas condições prejudicam a eficiência do
produto podendo causar danos ao sistema.

l Recomendamos que a limpeza interna / manutenção


preventiva seja realizada pela Rede Autorizada Elgin,
lembrando que este item não está coberto pela garantia
conforme especificado no próprio Certificado de Garantia
contido neste manual.

2
2. PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA
Antes de ligar seu aparelho, leia com atenção
estas precauções. Proibido
Elas estão classificadas em Perigo e Cuidado.
Aquelas classificadas com o título Perigo,
alertam que um manejo inadequado pode
ocasionar consequências graves. Observe fielmente as instruções
As precauções classificadas com Cuidado,
dependendo das circunstâncias, também podem
gerar consequências sérias.
Providencie um aterramento eficaz
Portanto, para resguardar sua segurança,
observe atentamente estas importantes
precauções.
Os símbolos ao lado aparecem nos textos a Retire o fio da tomada
seguir. Observe atentamente seu significado.
Depois de ler este manual, consulte-o sempre
que surgir alguma dúvida.

CUIDADO!!

• Não instale o equipamento próximo a • É necessária a intalação de


condutores de gás. Se o gás entrar disjuntores adequados para evitar
em contato com o equipamento, choques elétricos ou outros
poderá provocar incêndio. problemas.
• O equipamento tem que ser aterrado • Certifique-se de instalar o tubo de
adequadamente. O fio-terra nunca drenagem com as inclinações
deve estar conectado a condutores necessárias para a vazão da água.
de gás, de eletricidade, de água ou
de telefone. Se o aterramento não for
realizado adequadamente, poderão
ocorrer choques elétricos.

CUIDADOS NA OPERAÇÃO PERIGO!!

• Não utilize extensões nem benjamins” • Se o cabo de ligação estiver


onde estejam conectados outros danificado providencie sua
equipamentos elétricos evitando substituição para evitar eventual
assim choques, superaquecimento curto-circuito.
dos fios ou incêndio.

3
CUIDADO!!

• Não utilize aerossóis (inseticidas, plugue da tomada. A limpeza não deve


tintas, etc) perto do equipamento e ser feita quando o ventilador interno
muito menos sobre ele, pois poderá estiver em movimento.
provocar fogo. • Se o condicionador de ar estiver em
• Os aparatos de combustão não devem operação juntamente com um aparato
ser colocados na direção do fluxo de ar de combustão, o ar do ambiente
do condicionador de ar. deverá ser renovado frequentemente.
• Não instale o equipamento em locais • A ventilação insuficiente poderá
onde o fluxo de ar alcance diretamente provocar acidentes por falta de
plantas ou animais pois poderá oxigênio.
causar-lhes danos. • Se o equipamento tiver que
• Ao limpar o equipamento, retire o permanecer inativo por longos
períodos, retire o plugue da tomada
para maior segurança.

CUIDADOS NO REPARO DO APARELHO PERIGO!!

• Para reparos no sistema, solicite elétricos ou incêndio.


sempre os serviços da Rede • Em condições anormais (cheiro de
Autorizada Elgin. queimado, por exemplo) desligue o
• Se o aparelho precisar ser retirado aparelho, retire o plugue da tomada
de um local para ser instalado em e consulte um Posto Autorizado
outro, recorra sempre à Rede Elgin.
Autorizada Elgin. Uma instalação • Usar o equipamento nestas
mal feita poderá ocasionar condições poderá provocar
infiltração de água, choques acidentes.

4
3. VISTA DAS UNIDADES/NOMES DAS PARTES E SUAS FUNÇÕES

UNIDADE INTERNA SENSOR DA TEMPERATURA AMBIENTE

GRADE DE ENTRADA DE AR
ABSORVE O AR DO AMBIENTE

FILTRO DE AR

ALETA DE AJUSTE DA DIREÇÃO


HORIZONTAL DO FLUXO DE AR

ALETA DE AJUSTE DA DIREÇÃO


VERTICAL DO FLUXO DE AR

TUBO DE DRENAGEM
SAÍDA DE AR DRENA A ÁGUA CONDENSADA

CABO DE ALIMENTAÇÃO
(ALGUNS MODELOS SÃO FORNECIDOS SEM O CABO)

CONTROLE REMOTO SEM FIO

CONEXÃO DOS TUBOS


CABO DE INTERLIGAÇÃO ELÉTRICA

UNIDADE EXTERNA
TAMPA DOS BORNES
(SILENT)

ENTRADA DE AR PELA PARTE TRASEIRA

CONEXÃO DOS TUBOS

SAÍDA DE AR

OBSERVAÇÃO: A APARENCIA DA UNIDADE EXTERNA COMPACT É DIFERENTE DA SILENT.


OS APARELHOS BI-SPLIT POSSUEM DUAS UNIDADES INTERNAS.

5
4. COMO ABRIR / FECHAR A GRADE DA UNIDADE INTERNA

COMO ABRIR COMO FECHAR


Puxe a grade de entrada do ar a partir dos Desça a grade e pressione-a nas laterais inferiores
rebaixos nos cantos laterais inferiores até e depois, no meio.
destravá-la.
Em seguida, levante-a com cuidado para abrir.

CHAVE DE OPERAÇÃO DE EMERGÊNCIA

Esta tecla pode ser usada como uma medida de


emergência para ligar/desligar a unidade quando o
controle remoto não estiver disponível.

5. PAINEL INDICATIVO DA UNIDADE INTERNA

HI POWER - LUZ VERMELHA


Acende-se durante a operação se acionada esta função

ECONO - LUZ VERDE


HI POWER ECONO Acende-se durante a operação se acionada a função
ECONÔMICA

TIMER RUN
RUN - EM FUNCIONAMENTO - LUZ VERDE
Acende-se durante a operação

TIMER - LUZ AMARELA


Acende-se quando acionadas as funções ON TIMER e
SLEEP

6
6. DESCRIÇÃO E OPERAÇÃO DO CONTROLE REMOTO

INDICADOR HIGH POWER INDICA A VELOCIDADE DE VENTILAÇÃO


ACENDE DURANTE O FUNCIONAMENTO NO SELECIONADA
MODO HIGH POWER

INDICADOR ECONO
INDICADOR DE TEMPERATURA ACENDE DURANTE A OPERAÇÃO ECONÔMICA
INDICA A TEMERATURA AJUSTADA (NÃO INDICA
A TEMPERATURA QUANDO O MODO DE
OPERAÇÃO É AUTOMÁTICO) INDICADOR FLUXO DE AR
INDICA O MODO SELECIONADO PARA AS ALETAS

INDICADOR DE HORÁRIO INDICADOR MODO DE OPERAÇÃO


DURANTE A OPERAÇÃO COM TEMPORIZADOR INDICA O MODO DE OPERAÇÃO SELECIONADO
(TIMER), INDICA O HORÁRIO PROGRAMADO.
DURANTE A OPERAÇÃO NORMAL INDICA O TECLA (LIGA / DESLIGA)
HORÁRIO ATUAL
ESTA TECLA INICIA OU INTERROMPE A OPERAÇÃO

TECLA AIR FLOW


TECLAS DE SELEÇÃO DA TEMPERATURA ESTA TECLA ALTERA O MODO DE
AJUSTA A TEMPERATURA DESEJADA FUNCIONAMENTO DAS ALETAS

TECLA ECONO
ESTA TECLA SELECIONA A FUNÇÃO ECONOMICA TECLA MODE
ESTA TECLA ALTERA O MODO DE OPERAÇÃO
TECLA FAN SPEED NA SEGUINTE SEQÜÊNCIA: (AUTOMÁTICO),
SELECIONA A VELOCIDADE DO VENTILADOR
(REFRIGERAÇÃO), (DESUMIDIFICAÇÃO),
(AQUECIMENTO) SÓ NOS MODELOS
TECLA SLEEP (DORMIR)
SELECIONA O MODO DE OPERAÇÃO SLEEP (DORMIR) QUENTE-FRIO, / (VENTILAÇÃO)

TECLA HI POWER
ESTA TECLA SELECIONA A FUNÇÃO HIGH
POWER (MÁXIMA REFRIGERAÇÃO /
TECLA ON TIMER
AQUECIMENTO)
ESTA TECLA SELECIONA A FUNÇÃO TIMER
TECLA HOUR / MIN
AJUSTAM O HORÁRIO ATUAL E O HORÁRIO DO
TIMER

TECLA CLK
ESTA TECLA PERMITE O
PROCEDIMENTO DE TRANSMISSÃO
AJUSTE DO HORÁRIO
DO RELÓGIO

TECLA RST
ESTA TECLA É USADA
PARA REINICIALIZAR O Ao pressionar uma tecla estando o controle
MICROPROCESSADOR DO remoto apontado para a unidade, é gerado um
CONDICIONADOR DE AR comando que, ao ser recebido pela unidade,
emite um sinal sonoro confirmando a recepção.
ATENÇÃO: Nos modelos Bi-Split, se as unidades
PARA TER ACESSO ÀS internas estiverem muito próximas, mesmo não
TECLAS CLK E RST RETIRE estando no mesmo ambiente, poderá haver inter-
A TAMPA TRASEIRA ferência quando acionado o controle remoto. Nes-
te caso procure a melhor posição para acioná-lo.

7
7. MODO AUTOMÁTICO

Este modo seleciona automaticamente a operação


REFRIGERAÇÃO, DESUMIDIFICAÇÃO ou AQUECIMENTO
(somente nos modelos Quente-Frio) dependendo da
temperatura em que o ambiente se encontra. Com o controle
remoto apontado para o condicionador de ar:
1. Pressione a tecla (Liga / desliga)
2. Pressione a tecla MODE e selecione o modo Automático .
Quando a indicação é exibida, o condicionador de ar passa a
ser programado automaticamente na temperatura ideal.

Cada vez que a tecla MODE é pressionada, o modo de operação


é alterado na seqüência: (AUTO), (REFRIGERAÇÃO),
(DESUMIDIFICAÇÃO), (AQUECIMENTO)/
(VENTILAÇÃO).
Para ajustar a temperatura do ar durante a operação
AUTOMÁTICO, em relação à temperatura ideal:
3. Pressione a tecla uma vez para aumentar a temperatura em
aproximadamente 1°C (máximo de até 6° C).
4. Pressione a tecla uma vez para diminuir a temperatura em
aproximadamente 1°C (mínimo de até 6° C).

8. MODOS REFRIGERAÇÃO, AQUECIMENTO


(SOMENTE NOS MODELOS QUENTE-FRIO) / VENTILAÇÃO E DESUMIDIFICAÇÃO

Com o controle remoto apontado em direção ao condicionador


de ar:
1. Pressione a tecla (Liga / desliga).
2. Pressione a tecla MODE para selecionar um dos modos de opera-
ção: (AUTO), (REFRIGERAÇÃO), (DESUMIDIFICAÇÃO),
(AQUECIMENTO)/ (VENTILAÇÃO).
3. Pressione a tecla ou para selecionar a temperatura dese-
jada.
4. Pressione a tecla FAN SPEED para selecionar a velocidade dese-
jada do ventilador.

O modo de operação pode ser alterado mesmo que o


condicionador de ar não esteja em funcionamento.

• Os modelos SÓ FRIO não possuem o modo Aquecimento. Portanto,


a simbologia ou outras menções referentes ao modo Aquecimento,
nos modelos SÓ FRIO são substituídos pelo modo Ventilação.

8
9. FUNÇÃO HIGH POWER

A função High Power pode ser acionada quando O led vermelho do aparelho permanecerá aceso
estão em operação os modos Refrigeração ou durante esta função.
Aquecimento (nos modelos Quente / Frio).
Pressionando-se a tecla HI POWER, a ventilação Nota:
passará a funcionar em velocidade máxima, Utilizando-se esta função, a velocidade do
durante 15 minutos acelerando a refrigeração ou ventilador não poderá ser mudada.
aquecimento do ambiente.

10. FUNÇÃO ECONÔMICA

Esta função tem como objetivo economizar energia O led verde do aparelho permanecerá aceso
elétrica. Pressionando-se a tecla ECONO, o durante esta função.
ventilador passa a operar em baixa velocidade
permitindo que a temperatura escolhida suba até Nota:
Utilizando-se esta função, a velocidade do
2º C.
ventilador não poderá ser mudada.

11. AJUSTE DA DIREÇÃO DO FLUXO DE AR


DIREÇÃO VERTICAL DO FLUXO DE AR DIREÇÃO HORIZONTAL DO FLUXO DE AR
A direção vertical pode ser ajustada utilizando-se a
tecla AIR FLOW do controle remoto. Cada vez que
esta tecla é pressionada, a direção é alterada na
seguinte seqüência:
1. Pressionando-se esta tecla uma vez fixa-se o fluxo
de ar na direção desejada.
2. Pressionando-se esta tecla novamente, as aletas
movem-se para cima e para baixo continuamente.
3. Pressionado-se esta tecla mais uma vez, as aletas
fixam-se na mesma posição da última seleção.

Faça o ajuste deslocando manualmente as


aletas de direção horizontal do fluxo de ar.

ATENÇÃO!
Ao efetuar o ajuste da direção horizontal,
tome cuidado com as partes móveis em
funcionamento dentro do aparelho.

9
12. AJUSTE DO HORÁRIO
BOTÃO Quando as pilhas são instaladas, o horário do relógio é
CLK
ajustado automaticamente em AM 12:00. Exemplo: como ajustar
o horário em AM 10:30 (10 e 30 da manhã).
1. Puxe a tampa do compartimento das pilhas, na parte traseira do
controle remoto (fig. 1).
2. Use algo pontiagudo, como a ponta de uma caneta, por exemplo,
para pressionar a tecla CLK. A indicação do horário passará a
piscar e o horário atual poderá ser ajustado.
3. Pressione a tecla HOUR para ajustar as horas (ajuste em AM 10).
4. Pressione a tecla MIN para ajustar os minutos (ajuste em 30).
5. Para fixar este horário pressione a tecla CLK novamente dentro de
15 segundos.

NOTA:
O temporizador (TIMER) funciona com base no horário
atual do relógio. Portanto, ajuste o horário corretamente.

FIG. 1
13. FUNÇÃO SLEEP (DORMIR)

Recomenda-se o uso desta função durante a noite, ao dormir.


Acionando-se a função SLEEP, a temperatura é levemente
aumentada com o passar das horas para compensar o
esfriamento normal que ocorre durante a madrugada.
Ao selecionar esta função você deverá também determinar
por quanto tempo o condicionador de ar permanecerá na
função SLEEP.
1. Pressione a tecla (Liga / Desliga).
2. Pressione a tecla SLEEP uma ou mais vezes para selecionar o
período (horas) de funcionamento em que a função SLEEP de-
verá permanecer ativada.
O visor mostrará a seguinte seqüência:

O led amarelo (TIMER) do aparelho se acenderá.


Nota:
Dependendo das condições de temperatura do ambiente,
a operação poderá ser interrompida antes do horário
determinado.

10
14. FUNÇÃO TIMER (TEMPORIZADOR)

Esta função permite que o usuário configure um horário


para que o condicionador de ar entre em funcionamento
automaticamente.
Quando o condicionador de ar estiver desligado,
apontando o controle remoto para o aparelho:
1. Pressione a tecla .
2. Pressione a tecla ON TIMER. O aparelho se desligará e o led
amarelo TIMER se acenderá.
3. Selecione as horas desejadas através da tecla HOUR.
4. Selecione os minutos desejados através da tecla MIN.
5. Pressione a tecla ON TIMER novamente para fixar o horário
escolhido.

Nota:
Para alterar uma programação já existente, selecione
as horas e os minutos e pressione a tecla ON TIMER.
Para cancelar uma programação existente, pressione a
tecla ON TIMER.
As funções SLEEP e ON TIMER podem ser utilizadas
simultaneamente para uma programação de desliga-
mento e religamento programados.

11
15. EVENTUAIS PROBLEMAS E PONTOS DE VERIFICAÇÃO

PROBLEMAS CAUSAS OU PONTOS DE VERIFICAÇÃO


A operação não pode ser reiniciada • As informações contidas na memória do condicionador
após uma eventual interrupção na de ar foram apagadas. Use novamente o controle
energia elétrica. remoto para reiniciar a operação.
O sistema não inicia • Se o sistema for desligado e religado em
imediatamente seguida, o compressor só voltará a funcionar
uma nova operação três minutos após o religamento.
Há emissão de odores • Os odores do ambiente (cigarros, mofo, etc.)
circulam durante o funcionamento. Renove
o ar do ambiente. Caso a emissão de odores continue,
contate um Posto Autorizado para executar manuatenção
preventiva (limpeza).
Há emissão • Alguns ruídos são normais pois, quando a refrigereção
de ruídos é interrompida, um ruído de assobio ou de gorjeio
pode ser ouvido.
Este ruído é gerado enquanto o refrigerante está
circulando no interior do condicionador de ar.
• Na operação de início ou de parada, um ruído de
estalido poderá se ouvido. Este ruído é gerado pela
carcaça expandindo ou encolhendo devido às
mudanças de temperatura.
• Outros eventuais ruídos poderão ser ouvidos durante
a operação do sistema. Eles poderão ocorrer quando houver
mudança no ciclo de Refrigeração/Aquecimento.
O ar não circula • Durante a operação de desumidificação, o ar talvez
não circule para evitar resfriamento excessivo e vaporização
da umidade retirada do ar.
Não sai ar no início da operação de • A saída de ar é interrompida para evitar a saída de ar frio
aquecimento (modelos Quente-Frio) até que o trocador de calor interno esteja quente. Aguarde.
A refrigeração é • O modo Refrigeração talvez não funcione
insuficiente eficientemente quando o filtro de ar estiver obstruído
por poeira ou sujeira.
• É provável que a temperatura ambiente não tenha
atingido ainda o nível de refrigeração desejado.
Verifique se a velocidade do ventilador não está
ajustada em BAIXA. Coloque-a em ALTA.
• Certifique-se de que a entrada ou a saída da unidade
externa não esteja bloqueada.
• Carga térmica mal dimensionada. Verificar se o aparelho
não precisa ser substituído por outro de maior capacidade.

12
O indicador do controle • Certifique-se de que as pilhas estejam carregadas.
remoto está fraco. Substitua as pilhas usadas por novas.
O indicador fica fraco ao Use pilhas de tamanho AAA, - 1,5 V.
enviar sinais. A indicação não • Certifique-se de que as pilhas estejam encaixadas
aparece no controle remoto. com sua polaridade correta.
Sai névoa durante a operação de resfriamento • Este fenômeno ocorre algumas vezes quando a
temperatura e a umidade estão muito altas mas
desaparece com a diminuição da temperatura e da
umidade.
O sinal do controle não é recebido, • Isto pode ocorrer porque há luz direta do sol ou alguma
mesmo depois de verificar que as pilhas outra luz forte incidindo sobre o receptor de comandos do
não estão gastas. condicionador de ar. Neste caso, apague a luz ou
diminua a intensidade.
Formação de gotículas de água na grade • Se a unidade funcionar por um longo período com
de saída de ar. umidade alta, poderá surgir umidade na grade de saída,
que cairá em forma de gotas.
Se a unidade funcionar em ajuste de temperatura abaixo
de 21 ºC por um longo período, poderá haver condensação
de água nas partes da unidade ocasionando eventuais
respingos no ambiente.
Nota
Se depois desta verificação o problema permanecer, desligue o aparelho com o controle remoto, desligue
também o disjuntor ou desconecte o plug da tomada. Solicite os serviços da Rede Autorizada Elgin.

QUANDO CONTACTAR A ASSISTÊNCIA TÉCNICA


Solicite os serviços dos Postos Autorizados Elgin caso ocorra alguma das situações abaixo:
• Disjuntor desliga seguidamente.
• O interruptor aquece em demasia.
• A tampa do interruptor está danificada.
• Há interferência na TV, rádio ou outros dispositivos elétricos ao se ligar o condicionador de ar.
• O controle remoto não atua corretamente.
• Ouvem-se ruídos anormais durante a operação.
• Persiste algum tipo de funcionamento irregular ou defeituoso mesmo se o equipamento foi desligado e
religado após três minutos.

13
16. MANUTENÇÃO E LIMPEZA

Antes de executar qualquer procedimento de


manutenção ou limpeza, desligue a chave principal.

Para abrir a grade de entrada, puxe-a partir do rebaixos


nos cantos laterais inferiores até destravá-la. Em seguida,
levante-a com cuidado até abrir.

LIMPEZA DO EQUIPAMENTO:
1. Nunca use substâncias voláteis pois
podem danificar as superfícies do
condicionador de ar.

2. Não lave com água. Limpe com um


pano macio e seco.

LIMPEZA DOS FILTROS DE AR:


Recomenda-se efetuar a limpeza uma vez a cada
duas semanas.
1. Remova os filtros de ar segurando a aba de
retenção de poeira e puxando-a levemente
para frente.

2. Para remover a poeira que aderiu aos filtros,


use um aspirador de pó ou lave-os com água
e deixe secar à sombra.

3. Reinstale o filtro.

Se os filtros estiverem danificados, adquira filtros de


reposição consultando o Posto Autorizado.

14
CASO O APARELHO NÃO SEJA
UTILIZADO POR LONGO PERÍODO

Deixe o condicionador de ar em funcionamento


de 2 a 3 horas com os seguintes ajustes:
Tipo de operação: resfriamento / aquecimento
(nos modelos quente/frio)
Ajuste de temperatura: 30ºC
Isto secará o mecanismo interno.

Retire as pilhas do controle remoto.


Cubra a unidade externa com a capa protetora.

NA REUTILIZAÇÃO DO APARELHO
Limpe os filtros, instale-os novamente e ligue o
condicionador de ar.

Certifique-se de que nada obstrua a saída e as


entradas de ar.

Retire a capa protetora da unidade externa.

15
17. DICAS DE OPERAÇÃO

Não desperdice energia elétrica


Se os filtros de ar estiverem bloqueados por
poeira, a capacidade de resfriamento diminuirá
e 6% da eletricidade usada para operar o
condicionador de ar será desperdiçada.

Não resfrie ou aqueça (nos modelos quente/


frio) demasiadamente o ambiente. Isto não é
bom para a saúde e pode tornar-se um
desperdício de energia elétrica.

Se o aparelho for operado por longo período


abaixo da temperatura de conforto (23 ºC),
poderá ocorrer condensação de água nas
partes externas do aparelho, ocasionando
gotejamento no ambiente.

O equipamento foi projetado para operar nos


modos Refrigeração e Desumidificação dentro
de uma faixa de temperatura externa de 21 a
43 ºC e, no modo Aquecimento, em uma
temperatura externa mínima de 7 ºC.

Mantenha fechadas as persianas ou cortinas.


Não deixe que a luz direta do sol penetre no
ambiente quando o condicionador de ar estiver
operando no modo refrigeração.

16
Mantenha uma temperatura uniforme no
ambiente.
Ajuste a direção vertical e horizontal do fluxo
de ar, distribuindo o ar por todo o ambiente.

Certifique-se de que as portas e janelas


estejam bem fechadas.
Evite abrir portas e janelas com muita
frequência para manter o ar frio/quente dentro
do ambiente.

Limpe regularmente o filtro de ar.


Filtros bloqueados por poeira reduzem o fluxo
de ar e diminuem os efeitos de resfriamento,
aquecimento (nos modelos quente/frio) e
desumidificação.
Limpe-os pelo menos uma vez a cada duas
semanas.

Ventile ocasionalmente o ambiente.


Já que as janelas devem ser mantidas
fechadas, é uma boa idéia abrí-las e ventilar o
ambiente de vez em quando.

17
18. CUIDADOS NO MANUSEIO

Cuide do seu bem estar.


Evite se expor diretamente a fluxos contínuos
de ar por longos períodos. Isto não é
recomendado por razões de saúde.

Não use dispositivos de aquecimento nas


proximidades.
As partes plásticas do condicionador de ar
podem ser afetadas se expostas a calor
excessivo.

18
Não bloqueie a entrada de ar e as aberturas
de saída.
Isto diminui o desempenho e causa operação
irregular.
Não introduza nenhum objeto nessas
aberturas pois é perigoso tocar nos
componentes elétricos e no ventilador.

Use o condicionador somente para refrigerar


ou aquecer (nos modelos quente/frio) o
ambiente.
Não use o condicionador de ar para outros
propósitos tais como secar roupas, alimentos,
animais ou cultivar vegetais.

19
19. CERTIFICADO DE GARANTIA

CONDICIONADOR DE AR SPLIT
A ELGIN, através deste Certificado, oferece ao usuário de seu
Condicionador de Ar a seguinte garantia:
- 03 (três) anos contra defeitos de fabricação e corrosão natural do gabinete
e base recipiente (exclue-se a corrosão provocada por riscos, amassados e
uso de produtos químicos), contados a partir da data de entrega do produto ao
Sr. Consumidor, conforme expresso na necessária Nota Fiscal de Compra do
primeiro proprietário.

IMPORTANTE:
A. Para que esta garantia seja válida na sua totalidade, o equipamento deverá ser instalado
necessariamente por empresa qualificada e credenciada pela ELGIN com o devido
preenchimento do CTI (Controle Técnico de Instalação) e execução periódica de um plano de
manutenção preventiva.
B. Por se tratar de uma garantia complementar à legal, informamos que:
Caso esta instalação seja feita por empresa não qualificada e credenciada, a garantia contra
defeitos de fabricação deste equipamento ficará limitada à garantia legal de 90 (noventa) dias.
A validade desta garantia está condicionada ao uso do equipamento em condições normais, de
acordo com as informações contidas no “Manual de Operação”, inclusive quanto à manuatenção
preventiva anual.
Estão excluídos desta garantia (complementar à legal), os eventuais defeitos decorrentes do desgaste
natural ou descumprimento das instruções do manual do produto, tais como peças plásticas, pintura,
filtro de ar, fluído refrigerante e acessórios incorporados à instalação que gozam da garantia legal de 90
(noventa) dias.
Ao necessitar de assistência técnica, o Sr. Consumidor deverá solicitar os serviços da empresa credenciada
ELGIN que executou a instalação, apresentando obrigatoriamente a Nota Fiscal de Compra.
Fica convencionado que esta garantia perderá totalmente a validade se ocorrer uma das hipóteses
abaixo:
a) Se o produto for ligado em tensão elétrica diferente da especificada no produto.
b) Ter sofrido danos causados por acidentes ou agentes da natureza ou por descumprimento das instruções
constantes no manual do produto, quanto ao uso, instalação e manutenção.
c) Se o produto for examinado/reparado por pessoa não autorizada pelo fabricante ou ainda, se tiverem
sido utilizadas peças de reposição não originais.
d) Se for constatado qualquer defeito ocasionado por falta de manutenção preventiva.
Também não se incluem nesta garantia, as despesas pertinentes à instalação e manutenção preventiva
do produto.
A ELGIN obriga-se a prestar serviços de garantia somente no perímetro urbano das localidades
onde mantém empresas credenciadas. Fora destes locais, as despesas de locomoção e/ou transporte
ocorrem por conta e risco do Sr. Consumidor.

CASO VOCÊ VENHA PRECISAR DOS SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO


E ASSISTÊNCIA TÉCNICA, POR FAVOR, RECORRA À REDE
AUTORIZADA OU CONSULTE-NOS PELO TELEFONE:

20

Você também pode gostar