Você está na página 1de 8

QUESTIONÁRIO DE MIC1.

1. O que é o conhecimento?

R: É acto ou efeito de conhecer, aprender, abstrair ideia ou noção de alguma coisa.

2. O que é a informação?

R: É o conjunto de dados devidamente ordenados e organizados, de forma a terem


significado.

3. O que são dados de uma forma geral?

R: São apresentações de factores, conceitos ou instruções de uma maneira normalizada


que se adapta a comunicação, interpretação e processamento pelo ser humano através de
máquina automática.

4. Quais são os requisitos ou condições da informação?

R: São: actualidade, correcção, relevância, disponibilidade e legislabilidade.

5. Quais são os critérios para a organização da informação?

R: Hierarquia dos componentes, os tipos de assunto a que se fere, a forma de


armazenamento.

6. O que é o conhecimento según o Platão?

R: Para Platão conhecimento consiste na creença verdadeira e justificada, ele diz que uma
pessoa conhece algo se a sua crença é verdadeira.

7. O que é o conhecimento según o Aristóteles?

R: O conhecimento segundo Aristóteles está dividido em três partes: o científico, o prático e


o técnico.

8. Quais são os tipos de conhecimento? Define-os.

R: São: Conhecimento sensorial, conhecimento intelectual, conhecimento vulgar ou popular


(senso-comum), conhecimento científico, conhecimento filosófico, conhecimento teológico,
conhecimento intuitivo (inato).

Conhecimento sensorial: é aquele que é obtido pelos órgãos sensoriais fisiológicos (tato,
visão, olfato, audição e paladar) abrangem o ser humano e outros animais.

Conhecimento intelectual: inclui o raciocínio, o pensamento, a lógica é exclusiva no ser


Humano.

Conhecimento vulgar/popular (senso-comum): é hereditário, pode transmitir do pai para


filho, a cultura, sem este conhecimento vulgar não tem uma análise metodológica e passiva,
superficial.

1
Conhecimento científico: É mal, explica de forma racional, está determinado por leis,
busca prova as explicações, apoia-se na metodologia e racionalidade.

Conhecimento filosófico: Apoia-se em leis filosóficas está ligado a ideias e conceitos,


busca as verdades do mundo por meio de indagações e debates.

Conhecimento teológico: baseia-se na crença divina, na existência de Deus.

Conhecimento Intuitivo (inato): é subjectivo, é inato ao ser humano, as perfeições do


mundo exterior e a racionalidade humana está relacionado com o conhecimento intuitivo.

9. Quais são as características do conhecimento científico?

R: O conhecimento científico é racional e objetivo, é analítico, claro é passivo, comunicável,


é explicativo, é verificavel, é sistemático, é geral, é legislador e é produtivo, é aberto e útil.

10. O que é a ciência de uma forma geral?

R: É o conjunto sistemático de todas as teorias científicas baseada no método científico, é o


conhecimento ou um sistema de conhecimento que abarca verdades mais gerais e
abrangentes possíveis.

11. Quando surgiu a ciência?

R: A ciência moderna surgiu no início da idade moderna durante a resolução científica dos
séculos XVI e XVII que consiste com a final da idade média.

12. Onde surgiu o pensamento científico?

R: Surgiu na Grécia antiga, com os pensadores pré-sócrates chamados de filósofo da


natureza e pré-científica. Nesta época a sociedade ocidental saiu de uma forma de
pensamento baseado em mitos e entrou no pensamento científico.

13. Qual é a diferença entre a ciência e a religião?

R: Tanto as religiões como a ciência tentam descobrir a natureza, a diferença está na forma
de pensar, os cientistas procuram provas para descobrir a natureza, a religião vai mais além
do solo natural.

14. Qual papel ou objetivo da ciência?

R: Um dos principais objetivos da ciência é descrever a natureza, não cruza o solo natural,
tenta chegar a veracidade dos factos. Ela tira conclusões da realidade através de
observação dos factos, prática, e através de observações da natureza.

15. Qual é a importância da ciência?

R: A ciência testa, descreve o que é, buscando a origem a solução e prever o que poderá
conhecer futuramente(previsões) a ciência cria, produz modelos úteis para a sociedade etc.

2
16. Qual é a divisão da ciência?

R: Uma das classificações mais básicas da ciência é:

Ciências empíricas e formais, e ciências naturais e sociais, ciências puras e aplicadas,


ciências exatas e inexatas, ciências duras e moles.

17. O que é a Mic?

R: É a ciência que estuda o método especialmente da ciência, e o processo de inquérito


sistemático que visa a fornecer a informação para a resolução de um problema ou resposta
a questões complexas.

18. Qual é o objetivo da investigação científica?

R: um dos objetivos da investigação científica é selecionar os métodos de investigação,


procedimento, determinar o objetivo da própria ciência, organizar e estruturar o conteúdo.

19. Qual é a importância da Mic?

R: a Mic forma cientista da solução a diversas questões amadurece a personalidade do


indivíduo, promove o espírito crítico do indivíduo. A mic busca os métodos que se empregam
a investigação cientifica, com propósito de dar respostas as diversas questões.

20. Que se baseia a investigação?

R:A investigação baseia-se em uma hipótese cientifica. No processo de investigação


verifica-se na hipótese se é correcta ou não.

21. Quando se inicia a investigação?

R:A investigação se inicia quando se pretende descobri algo ou quando se descobri que o
conhecimento existente originário quer do senso-comum quer do corpo do conhecimento
existente na ciência são insuficiente para explicar um problema prévio.

22. Quais são os tipos de investigação existente?

R:Os tipos de investigação são: Básica, explorativa,de laboratório,campo, descritiva


aplicada.

23. Quais são as características da investigação cientifica?

R:Uma das característica da investigação cientifica consiste naquilo que se pretende


alcançar ou melhorar, ter um propósito claro e objectivo bem definidos. Outra característica
é o rigor e transparência pois toda investigação cientifica, deve ter um rigor e transparência
de forma a não criar ambiguidade por parte do leitor. Os resultados tem que ser testados e
aplicativos, tem que haver generalização e tem que haver simplicidade.

24. Quais são as competências para a investigação científica?

3
R: São: Identificar o problema, saber conduzir entrevistas, desenvolver quadros conceituais,
formular hipóteses, desenvolver metodologia, escolher dados, analisar e tratar os dados e
discutir os resultados.

25. Quais são as capacidades para a investigação cientifica?

R: Uma das capacidades é a saúde, a questão do tempo, a comunicação escrita e oral, tem
que saber buscar e tratar a informação, motivação e disciplina, capacidade de pensar em
termos lógicos, capacidade de interpretar os dados, capacidade de lhe dar com
ambiguidade, ter confiança e determinação.

26. O que é o investigador?

R: É aquele que se dedica a investigação científica.

27. O que é a investigação no sentido restrito?

R: É todo o profissional com um determinado grau académico que trabalha em pró de novos
conhecimentos.

28. Quais são as características de um investigador?

R: Grau mínimo de mestrado ou 3 anos de actividade de investigação, estar enquadrado em


uma instituição e publicar ou publicação de artigos ou livros sobre a investigação.

29. Qual é o perfil do investigador?

R: O perfil do investigador baseia-se na sua actividade, tem que ser metódico, ter espírito
crítico, e auto-crítico, ser respeitoso com os de mais, ter um grau académico, ser tolerante,
ordenado ser intencionado, tem que se apoiar nas trona e experimentação,tem que buscar
novos conhecimentos.

30. Quais são os aspectos de um bom investigador?

R: Ser organizado, tem que ter um desenvolvimento eficiente, de expansão escrita e oral,
com propósito de registar e divulgar através de um meio textual, aprender a viver na
incerteza e saber enfrentar os desafios, tem que ter sensibilidade com o meio que lhe rodeia
e com os de mais. Isto significa dizer que ele deve tentar compreender o verdadeiro
significado das acções, sentimentos.

31. Quais são os Aspectos da investigação?

R: São: Preparação da investigação, fases de pesquisa e execução da pesquisa.

32. O que é o problema?

R: É toda uma dificuldade não resolvida, é qualquer questão não resolvida e que é objecto
de dimensão em qualquer domínio do conhecimento científico.

33. O que é a formação do problema?

4
R: A formulação do problema indica exactamente qual a dificuldade que se pretende
resolver.

34. Qual é o objectivo da formulação do problema?

R: É de torna-lo individualizado, explicito, e inconfundível.

35. O problema deve ser formulado como pergunta?

R: A forma interrogativa apresenta vantagem de ser simples e correta, mas também podem
ser formulado de forma declarativa ou afirmativa.

36. Como é feita a formulação de hipótese?

R: Há várias maneiras de se formular hipóteses, mas as mais comuns e utilizado as


variáveis x e y onde x corresponde a si e y corresponde a então.

37. O que é uma variável?

R: Variável é um conceito operacional, pode ser considerado atendendo o seu objecto de


estudo, elas podem ser formadas e empíricas. Atendendo a finalidade da ciência podem ser:
Puras e aplicadas.

Atendendo ao grau de precisão podem ser: Exactas e inexactas.

Atendendo ao campo de estudo, Duras e moles.

O seu método de estudo, nomotéticos e ideográficos.

38. O que são as Hipótese?

R: A hipoteses é uma proposição que se admite de modo provisório como verdadeira. É uma
suposição ou conjunturas que podem ser aceites ou negados.testavel e falseavel.

39. O que é a lei atendendo significado físico da palavra?

R: São preceitos legais estabelecidos pelas autoridades competentes.

40. O que é a lei dentro da ciência?

R: São generalizações cientifica baseados em observações empírica.

41. O que é a teoria (para os não profissionais)?

R: São ideias que não possuem provas firmes ou base.

42. O que é a teoria (para os cientistas)?

R: São hífenes ao corpo de ideias que permite fazer indicies.

43. O que é a técnica?

5
R: São hífen aplicação da ciência do conhecimento cientifico ou teórico nas realizações
praticas ou produções industriais e económica.

44. Relação entre ciência e técnica?

R:A técnica é considerada como parte integrante da ciência, é a única forma de


conhecimento pratico.

45. Quais são as característica do método cientifico?

R: Possue uma natureza convencional que é a de gerar conhecimento objectivo, outra


característica ambos os métodos dedutivo e indutivos têm como característica de unir do
particular para o geral e vice-versa, ambos chegam a uma conclusão, ambos têm
elementos filosófico subjacente, ambos são suscentives de verificação empírica.

46. Quais são os elementos do método cientifico?

R: São caracterização, hipótese, previsões e experimentos.

47. Qual é o espaço aconselhável entre as linhas?

R: É aconselhável um espaçamento entre linhas de 1,5 espaços podendo deixar também


um espaço maior.

Também como uma classificação ou medida, uma quantidade, aspecto, propriedade de um


objecto em estudo, magnitudes, características, fenómeno etc.

48. Quais são os tipos de trabalhos cientifico?

R: São projectos do fim do curso (licenciatura) (ou monografia), tese (doutoramento),


dissertação (mestrado), artigos.

49. Quais são as partes do trabalho cientifico?

R: São: Textual, textual e pos-textual.

50. O que encontramos na parte pré-textual?

R: A folha de rosto, agradecimento, resumo, índice geral análise de tabelas e índice de


figura.

51. No texto?

R: Introdução, enquadramento teórico, metodologia, execução e conclusão.

52. No pos-textual?

R: Referências bibliográficas, apêndices, e anexos.

53. Quais são os componentes iniciais mais importantes?

R: São: Os títulos e resumos.


6
54. O que deve conter na capa?

R: São: Identificação do w, nome da universidade e do curso, o nome do investigador, o


local e o ano da entrega monográfica.

55. O que deve conter na folha de rosto?

R: O nome da instituição, o nome do curso, o título do trabalho, o nome do autor (es), o


nome do orientador (es) o local, a data de entrega. O título deve ser simples com uma
extensão de 12 á 15 palavras deve-se evitar redondãncias.

56. Qual é a ordem dos nomes do orientador?

R: 1º O grau académico, 2º o nome, 3º a categoria profissional, 4º a profissão.

57. Como é feito o agradecimento?

R: O agradecimento é feito na 1ª pessoa do singular, e faz-se em folha própria no início do


trabalho.

58. O que é o resumo?

R: É uma síntese do conteúdo que salta o objectivo, a problemática etc. Informa ao leitor os
conteúdos mais importantes do trabalho.

59. O que é o índice geral?

R: Compreende na especificação de todos os itens da parte textual e pós textual indicando a


página. Correspondente é útil para facilitar a leitura e corrigir com facilidade a página
pretendida. É composta por todos os capítulos e sob capítulos.

60. Quais são os objectivos do trabalho?

R: Estes indicam quais os resultados que o investigador deseja alcançar durante a pesquisa
orienta o investigador e indica o porque da investigação e a meta atingida.

61. Quais são os tipos de objectivo do w?

R: São: Geral e específico.

62. O que é o geral?

R: É a síntese daquilo que se pretende alcançar, e sempre comença com infinitivo.

63. O que é o específico?

R: São definitivas do geral, e aplicam os detalhes do objecto geral. Podem ser variáveis e
respondem as perguntas porque, e para que? Como? E devem sempre pronunciar com
verbo no infinitivo.

64. Que é a referencia bibliográfica?

7
R:Inclui as citações das obras que foram excluída ao longo do trabalho.

65. O que é a bibliografia?

R: Consiste na listagem de toda literatura que serve de base para elaboração de trabalho.

66. O que é o apêndice?

R: São todas as bases de dados utilizados.

Você também pode gostar