Você está na página 1de 2

COLÉGIO ESTADUAL PROTÁSIO ALVES

ENSINO HÍBRIDO – 2021

PROFESSOR(A): GERSON PAULO B. FERREIRA


DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA
TURMA: 3A1 e 3A1T
Aula: 06 - EXERCÍCIO
PERÍODO: 21 a 24/09/2021
ALUNO: RUDDY BAZAN ANTEQUERA

EXERCÍCIO SOBRE GERENCIAMENTO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS


(SUPPLY CHAIN MANAGEMENT).

1. Em muitos segmentos, para que uma empresa se torne competitiva, é necessário


um maior nível de integração entre os principais membros de uma cadeia de
suprimentos. Quais são as vantagens que uma empresa, por exemplo, de
supermercado poderá alcançar com a integração? Já existe algum tipo de modelo
de suprimento que faça uso da integração ou sistematização do ressuprimento
automático entre supermercado e fornecedor? Se sim, qual seria este sistema?

Resposta: Se entende que a Integração permite uma redução nos estoques o que significa
minimizando os custos diretos nas compras a realizar. Ou seja, quanto menos tenha de estoques
o supermercado, menor será o custo obsolescência e também o custo das oportunidades. Para
conseguir está integração de produtos do supermercado, será necessário ter um relacionamento
com os fornecedores.

2. Uma empresa possui como principais clientes, pessoas dos segmentos C, D e E. A


organização pretende implantar um plano de expansão dobrando o número de
lojas. No momento ela possui 30 filiais concentradas no estado de São Paulo e
pretende expandir-se para o Rio de Janeiro e Minas Gerais, com outras 30 lojas.
Seu principal produto é a fabricação de calçados. A principal preocupação da
empresa é a produção de modelos populares que visa atender clientes sensíveis a
preço. Um novo gestor foi contratado, mas desconhece a política em relação ao
estoque bem como o principal atributo logístico para este tipo de segmento. Qual
seria este atributo, tendo em vista a classe social atendida e, ao produto oferecido?
O que a empresa deve fazer objetivando a manutenção de sua clientela? Por quê?

Resposta:
 O atributo logístico é o estoque. Para não ter problemas com o custo de estoques, se
deve ter os produtos de baixo valor também o custo de oportunidades.
 Para a manutenção da clientela, tem que ter um alto nível de serviço, pois classes sociais
C, D e E requerem o produto disponível nas gôndolas.

3. Uma empresa de computador tem como seu principal diferencial a possibilidade


de customização de seus equipamentos. Seus computadores possuem um preço
ligeiramente superior aos oferecidos no mercado. A grande maioria dos clientes é
formada por técnicos ou pessoas com um bom nível de escolaridade. Em sua
grande maioria, os clientes mais fiéis, possuem certo grau de conhecimento em
informática. A empresa mantém como único modelo de canal de vendas o vertical
curto. Buscando aproveitar a crescente demanda por computadores de baixo
custo, a empresa formulou um plano de expansão de seu market share. Sabendo-se
que o canal vertical curto atinge uma gama pequena de clientes, os departamentos
de Marketing e Logística uniram-se para formular um plano para viabilizar este
projeto. Após um estudo de mercado, a maior barreira percebida para a decisão
de compras deste tipo de produto é a insegurança que o leigo sente em escolher o
modelo de seu computador. Atualmente, para comprá-los é necessário que o cliente
decida, praticamente sem ajuda, qual a configuração do computador. Para
solucionar esta barreira seria necessária uma possível reconfiguração do canal de
distribuição? Qual o melhor canal a ser adotado? Seria necessário um alto nível de
serviço para estes canais? Por quê?

Resposta: Para melhorar o canal de distribuição dos produtos, serviços, etc. Devera
reconfigurar para o canal vertical longo. Assim aumentara o nível de serviço sem a redução da
qualidade e de atendimento ao cliente.

4. Um empório em São Paulo, situado no bairro de Vila Nova Conceição, vende


diversos tipos de produtos normalmente destinados a uma classe de alto poder
aquisitivo. Ao vender bebidas destiladas mais caras, percebeu que a
indisponibilidade do produto não reduzia suas vendas e muitos clientes
encomendavam caixas fechadas, já que, geralmente, o estoque era limitado a
pequenas quantidades. A partir desta percepção o empório começou a reduzir
sistematicamente seus estoques deste tipo de produto, o que gerou uma grande
redução de custo e aumento de lucro, sem reduzir a satisfação do cliente. A
empresa passou a adotar tal ação para o restante do mix de produtos da loja como,
por exemplo, carnes, presuntos, biscoitos, etc. A reação imediata dos clientes,
mesmo os mais fiéis, foi mudar para uma loja onde havia maior disponibilidade.
Por que isto ocorreu?

Resposta: Para manter um Alto Nível de Serviço com baixo custo requer precisão. Os produtos
de baixa elasticidade que não varia o consumo com o preço, requerem alto nível de serviço
como ser o dimensionamento de giro e de atributo logístico e a falta sincronização da cadeia.

5. O estoque puxado gera diversos benefícios para as empresas como, por exemplo,
baixo custo de oportunidade relativo ao estoques. Sua adoção, na realidade,
deveria ser fruto da integração de várias empresas fornecedoras em uma cadeia de
suprimentos, para que possa tornar factível a entrega em uma velocidade aceitável
para o cliente. Uma cadeia não integrada, ao adotar o estoque puxado, pode gerar
um lead time final muito longo gerando grandes insatisfações. Para que se possa
adotar estoques puxados seria interessante a escolha de algum canal de
distribuição específico? Qualquer segmento do mercado (alimentício, vestuário,
automotivo, etc) poderia adotar este procedimento? Por quê?

Resposta:
Sim, pode se para qualquer segmento do mercado, mas deverá ser pelo canal vertical com uma
distribuição exclusiva do produto para adotar estoques puxados. Um exemplo mais adequado
para este procedimento são os que tem alta elasticidade.

Você também pode gostar