UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA ± UEPB DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA CURSO FARMÁCIA GENERALISTA FARMACOTÉCNICA ANA FLÁVIA OLIVEIRA SANTOS

SIDNEI JOSÉ DA COSTA

OPERAÇÕES FARMACÊUTICAS

CAMPINA GRANDE ± PB 2010

CAMPINA GRANDE ± PB 2010 .SIDNEI JOSÉ DA COSTA OPERAÇÕES FARMACÊUTICAS Trabalho apresentado a disciplina de farmacotécnica com requisito complementar para obtenção de nota da I unidade temática do curso.

por exemplo. conhecimento de normas básicas de BPF (Boas Práticas de Fabricação) e desenvolvimento do senso crítico e econômico na preparação de medicamentos entre outros. o farmacêutico usa exclusivamente as operações propriamente ditas. tamisação. clarificação e filtração. y Operações mecânicas:são aquelas que alteram o aspecto exterior do fármaco ou droga sem modificar o seu estado físico ou sua constituição química. Um medicamento deve ter grande biodisponibilidade. As operações mecânicas dividem-se ainda em dois grupos: y Operações de separação o De sólidos: triagem. acondicionamento. . As operações farmacêuticas requerem o uso de tecnologias que vão dar origem à forma farmacêutica que veicula a substância ativa. embalagem e dispensação dos medicamentos preparados. Existem procedimentos usados pelo farmacêutico que não são exclusivos da sua atividade e são comuns a outras áreas de atuação como ao caso da pesagem. vias de administração e usos terapêuticos. O objetivo principal da Farmacotécnica é a transformação de substâncias medicamentosas (natural/sintética) em formas farmacêuticas.INTRODUÇÃO A farmacotécnica (também dita Farmacotecnia ou Farmácia Galênica) pode ser definida como o setor das ciências farmacológicas que trata das operações e das formas farmacêuticas. centrifugação. tratando-se estas das operações de uso geral. devem propiciar um acurado estudo das formas farmacêuticas sob os aspectos dos constituintes da formulação. Esta transformação obriga a execução de técnicas de manipulação designadas por operações farmacêuticas. Exemplo: dissolução de uma substância sólida em um veículo líquido. indicações de conservação. o De sólidos em líquidos ou de líquidos imiscíveis: decantação. Por seu turno. treinamento no manuseio de equipamentos e vidrarias. incompatibilidades. as quais representam o produto final e acabado. Estar em contato com os princípios da farmacotécnica e aplicá-los nas operações farmacêuticas de preparação de medicamentos. que podem ser classificadas em dois grupos: y Operações físicas: são aquelas que promovem alteração do estado físico do fármaco ou da droga empregada. levigação.

As operações físicas se dividem em dois grupos: y Com alteração de temperatura: secagem. pulverização (contusão.y Operações de divisão o De sólidos: divisão grosseira. . o De líquidos: emulsificação. trituração e levigação). fusão. liofilização. destilação. atomização. cristalização. y Com intervenção de líquido:dissolução.

Os objetivos da filtração são isolamento e aproveitamento dos sólidos em suspensão em um líquido e obtenção de soluções límpidas e/ou clarificadas. para obtenção de um pó finíssimo. impulsão ou arraste. que retém as partículas sólidas. Filtração: Processo de separação de partículas sólidas de um líquido por meio de material permeável (filtro). A micronização promove uma boa homogeneidade de tamanho das partículas e pode ser aplicada a substâncias termolábeis. y Trituração: consiste em comprimir o material a ser pulverizado contra a parede do gral através da realização de movimentos circulares ou espirais com pistilo. fazendo com que estas se choquem contra as paredes do equipamento e entre si. É aplicável à totalidade das matérias-primas (ingredientes ativos e excipientes). uma vez que este processo não envolve elevação de temperatura. A decantação pode ser por escoamento. que são equipamentos constituídos de uma coluna de gás comprimido que acelera as partículas a alta velocidade. reduzindo-as a partículas muito pequenas. y Micronização: é realizada para obtenção de pós de elevadas tenuidades. por pipeta. Esta pode ser manual. A operação de tamisação é frequentemente associada à operação de pulverização. A pulverização pode ser classificada segundo o grau de fineza do pó em: y Contusão:consiste em submeter o produto a repetidos choques contra uma superfície dura. . O líquido passa através das aberturas do septo filtrante. por crivo. A análise granulométrica permite a separação e classificação dos pós em função de partículas. utilizando micronizadores. Decantação: Operação mecânica que visa a separação de um líquido sobrenadante de um sólido (insolúvel) ou de um líquido (imiscível). y Levigaçaõ: consiste na trituração por movimentos de extensão. Pulverização ± Esta operação consiste na divisão de um produto sólido em partículas de tamanho reduzido. Tamização (Controle Granulométrico) ± Que promove a separação e calibração das partículas sólidas (granulometria).Que consiste na separação de partes inertes ou alteradas das drogas vegetais. ventilação ou por lavagem. Esta operação utiliza o tamis provido de malhas de diferentes aberturas em função da tenuidade de pó a ser obtida. por funis de separação ou em ampolas de decantação e centrifugação.PRINCIPAIS OPERAÇÕES FARMACÊUTICAS Triagem Ou Monda . Isto é obtido através do efeito de pressão sobre uma superfície porosa permeável.

Secagem por ar seco à temperatura ambiente: Este tipo de secagem é efetuado em recipientes ou pequenos aparelhos. denominados excicadores ou dessecadores. Entre as formas mais comuns de dispersão encontramos: suspenção. Secagem sob vácuo: utiliza-se de armário de vácuo ou aparelhos rotativos. Consiste em fazer um líquido passar para o estado gasoso e em seguida voltar ao estado líquido por resfriamento. as quais podem ser sólidas. e a substância dissolvida. y y y y y y Dissolução: é a desagregação de uma substância sólida em um líquido. Mistura: Consiste em obter uma associação homogênea de várias substâncias. Destilação: é uma operação que permite a separação dos constituintes voláteis e líquidos de uma substância. soluto. Na dessecação a água eliminada pode ser classificada em água de constituição. pastosas. O produto obtido é chamado de destilado. Expressão: Consiste na separação de um ou mais líquidos de uma substância mole ou sólida que o(s) contenha. . Secagem por nebulização ou dispersão. A expressão pode ser realizada por torção à mão ou pelo uso de prensa hidráulica. A dissolução resulta em uma única fase líquida homogênea. geralmente de vidro. Dessecação ou Secagem: A dessecação ou secagem consiste na eliminação de um corpo volátil (geralmente água) de um volátil (geralmente um sólido) por evaporação (no caso da liofilização). Algumas técnicas de secagem empregadas na prática farmacêutica são: y Exposição ao ar livre: Procedimento normalmente utilizado para secagem de plantas medicinais que apresentam princípios ativos frágeis e sensíveis a altas temperaturas. água de absorção ou água livre. emulsão e nebulização. contendo substâncias desidratantes. Secagem por radiação infravermelha: Esta técnica é comumente utilizado para secagem de alguns tipos de vegetais e produtos opoterápicos. líquidas ou gasosas. Secagem por ar quente: que faz uso das estufas de ar quente e secadores em túnel. Secagem por liofilização: consiste em congelar o conteúdo de água de uma substância e em seguida promover a sua sublimação.Clarificação: Consiste em tornar límpido um líquido turvo. chamada de solução. Dispersão: é a divisão de um produto sólido em um meio fluido. Um exemplo seria a obtenção de uma solução extrativa por recuperação máxima do conteúdo extraído do resíduo de uma droga vegetal. O líquido de dissolução é chamado solvente ou veículo.

calor seco.Esterilização: O processo de esterilização pode ser realizado por uma variedade de métodos. . filtração e altas pressões hidroestáticas. como calor úmido. irradiação. gases antissépticos.

CONCLUSÃO O estudo das operações farmacêuticas visa capacitar o discente a funcionalidade das atividades concernentes a sua área de formação. . os adjuvantes farmacotécnicos (excipientes) mais adequados. 2010). com características apropriadas a uma determinada via de administração. também. farmacocinéticas e farmacodinâmicas do fármaco. selecionando. Assim. o profissional envolvido no desenvolvimento farmacotécnico deve conhecer amplamente as características físico-químicas. são os objetivos e propósitos do estudo das operações farmacêuticas. além das melhores operações unitárias envolvidas na fabricação (BRASIL. Oconhecimento do estado final de apresentação dos princípios ativos farmacêuticos após uma ou mais operações farmacêuticas executadas com a adição ou não de excipientes apropriados a fim de facilitar a sua utilização e obter o efeito terapêutico desejado.

Brasília: Anvisa. 389.BRASIL. O. A.FERREIRA. Farmacopeia Brasileira. .Guia Prático da Farmácia Magistral ± 3ª edição ± Vol I ± Editora Pharmabooks ± 2008. volume 1 / Agência Nacional de Vigilância Sanitária. . 2010 / p. .REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful