Quebra de maldição cura interior http://www.uiecb.com.br/index.php?

option=com_content&view=article&id=148&Itemid=74
Quebra de maldição “Cremos que o sacrifício de Cristo, realizado na cruz do Calvário, é suficientemente eficaz para livrar o homem que nEle crê de qualquer maldição que lhe tenha sido imposta por Deus, em conseqüência da sua desobediência e, portanto, é desnecessária qualquer palavra ou ritual para quebrar maldições”.

Esta confissão tem os seguintes fundamentos:

7.1 – Conceito e origem da maldição

Maldição é uma conseqüência da quebra da Lei de Deus. A maldição se originou no pecado (desobediência e rebeldia contra Deus), enquanto que a benção se origina da obediência ao Senhor (Dt 11:26-32). Deus amaldiçoa o pecador, tanto quanto abençoa o penitente. A maldição divina não possui o sentido místico e supersticioso que os pagãos lhe atribuíam. Criam que maldição era uma entidade espiritual em si mesma que, uma vez proferida por um homem, acionava o poder dos deuses ou forças ocultas para executarem o mal desejado contra o próximo (por exemplo, 1 Sm 17:43). Este conceito prevalece hoje nas religiões de magia. Os crentes em Cristo crêem que a benção e maldição relacionam-se aos conceitos de obediência e desobediência ao Senhor (Dt 27 e 28; Ml 3:8-12) ou aos conceitos de aceitar ou rejeitar o Evangelho de Cristo (Gl 1:6-9; 3:10-13).

7.2 – A maldição já quebrada

Os crentes em Cristo não devem temer nem preocupar-se com maldições (Rm 8:1); porque todos estamos libertos da maldição imposta pela Lei (Gl 3:13); e a mais terrível das maldições, a morte (Gn 2:17), perdeu o seu poder (Rm 8:33-39; 1 Co 15:53-57).

7.3 – A maldição hereditária

A chamada “maldição hereditária”, que consiste em acreditar-se que os pecados, alianças e padrões estabelecidos pelos antepassados podem acarretar maldição sobre os descendentes até à terceira e quarta geração, com base em Êxodo 20:5,6 e Deuteronômio 5:9,10, deve ser doutrina rejeitada pelas seguintes razões:

Quem amaldiçoa é Deus, por desobediência a Ele. Ele é quem age, visitando a maldade dos pais nos filhos que continuam praticando os mesmos pecados. Os crentes precisam e podem crer que nenhum débito existe acumulado contra eles, a partir do momento em que se apropriam da vitória de Cristo na cruz (Cl 2:14,15)

Acreditar que as maldições familiares se transmitem automaticamente, ter-se-ia de acreditar que as bênçãos também sejama utomaticamente transmitidas (Ex 20:6). Afirmar-se que uma aliança demoníaca dos pais “amarra” os filhos, implicaria em acreditar-se que a fé possuída pelos pais também salva os filhos automaticamente. Em Exodo 20:5,6 se trata apenas do desdobramento tanto do pecado da desobediência quanto da obediência na vida dos descendentes.

A responsabilidade humana é individual. Os maus feitos dos pais não passam para os filhos, nem a justiça daqueles repercute automaticamente nestes (Rm 14:12; Ez 18).

7.4 – A maldição de nomes

Não há fundamento para a crença de que nomes carregam em si maldições, e que, por isso, nomes de pessoas e lugares precisam ser mudados se estão relacionados ou têm origem em nomes de santos e divindades do mal. As provas da inconseqüência desta crença podem-se dar mediante a consideração de nomes de personagens bíblicos:

http://solascriptura-tt. não está no fato de a maldição proferida por homens realizar-se ou não. levando-as a viver completamente fora dos propósitos de Deus. A preocupação do Senhor.. mas pelos habitantes anteriores (os índios sioux). prejudicar e atingir com o mal a outras pessoas. Pg. Prognósticos negativos são responsáveis por desvios sensíveis no curso da vida de muitas pessoas. em seu livro Quebre a Cadeia da Maldição Hereditária: ". segundo a narração bíblica. realizados pelos que adotam tal prática.5 – Os ritos para a quebra demaldição Os ritos para a quebra de maldição. e isso não comprometeu a santidade do Filho de Deus. Diz Marilyn Hikey.. 16. desprezar ou execrar a pessoa a quem é dirigida e traz prejuízos àquele que a profere.Daniel e seus amigos receberam nomes de deuses pagãos. 7. porque a maldição que não é imposta por Deus nasce da cólera e da amargura humana. Maldição de Família e Pecado de Geração.. e não devem ser aplicadas à nova. mostrada nas Escrituras. contudo continuaram fiéis ao Deus verdadeiro (Dn 1:7). para causar dano à vida do amaldiçoado. nem lhe acarretou qualquer maldição (Mt 1:3. 1." Jorge Linhares. que é um dos produtos da confissão positiva Neo-Pentecostal. mas na reação carnal das pessoas que desencadearam a vontade de destruir.12:1-132).6). Maldições Hereditárias.." . o que se assemelha à oração em favor dos mortos.. como o objetivo de humilhar.6 – Benção ou maldição proferida porhomens Os homens que proferiram benção ou maldição. Vê-se que no Novo Testamento os crentes em Cristo recebem a recomendação de não amaldiçoarem (Tg 3:1-12). As pragas se cumprem. depois disso..htm O alvo do nosso estudo será a falsa doutrina do Evangelho da Maldição. passa a agir com total independência. Resumindo – Essa teoria antibíblica tem a maldição como uma entidade em si mesma que precisa apenas que alguém desencadeie o processo inicial. A genealogia de Jesus inclui nomes outrora comprometidos com pecados e com uma herança estranha à relação entre Deus e Israel.5. que é um pecado cometido por uma pessoa num passado remoto ou recente. Conceitos Heréticos Sobre Maldição Hereditária Definição de Maldição Hereditária: "A maldição é a autorização dada ao diabo por alguém que exerce autoridade sobre outrem.org/Seitas/Pentecostalismo/AFalsaDoutrinaDaMaldicaoHereditariaLaerton. e que é também chamado de Quebra de Maldições. são condenáveis por duas razões: Incluem súplica de perdão dos pecados dos antepassados. por que as árvores genealógicas sobem em progressão geométrica.mas a maldição da sua terra não foi transmitida pelo pecado pessoal deles ou mesmo dos ancestrais. o fizeram por delegação específica de Deus. A maldição é a prova mais contundente do poder que têm as palavras. Contrariam o bom senso. 7. servindo apenas como canais da benção ou maldição vinda dEle (Gn 9:20-29. em Bênção e Maldição. As maldições a que se refere o Antigo Testamento estavam ligadas àquela antiga aliança. Não Lega em conta a responsabilidade pessoal. pois não há como lembrar os pecados dos antepassados todos.

uma família... Então indagamos: ‘Por que você está aí?’ Ele respondeu: ‘Porque se eu a peguei. Marilyn Hickey insatisfeita e insegura de sua metodologia acrescenta a única coisa que era necessária desde o início: "O que quebra a maldição é o arrependimento. em voz alta. No Nome de Jesus. uma cidade. um país etc. Marilyn Hickey conta: "Certa vez expulsamos um espírito mau de uma mulher. vale até entrevista com demônios. vai se transmitindo indefinidamente através do tempo. Por isso. um sincero e humilde cultivo da santidade na dependência do Espírito Santo e obediência da Bíblia.. ilusória. Mudança no Conceito de Pecado: Pecado passa a ser mais uma coisa que herdamos de nossos ancestrais e portanto não somos culpados.. que são chamados de "espíritos familiares". Seu sangue me purifica de imediato. desejo de Deus e amor a Deus.A maldição. amém. espere um minuto! A minha geração não pertence a você porque eu o amarrei em Nome de Jesus. Arrependimento não bíblico: Depois de ser protagonizado e ensinado todo esse confuso e anti-bíblico ritual acima.. Nome que protege." – Bastaria o arrependimento. um objeto. O que temos de fazer a ele? Amarrá-lo. Tu me amas! Tu enviaste Teu Filho para quebrar esta maldição. Marilyn Hickey diz: "O diabo é o valente. opera cegamente atingindo qualquer um ao seu alcance. Na busca das causas da maldição. e você não vai fazer isso! É isso que fazemos: Rompemos a maldição em Nome de Jesus. A fórmula correta de vitória sobre o pecado é arrependimento contínuo que conduz a uma vida de piedade caracterizada por temor a Deus.. mas o teu poder está quebrado. vai se espalhando [conforme os milhares de "testemunhos" baseados em experiências subjetivas e desmentidas pela Bíblia].. Exorcismo com palavras de ordem amaldiçoando a Satanás para amarrá-lo e livrar a geração por ele amaldiçoada. 2. A maldição em certas circunstâncias parece operar por si mesma. Oração a Deus e Profissão de Fé ao Diabo. segundo a doutrina em questão. usa como meio receptor e transmissor um local.. mística. pego também o filho dela!’ Aquela mulher foi liberta!" Declaração de que não se aceita os problemas porque são fruto de maldição. diabo. Marilyn Hickey narra um caso desses: "Amado Pai Celestial. ou seja.. até que um especialista em quebra de maldições a quebre. Estou liberto pelo sangue. e nada das invenções seria necessário. como um mal invisível que tem personalidade própria e poder de se autodeterminar. do que uma coisa na qual somos responsáveis diretamente. a tua maldição está quebrada. Em Nome de Jesus. E depois? Nós lhe tomamos a casa – ou aquela geração! Nós dizemos: Ei.. uma pessoa. Agora." Aqui encontramos uma maneira simplista. Essa é uma fantasiosa vitória sobre o pecado. diabo. Tenho o Seu Nome. Heresias Específicas da Doutrina da Maldição Hereditária .. Essa maldição tem que ser quebrada pela intervenção humana num ritual que difere de especialista para especialista. afasta-te daqui e não tornes nunca mais!". Perguntamos a ele: ‘Quando você entrou aí?’ Ele respondeu com alguma coisa jocosa. e ineficiente de se enfrentar problemas causados por pecado. Os diferentes elementos do ritual herege da quebra de maldição: • • • • • • • Busca de palavras de conhecimento e de revelações extra-bíblicas para se descobrir a causa específica das maldições hereditárias. como uma energia maligna invisível. já em outras circunstâncias parece ser uma energia maligna operacionalizada por demônios. faça esta profissão de fé: ‘Satanás! Tu e os teus maus espíritos do alcoolismo ouviram a oração que acabo de fazer! Tiveste a tua chance.

de confiança em Deus.. uma grotesca caricatura do Deus da Bíblia.. que tem dentro de si mesmas o poder para germinar. dão lugar a opressão demoníaca. Naquele momento. Palavras negativas.." Linhares. Isso tiraria o governo das mãos de Deus e o colocaria na boca dos homens. amigos.. É quase como se Deus precisasse de autorização humana para agir.. tivemos um tempo de aconselhamento e oração... achando as condições favoráveis. de comum acordo. caindo em solo próprio. um Deus destronado pelo homem. e a maldição foi quebrada. Isso geraria um caos e um descontrole total da vida na terra..a) Antropocentrismo e o Poder Onipotente das Palavras Humanas: Anulação da soberania divina e caos na terra.. Isso é ridículo. 11. Isso anularia a própria soberania de Deus no Universo. pois isso implicaria que o destino das pessoas e do universo estariam no poder das palavras de pecadores inconseqüentes.. A casa virou um inferno. que. professores etc... 16.As palavras do Evangelho da Maldição têm poder em si mesmas: São comparadas às sementes. que proclama as suas pretensões à divindade quando imagina que suas palavras podem fazer tudo acontecer. quebramos e anulamos a maldição das palavras de zombaria. se é verdade que o lar da moça se tornou um inferno por causa da maldição da mãe. Deus entra apenas como ator coadjuvante. e a maldição cumpriu-se plenamente.. Psicoterapia Freudiana Mistificada – ou Doutrina da Transferência de Culpa do Pecador para seus ancestrais.. Consiste na transferência da culpa e da responsabilidade do comportamento pecaminoso pessoal de alguém para parentes. é. [ou] maldição. De fato. mediante palavras de oração a Deus e repreensão do diabo... usa os termos "complexos" e "doença mental" para explicar . Pgs. com um papel secundário e quase dispensável. Humanismo Mal Disfarçado: O homem é que coloca maldições mediante suas palavras de praga e outro homem. Eles serão contenciosos e a discórdia será uma constante. isso seria terrível. Pg. Pg." Linhares. falíveis e imprevisíveis. o Senhor a libertou." "Convidei-a para orarmos juntos. Pedimos a Deus a solução dos conflitos emocionais e depois. Tentar ajudar alguém.. crescem." "Nossas palavras podem alimentar ou anular a ação de Satanás. 15 Teoria Que Implica Caos do Universo – No caso das palavras duras da mãe em relação ao futuro da filha. sim. antropocêntrico e anti-bíblico. Depois de algum tempo ela se casou. que no passado disseram algo impensado. frutificam. – "As palavras são como sementes que. liberam o poder divino para desfazer a opressão. • • • • • O poder divino das palavras humanas . 16.. amorosas. b) Deus Depende das Palavras Humanas Para Agir? • • • • Um Deus dependente do homem – Este é o Evangelho da Confissão Positiva e do Evangelho da Maldição – "Palavras produzem bênção. em vez de usar "maldição". de fé. Incoerência – Pedem a Deus a solução do problema e depois como se fossem oniscientes e onipotentes decretam a solução desse mesmo problema." Jorge Linhares. quebra essas maldições. germinam. aliviando a sua culpa por transferi-la para "maldições" herdadas da família é apenas uma variação maligna da técnica criada pelo ateu Sigmund Freud.Palavras positivas (confissão positiva). Um exemplo de Heresia: Mãe define o futuro da filha por dizer-lhe palavras impensadas – "Quando você se casar e tiver filhas não haverá paz em sua casa. Esse não é o Deus da Bíblia. 12. . Vieram os filhos. 18 Uma caricatura do Deus da Bíblia – Essa afirmativa deixa Deus dependente das palavras humanas para liberar seu poder.

ele [o gay] é homossexual por sua culpa [do pai]... deve-se seguir o processo bíblico de levar o pecador a assumir pessoalmente toda a culpa por seu comportamento pecaminoso. Confrontação invertida – Mais adiante no livro. Podemos fazer um pacto com o diabo entregando outra .comecei a perceber nos testemunhos de prostitutas. 31. Depende de você [se referindo ao pai]. proferidas principalmente pelos pais.• comportamentos anormais e erros das pessoas. Arrependimento.29 Marilyn Hickey diz: "Essas coisas que nos perturbam e apoquentam são. Linhares confronta o pai de um jovem homossexual com as seguintes palavras: ". acabei me envolvendo com homossexualismo". O senhor como pai o amaldiçoou desde pequeno. ladrões e assassinos." Pv 17. transferiu sua culpa para Eva. que quase sempre seu envolvimento nesses tipos de vida irregular fora precedido por palavras de maldição. homossexuais. O ridículo e anti-bíblico nessa confrontação invertida e absurda de pecados é que Linhares diz que a mudança da situação de homossexualismo do jovem gay depende do pai por quebrar a maldição proferida por ele. Essa doutrina coloca o diabo como centro de todos os problemas humanos. chamando-o de mulherzinha. c) O pacto com o diabo à revelia do consentimento da pessoa." Linhares Pg. tanto um quanto o outro. maldições de famílias ou de gerações – problemas que começaram com os nossos ancestrais e vieram até nós. E o que é pior: eles não vão parar aqui. para a serpente (Gn 3). e não do rapaz em pecado. O tremendo mau que o ateu Freud fez através da psiquiatria no mundo secular os defensores da maldição hereditária de família estão fazendo no meio evangélico. 13).. podem ser transmitidos aos nossos filhos e aos filhos dos nossos filhos!" O pecador que pela sua natureza decaída já gosta de arrumar desculpas para os seus pecados lançando ou transferindo a sua culpa para outros. (Linhares. criando um bando de gente irresponsável pelos seus próprios pecados." (Pg." Pg. 31).15. lançando a responsabilidade de seus pecados e crimes em seus parentes e professores de um passado distante... e não quebra de maldição – Em vez de ficar procurando um bode expiatório no passado para lançar a culpa do pecador. Responsabilidade invertida – Na confrontação acima ainda diz para o pai: "Tudo pode mudar. realmente. após a queda. e Eva. iniciando assim um processo genuíno de arrependimento e restauração. Deus abomina essa inversão maligna: "O que justifica o perverso e o que condena o justo são abomináveis para o Senhor. • O Evangelho da Maldição usa os ancestrais como bodes expiatórios das culpas presentes dos pecadores. Adão. Pg.. A seguir damos exemplos do que acabamos de falar: Culpar os pais por comportamento homossexual – "depois de ser tanto amaldiçoado. encontra nesta teoria diabólica um meio fajuto de aliviar sua consciência por lançar sua própria culpa sobre os outros.. O Evangelho da Maldição é um Processo Sutil de Transferência de Culpa – Seus mentores atribuem todos os pecados à maldição hereditária: ".

porque em verdade vos afirmo que. O poder e efeito das palavras do homem são como a flor que murcha." 1 Re 16. Pedro. conforme Marcos 11." Em seguida Linhares diz: "Mesmo sem intenção. não é a palavra dos homens que devemos temer. mas crer que se fará o que diz . e cai a sua flor.pessoa a ele? Isso sem que aquele que fez o pacto e o que é entregue saber ou fazer isso conscientemente? • O caso de entrega de uma pessoa ao diabo motivada pela maldição da mãe. o diabo que te carregue. Ao que Jesus lhes disse: Tende fé em Deus. 19).8. As palavras humanas têm poder em si mesmas para realizar aquilo que dizem? A resposta é não. mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente. O homem de Corinto é entregue a Satanás por causa de seus próprios pecados."disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus e que a palavra do Senhor na tua boca é verdade. Pg. contra Baasa e contra a sua descendência. As palavras que têm poder em si mesmas são as palavras de Deus. escritas na Bíblia. o sumo bem. "Assim veio a Palavra do Senhor por intermédio do profeta Jeú. – A mãe disse para a filha: "Sua burra. (Livro "Benção e Maldição. como no caso dos profetas bíblicos. A palavra humana que tem poder é aquela que é falada em nome de Deus. Quanto poder tem a "Palavra de Fé" ou pronunciado com fé. se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar. Quanto poder têm as palavras humanas? Somente o poder que Deus queira lhes dar conforme o Seu propósito. eis que a figueira que amaldiçoaste secou. lembrando-se.11. mas a Palavra de Deus. preguiçosa." 1 Re 17.21-24? – O que é de errado com a "confissão positiva"? "Então. e não porque alguém com raiva dele decidiu fazer isso (1 Co 5." Is 55." Is 40. mas a palavra de Deus é diferente: "seca-se a erva. A decisão de entrega espiritual de vida tem de ser algo individual e intransferível. falou: Mestre.1-5). d) A Palavra de Deus versus as Palavras do Homem.7 . Deus é o soberano absoluto do Universo.24 A palavra que não volta vazia sem cumprir o seu propósito é a palavra de Deus e não a palavra dos homens: "assim será a palavra que sair da minha boca: Não voltará para mim vazia mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei. Portanto. e faz o que lhe apraz (Sal 135:6). ou dos pregadores da Palavra escrita na Bíblia. filho de Hanani. [essa mãe] entregara a filha ao diabo. Essa pseudo-guerra contra o diabo é um espetáculo de supervalorização dele com desvalorização da soberania de Deus. e não duvidar no seu coração.

6:7. cada um dará conta do seu pecado. crede que recebestes.8) Exemplos de pecados específicos causadores de maldição ou castigo divino ao pecador: Gostar de amaldiçoar.15).14. É mentira – Que a maldição de outra pessoa. Por exemplo: a sífilis em uma criança pequena é resultado da maldição ou castigo da prostituição do pai. como se a fé fosse algo em que se deva confiar. e desejar mal aos outros (Sl 109.Que os problemas (espirituais. "Assim." – isso é confiar em si mesmo." (v. mas vos desviardes do caminho que hoje vos ordeno.17).assim será com ele." .16). e a chave dessa soberania seria a fé. e ainda outras inventadas simplesmente por incredulidade dos autores.." Os defensores da Confissão Positiva interpretam mal esse texto. 22). Imoralidade Sexual (Dt 27. não é a maldição em si mesma.." Rm 14. porém. cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus. que gostam de andar pela vista e não pela fé. Os autores dos livros examinados dão várias fórmulas para se quebrar a maldição hereditária de famílias. outras anti-bíblicas.14).5).22). Mudar os marcos da terra (Dt 27. Rm 12. como se Deus estivesse dando total soberania e poder irrestrito às palavras do homem (poder para conseguir qualquer coisa.20-23) etc.. (Jr 17. praguejar. E neste caso a sífilis da criança não é uma maldição a ser quebrada." "Aquilo que o homem semear ele ceifará." (Gal. As conseqüências atingem a todos. não é fé no homem – "Maldito o homem que confia no homem. É mentira .17. psicológicos e de saúde) dos filhos são conseqüência de maldição herdada dos pais.4) . pois.21-24? É fé centralizada em Deus: "Tende fé em Deus. "A alma que pecar essa morrerá.e não outra que não pecou. idolatria (Dt 27. Não se deve confiar no poder da fé. seja transmitida como herança a seus familiares.18). declarar ou confessar o que se quer]. se não cumprirdes os mandamentos do Senhor [pecado]. bastando para isso pronunciar. mas uma doença a ser curada.29. Mas o que seria essa fé em Mc 11.14." 1 Jo 5. é fé que não carece de sinais visíveis (Jo 20. Conclusão – Um confronto entre verdade e erro. II Co 5. É verdade – Que o pecado gera maldição [castigo] na vida do sujeito autor desse pecado. Por isso. mas na pessoa de Deus (Mc 11. (Ez 18.. mas sim é resultado da maldição dos pais. Essas fórmulas contém coisas bíblicas.10-14). "No seu caminho há destruição e miséria.7)." Rm 3. pois ninguém peca para si só. O que essa fé não é: não é fé na fé – ou seja. Feitiçaria (Dt 18. conseqüência dos seus pecados.16. Rebeldia contra os pais (Dt 27. Crueldade com deficientes (Dt 27. digo-vos que tudo quanto em oração pedirdes. não é fé que funciona independentemente da vontade de Deus – "E esta é a confiança que temos para com ele: que se pedirmos alguma coisa segundo a Sua vontade ele nos ouve. vosso Deus. e será assim convosco.12 É verdade – Que as conseqüências do pecado de alguém afetam indiretamente seus familiares e conhecidos. "a maldição.

mas porque Deus os fará colher a maldição que está plantando para outros. mas que podem promover destruição pelos efeitos causados pela reação negativa e anti-bíblica de pessoas muito sensíveis. porém voltarão para eles como um bumerangue.6. quereis que os homens vos façam assim fazei-o vós a eles. Mt 7... as palavras humanas de maldição só terão poder em quem vier a escutá-las com temor. Vejamos Eclesiastes 7. eu sou dona dos meus ouvidos e escuto o que quero. . pois tu sabes que muitas vezes tu tens amaldiçoado a outros.13.7. não atentes para elas. a melhor coisa é deter os seus próprios ouvidos. para que não venhas ouvir o teu servo amaldiçoar-te. põe em chamas toda a carreira da existência humana. Ainda é mentira dizer que o homem tem a prerrogativa de autorizar o diabo a cumprir maldição de suas palavras na vida de outros. contamina o corpo inteiro." Depois acrescenta: "Ter uma língua é como Ter dinamite entre os dentes: é preciso pensar nisso.12). e venham a se deixar impressionar psicologicamente pelas mesmas. e não ligar para o que digam. e dizia: "Não dês o coração a todas as palavras ditas – não as leve ao coração ou não lhes dê importância. – "Até os profetas não passam de vento. porque a palavra [de Deus] não está com eles. Minha esposa (Carmita) diz algo muito sábio acerca de agressões verbais. Não que elas tenham um poder místico nelas próprias para destruir.É verdade – Que as palavras humanas podem se tornar muito destrutivas. – "Não vos enganeis: de Deus não se zomba." Charles Spurgeon também aconselhava as pessoas a terem um ouvido surdo." "Tudo quanto." [O Controle da Língua – Pg. nem procedas como se as tivesse ouvido. Ainda as palavras e as maldições dos prognosticadores ou profetas que não são inspirados por Deus são consideradas como PALHA – sem nenhum valor. Stowell resume bem o poder destrutivo das palavras: "as palavras podem ser destrutivas em três aspectos. portanto. (Lições aos meus alunos – Pg. as suas ameaças [maldições] se cumprirão contra eles mesmos. é mundo de iniqüidade. Ela diz: "quem é dono de sua boca diz o que quer." Jr 5. pois quem deseja o mal aos outros está desejando para si mesmo. As palavras dos amaldiçoadores são como eles próprios: "vento" (ocas. como é posta ela mesma em chamas pelo inferno. Tiago nos adverte: "a língua é fogo. (2) nosso relacionamento com aqueles que amamos e até (3) nosso relacionamento conosco mesmo. ou possibilidade de se cumprir – Jr 23." (Gl 6. Elas podem destruir (1) nosso relacionamento com Deus." Em resumo. vazias ou sem poder em si mesmas).22 – "Não apliques o coração a todas as palavras que se dizem. pois tudo aquilo que o homem semear também ceifará.. Você não pode deter a língua das pessoas. Joseph W. não porque as suas palavras tenham poder em si mesmas." Tg 3.21.14 – Editora Batista Regular].28-31. pois. 174 – Publicações Evangélicas Selecionadas) Outra mentira é dizer que as palavras de maldição têm poder em si mesmas.. Aqueles que amaldiçoam o seu próximo estão ignorantemente se colocando em curso de colisão com a própria maldição que proferem.

não há real base bíblica e teológica para as definições e práticas da maldição hereditária. Essa definição veio da feitiçaria e da bruxaria.19. usam textos que falam do poder das palavras. e. fazer ou dizer coisas que darão progressivo controle de Satanás sobre sua vida. Quando Jorge Linhares.Aqui há uma inversão conceitual. e de maldições. ou seja. Porém.br . Ef 4. usam um grande número de supostos testemunhos. manipulando-os e adulterando o sentido da Palavra de Deus. pois conforme a Bíblia é a humanidade que "jaz no maligno" e não "o maligno jaz na humanidade". O mínimo que um homem pode fazer é "dar lugar ao diabo" em sua própria vida. mas tirando-os do contexto.com/Athens/Bridge/3039/ Extraído do Jornal Fundamentalista Publicação da União Bíblica Fundamentalista – UBF Caixa Postal 567 – CEP: 60001-970 – Fortaleza – CE Email: fundamentalistas@uol. Achado 05/00 no site: http://www.com.geocities. a Bíblia nunca diz que podemos autorizar o diabo a executar maldições na vida de outros. Marilyn Hickey e outros defensores dessa heresia usam versículos da Bíblia. O fato é que os textos usados por eles não dá respaldo à teoria humanista e mística da maldição hereditária da família defendida por eles e por muitos outros. (1 Jo 5. para apoiar a sua doutrina insustentável biblicamente. De fato. Na feitiçaria lançar feitiço eqüivale a lançar malefício ou maldição de feiticeiro. com interpretações subjetivas e falaciosas.27).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful