Você está na página 1de 10

Fase 1

Caracterização geral e avaliação de impactos da UC e


zona de amortecimento;

Fase 2
Elaboração do diagnóstico (integração espacial dos
dados e zoneamento)

Fase 3
Zoneamento e Recomendações

Fase 4
Ações gerenciais gerais internas e externas. Áreas
estratégicas de ação, ações de manejo para áreas
internas.
 A Estação Ecológica tem como objetivo a
preservação da natureza e a realização de
pesquisas científicas.

 A Reserva Biológica tem como objetivo a


preservação integral da biota e demais
atributos naturais existentes em seus limites,
sem interferência humana direta ou
modificações ambientais
 O Parque Nacional tem como objetivo básico a
preservação de ecossistemas naturais de grande
relevância ecológica e beleza cênica,
possibilitando a realização de pesquisas
científicas e o desenvolvimento de atividades de
educação e interpretação ambiental, de recreação
em contato com a natureza e de turismo
ecológico;

 O Refúgio de Vida Silvestre tem como objetivo


proteger ambientes naturais onde se asseguram
condições para a existência ou reprodução de
espécies ou comunidades da flora local e da
fauna residente ou migratória.
 Unidades de Uso Sustentável as seguintes
categorias de unidade de conservação:

 I - Área de Proteção Ambiental;


 II - Área de Relevante Interesse Ecológico;
 III - Floresta Nacional;
 IV - Reserva Extrativista;
 V - Reserva de Fauna;
 VI – Reserva de Desenvolvimento Sustentável; e
 VII - Reserva Particular do Patrimônio Natural.
 Os instrumentos são mecanismos podem ser
utilizados para o cumprimento de objetivos
estipulados em planejamento ambiental;

 Zoneamentos;
 EIA;
 Planos de Bacia Hidrográfica;
 Planos Diretores Ambientais;
 Planos de Manejo
 Áreas de proteção ambiental,
 Principal instrumento de planejamento
ambiental utilizado hoje em municípios;

 Regulamentado pela lei 10.257/2001


 Regulamenta os arts. 182 e 183 da Constituição Federal, estabelece diretrizes
gerais da política urbana e dá outras providências.
 Art. 39. A propriedade urbana cumpre sua função social quando atende às
exigências fundamentais de ordenação da cidade expressas no plano diretor,
assegurando o atendimento das necessidades dos cidadãos quanto à qualidade de
vida, à justiça social e ao desenvolvimento das atividades econômicas, respeitadas
as diretrizes previstas no art. 2o desta Lei.

 Art. 40. O plano diretor, aprovado por lei municipal, é o instrumento básico da
política de desenvolvimento e expansão urbana.

 § 1o O plano diretor é parte integrante do processo de planejamento municipal,


devendo o plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e o orçamento anual
incorporar as diretrizes e as prioridades nele contidas.
 § 2o O plano diretor deverá englobar o território do Município como um todo.
 § 3o A lei que instituir o plano diretor deverá ser revista, pelo menos, a cada dez
anos.
 § 4o No processo de elaboração do plano diretor e na fiscalização de sua
implementação, os Poderes Legislativo e Executivo municipais garantirão:
 I – a promoção de audiências públicas e debates com a participação da população
e de associações representativas dos vários segmentos da comunidade;
 II – a publicidade quanto aos documentos e informações produzidos;
 III – o acesso de qualquer interessado aos documentos e informações produzidos.
 O plano diretor será um instrumento de
planejamento quando:

◦ Aprimora as relações entre homem e natureza;


◦ Quando é elaborado em cima de um diagnóstico;
◦ Quando propões metas e políticas claras;
◦ Quando em seu diagnóstico está preocupado com
os recursos naturais e com o homem.
 O plano diretor será um instrumento de
planejamento quando:

◦ Quando propõe um gestão integrada e


descentralizada;
◦ Propõe compatibilizar políticas de diferentes
esferas a fim de recuperar:
 O meio ambiente;
 O patrimônio cultural, histórico, paisagístico, artístico
e arqueológico.
 Avalie o estabelecimento do anel viário e sua
projeção futura.

 Estabeleça a instalação de duas indústrias


podendo ser:
◦ Reciclagem de baterias automotivas (AC* = 1200m2)
◦ Reciclagem de papel (AC* = 800m2);
◦ Produção de celulose (AC* = 5000m2);
◦ Produção de chapas de MDF (AC* = 4000m2);
◦ Cervejaria (AC* = 2000m2)
◦ Produção de calçados (AC* = 900m2).

* AC = Área construída

Você também pode gostar