Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS


DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO
Disciplina: Estrutura e Funcionamento do Ensino – Turma 29
Professora: Rosemeire Marcedo Costa

Alunos (as): .......................................................................................................................


............................................................................................................................................

ATIVIDADE 2 – Primeira Unidade

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES (ler antes de responder):


 A atividade poderá ser realizada individualmente, em dupla ou em trio.
 Quando a questão solicitar – “Explique” ou “Comente”, você pode utilizar suas
próprias palavras e explicar ou comentar o que foi pedido na questão.
 Explicar – pode ser através de exemplos; pode também ser dando mais detalhes
sobre o tema da pergunta.
 Comentar nas questões propostas– tem como objetivo que você dê sua opinião
– se concorda ou não e argumente justificando sua resposta.
 Quando a questão pedir “justifique” – você deve usar argumentos que
demonstrem as suas explicações sobre a resposta.

LEIA ATENTAMENTE AS QUESTÕES ABAIXO E RESPONDA:

1. A escola elementar no século XIX tinha duração média de dois anos e era indicada
para alunos entre 7/8 e 12/14 anos como obrigatória. Segundo a Profa. Dra. Maria
Cristina Soares de Gouvêa, quais eram as suas principais características para
“transformar os alunos em agentes civilizatórios de seus meios de origem” ?
(GOUVÊA, 2007,p.126) Comente.
2. Quais eram as alternativas na formação elementar dos filhos das elites brasileiras no
século XIX. Explique uma delas.

3. Quais os fatores que eram alvo de preocupação de algumas famílias, no século XIX,
que motivavam a recusa de enviar seus filhos e filhas para a escola. Explique um deles.

4. Os Colégios de Artificies e os Colégios Agrícolas, no século XIX, atendiam a quais


grupos sociais e com que objetivos?

5. Em relação às crianças pequenas, as mudanças sociais e econômicas, bem como, a


urbanização e a complexidade da sociedade no final do século XIX, fez com que
houvesse a necessidade de criação de instituições para a educação infantil, como
demonstrou a autora do texto. Quais as instituições iniciaram o funcionamento para o
público infantil, neste período (final do século XIX), e como estes novos espaços “de
guarda das crianças” atendia os diferentes grupos sociais? Como a infância “desvalida”
(pobre) era atendida? Comente.

6 - A Profa. Dra. Maria Cristina Soares de Gouvêa ressaltou que: “O processo de


escolarização da infância no século XIX, no Brasil, só pode ser melhor apreendido
considerando-se a tensão entre grupos diferenciados pelo acesso a instrução”
(GOUVÊA, 2007, p.139). Você concorda com a posição defendida pela autora?
Justifique sua resposta.

Você também pode gostar