Você está na página 1de 11

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA

SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -


SECULT

REGULAMENTO DO I FESTIVAL DE
QUADRILHAS JUNINAS COMUNITÁRIAS –
EDIÇÃO 2019

Local: Pavilhão do Vaqueiro

CAPÍTULO 1 – DA APRESENTAÇÃO
Art. 01º - A Secretaria de Cultura e Turismo de Morada Nova em parceria com o movimento
junino deste município realizará o I FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS
COMUNITÁRIAS DE MORADA NOVA que tem como objetivo principal incentivar
a população local e regional a conhecerem e valorizarem a nossa cultura e manter as
tradições, resgatando as festas populares através da festividade junina. O I Festival de
Quadrilhas Juninas Comunitárias de Morada Nova busca resgatar as tradições culturais
elevando a alta estima de seu povo, mantendo, desta forma, viva a sua história bem como
seus costumes e tradições.

CAPÍTULO 2 – DA REALIZAÇÃO DO I FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS


COMUNITÁRIAS DE MORADA NOVA
Art. 02º – O I Festival de Quadrilhas Juninas Comunitárias de Morada Nova deverá ser
realizado no período de 21 e 22 de junho de 2019, podendo ainda sofrer alterações que
serão comunicadas com antecedência.
Art. 03º – Fica estabelecido que este Festival deverá ter a duração de no mínimo 02 (dois)
dias de programação cultural.
Art. 04º – A Coordenação deste Festival deverá estabelecer previamente o horário de
início das apresentações das Quadrilhas Juninas inscritas, com ampla divulgação neste
município e regiões circunvizinhas.

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

Art. 05º – A ordem de apresentação das Quadrilhas Juninas, neste Festival, será definida
pela SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO DE MORADA NOVA, em
consonância com o movimento junino deste município. A mesma será estabelecida
mediante sorteio realizado na segunda-feira, dia 17 de junho, às 17h, através de uma
transmissão ao vivo na página da SECULT.
Art. 06º – A ordem e apresentação das Quadrilhas Juninas deverá ter dia, hora e locais
previamente marcados e dados amplo conhecimento aos interessados.
Art. 07º – Definido a data e ordem de apresentação de cada quadrilha inscrita, ficando
vedada qualquer modificação por parte da quadrilha, desde que as quadrilhas entre si
entre em acordo. Havendo acordo entre as quadrilhas, deverão comunicar formalmente
a coordenação do festival.
Art. 08º – Recomenda-se que as Quadrilhas Juninas deverão estar concentradas no local do
Festival, pelo menos 30 (trinta) minutos antes do horário previsto para sua apresentação.
Art. 09º – No caso de atraso da Quadrilha Junina, sua ordem de apresentação passará para
o último horário previsto na programação do dia.
§ 1 – Caso o grupo não aceite o novo horário, sua decisão implicará desclassificação
automática.
Art. 10º – A Quadrilha Junina que desistir do festival e não comunicar a desistência antes
de 48 horas, ficará impossibilitada de participar do festival nos anos seguintes.
Art. 11º – Nos casos em que o atraso no horário das apresentações for de responsabilidade
do promotor do Festival, seja qual for a razão, fica assegurado às Quadrilhas
Juninas a ordem previamente estabelecida.
Art. 12º – Será exigida quantidade mínima de 12 (doze) pares de brincantes por Quadrilha.
Art. 13º – Cada Quadrilha Junina terá 35 (trinta e cinco) minutos para realizar sua
apresentação, incluindo neste tempo a encenação do casamento.
Art. 14º – Haverá até 10 (dez) minutos de intervalo entre a apresentação de um grupo e
outro, para montagem de cenário, passagem de som e volta de apresentação, se houver,

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

e até 05 (cinco) minutos após o término da apresentação. A contagem desse tempo só


poderá iniciar após os componentes do regional ligarem todos os seus instrumentos junto
a mesa de som do festival, e durante a ligação nenhum instrumento poderá fazer som.
Caso isso ocorra o tempo da montagem do cenário já será iniciado.
§1 – Será admitido até 01 (um) minuto excedente do tempo determinado neste
regulamento. A partir dessa tolerância, o grupo perderá 01 (um) ponto por cada minuto
ou fração de minuto ultrapassado, no total de suas notas no quesito quadrilha.
Art. 15º – O tempo de duração da apresentação deverá ser cronometrado pelo Presidente da
Mesa Julgadora.
Art. 16º – O tempo de apresentação deverá ser exibido, obrigatoriamente, em cronômetro
visível para todos os participantes do Festival, o qual deverá está ajustado com o
cronômetro do Presidente da Mesa Julgadora.
Art. 17º – O acompanhamento musical ficará a critério de cada Quadrilha participante,
podendo ser ao vivo ou por reprodução de CD, DVD ou Pen-Drive.
Art. 18º - Será vedada utilização de fogos de artifícios e similares dentro do Festival,
antes e durante, ou após a apresentação da quadrilha. Será feita exceção ao uso de
traques de massa, também conhecidos como chumbinho. A quadrilha que descumprir
esta determinação será desclassificada.
Art. 19º - Caberá ao promotor deste Festival, individualmente, disponibilizar infra-
estrutura com, no mínimo:
a) Bebedouro com água adicionada de sais, para os participantes;
b) Ambiente fechado com ventilação adequada, destinado à troca de roupa, com
banheiros masculinos e femininos, com distância mínima possível dos locais de
apresentação;
c) Segurança para as áreas de uso coletivo e de uso dos grupos participantes e da equipe
de apoio para recepção dos participantes;
d) Piso adequado para apresentação dos grupos, sem obstáculos, plano, com isolamento;

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

e) Equipamentos de som, com no mínimo, mesa de 16 canais e entradas para reprodução


de CD, DVD e Pen-Drive;
f) Iluminação adequada para apresentações das quadrilhas;
Art. 20º - O resultado deste festival deverá ser divulgado logo após o encerramento dos
trabalhos da mesa julgadora e entregue uma via de cada planilha ao avaliador da
SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO DE MORADA NOVA – CE.
CAPÍTULO 3 – DA COMISSÃO JULGADORA DESTE FESTIVAL
Art. 21º – O Festival terá uma Comissão Julgadora composta de 05 (CINCO) membros,
sendo um presidente e quatro julgadores, maiores de 18 (dezoito) anos,
selecionados dentre os quadrilheiros do Vale do Jaguaribe. Com habilidades e notório
saber dos protocolos de eventos juninos.
Art. 22º – Compete ao promotor deste Festival Regional ajuda de custo comissão
julgadora.
Art. 23º – Cabe a Comissão Organizadora deste festival assegurar a presença de todos os
membros das Mesas Julgadoras, nos dias e locais determinados.
Art. 24º – Para efeito de validade do concurso, a composição da Comissão Julgadora
deverá permanecer inalterada. No caso de falta de 01 (um) membro, todas as suas
notas serão eliminadas (consideradas nulas) por completo do festival, sendo
consideradas como menores notas.
Art. 25º – Depois de lançadas todas as notas nas planilhas de avaliações, serão
eliminadas a menor nota por cada sub-quesito em julgamento. Assim, a nota
final dos quesitos será definida pela soma das 03(três) notas restantes.
Art. 26º – É totalmente vedada a participação, na Comissão Julgadora, de parentes até
o terceiro grau de componentes e diretores de quadrilhas participantes do
concurso, assim como membros da diretoria de entidades representativas do
movimento junino.

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

Art. 27º - A Comissão Julgadora é soberana em sua decisão e somente ela poderá
opinar e decidir sobre notas, classificação e resultado do Festival.
CAPÍTULO 4 – DAS INSCRIÇÕES DESTE FESTIVAL
Art. 28º – Não será cobrado taxa de inscrição neste festival.
Art. 29º – As inscrições serão feitas através do preenchimento da ficha de inscrição
que será disponibilizada pelo página da SECRETARIA DE CULTURA E
TURISMO DE MORADA NOVA, https://www.facebook.com/secultmoradanova/ .
As inscrições deverão ser encaminhadas para SECRETARIA DE CULTURA E
TURISMO DE Morada Nova - CE através do e-mail secultmn@gmail.com
Art. 30º – Período de Inscrição será a partir do dia 11/06/2019, encerrando no dia 15/06, às
0h.
Art. 31º – Serão aceitas inscrições de quadrilhas comunitárias, não filiadas a nenhuma
organização de movimento junino do estado do Ceará.
CAPÍTULO 5 – DOS QUESITOS EM JULGAMENTO DESTE FESTIVAL
Art. 32º – Serão julgados, separadamente, os seguintes quesitos e sub-quesitos que
comporão a nota final de cada Quadrilha Junina participante dos Festivais Regionais:
a) Quadrilha – coreografia, evolução, harmonia, animação, figurino.
b) Marcador – desenvoltura, liderança, animação e figurino.
c) Rainha – animação, desenvoltura e figurino.
d) Casal de Noivos – desenvoltura, interpretação, animação e figurino.
e) Casamento – texto, tradicionalidade, interpretação, figurino, relação com o tema.
f) Tema: Criatividade, Pesquisa, Desenvolvimento, Adaptação com os festejos juninos.
g) Repertório – letra, ritmo, relação com o tema e com os festejos juninos.
§1 - Para os efeitos deste regulamento, consideram-se as seguintes definições para os
sub-quesitos avaliados dentro dos quesitos obrigatórios da planilha de avaliação:
I - Coreografia: A coreografia é o conjunto de movimentos sequenciados de
uma dança, caracterizada como quadrilha junina apresentando passos

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

tradicionais, seguindo uma trilha musical. Cada quadrilha terá que apresentar
obrigatoriamente, no mínimo, 12 (doze) passos tradicionais, a não
apresentação destes passos implicará na perda de 1 (um) ponto no sub-quesito
coreografia. Exemplificamos abaixo alguns passos tradicionais: Anarrê,
Anavantu, Balancê, Beija-Flor, Buquê de Flores, Caminho na Roça, Caracol,
Catavento, Cavalinho, Cinturinha, Cruz de Malta, Cumprimento, Ganho,
Grande Roda, Jabaculê, Montanha Russa, Parafuso, Passeio de Namorados,
Peão/Carrapeta, Peri/Contra, Roda Gigante/Espalha Brasa, Rodinha de
Quatro, Serrote, Sombrinha, Túnel, Trancilin, X, entre outros.
II - Evolução: É a forma como a coreografia é apresentada e executada pelos
dançarinos numa progressão no decorrer da apresentação. Os passos e o
movimento do corpo dos dançarinos devem estar no ritmo produzido pela
cadencia da trilha musical;
III - Harmonia: É a forma como os dançarinos da quadrilha junina dançam,
considerando, se há entrosamento ou não dos mesmos com o ritmo
apresentado pela trilha musical e também com a proposta da coreografia
junina;
IV – Animação: Movimento entusiasmado, alegre, vivaz, despertando a
empolgação a participação do público. Entrega de corpo e alma em uma
atividade com o objetivo de demonstrar o espírito da animação, durante todo
o desenvolvimento da apresentação;
V - Figurino: Conjunto de vestuário e acessórios, resultado da pesquisa e
criatividade, correspondente ao tema abordado, obrigatoriamente ligado à
cultura junina;
VI - Desenvoltura: É a representação desenvolvida com desembaraço, de forma
desinibida e espontânea;

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

VII - Interpretação: Representação contextualizada, considerada a atuação


individual e a cumplicidade entre o casal durante toda a apresentação;
VIII - Liderança: Condição de dirigir a apresentação de forma dinâmica,
baseada na competência e na autoridade, demonstrada no ato de conduzir os
passos e na sequência a ser desenvolvida;
IX - Criatividade: Inteligência e talento, para criar, inventar e inovar na criação
da temática, dentro do contexto junino;
X - Pesquisa: conjunto de atividades fundamentado em um determinado assunto,
que tem por finalidade novos conhecimentos, perceptível no decorrer da
apresentação do grupo;
XI - Desenvolvimento: forma em que a temática foi desenvolvida demonstrando
conhecimento e habilidade de transmitir o tema pesquisado;
XII - Adaptação: maneira em que a temática foi adaptada ao contexto junino.
XIII – Texto: Escrita do texto que fundamenta o casamento da quadrilha junina
relacionando a temática e sua adaptação ao contexto junino.
XIV – Tradicionalidade: Apresentar na escrita do texto do casamento da quadrilha
junina características e elementos básicos do casamento matuto.
XV – Relação com o Tema: Maneira em que a temática foi adaptada ao contexto junino
dentro do texto do casamento.
XVI – Letra: Coerência das letras utilizadas no repertório musical apresentando relação
ao contexto junino e ao tema trabalhado.
XVII – Ritmo: Designa a sucessão regular dos tempos musicais no repertório junino,
indicando as notas e sua intensidade de acordo com o tempo dentro das características do
contexto junino.
CAPÍTULO 6 – DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE
ART. 33o - Quando da divulgação do resultado do festival, ocorrendo empate, entre duas ou
mais quadrilhas ou destaques, o desempate se dará obedecendo a ordem abaixo:

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

a) Quadrilha – coreografia, evolução, harmonia, animação, figurino.


b) Marcador – desenvoltura, liderança, animação e figurino.
c) Rainha – animação, desenvoltura e figurino.
d) Casal de Noivos – desenvoltura, interpretação, animação e figurino.
e) Casamento – texto, tradicionalidade, interpretação, figurino, relação com o tema.
f) Tema: Criatividade, Pesquisa, Desenvolvimento, Adaptação com os festejos juninos.
g) Repertório – letra, ritmo, relação com o tema e com os festejos juninos.
ART. 34o - Depois de esgotados todos os critérios para desempate no Quesito Quadrilha
entre duas ou mais quadrilhas, o critério de desempate será somando-se toda a planilha,
onde será declarada campeã a quadrilha que obtiver a maior soma de todas as notas.
§1 - Esgotadas todas as possibilidades de desempate e mesmo assim os grupos permaneçam
empatados, serão considerados na mesma colocação de classificação no resultado final
do festival. No caso da premiação em dinheiro o valor do prêmio será dividido entre os
grupos empatados.
§2 - Nos critérios para desempate nos Quesitos Marcador, Rainha, Casal de Noivos e
Repertório Musical, Casamento e Tema primeiro obedecerá a ordem dos sub-quesitos,
persistindo o empate será somado todas as notas atribuídas pelos 4 (quatro) jurados e
continuando o empate será atribuído vencedores os quesitos representados pela quadrilha
melhor colocada no festival.
Art. 35º – As planilhas de votação serão fornecidas pela COMISSÃO ORGANIZADORA
DESTE FESTIVAL, onde deverão ser preenchidas por completo e não poderão conter
rasuras ou emendas.
CAPÍTULO 7 – DA PREMIAÇÃO
Art. 36º – As Quadrilhas que atingirem as 03 (três) primeiras colocações serão
declaradas vencedoras e receberão um prêmio individual, conforme sua classificação:
1º Lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais) e troféu;
2º Lugar: R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) e troféu;

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

3º Lugar: R$ 1.000,00 (um mil reais) e troféu;


PARÁGRAFO ÚNICO: Os quesitos individuais (casamento, casal de noivos, marcador e
rainha, tema e repertório) serão premiados com troféus.
Art. 37º – O local para a entrega do troféu de premiação das quadrilhas deverá ser o
próprio evento. Se o grupo vencedor não tiver nenhum representante autorizado
presente, a Comissão Organizadora deste festival entrará em contato com a
quadrilha premiada e acertará a forma de entrega do prêmio.
CAPÍTULO 8 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 38º - Serão desclassificadas as quadrilhas que causarem desordem ou prejuízo
moral ou material bem como, aquelas que praticarem quaisquer atos que sejam
interpretados como ofensa, desrespeito ou agressão às comissões a outras quadrilhas
ou ao público presente.
Art.39º - Aos proponentes, realizadores deste Festival ou membros da equipe de
produção, que interferirem em questões que fogem a sua competência caberá
punição definida, a partir da apuração do caso, pela COMISSÃO
ORGANIZADORA DO FESTIVAL.
Art. 40º – Os casos omissos serão resolvidos pelo comissão organizadora deste festival,
representantes da Secretaria da Cultura, ouvindo o presidente da Comissão Julgadora.
Art. 41º – Não será permitido o uso de bebidas alcoólicas pelos quadrilheiros, equipe de
apoio, integrantes do regional e comissão organizadora das quadrilhas (diretores), no
local do festival, bem como no caso de ser identificado dentre os membros da quadrilha
alguém que apresenta estado de embriaguez a quadrilha será desclassificada do festival.
Art. 42º - Aos grupos de quadrilhas juninas comunitárias, será obrigatório ao final
da apresentação entregar a ficha de avaliação do festival devid amente
preenchida e assinada pelo seu responsável junto a comissão organizadora.
Art. 43º – Ao participarem dos festivais, todos estarão aceitando as condições previstas
neste regulamento.

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

Art. 44º – A Comissão Organizadora do I Festival de Quadrilhas Juninas Comunitárias de


Morada Nova –CE é composta por:

Maria do Socorro Leitão Machado – Secretária de Cultura e Turismo


José Cleudo de Oliveira – Presidente Geral do Festival
Luiz Ferreira Lima Neto – Produtor Geral do Festival
Maria do Socorro de Sousa Silva – Núcleo de acolhimento
Geina Kelle Chaves Rubens – Núcleo de Ornamentação
José Ferreira Filho – Núcleo de Apresentações
Maria Jocivalda Oliveira Girão – Núcleo de Ambiente
Aldesir Arruda Girão e Ruana Carla Valentim Nobre - Representante do
Movimento Junino Explosão Junina
Daniel Viana da Silva e Manoel Gioncarlo e Silva- Representantes do
Movimento Junino Ana Moça
Alysson José dos Santos e Gabriela Duarte Roque - Representante do
Movimento Junino Arraiá do Avesso

Morada Nova – CE, 11 de junho de 2019.

Este regulamento entra em vigor a partir desta data.

Atenciosamente, Secretaria de Cultura e Turismo de Morada Nova – CE e Movimentos


Juninos de Morada Nova -CE

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com
PREFEITURA MUNICIPAL DE MORADA NOVA
SECRETÁRIA DA CULTURA E TURISMO -
SECULT

FICHA DE INSCRIÇÃO
I FESTIVAL DE QUADRILHAS COMUNITÁRIAS DE
MORADA NOVA -CE
Data da inscrição: ___/ ___/ ____ Horário da Inscrição: ___:___

DENOMINAÇÃO JUNINA:
PRESIDENTE:
CNPJ: CPF:
Endereço:
Município: Bairro: Estado:
E-mail: Telefones:
INFORMAÇÕES DA QUADRILHA
MARCADOR
NOIVO
NOIVA
RAINHA
TEMA
SONOPLASTIA
( ) CD ou Pen Drive ( ) Regional
Caso a sonoplastia seja executada ao vivo, identifique as necessidades
técnicas como número de microfones, pedais, entradas de áudio para
instrumentos:
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
OUTRAS INFORMAÇÕES
DELEGAÇÃO TOTAL: TOTAL DE PARES:

_____________________________________________________________
Assinatura do Representante Legal da Quadrilha

Rua: Raimundo Nonato, n° 101 Altos – Centro – Morada Nova - Ceará


Contato: secultmn@gmail.com

Você também pode gostar