Você está na página 1de 3

6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Vivemos hoje em um mundo em total transformação, aonde tudo vem se


renovando a cada dia. Porém, por mais que isso venha ocorrendo não podemos ser impedidos
de conhecer a história dos fatos acontecidos, criados e surgidos no passado. Visto que parte
deles pode contribuir de forma significativa na vida do ser humano.
Partindo então deste pressuposto temos o interesse em saber se a História da
Matemática é trabalhada nas séries iniciais. Sendo mais específicas, tentaremos/queremos
descobrir se História da Matemática está compondo o currículo escolar.
Pois, levantamos como hipótese que se os alunos conhecerem apenas a História
básica da Matemática, isso poderá contribuir para a formação de muitas concepções errôneas
sobre esta disciplina e em efeito a desvalorização e/ou anulação de outras histórias possíveis
de serem contadas.
...é preciso ensinar os alunos a pensar, e é impossível aprender
a pensar num regime autoritário. Pensar é procurar por si
próprio, é criticar livremente e é demonstrar de forma
autônoma. O pensamento supõe então o jogo livre das funções
intelectuais e não o trabalho sob pressão e a repetição verbal
(PIAGET, 1998).

Sabe-se que o Brasil é constituído por uma pluralidade cultural enorme, que dá
origem a diferentes modos de pensar, imaginar, criar, e matematizar o mundo. A Escola por
sua vez também é um espaço de diversidade étnico-cultural. Isto se reflete em cada aluno, que
trás para a sala de aula conhecimentos adquiridos ao longo dos anos, suas vivências, sua base
cultural.
As crianças possuem a expectativa de que suas curiosidades serão sanadas na
escola.
No entanto, ao chegar à mesma, seus interesses, muitas vezes, são ignorados e
suas curiosidades vão morrendo aos poucos.
Como desenvolver o raciocínio, a criatividade do aluno, a confiança na sua
capacidade de aprender, tomando como base um único conhecimento?
Por isso acreditamos que a que a história da Matemática é importante na
formação do aluno, e por meio dela o aluno pode acompanhar e ver a continuidade do
desenvolvimento da ciência.
Conhecer a história da Matemática é relevante para professores de qualquer
nível (Infantil, Fundamental, Médio ou Superior) de ensino, para que a mesma possa ser
utilizada em suas práticas pedagógicas e, além disso, proporcionar uma visão mais humana da
matemática, ou seja, dar-lhe sentido viabilizando o entendimento da matemática como uma
ciência também humana.

O que será que nossas crianças estão aprendendo sobre a história da


matemática? Será que elas conhecem ou ao menos já ouviram falar de grandes matemáticos
como (Albert Einstein, Pitágoras, Bhaskara, Tales, Isaac Newton...) que existiram e tanto
contribuíram para a matemática?

É necessário que o professor transmita e ensine muito mais do que somar,


subtrair, multiplicar e dividir, ele deve buscar mais a fundo o que a matemática pode oferecer
a seus alunos, ele deve buscar conhecimentos que abordem de forma ampla a matemática em
sala de aula.

Pois sabemos que curiosidade a criança tem, e para ela ter novas descobertas,
adquirir mais conhecimento é muito mais prazeroso do que simplesmente memorizar
fórmulas.
http://www.ime.usp.br/~leo/imatica/historia/index_h_tempo.html