Você está na página 1de 36
"É possível mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a
"É possível mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a
"É possível mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a

"É possível mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a nós mesmos" (Rudolf Dreikurs).

mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a nós mesmos" (Rudolf
mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a nós mesmos" (Rudolf
mudar nossas vidas e a atitude daqueles que nos cercam simplesmente mudando a nós mesmos" (Rudolf
A temperatura da Terra sofreu um aumento de cerca de 0,6ºC no século passado. A
A temperatura da Terra sofreu um aumento de cerca de 0,6ºC no século passado. A

A temperatura da Terra sofreu um aumento de cerca de 0,6ºC no século passado.

A década de 90 foi a mais quente desde que os registros começaram a ser feitos, diz o Painel Internacional sobre Mudança Climática (IPCC, em inglês).

Histórico

Histórico Cientistas dizem que as temperaturas globais médias têm variado menos de 1ºC desde o começo

Cientistas dizem que as temperaturas globais médias têm variado menos de 1ºC desde o começo da civilização.

têm variado menos de 1ºC desde o começo da civilização. Apesar disso, elas flutuaram muito antes

Apesar disso, elas flutuaram muito antes dessa época.

O IPCC prevê um aumento global de temperatura entre 1,4ºC e 5,8ºC até o ano 2100.

Nível do mar

Nível do mar Acredita-se que o aumento das temperaturas provoque uma elevação do nível do mar

Acredita-se que o aumento das temperaturas provoque uma elevação do nível do mar na medida em que o derretimento das calotas polares leve a um aumento do volume de água dos oceanos.

polares leve a um aumento do volume de água dos oceanos. O IPCC diz que o

O IPCC diz que o nível do

mar aumentou entre 10 e 20 centímetros no mundo todo durante o século 20.

O painel prevê uma

elevação entre 9 e 88 centímetros até 2100.

Camada polar

Camada polar De acordo com o IPCC, a espessura da camada de gelo do Pólo Norte

De acordo com o IPCC, a espessura da camada de gelo do Pólo Norte sofreu uma redução de 40% nas últimas décadas no verão e no outono.

de 40% nas últimas décadas no verão e no outono. A cobertura gelada da terra diminuiu

A cobertura gelada da terra diminuiu em 10% desde a década de 60, e

as geleiras sofreram uma retração.

Emissões A maioria dos cientistas mais ortodoxos acredita que o aumento da emissão de gases
Emissões
A maioria dos cientistas
mais ortodoxos acredita
que o aumento da
emissão de gases que
provocam o efeito estufa
- particularmente dióxido
de carbono - contribuem
para o aquecimento do
planeta.
Este gráfico mostra como
níveis de dióxido de
carbono aumentaram
com a industrialização no
mundo.
Futuro Este mapa parte do princípio de que a atual tendência de emissões vai continuar,
Futuro
Este mapa parte do
princípio de que a atual
tendência de emissões
vai continuar, com
crescimento econômico
moderado e poucas
medidas para reduzir os
gases do efeito estufa.
Ele prevê maior aumento
de temperatura nas
regiões polares do norte
da Terra, Índia, África e
partes da América do
Sul.
O real impacto do homem sobre o clima ainda não está claro, mas há muitos
O real impacto do
homem sobre o clima
ainda não está claro,
mas há muitos sinais de
mudanças ambientais.
Alguns cientistas
acreditam que o
derretimento da geleira
Upsala, na Argentina, é
causado pelo
aquecimento global.
Outros, que ele se deve a
mudanças naturais na
região.
O fotógrafo americano Gary Braasch reúne imagens de mudanças ambientais desde 1999. A foto em
O fotógrafo americano
Gary Braasch reúne
imagens de mudanças
ambientais desde 1999.
A foto em branco-e-preto
à esquerda, de 1859, é
da geleira do Reno, em
Valais, na Suíça, e
mostra um vale coberto
de gelo. Em 2001, a
geleira havia encolhido
cerca de 2,5 km.
Alguns cientistas acreditam que o aquecimento global vai provocar mais tempestades violentas - o que,
Alguns cientistas
acreditam que o
aquecimento global vai
provocar mais
tempestades violentas -
o que, por sua vez,
aumentará a erosão
costeira.
Esta parte do litoral de
Cabo Hatteras, no Estado
americano da Carolina do
Norte, foi fotografada em
1999 e 2004.
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o
O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o

O Grupo Intergovernmental sobre Mudança Climática, composto de milhares de cientistas independentes, prevê que o nível do mar pode subir de 9 a 88 centímetros no próximo século. Isto ameaçaria arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas do que o normal.

arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
arquipélagos como o de Tuvalu, no Pacífico. Estas imagens mostram o efeito de marés mais altas
Com o aumento da temperatura no planeta, regiões montanhosas podem ter menor precipitação de neve.
Com o aumento da
temperatura no planeta,
regiões montanhosas
podem ter menor
precipitação de neve.
Estas fotos mostram o
Monte Hood, no Estado
americano de Oregon, no
final do verão em 1985 e
em 2002.
Insetos que se alimentam de árvores provavelmente vão se beneficiar de um aumento da temperatura
Insetos que se
alimentam de árvores
provavelmente vão se
beneficiar de um
aumento da temperatura
da Terra e se reproduzir
cada vez mais.
Estas imagens mostram
danos causados por
insetos em árvores no
Estado americano do
Alasca.
Ilhas Marshall As Ilhas Marshall (Pacífico) são uma série de recifes que formam numerosas lagoas.
Ilhas Marshall
As Ilhas Marshall
(Pacífico) são uma série
de recifes que formam
numerosas lagoas.
Há alguns anos, era
possível ver o cume de
alguns vulcões em meio
a recifes. Mas eles foram
desaparecendo com o
tempo, ficando
submersos nas águas,
deixando pequenas ilhas
como esta que se vê na
foto, coberta com
palmeiras.
Modelo de “Desenvolvimento” Produz Produz Exclusão Social Consumismo Miséria Opulência e Desperdício
Modelo de “Desenvolvimento”
Produz
Produz
Exclusão Social
Consumismo
Miséria
Opulência e Desperdício
DEGRADAÇÃO AMBIENTAL
Perda de Qualidade de Vida
Perda da qualidade da
Experiência humana
AA CulturaCultura dodo ConsumoConsumo “As pessoas usam dinheiro que não têm, para comprar coisas de
AA CulturaCultura dodo ConsumoConsumo
“As pessoas usam dinheiro que não têm, para comprar coisas de
que não necessitam, para impressionar pessoas que não
conhecem.”
Oystein Dahle
“A Terra tem o suficiente para as necessidades de todos,
mas não para a gula de todos”
Mahatma Gandhi
 

Existem 90% de chance de que o atual processo de aquecimento global esteja associado à ação antrópica.

A China será a maior emissora de CO

até 2009. hoje 85% da

2

energia secundária no país provêm de termelétricas movidas a carvão mineral.

Os EUA emitem 25% dos gases estufa (CO 2 , metano e óxido nitroso).

O Brasil é considerado o maior emissor. Principalmente em virtude das queimadas na Amazônia.

A

tendência

é

observarmos

a

ocorrência

de

fenômenos

meteorológicos mais extremos.

 

Até o final do século XXI, a temperatura do planeta deverá subir entre 2 e 4ºC.

Até o fim do século XXI, 10% das espécies estarão extintas.

700 milhões de pessoas enfrentarão a escassez de alimentos.

A calota polar ártica irá derreter Ocorrerá a extinção dos ursos polares.

completamente no verão.

Milhares de ilhas irão sumir do mapa. Kiribati, Fiji, Indonésia (só nela 2000 ilhas podem sumir)

A cobertura de gelo dos Alpes Europeus será reduzida em 40%.

O nível dos oceanos deverá subir entre 0,5 e 1 metro.

 

33%

da

superfície

será

coberta

por

desertos,

reduzindo

consideravelmente as áreas férteis de plantio.

 
Ocorrerão secas intensas na Austrália, nos EUA e na China (em virtude do derretimento do
Ocorrerão secas intensas na Austrália, nos EUA
e
na
China (em
virtude do derretimento do
Tibete)
1,1 bilhão de pessoas sofrerão com a falta de
água.
Na Austrália a grande Barreira de Corais está
condenada ao desaparecimento.
O Clima quente e úmido da região amazônica
dará lugar ao clima típico das savanas.