Você está na página 1de 3

UFPE – CCEN – DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA Exame Final de Geometria Plana, 02-07-2009

Esta prova contém 6 questões, cada uma delas valendo 2,0 pontos. Entretanto você deve abordar no máximo 5 questões !

A seguir apresentamos soluções selecionadas dentre as apresentadas nas provas pelos alunos da disciplina, com redação sintetizada pelo professor.

1 – Usando apenas axiomas de incidência e/ou ordem, demonstre que existem infinitos

pontos em um segmento. Dado um segmento AB (onde A e B são pontos distintos), pelo axioma II 2 , existe um ponto P 1 , entre A e B. Observe que A, P 1 e B são distintos. Em seguida, aplicando o mesmo argumento ao segmento P 1 B obtemos P 2 entre P 1 e B. Observe que P 1 , P 2 e B são

, P n ,

distintos.

entre A e B, em particular no segmento AB. Mais precisamente P j esta entre P j-1 e P j+1 (aqui 0<j<n). Mas isto demonstra o que desejamos, uma vez que se o procedimento parasse em P k chegaríamos a um absurdo encontrando P k+1 aplicando o primeiro argumento ao segmento P k B.

Repetindo o processo acima n vezes obtemos n pontos distintos P 1 , P 2 ,

A

P 1

P 2

P 3

P

n

B

2 – Fixados pontos distintos A e C, demonstre que para todo número positivo y existe um

único ponto B entre A e C tal que

.

Sejam a,

O outro caso,

axioma III 2 o problema de mostrar existe um único ponto B entre A e C tal que

x

e

c

as coordenadas dos pontos A, B e C.

,

resolve-se

Podemos supor que

. Então, pelo

,

de maneira inteiramente análoga.

equivale a mostrar que existe um único número real x tal que e

.

Resolvendo em x obtemos que a única solução é . Finalmente, resta mostrar

que este x encontrado satisfaz a . Com efeito

.

OBS. Em outras palavras, demonstramos que a função : , 0, definida por

é dada por

é uma bijeção e sua inversa,

: 0, ,

,

.

3 – Quanto tempo é necessário para o ponteiro das horas percorrer um ângulo de 10 o ?

Justifique sua resposta! Um modelo de um relógio é uma circunferência subdividida em 12 partes iguais de 30 o . Tendo em conta que o ponteiro dos minutos gira 12 vezes mais rápido que o ponteiro das horas, o ponteiro dos minutos percorrerá 120 o = 4x30 o enquanto o ponteiro das horas pecorrer 10 o . Mas cada 30 o corresponde, para o ponteiro dos minutos, a 5 minutos. Logo o ponteiro das horas percore um ângulo de 10 o em 4x5=20 minutos.

4 – Denote por D(O,r) o disco com centro em O e raio r>0. Seja A um ponto de D(O,r) e

d=

. Observe que d<r.

Seja c tal que 0<c r-d. Demonstre que o disco D(A,c)

está contido no disco D(O,r).

Seja B um ponto de D(A,c). Então, pela desigualdade triangular,

Logo B é um ponto de D(O,r). Isto demonstra que , , .

.

5 – Na página 58, execício 12, do livro texto lê-se: “Um quadrilátero possui diagonais congruentes e dois lados opostos também congruentes. Mostre que os outros dois lados são congruentes.” Mostre que há algum engano neste enunciado exibindo um quadrilátero que satisfaz às hipóteses do execício, mas não satisfaz a tese.

Qualquer trapézio isólceles satisfaz nosso propósito.

6 – Se um triângulo retângulo possui um ângulo interno que mede 60 o , determine a relação entre a medida do cateto oposto a este ângulo e a medida da hipotenusa.

60 . Como a soma dos

Sejam A, B e C, os vértices do triângulo, onde

ângulos internos de um triângulo é 180 o , segue-se que 30 . Seja D a reflexão de C em relação à reta que passa por A e B. Então o triângulo ACD é equilátero e AB é a bissetriz do

ângulo C D. AB também é altura e mediana, pois o triângulo ADC é equilátero. Então

90

e

2

.

A h 2x D B x C
A
h
2x
D
B
x
C

Disto segue, pelo teorema de Pitágoras, que 4 donde 3 2 .

Como

é a medida do cateto oposto ao ângulo de 60 , e 2

é a medida da

hipotenusa, segue que a relação procurada é :

.

AXIOMAS:

I

I

1

2

- Qualquer que seja a reta existem pontos que pertencem e pontos que não pertencem à reta.

- Dados dois pontos distintos existe uma única reta que os contém. II 1 - Dados três pontos distintos de uma reta, um e apenas um deles localiza-se entre os outros dois. II 2 - Dados dois pontos distintos A e B existem: um ponto C que está entre A e B, e um ponto D tal que B está entre A e D. II 3 - Uma reta r determina exatamente dois semi-planos distintos cuja interseção é a reta r. III 1 - A todo par de pontos do plano corresponde um número maior ou igual a zero. Este número é zero se, e somente se, os pontos são coincidentes. III 2 - Os pontos de uma reta podem ser colocados em correspondência biunívoca com os números reais, de modo que o valor absoluto da diferença entre estes números seja a distância entre os pontos correspondentes.

III 3 - Se o ponto B encontra-se entre A e C então

III 4 - Todo ângulo tem uma medida maior ou igual a zero. A medida de um ângulo é zero se, e somente se, ele é constituído por duas semi-retas coincidentes.

+

=

.

III 5 - É possível colocar em correspondência biunívoca os números reais entre zero e 180, e as semi- retas de mesma origem que dividem um dado semi-plano, de modo que o valor absoluto da diferença entre estes números seja a medida do ângulo formado pelas semi-retas correspondentes. III 6 - Se uma semi-reta S OB divide o ângulo A C, então A C = A B + B C .

IV – Dados dois triângulos ABC e EFG, se AB=EF, AC=EG e Â=Ê, então ABC=EFG.

V - Por um ponto fora de uma reta m pode-se traçar uma única reta paralela a reta m.