Você está na página 1de 12

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

NOME DO CURSO

NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO


NOME DO CURSO

NOME DO(S) AUTOR(ES) EM ORDEM ALFABÉTICA

ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I - TCC:


Pré-Projeto
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO I - TCC:
Pré-Projeto

Trabalho apresentado ao Curso Superior em Análise e


Desenvolvimento de Sistemas da UNOPAR -
Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Estágio
Curricular Obrigatório I.

Orientador: Éverson Matias de Morais


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO...........................................................................................................3
2 DESENVOLVIMENTO...............................................................................................4
3 CONCLUSÃO...........................................................................................................10
3

1 INTRODUÇÃO

Nos dias de hoje é de suma importância manter atualizado e


preparado para as adversidades. O mercado globalizado é dinâmico, então ele
altera conforme as nossas necessidades ou por simplesmente um decreto do
governo. Para este novo mercado tem a cada dia tomarmos decisões rápidas e
coerentes, afinal tempo é um artigo de luxo nos dias atuais.
Este Pré-Projeto visa à criação de um sistema para um espaço
feminino que é composto por uma loja, um SPA e um salão de beleza. O enfoque
principal é sobre o controle de estoque da loja e o cadastro de clientes.
Atualmente o estoque é realizado pela própria proprietária, cabendo
ela o controle e a colocação do preço nas mercadorias. Isso se deve porque ela é a
pessoa que faz as compras dos produtos ficando mais fácil a associação dos
códigos das etiquetas com a própria mercadoria que é feita manualmente com
anotações em um caderno. Após os produtos estarem devidamente etiquetados com
os preços as vendedoras colocam nos suportes da loja.
O controle dos produtos é feito por anotações em cadernos assim
como os serviços prestados no salão de cabelo e no SPA. Assim toda venda
realizada é anotado em uma comanda da loja para mais tarde ser riscado da
anotação do estoque, assim, nas anotações é feito o controle da loja.
O cadastro de clientes é feito através de um formulário simples com
as principais fontes de contatos, posteriormente pretende-se criar um banco de
dados para gerar mala direta. Com isso pretende-se divulgar uma promoção ou até
mesmo uma mensagem para algumas datas importantes.
A loja escolhida para o Pré-Projeto é de fato uma loja nova, com
uma proposta diferente porque reúne salão de beleza, SPA e a boutique em um
único ambiente, mas com uma metodologia antiga. A pretensão do sistema a ser
elaborado não é somente informatizar o local, é mostrar as pessoas que existem
formas mais fáceis de resolver um problema. Muitas das vezes o problema deixa de
ser resolvido porque não se consegue solucionar, mas existe metodologia, sistema,
pessoas qualificadas que podem ajudar na gestão e no gerenciamento através da
análise e elaboração de um sistema.
4

2 DESENVOLVIMENTO

2.1 JUSTIFICATIVA

O sistema a ser planejado é em si talvez o mais comum que existe


comercialmente falando. Um controle de estoque e um cadastro de clientes não é
algo desafiador para muitos, mas é um início de uma longa caminhada a ser
percorrida profissionalmente falando. Mais que um programa é o contexto social que
está inserido a loja. Uma típica loja do interior com pessoas instruídas, cultas,
inteligente, mas que não acreditam que as soluções tecnológicas são viáveis e
funcionais.
Este cenário é perfeito para introduzir um sistema para a loja no qual
irá suprir as necessidades do empresário, agilizar o processo e aumentar o controle
sobre os produtos, para que ganhar mais tempo e focar em áreas como o
atendimento aos clientes, que é uma área em que o proprietário reforçou que
precisar estar mais presente.

Só sabemos com exatidão quando sabemos pouco; à medida que vamos


adquirindo conhecimentos, instala-se a dúvida. (GOETHE, Johann)

2.2 OBJETIVOS GERAIS

O principal problema é a centralização de funções em uma única


pessoa no controle dos produtos. Atualmente, a mesma pessoa que faz a compra
dos produtos é a que cadastra no caderno de anotações e gera as etiquetas de
preços, com isso, ela é a pessoa que sabe realmente o que tem no estoque. O
sistema deverá ser capaz de amenizar este acúmulo de funções aumentando o
controle e reduzindo o tempo do processo na colocação dos preços. O
cadastramento dos clientes é feito através de um formulário, o sistema deve ser
capaz de fazer diretamente este cadastro no terminal da loja.
5

2.3 OBJETIVO ESPECÍFICO

O estoque da loja é feito através de anotações no caderno


cadastrando todas as entradas de produtos novos. Para conferir a existência de um
determinado produto o vendedor tem que ir ao estoque e procurar o produto, com
isso muito tempo é perdido. O sistema planejado tem o objetivo de cadastrar
produtos com mais agilidade, tarefa que pode ser executado por outro funcionário.
Uma vez cadastrado basta o vendedor do terminal da loja verificar o produto pelo
sistema.
Para o contato com o cliente é utilizado uma agenda telefônica que
tem parte dos telefones dos clientes, o resto do cadastro está em uma pasta com
vários formulários preenchidos. O sistema não só unificará a parte de contatos como
a inclusão de novos clientes também serão feitas do terminal da loja, gerando um
banco de dados para ser utilizado como agenda ou para uma mala direta.

2.3 REFERENCIAL TEÓRICO

Será aplicada a pesquisa exploratória para gerar o layout do sistema


na fase de análise de requisitos. De acordo com Yin (2001) o método de pesquisa
exploratória é o mais aconselhável quando a organização não possui experiência no
tema. Exatamente a situação em que a organização estudada se encontra.
Para Triviños (1987) os estudos exploratórios contribuem para o
aumento da experiência quando nos defrontando com um determinado problema.
Partindo de uma hipótese, o pesquisador aprofunda seu estudo nos limites de uma
realidade especifica, buscando antecedentes e maiores conhecimentos para, em
seguida, planejar uma pesquisa.
As técnicas de coleta de dados utilizadas serão: entrevistas com o
proprietário e questionários com funcionários, clientes fieis e clientes visitando a loja
pela primeira vez. Essa foi a melhor maneira encontrada para fazer uma pesquisa
sem afetar o ciclo normal da loja. As pessoas não tem tempo para responder o que
não querem. Quando falamos em desenvolver um sistema os funcionários pensam
que vão ser substituídos, e não que irá melhorar o fluxo de seu trabalho.
6

2.4 TECNOLOGIA

Os recursos tecnológicos são extremamente importantes para o


funcionamento e aplicação do sistema. A escolha da tecnologia certa para cada fase
do projeto é de suma importância para o andamento do desenvolvimento do
sistema. Existem várias ferramentas disponíveis, cada uma com as suas limitações
e qualidades.
A pesquisa in loco foi muito valiosa, pois temos contato direto com
as pessoas envolvidas, apesar das dificuldades que existem como reunir todos da
equipe. Foi feito entrevistas para obter informações específicas e o uso de
formulários e questionários para a obtenção de informações.
Para a modelagem dos diagramas foi escolhida a ferramenta Jude
que tem uma grande variedade de diagramas para ser usado. É uma ferramenta
versátil, e é o que seria mais natural para ser utilizada, assim como o Visual C#
como linguagem de programação, uma poderosa ferramenta que junto com o banco
de dados do Access, ambos da Microsoft, para uma melhor integração.
A loja já possui um roteador com rede wireless, para poder conectar
notebook e aparelhos. Possui chave de criptografia e cadastro dos aparelhos no
roteador pelo endereço físico da rede. Essa estrutura será aproveitada para a
implantação do sistema.

2.6 LEVANTAMENTO DE REQUISITOS

O sistema atual de controle de estoque é feito manualmente com


anotações. Os produtos são direcionados para o estoque lá eles são classificados
pelo fornecedor e pela ordem da nota fiscal, tudo isso é feito em ordem para serem
colocados em pilhas separados por marca. Notamos através da entrevista este
processo é feito pela mesma pessoa que faz as compras, por conhecer o que
comprou, mas em grandes volumes de produtos ficaria bem mais complicado.
Feito a classificação os códigos são gerados da seguinte forma, um
código para o fornecedor seguido dos quatros últimos números do código de barra
do produto mais o tamanho ou referência. Todos os códigos são digitados em uma
tabela no computador e impressos em etiquetas com o preço do produto que são
mais tarde colados em uma Tag da loja. É um processo que exige muita atenção e
7

tempo. Uma das reclamações detectado nas entrevistas é a centralização da função


em uma só pessoa, já que este processo também é feito pela mesma pessoa que
faz as compras dos produtos. Como todo o procedimento é feito por anotações,
quando o cliente pede um produto de tamanho diferente ou cor é um grande
transtorno para procurar no estoque o produto desejado.
O cadastro de clientes é feito por meio de um formulário preenchido
e guardado em uma ficha. É um formulário bem objetivo e simples, mas uma das
reclamações é a demora na hora de tentar achar uma ficha de um cliente. Outro
problema detectado é para o envio de mala direta já que todos os nomes tem que
ser preenchidos manualmente.

Solução Desenvolvida

As informações extraídas através de formulários, reuniões e


entrevistas individuais foram muito importantes para essa fase de elaboração do
projeto.
O sistema proposto para o controle de estoque vai ser necessário à
implantação de um notebook para fazer o cadastramento dos produtos. Serão
cadastrados os fornecedores e para cada fornecedor um código diferente. O controle
será feito através de um cadastro de produto. Todo produto comprado possui código
de barra, usando um leitor de código de barra para aproveitar o código e gerar um
novo formato para loja. Isso agilizaria muito o processo de cadastro de produto.
Estimamos que economize cerca de 60% do tempo que é gasto atualmente,
aumentando o controle e diminuindo os erros.
O cadastro de clientes será feito diretamente no terminal de
computador da loja, com um sistema de busca para poder achar dados como
telefone, endereço e e-mail. Futuramente pode ser implementado um sistema para
gerar mala direta via e-mail ou carta. A Intenção inicial é agilizar a procura de um
cadastro de clientes.
8

2.7 DIAGRAMA DE CASO DE USO

O Diagrama de Caso de Uso mostra os relacionamentos entre os


atores e casos de uso em interações com um sistema (FURLAN,1998,p.299). Com o
Diagrama fica mais fácil a leitura dos casos de uso dando uma visão externa do
sistema.

No diagrama acima foi solicitado que o vendedor pudesse fazer o


cadastro de produtos dividindo assim a tarefa com o gerente. Na prática eles teriam
as mesmas funções.

2.8 DIAGRAMA DE CLASSE

Uma classe representa um conjunto de objetos que possuem


comportamentos e características comuns. Uma classe descreve como certos tipos
de objetos se parecem do ponto de vista da programação. A classe possui
propriedades que são as características, assim como os métodos que descrevem as
ações da classe.
9

As classes proposta são básicas em um controle de estoque


podendo futuramente ser expandida nas próximas implementações.

2.9 CRONOGRAMA DO PRÉ-PROJETO

2.10 CRONOGRAMA TCC 6º SEMESTRE


10

3 CONCLUSÃO

Durante todo o processo de análise e desenvolvimento na


documentação do sistema percebi a importância da projeção e da pesquisa em
campo. A análise de requisitos com as pessoas que vão utilizar o sistema foi
extremamente útil, as informações obtidas para a prototipação para a geração de um
modelo final. A habilidade de barganha executado pela função de gerente de
negócio é interessante porque é necessário que haja um acordo entre as partes
envolvidas, o poder de barganha deve ser exercitado. A geração do cronograma
permite que amenize os atrasos e faz com que os proprietários fiquem mais
tranquilos. Na verdade envolver as pessoas no projeto deu uma segurança maior
para o sistema e para todas as pessoas envolvidas já que são parte do projeto.
Todas as etapas e prazo foram cumpridos de acordo com o cronograma montado, a
utilização dos softwares para gerar interfaces com a ferramenta Pencil e o
GanttProject para a geração do cronograma são exemplos que pode-se economizar
tempo se usar as ferramentas certas.