Você está na página 1de 6

Matemática Básica – Leitura Complementar Logaritmos

Logaritmos

Luiz Eurico Junqueira Coli Paulo Henrique Sales Guimarães

Definição: Sejam dois números reais positivos a e b, com a ≠ 1. Chamamos de logaritmo de b na base a, o expoente x que satisfaz a equação a x = b, isto é,

log a b x a b,

x é o logaritmo é a base e b é o logaritmando

x

a

Observações:

a 

1)

*

, isto é, a é pertencente ao conjunto dos números reais, com exceção

2)

do zero;

a 1, pois, caso contrário, log a b só para b 1;

3)

Exercícios:

(Questão 01) Calcule

b 

*

, uma vez que a > 0, tem-se que

log

2

64 .

a

x

Resolução:

log 64

2

x

2

x

0

.

64

Fatorando 64, isto é,

a > 0, tem-se que log 2 64 . a x Resolução: log 64 2 

2

x

2

6

x

6

, uma vez que quando as bases são iguais, podemos igualar

os expoentes. Portanto,

log

64

2

6.

(Questão 02) Encontre o valor de

log

81

log

81 3 .

Resolução:

3

x

81

x

 

3

3

4

x

3

1

4

1

x   x

1

.

4

(Questão 03) Encontre o valor de

log

8

0,5 .

Resolução:

Sabemos que 0,5 = ½, logo,

2

3(

x

log 1/ 2

8

x

8

x 1

2

)

2

1

 

1

3

x

1

  

x

 

.

 

3

Importante: Quando “trocamos” numerador com denominador em qualquer

fração, tem-se que a mesma fica elevada a um expoente negativo, isto é, - 1. Exemplo:

A fração,

1

2

2

1

.

(Questão 04) Calcule

Lembre-se: A raiz quadrada de um número pode ser expressa na forma

log

2

32 .
32 .

exponencial, isto é,

de um número pode ser expressa na forma log 2 32 . exponencial, isto é, 2

2 2

1 1

3

2 e

2  2 2

.

Resolução:

de um número pode ser expressa na forma log 2 32 . exponencial, isto é, 2

(Questão 05) Calcule o valor de

log

0,2

125 .

log

0,2

125

Resolução:

x

0, 2

x

125

1

5

 

 

x

125

5

1

x

5

3

3

  

x

x

3.

Observação: Perceba que para chegar a uma equivalência foi preciso reescrever 0,2 como uma razão, isto é, 0,2 = 2/10 = 1/5.

Propriedades do logaritmo:

1)

log

a

bc

log

a

b

log

a

c , ou seja, o logaritmo de um produto é a

soma dos logaritmos b e c, sendo b e c números reais positivos.

2)

log

a

b

 

c

  

log

a

b

log

a

c

, isto é, o logaritmo de um quociente é a

diferença entre os logaritmos de b e c.

(Questão 06) Calcule

log

2

log

2

64 1024

.

Resolução:

64 1024 log 64 log 1024

2

2

log

log

2

2

64 6

e

log 1024 10

2

64 1024 6

10 16.

(Questão 07) Calcule

log

2

1024

32

  .

log

2

1024

32

Resolução:

log 1024

2

log 32

2

10

 

5

5.

log

(Questão 08) Sendo a e b números reais positivos tais que log 3 b 
(Questão 08) Sendo a e b números reais positivos tais que
log
3
b  218 , calcule o valor de a
3
b .
Resolução:
224
log
a
 224
a
(
3 )
3
218
log
b
 
218
b
(
3 )
3
log
224
a (
3 )
3
6
3
 
(
3 )
3
27.
218
log
b (
3 )
3
(Questão 09) Encontre o valor de
log
 log 10
10
.
1
16

Resolução:

a 224

e

1 log 3  log 10 10  1 2 16 x 1 / 3
1
log
3
 log 10
10
1
2
16
x
1 / 3
1
1
1
1
log
3
 
x
x
1
2
 
16
 
 
2
 
12
16
3
log
10
10
 
x
x
2
1
1
3
19
log
3
 log 10
10
.
1
2
12
2
12
16
 

log

4

4

log

25

0, 2

 
 

y

log

127

1

log

1

27

.

 

3

 

Resposta:

 

lo g

4

4

lo g

2 5

0 , 2

 

lo g

1 2 7

1

lo g

1

2 7

 
 

3

1

(

 

1 / 2 )

 

1 / 2

 
 

0

(

 

3)

3

(Questão 10) Calcule o valor de

y

y

1

6

.

500,00

numa instituição bancária que paga juros mensais de 3,5%, no regime de juros

compostos. Quanto tempo após a aplicação o montante será de R$ 3.500,00?

(Questão

11)

Uma

pessoa

aplicou

a

importância

de

R$

Resolução:

Nos casos envolvendo a determinação do tempo e juros compostos, a utilização das técnicas de logaritmos é imprescindível. A fórmula para o cálculo do montante, em

, em que M é o montante (o capital investido

acrescido com juros advindos do mesmo), C é o capital investido, i é a taxa de juros, neste caso dada mensal e t é período de tempo, que deve sempre coincidir com a taxa, isto é, se a taxa for mensal o período de tempo deverá também ser mensal. Logo, o valor de t será,

juros compostos, é dada por:

M

(1

C i

) t

i = 3,5% = 0, 035 C = R$ 500,00 M = R$ 3.500,00 e t?

3500

500(1

(1,035)

0,035)

.

t

7

t

Lembre-se de que na Matemática tudo que fazendo de um lado da equação e do outro não altera o resultado do mesmo, isto é, se eu somar com 2 no lado de uma equação e também somar com 2 do lado direito, o resultado não irá alterar-se. Desta forma, para resolvermos a equação acima, é preciso aplicar logaritmo em ambos os lados da mesma, ou seja,

log(1,035)

t

log 7

.

log 2 é igual a 4 log 2 (propriedade do logaritmo de

uma potência, que diz que o logaritmo da potência de um número real positivo é o produto do expoente da potência pelo logaritmo da base da potência. Então, voltando ao cálculo, tem-se,

Importante: O valor de

4

t log(1,035) log 7 . Utilizando a calculadora o valor de t será t 0,014940 log 0,84509

Ou, aproximadamente 57 meses.

t

0,84509

0,014940

56,5642

57.

(Questão 12) Em uma determinada cidade, a taxa de crescimento populacional é de 3% ao ano, aproximadamente. Em quantos anos a população desta cidade irá dobrar, se a taxa de crescimento continuar a mesma? Resolução:

Consideremos a população inicial do estudo igual a P 0 habitantes. Após um ano a população será P 0 + 0,03 P 0 ou então, P 0 (1,03) e depois de dois anos P 0 (1,03) 2 e após x anos P 0 (1,03) x . Logo, para encontrar o valor de x que denotará quando a população irá dobrar a partir do ano inicial P 0 , tem-se:

x

P

0

(1,03)

x

2

 P

0

(1,03)

x

2

 

log(1,03)

log1,03

log 2

x

log 2

log1,03

x

log 2

23, 449

23,5.

Portanto, após 23 anos e meio a população desta cidade irá dobrar o seu número de habitantes.