Você está na página 1de 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI – UFSJ

INSTITUÍDA PELA LEI NO10.425, DE 19/04/2002 – D.O.U. DE 22/04/2002


PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO – PROEN
COORDENADORIA DO CURSO DE PSICOLOGIA – COPSI

COORDENADORIA DO CURSO DE PSICOLOGIA


PLANO DE ENSINO

Turno: Integral
Disciplina: Teorias E Técnicas Psicoterápicas: Abordagem Psicanalítica II Período:8° Currículo: 2011

Tipo: Departamento:
Docente: Wilson Camilo Chaves DPSIC
Obrigatória
Pré-requisito: Co-requisito:-: -
Teorias E Técnicas Psicoterápicas: Abordagem Psicanalítica I

C.H.Total: 72 C.H.Prática: - C.H. Teórica:72 Formação de Psicólogo Ano: 2019 Semestre: 1º

EMENTA

Esclarecimento dos fenômenos da transferência e do final de análise, na concepção lacaniana.


an
OBJETIVOS

Elucidar a função das entrevistas preliminares no tratamento psicanalítico.


Evidenciar a posição do analista no dispositivo analítico
Esclarecer os fenômenos da transferência e do final de análise, na concepção lacaniana.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1.As entrevistas preliminares; 2.A posição do analista no dispositivo clínico; 3.O objeto do desejo e a dialética da castração;
4.O manejo da transferência no tratamento clínico: o sujeito suposto saber; 5. Final de análise.

METODOLOGIA DE ENSINO
Aula expositiva; trabalho com textos; seminários.

O manejo da transferência no tratamento clínico: o sujeito suposto saber


HORÁRIO(S) DE DISPONIBILIDADE PARA ATENDIMENTO E SUPORTE EXTRACLASSE
5.
Terça:
Final14:00h às 15:10h; 17:05h. às 18:55h.
de análise.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Síntese dos textos trabalhados,bemcomoindicadoscomoleituraobrigatóriaerealizaçãodeumtexto dissertativo final a respeito


de uma temática trabalhada ao longo da disciplina; Seminário. Sínteses dos textos:4.0; Seminário: 2.0; Texto Final: 4.0. O
aluno terá direito a uma avaliação substituta, texto final, no valor 4.0.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FINKI, BRUCE. Introdução clínica à psicanálise lacaniana; tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro, Zahar, 2018.
LACAN, J. “Intervenção sobre a transferência (1951)”. In: J. Lacan. Escritos.Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1998.
LACAN, J.. O seminário. Livro 8. A transferência (1960-61), Rio de Janeiro, Zahar, 1992
LACAN, J.. O seminário. Livro 11. Os quatro conceitos fundamentais da psicanálise (1964). Rio de Janeiro, JorgeZahar,

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
1993.
LACAN, J.“Do „Trieb‟ de Freud e do desejo do psicanalista” (1964).
In: J. Lacan. Escritos.Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1998.
LACAN, J.. “Proposition du 9 octobre 1967” (1967) Première version.In: Ornicar? Analytica, n8, 1978.
PLATÃO. O banquete. Os pensadores, 2ª edição. São Paulo, Abril Cultural, 1983.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI – UFSJ
INSTITUÍDA PELA LEI NO10.425, DE 19/04/2002 – D.O.U. DE 22/04/2002
PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO – PROEN
COORDENADORIA DO CURSO DE PSICOLOGIA – COPSI

CHEMAMA, R. (org.). Dicionário de psicanálise. Larousse. Porto Alegre, Artes Médicas, 1995.
DORGEUILLE, Claude (prefácio). Dicionário de psicanálise: Freud e Lacan. Salvador, Bahia, Agalma, 1994.
KAUFMANN, Pierre (editor). Dicionário enciclopédico de psicanálise. RJ, Zahar, 1996. LAPLANCHE, J.,
PONTALIS, J.B.. Vocabulário da psicanálise. SP, Martins Fontes, 1970.
MARINI, Marcele. Lacan: a trajetória de seu ensino. Porto Alegre, Artes médicas, 1991.
MILLER, Jacques-Alain. Percurso de Lacan: uma introdução. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1992
RABINOVICH, Diana S.. O desejo do psicanalista. Rio de Janeiro, Companhia de Freud, 2000.
ROUDINESCO, E. e PLON, M.. Dicionário de psicanálise. RJ, Jorge Zahar, 1998.
SOLER, Colette. Variáveis do fim da análise. Campinas, SP, Papirus, 1995.

Aprovado pelo Colegiado em / /


___________________________
Docente Responsável _________________________
Coordenadordo Curso

Você também pode gostar