Você está na página 1de 2

Graduando: João Victor Marques Rodrigues

Matricula: 22051179
Período: 2° Ciência sociais / Universidade Federal Do Amazonas
Matéria: Teoria sociológica I
Prof. Dr: Geraldo Pinto Gil

Qual a Importância Do Positivismo Segundo Auguste


Comte

Ao longo da história, o positivismo experimentou várias alterações dignas de


nota. O processo que Comte delineou nasceu de um desejo de reforma
social. Isso fazia com que pesquisador fossem a busca de leis universais que
possam ser aplicadas independentemente do tempo e local por meio de
observação, experimento e comparação. Para Comte, as filosofias teológicas e
metafísicas eram incapazes disso e tinham que ser rejeitadas. Uma vez que a
ciência positivista fosse adotada, a mente humana poderia cumprir seu
verdadeiro potencial e então, por meio do progresso científico, poderia ocorrer
uma justa reorganização social. Um dos fundamentos do positivismo é a ideia
de que tudo o que se refere ao conhecimento humano pode ser sistematizado
segundo os princípios adotados como critério de verdade para as ciências
exatas e biológicas. Isso serviria também aos fenômenos da sociedade, que
deveriam ser reduzidos a leis gerais como as da física, para Comte, a análise
científica aplicada à sociedade é o centro da sociologia para Comte, cujo
objetivo seria o planejamento da organização social e política.
O funcionamento da sociedade, para Comte, obedeceria às orientações pré-
determinadas para promover o bem-estar do maior número possível de
indivíduos. Além de uma reformulação geral das ciências e da organização
sociopolítica, Comte também planejou uma nova ordem espiritual, inspirada na
hierarquia e na disciplina, como Comte tinha a ordem na conta de valor
supremo, para ele era fundamental que os membros de uma sociedade
aprendessem desde pequenos a importância da obediência e da hierarquia. A
imposição da disciplina era, para os positivistas, uma função primordial da
escola, pois para o mesmo, a evolução do indivíduo segue um trajeto
semelhante à evolução das sociedades. Assim, na infância passa-se por uma
espécie de estágio teológico, quando a criança tende a atribuir a forças
sobrenaturais o que acontece a seu redor. A maturidade do espírito seria
encontrada na ciência. Por isso, na escola de inspiração positivista, os estudos
científicos prevalecem. Auguste Comte acreditava ainda que a educação
deveria assumir a responsabilidade de desenvolver nos jovens o altruísmo em
quebra do egoísmo, mostrando a eles que o objetivo existencial mais nobre é
dedicar a vida às outras pessoas fazendo que com essa ideia de sempre um
ajudar o outro para termos uma sociedade mais igualitária, ou seja, o
positivismo se torna importante, por conta de Comte acreditar que era possível
planejar o desenvolvimento da sociedade e do indivíduo com critérios das
ciências exatas e biológicas, fazendo assim que tivéssemos a sociedade dita
“Perfeita”.

Você também pode gostar