Você está na página 1de 8

UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR – UCSAL

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS

BACHARELADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

FÍSICA EXPERIMENTAL II

NOTURNO

Amanda Carmo Santos

PÊNDULO SIMPLES: determinação do valor de “g”

(EXPERIMENTO 2)

SALVADOR

2021

1
1 INTRODUÇÃO

O presente relatório tem como objetivo discursar sobre o pêndulo simples


através de seu conceito, e com o auxílio do caderno de práticas da UCSal, para
que seja possível analisá-lo através de duas variações: uma no comprimento do
pêndulo, e a outra com variação na massa do pêndulo. Será determinado o valor
da aceleração da gravidade local através de análises do seu deslocamento.
Dessa forma, os resultados encontrados estão dispostos em tabelas e gráfico
para interpretação, juntamente com as fórmulas utilizadas para todos os cálculos
presentes.

No que se refere ao pêndulo físico, tem-se que

A expressão Pêndulo Físico (ou Pêndulo Composto) por sua vez


designa um sistema que não necessariamente tem sua massa
concentrada em uma das extremidades. De fato, um Pêndulo Físico
pode ser qualquer corpo rígido ao qual se dê a capacidade de oscilar
em tono de um eixo fixo. (LUNAZZI, 2007).

As aproximações práticas para que o movimento de Pêndulo simples seja


considerado movimento harmônico simples, tem-se

Todo MHS acontece quando uma força impele um corpo em


movimento a voltar para uma posição de equilíbrio. Alguns exemplos
de MHS são o pêndulo simples e o oscilador massa-mola. Em
movimento harmônico simples, a energia mecânica do corpo é sempre
mantida constante, mas suas energias cinéticas e potenciais
intercambiam-se: quando a energia cinética é máxima, a energia
potencial é mínima e vice-versa. (HELERBROCK, 2009).

Sobre a frequência, está definida como

Número de voltas realizadas por um objeto em movimento circular em


um intervalo de tempo determinado. Também pode ser definida como
a quantidade de ondas geradas em um tempo específico. (SILAS,
2019).

O procedimento experimental consta na determinação do valor da


aceleração da gravidade mediante o emprego do pêndulo simples. Para isso,
será necessário montar um pêndulo de comprimento variado ou não. Após isso,
é preciso realizar oscilações no mesmo, para que consigamos verificar o tempo

2
de cada oscilação, registrando cada um. A oscilação é realizada com pesos
diferentes, logo, será constado valores diferentes. Deve-se prestar atenção na
amplitude das oscilações, para que não sejam apresentados resultados
desproporcionais.

Os materiais utilizados são:

• 01 peso de 100g;
• 01 peso de 50g;
• Fita métrica;
• 1m de barbante.

2 PÊNDULO SIMPLES: RESULTADOS E ANÁLISES

2.1 COM VARIAÇÃO NO COMPRIMENTO DO PÊNDULO

N L (m) 𝑇1(s) 𝑇2(s) 𝑇𝑚é𝑑 (s) T(s) g(𝑚/𝑠 2) dr(%)


1 1m 28,35 28,55 28,45 2,01 9,76 -0,2382
2 0,80m 27,07 27,12 27,09 1,79 9,84 0,5795
3 0,64m 25,41 25,02 25,21 1,61 9,74 -0,4426
4 0,50m 22,33 21,55 21,84 1,42 9,77 -0,1359
5 0,40m 14,42 15,08 14,75 1,27 9,78 -0,0337

Como o experimento foi realizado sem os aparelhos adequado, os valores


se oscilaram, conforme o esperado. A explicação se dá que, apesar do valor da
aceleração da gravidade se alterar com a altitude (distância para o solo),
provavelmente, o aumento do desvio deve estar associado ao aumento da
velocidade x captura do valor do tempo.

O valor médio o valor médio aritmético representativo para a aceleração


da gravidade local é de 9,78𝑚/𝑠 2, e o desvio relativo deste valor é de -0,0542.
Os prováveis erros se dão pela falta de um instrumento adequado e até mesmo
erro humano.

3
2.1 COM VARIAÇÃO NA MASSA DO PÊNDULO

𝑻𝟏 (s) 𝑻𝟐 (s) 𝑻𝒎é𝒅(s) T(s) g(𝒎/𝒔𝟐 ) dr(%)


𝑴𝟏 100g 28,35 28,68 28,51 1,92 10,81 0,1069
𝑴𝟐 50g 29,52 29,03 29,27 1,96 10,26 0,0487

Observou-se que, com a massa de maior peso, os valores foram menores,


como mostrado na tabela, assim como o T1 e T2 da massa de maior foi menor
que a de menor peso.

O valor médio o valor médio aritmético representativo para a aceleração


da gravidade local é de 10,53𝑚/𝑠 2, e o desvio relativo deste valor é de 0,0778.
Assim como a parte experimental com variação no pêndulo, os prováveis erros
se dão pela falta de um instrumento adequado e até mesmo erro humano

3 PESQUISA

a) Aplicação tecnológica

Uma das maiores aplicações do pêndulo simples é nos laboratórios de


física e engenharia. Isso porque, além da comprovação de aceleração da
gravidade, também foi utilizado na comprovação do movimento de rotação da
Terra

Em 1851, o astrônomo francês Foucault realizou uma bela e simples


experiencia capaz de demonstrar a rotação da Terra. Com uma corda
de 67 metros, fixa no teto do Panteon de Paris, ele suspendeu uma
esfera de ferro de 28kg e imprimiu-lhe um movimento pendular. Na
sequência, o plano do pêndulo passou a apresentar uma lenta rotação
no sentido horário. Este movimento foi facilmente explicado a partir da
suposição de que a Terra gira em torno do seu eixo. (TUBA, 2011).

4
Figura 03 – Aplicação do pêndulo simples na comprovação do movimento de rotação da Terra.

Fonte: https://pt.slideshare.net/scmaedu/slide-pndulo-simples

b) Vídeo complementar

O vídeo escolhido é o “experimento com pêndulo simples” da aluna Maria


Eduarda Lau Mazon. Inicialmente, ela aborda os conceitos do pêndulo simples
e o tipo de movimento que o mesmo realiza. Ela mostra as partes constituintes
do pêndulo, diz que ao ser tirado de sua posição de equilíbrio O, o pêndulo
realiza um movimento periódico e que para pequenos ângulos, o movimento de
um pêndulo é considerado um MHS.

Figura 03 – Experimento com pêndulo simpes, [08:07]

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=CJ2gJN_N0Hg

5
Ao decorrer do vídeo, a aluna inicia a parte experimental. Os materiais
utilizados são: 2 corpos de massas diferentes, fita métrica, fio barbante,
cronômetro digital, transferidor e suporte fixo. Ela mostra o esquema para o
procedimento e na lousa, registrou os comprimentos utilizados e informa que irá
deslocar horizontalmente o pêndulo, formando um ângulo menor do que cinco
graus com a vertical e ao soltar o pêndulo, irá iniciar o cronômetro para registrar
o tempo demorado para realizar dez oscilações.

Figura 03 – Experimento com pêndulo simpes, [08:07]

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=CJ2gJN_N0Hg

Por fim, após realizar o experimento, ela mostra os cálculos realizados na


tabela para o pêndulo 1 e o pêndulo 2. Ela mostra um gráfico para cada pêndulo,
obtendo a curva de tendência e a equação do gráfico. Ela conclui dizendo que,
a massa do corpo suspenso não irá interferir no período de oscilação, porém, o
comprimento do pêndulo irá interferir proporcionalmente com o período. E
recomenda que para diminuir os erros obtidos, deve-se utilizar equipamentos
mais mensurados e precisos, além de realizar as medições mais vezes para que
possa ser mais preciso.

Figura 03 – Experimento com pêndulo simpes, [08:07]

6
Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=CJ2gJN_N0Hg

4 CONSIDERAÇÕES FINAIS

A elaboração da prática foi de grande valia para entendermos o


funcionamento do pêndulo, além da teoria. Como todo experimento está sucinto
a erros, observamos que, os resultados tiveram uma baixa margem de erros, e
isso se dá pela falta de instrumento adequado, e até mesmo erro humano.
Embora os valores obtidos da aceleração da gravidade não sejam iguais a
definida teoricamente pelo fato de a gravidade variar de acordo com a altitude e
o local onde foi realizado o experimento, os resultados foram satisfatórios. Para
aprimorar o experimento, deveríamos realizar a prática novamente, mas no
laboratório de física para poder compararmos os valores do experimento feito
com os equipamentos corretos.

7
REFERÊNCIAS

JÚNIOR, Joab Silas da Silva. O que é frequência e período. Disponível em:


<https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/fisica/o-que-e-frequencia-e-
periodo.htm>. Acesso em 19 set 2021.

LUNAZZI, José Joaquim. Pêndulos. Disponível em:


<https://www.ifi.unicamp.br/~lunazzi/F530_F590_F690_F809_F895/F809/F809
_sem1_2007/JoseE_Lunazzi_2o_grau_PendulosRF.pdf>. Acesso em 19 set
2021.

MIRANDA, Welber; FERREIRA, Lorenna. Estudo de oscilações com


vídeoanálise: aplicações para o ensino de física experimental nas
engenharias. Disponível em: <
https://www.researchgate.net/publication/327970806_ESTUDO_DE_OSCILAC
OES_COM_VIDEOANALISE_APLICACOES_PARA_O_ENSINO_DE_FISICA_
EXPERIMENTAL_NAS_ENGENHARIAS>. Acesso em 20 set 2021.

Você também pode gostar