Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE DO SUL DE SANTA CATARINA – Unisul Tubarão

Curso: Agronomia
Unidade de Aprendizagem: Morfofisiológia de plantas cultivadas
Professor: Jasper Jose Zanco E Ligia Carolina Alcantara Pinotti
Acadêmico: Vanessa dos Passos Borges
Imbituba – 06 de outubro de 2021

Parte 1

A- Os nomes cientifico são escritos em latim independente da origem , cada planta e


grupo de planta ( táxon ) deve ter um único nome correto , exceto em casos específicos
, a nomenclatura dos grupos taxonômicos se baseia no princípio de prioridade de
publicação ; Milho(Zea mays) , soja(Glycine max) , trigo(Triticum) , arroz (Oryza
sativa) ,beterraba(Beta vulgaris).

espécie : Milho ( Zea mays)


gênero : Zea
epíteto específico : Zeae mays
família: Poaceae
espécie : Zea mays

A-

A-

B-

C- Maracujazeiro (Passiflora Edulis Sims)


Família: Passifloraceae
Inflorescência: solitária
Fruto : maracujá
Goiabeira (Psidium guajava L)
Família : Myrtaceae
Inflorescência:  panículas
Fruto : goiaba

D-

D-

Parte 2

Questão 3

A produção vegetal esta ligada a anatomia vegetal e morfologia , a produção vegetal tem a
função de otimizar o tempo das lavouras e aumentar a produção , mais para isso funcionar
precisamos do entendimento da anatomia da planta e da morfologia , conhecendo cada parte
da planta ,identificar o tipo de planta ou vegetal , espécie , família estudar sua raiz e , assim
podendo executar um manejo correto e aumentando a produção vegetal .
Para o profissional de agronomia o estudo em botânica e morfologia e muito importante , pois
deve ter bastante atenção na hora de observar cada vegetal e sua estrutura pois são todos
diferentes , aprendendo assim o manejo correto , para colocar em pratica no dia dia
melhorando seu desempenho na área

Questão 4

A- os dois tipos de sistemas de raízes são , axial que tem raiz principal maior e de onde parte
raízes laterais sendo características de dicotiledôneas como exemplo (feijão, café ) e a raiz
fasciculada nascem em um ponto e dai crescem ramificações finas sendo característica das
monocotiledôneas como exemplo (milho, grama )

B- raízes escora ou suporte , são encontradas em mangues , servem para sustentar a planta ,
as raízes nascem no caule e fixam no chão tendo assim maior absorção ;  raízes tuberosas
são grossas , e comum em arvores grande por isso ajudam a sustentar o peso da árvore
Raiz escora : mangue vermelho
Raiz tuberosas: figueira

C- Caules troncos : sua estrutura é cilíndrica e pode ter ramificações , comum em plantas de
médio a grande porte . exemplo ( figueira ).
Caules estipes: são caules longos e retos , as folhas surgem no topo do caule . exemplo
(palmeira).

Caules hastes: sua estrutura e frágil e mole , tem coloração verde. Exemplo(couves)
Caules colmos: possuem nós e entrenós visíveis em todo caule. Exemplo ( bambu)
Caules rizomas: são subterrâneos que crescem de forma horizontal podendo se ramificar.
Exemplo( gengibre )
Caules tubérculos : são caules subterrâneos que acumulam substâncias de reserva energética,
muitos deles são comestíveis. Exemplo ( batata)

Caules bulbos: o caule e achatado e subterrâneo e suas folha longas que ficam em cima.
Exemplo ( cebola )

.D- limbo : porção distendida da folha


Pecíolo: haste que liga o limbo ao caule
Bainha :porção distendida da base da lamina ou do pecíolo que envolve o caule
Folíolos : divisões do limbo , cada qual com seu pecíolo
Estipula : pequenas estruturas laminares na base das folhas .
folhas completas tem limbo , pecíolo e bainha já as folhas incompletas não tem algumas
dessas partes

Você também pode gostar