Você está na página 1de 6

ESCOLA SUPERIOR DE NEGÓCIOS E EMPREENDEDORISMO DE

CHIBUTO

(ESNEC)
GESTÃO EMPRESARIAL
1º Ano/1º Semestre
CADEIRA: métodos De Investigacao cientifica

TEMA:

Importancia do conhecimento das tic’s no seio dos estudantes: em particular os


estudantes da esnec

Discente:

Lourenço Felisberto Chitete

Docente:

Chibuto, agosto de 2021


Índice
1. Introdução............................................................................................................................................1
1.1.1. Geral....................................................................................................................................1
1.1.2. Especifico............................................................................................................................1
1.2. Metodologia.................................................................................................................................2
2. Ciência.................................................................................................................................................3
2.1. Classificação e divisão da ciência................................................................................................3
3. Correlação entre conhecimento popular e conhecimento científico.....................................................4
3.1. Características do conhecimento popular.....................................................................................5
4. Os quatro tipos de conhecimento.........................................................................................................6
4.1. O Conhecimento popular............................................................................................................7
4.2. Conhecimento filosófico..............................................................................................................8
4.3. Conhecimento religioso...............................................................................................................9
4.4. Conhecimento científico............................................................................................................10
5. Conclusão..........................................................................................................................................11
6. Referências bibliográficas.................................................................................................................12
1. Introdução
A entrada na universidade exige, muitas vezes, por parte dos alunos adaptações tanto a nível
pessoal, como social e académico a uma nova realidade. As variáveis de natureza pessoal,
interpessoal e institucional são determinantes para o processo de adaptação e realização
académica. Todavia, quando essa adaptação não se realiza adequadamente, pode verificar-se o
problema do fracasso escolar.

A problemática do fracasso escolar tem ocupado há vários anos, políticos e pedagogos que
querem conhecer as suas causas, os factores que concorrem para esse fenómeno e as formas de
combatê-lo. É consensual entre os autores, que o fracasso escolar assume duas formas principais:
a reprovação e o abandono escolar. Também os alunos com dificuldades de aprendizagem
apresentam alguns indicadores que podem indiciar o fracasso escolar.

Na Escola Superior de Negócios e Empreendedorismo de Chibuto são leccionados cinco cursos:


Finanças, Gestao de Empresas, Agronegocios, Agricultura Comercial e Gestao comercial, e a
problemática do fracasso escolar e superlotação nas salas é notória, daí que pensando na melhor
maneira de mitigar ou minimizar este problema trago a Importancia do conhecimento das tic’s no
seio dos estudantes tendo como foco de estudo os estudantes da esnec.

As tic`s constituem uma grande arma a favor dos estudantes cabe apenas a estes fazerem bom
uso destes recursos pois estes se mal usados podem constituir a principal causa do fracasso
escolar.

1.1.1. Geral
Falar a cerca da Importancia do conhecimento das tic’s no seio dos estudantes tendo como foco
de estudo os estudantes da esnec.

1.1.2. Especifico

 Conceitualizar as tic`s;
 Falar das vantagens trazidas pelas tic`s aos estudantes;
 Desmestificar a ideia de que as tecnologias servem apenas para atrapalhar a vida
academica dos estudantes.

1
1.2. Metodologia
A metodologia é o caminho para se chegar a um determinado fim. É um método científico como
o conjunto de procedimentos intelectuais e técnicas adoptadas para se atingir o conhecimento.
(Gil, 2006 p:26).
De acordo com LAKATOS & MARCONI (1991), “método é o conjunto das atividades
sistemáticas e racionais que, com maior segurança e economia, permite alcançar o objetivo
conhecimentos válidos e verdadeiros, traçando o caminho a ser seguido, detetando erros e
auxiliando as decisões do cientista.”
A pesquisa foi feita por meio de páginas e blogs da internet, e ainda por meio de consulta de
artigos e monografias com temas afins.

2
5. Conclusão
Apesar da separação "metodológica" entre os tipos de conhecimento popular, filosófico, religioso
e científico, no processo de apreensão da realidade do objeto, o sujeito cognoscente pode
penetrar nas diversas áreas: ao estudar o homem, por exemplo, pode-se tirar uma série de
conclusões sobre sua atuação na sociedade, baseada no senso comum ou na experiência
cotidiana; pode-se analisá-lo como um ser biológico, verificando, através de investigação
experimental, as relações existentes entre determinados órgãos e suas funções; pode-se
questioná-lo quanto à sua origem e destino, assim como quanto à sua liberdade; finalmente,
pode-se observá-lo como ser criado pela divindade, à sua imagem e semelhança, e meditar sobre
o que dele dizem os textos sagrados.

Por sua vez, estas formas de conhecimento podem coexistir na mesma pessoa: um cientista,
voltado, por exemplo, ao estudo da física, pode ser crente praticante de determinada religião,
estar filiado a um sistema filosófico e, em muitos aspectos de sua vida cotidiana, agir segundo
conhecimentos provenientes do senso comum.

A questão principal é determinar qual será o foco de atuação da empresa, quais consumidores ela
pretende atender, como se dará sua participação na indústria e qual a melhor forma para que tal
empresa consiga obter o melhor desempenho no segmento de atuação escolhido. Para isso, é
importante que a organização tenha profundo conhecimento a respeito de si própria, da indústria
em que está atuando bem como dos seus concorrentes, do ambiente de modo geral e da dinâmica
que envolve todos esses elementos. Tendo isso em vista, a organização poderá determinar qual
será a estratégia competitiva mais adequada para seu sucesso.

3
6. Referências bibliográficas
Ander-egg, E. (1978) Introducción a las técnicas de investigación social: para trabajadores
sociales. 7. ed. Buenos Aires,Argentina: Humanitas.

Barbosa, M. (1980) Introdução à pesquisa: métodos, técnicas e instrumentos.2. ed. Rio de


Janeiro, Brasil: Livros Técnicos e Científicos.

Ferrari, A(1974). Metodologia da ciência. 2. ed. Rio de Janeiro,Brasil: Kennedy

Hegenberg, L. (1973) Explicações científicas: introdução à filosofia da ciência.2. ed. São Paulo,
Brasil.

Kõche, J. (1979) Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. Caxias do Sul: UCS; Porto
Alegre,Brasil: EST.

Pardinas, Felipe. (1969) Metodologiay técnicas de investigación en ciencias sociales. Sigla


Veinteuno, México.

Ruiz, J.( 1979) Metodologia científica: guia para eficiência nos estudos. São Paulo, Brasil:
Atlas.

Você também pode gostar