Você está na página 1de 3

EXERCÍCIO DIREITO TRIBUTÁRIO

1 - Para cobrança de crédito não-tributário da Fazenda Pública, inscrito


na dívida ativa, a ação cabível é:
a) A medida cautelar fiscal;
b) A execução fiscal;
c) A ação ordinária de cobrança;
d) A ação sumaríssima.

2 – A norma jurídica encarregada de dispor sobre conflitos de


competência em matéria tributária entre a União, os Estados, o Distrito
Federal e os Municípios é:
a) A lei ordinária;
b) O decreto;
c) A emenda Constitucional;
d) A lei complementar.

3 – Assinale a alternativa que, no CTN, não se configura em modalidade


de extinção do crédito tributário:
a) Compensação;
b) Moratória;
c) Decadência;
d) Remissão.

4 – Normas gerais em matéria tributária são fixadas através de:


a) Lei ordinária;
b) Emenda à Constituição;
c) Medida provisória com força de lei;
d) Lei complementar federal.

5 – Não depende de lei:


a) A redução da alíquota do IPTU;
b) A atualização da base de cálculo do IPTU, desde que por índice
oficial de correção monetária;
c) A atualização da base de cálculo do IPTU, ainda que em
percentual superior ao índice oficial de correção monetária;
d) A redução da base de cálculo do IPTU.
6 – São tributos de competência comum:
a) A taxa e a contribuição de melhoria;
b) A taxa e a tarifa;
c) O imposto sobre serviços de qualquer natureza e o imposto sobre
operações relativas à circulação de mercadorias e sobre serviços
de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação;
d) O imposto sobre transmissão causa mortis e doação, de
quaisquer bens ou direitos e o imposto sobre transmissão inter
vivos, por ato oneroso, de bens imóveis.

7 – Qual o tributo cuja imposição decorre de valorização imobiliária em


função da realização de obras públicas:
a) Contribuição de intervenção no domínio econômico;
b) Contribuição de melhoria;
c) Taxa de serviço;
d) Imposto de renda.

8 –Em relação aos decretos em matéria de Direito Tributário é correto


afirmar:
a) Podem instituir tributos;
b) Podem majorar tributos;
c) Podem definir fato gerador, alíquota e base cálculo de tributos;
d) Restringem-se a regulamentar apenas as leis em função das quais
sejam expedidos.

9 – A legislação tributária que disponha sobre dispensa do


cumprimento de obrigações tributárias acessórias interpreta-se:
a) Literalmente;
b) Sistematicamente;
c) Teologicamente;
d) Retroativamente;
e) Historicamente.

10 – A anistia, isenção em caráter não geral e remissão têm em comum


um fato de serem:
a) Causas de extinção do crédito tributário;
b) Causas de exclusão do crédito tributário;
c) Causas de suspensão do crédito tributário;
d) Formas de renúncia de receita tributária;
e) Hipóteses de não incidência qualificada.

11 – Quando tem por fato gerador uma situação que independe de


qualquer atividade estatal específica relativa ao contribuinte, diz-se que
o tributo é não-vinculado. Nesse sentido, é tributo não-vinculado:
a) O imposto de renda.
b) A CIDE.
c) A contribuição de melhoria.
d) A contribuição de iluminação pública.

12 –A concessão de tutela antecipada em ação anulatória de débito


tributário é causa de:
a) Prescrição do crédito tributário;
b) Exclusão do crédito tributário;
c) Suspensão da exigibilidade do crédito tributário;
d) Extinção do crédito tributário.