Você está na página 1de 4

EM ARY BARROSO/ 6º ANO

LÍNGUA PORTUGUESA/ Profª Luciane


SEMANA 28 de SETEMBRO a 2 de AGOSTO de 2020

Atividade 1
Leitura de canção “Farol”

Assista ao videoclipe em:


https://www.youtube.com/watch?v=Ibi1ayJo93c

Leia a letra da canção.

Farol
O mesmo céu que chove é o mesmo céu que faz... sol
Quando a escuridão vier te abraçar, encontre o seu farol

E você é o meu
E você é o meu

Quando a solidão for te encontrar, crie asas e comece a


voar
Temos o mundo inteiro a descobrir
Sei que é difícil de entender, mas a vida é feita para se viver
Abra um sorriso e faça alguém sorrir

O mesmo céu que chove é o mesmo céu que faz... sol


Quando a escuridão vier te abraçar, encontre o seu farol

E você é o meu
E você é o meu
E você é o meu
E você é o meu

Composição: Vitor Kley


Atividade 2
Leitura de notícia e exercícios relacionados

Seu Ivan Kley entra no teatro, olha para os lados e senta


em uma das cadeiras. Do nada, se surpreende ao ver o filho
sentando com um violão na mão. É assim que o videoclipe de
Farol, mais novo sucesso do cantor e compositor Vitor Kley,
5 começa. Daí pra frente, a emoção rola solta nos minutos
seguintes entre pai e filho. "Eu estava tranquilo nos ensaios,
achei que seguraria tranquilamente a emoção. Mas, quando
olhei para ele, foi umas das sensações mais malucas da
minha vida. E, quando a música subiu para a parte com nota
10 mais alta, que é bastante significativa, eu chorei muito. Só
pensava em continuar a gravar até o fim, revelou Vitor, que
havia dito para o pai que ele faria apenas uma entrevista. "Ele
não sabia que eu iria aparecer. Planejamos tudo como se ele
fosse falar com a televisão e conseguimos enganá-lo."
15 O cantor também conta que poder cantar as palavras
para o pai foi um momento importante para a relação dos
dois. "Ele está passando por um momento delicado, está com
depressão. Não tinha escrito a música necessariamente para
o meu pai, mas acabou virando uma injeção de ânimo para
20 ele. Na hora do videoclipe, eu quis cantar para mostrar a
importância que ele tem na minha vida e a falta que ele faz
para mim e para toda a família", revelou Vitor. O cantor
completa: "Eu escrevi o primeiro verso (O mesmo céu que
chove é o mesmo céu que faz... sol) depois de olhar para céu
25 e ver que ele pode mudar sempre. E depois, a música veio
tão rápido, terminei em menos de meia hora. Todas as frases
são o que eu acredito, a música é quase um hino na minha
vida. Depois que terminamos de gravar o clipe, meu pai falou
que foi a primeira vez que escutou a letra direito e parecia
30 que tinha sido escrita para ele. Naquele momento, percebi
que tinha cumprido a minha missão de ajudar a curar as
pessoas por meio da minha música."

Texto adaptado de:


https://contigo.uol.com.br/noticias/exclusivas/vitor-kley-compoe-musica-emocionante-e-
canta-para-o-pai-que-tem-depressao.phtml

1. Releia o título da música.


a) O que é um farol?
b) A palavra “farol”, na canção, está usada em sentido literal
ou figurado?
c) Explique o sentido de “farol” no contexto da canção.

2. A notícia começa com “Seu Ivan Kley entra no teatro”.


a) Quem é Ivan Kley?
b) Por que o autor da notícia escreveu “Seu” antes do nome
da pessoa mencionada?
3. Qual é a função das aspas nesta notícia (como por
exemplo, na linha 6)?

4. Escreva um sinônimo para a expressão sublinhada em “Daí


pra frente, a emoção rola solta nos minutos seguintes entre
pai e filho”.

5. Após a leitura da notícia, responda: a música Farol foi feita


para o pai de Vitor Kley? Explique.

6. O sentido da palavra “malucas” (linha 8), em “sensações


mais malucas”, é:
(A) desequilibradas.
(B) estranhas.
(C) idiotas.

7. Releia as cinco primeiras linhas do texto e copie todas as


palavras usadas para se referir a Vitor Kley.

8. Na linha 13, a quem se referem os pronomes “eu” e “ele”?

9. Vitor Kley é músico, ou seja, um profissional da arte. Para


ele, sua missão é ajudar a curar as pessoas por meio da sua
música.
a) Você acha que isso é possível?
b) Que outros profissionais podem ajudar a curar as
pessoas?
c) De que modo?

Você também pode gostar