Você está na página 1de 5

1. (EN - 2015) Analise o gráfico abaixo: 3. (EN - 2016) Analise a figura abaixo.

A figura acima mostra duas partículas A e B se movendo


em pistas retas e paralelas, no sentido positivo do eixo
O trajeto entre duas cidades é de 510 km. Considere um x. A partícula A se move com velocidade constante de
veículo executando esse trajeto. No gráfico acima, temos a módulo vA = 8,0 m/s. No instante em que A passa pela
velocidade média do veículo em três etapas. Com base nos posição x = 500 m, a partícula B passa pela origem, x =

ão
dados apresentados no gráfico, qual a velocidade média, 0, com velocidade de vB = 45 m/s e uma desaceleração
em km/h, estabelecida pelo veículo no trajeto todo? constante cujo módulo é 1,5 m/s2 .

ov
(a) 48 Qual dos gráficos abaixo pode representar as posições das
(b) 51 partículas A e B em função do tempo?
(c) 54 (A)

Tr
(d) 57
(e) 60

2. (EN - 2019)Analise o gráfico abaixo.


m
co

(B)
a
sic

Uma aeronave de patrulha A segue, com velocidade es-


calar constante VA , rumo ao ponto P com a finalidade


de interceptar outra aeronave, B, a qual mantém altitude
e velocidade escalar constante e, inicialmente, encontra-
se 1,00 km ao norte (sentido positivo de x) e 2,00 km (C)
acima de A. Sabendo que a aeronave B percorre 5,00 km
em 30,0 segundos antes de ser interceptada no ponto P,
a diferença, VA - VB , entre as velocidades escalares das
duas aeronaves, em km/h, é igual a:

(a) 450
(b) 300
(c) 150
(d) 120
(e) 90,0 (D)
(a) 2/3, 5/3, e 8/3

(b) 2, 3 e 5

(c) 4/3, 8/3, e 12/3

(d) 4, 7 e 9

(e) 6, 8 e 12

(E)
5. (EN - 2014) Considere uma partícula se movimentando
no plano xy. As coordenadas x e y da posição da partícula
em função do tempo são dadas por x(t) = -2t2 + 2t + 1
e y(t) = t2 - t + 2, com x e y em metros e t em segun-
dos. Das opções abaixo,assinale a que pode representar o

ão
gráfico da trajetória da partícula de t = 0 a t = 4 s.

(A)

ov
4. (EN - 2015) Analise a figura abaixo.

Tr
m
co

(B)
a
sic

(C)

Na figura acima temos um dispositivo A que libera


partículas a partir do repouso com um período T = 3s.
Logo abaixo do dispositivo, a uma distância H, um disco
contém um orifício que permite a passagem de todas as
partículas liberadas pelo dispositivo. Sabe-se que entre
a passagem de duas partículas, o disco executa 3 voltas
completas em torno de seu eixo. Se elevarmos o disco a
uma altura H/4 do dispositivo, qual das opções abaixo ex-
ibe o conjunto de três velocidades angulares w’, em rad/s,
possíveis para o disco, de forma tal, que todas as partícu-
las continuem passando pelo seu orifício?
Dado: considere π = 3. (D)
Dado: 10 g/m2

(E)
(a) zero
(b) 5,0
(c) 10

ão
(d) 17
(e) 29

ov
8. (EN - 2013)Um garoto atira uma pequena pedra verti-
calmente para cima, no instante t = 0. Qual dos gráficos
abaixo pode representar a relação velocidade x tempo?

Tr
(A)
6. (EN - 2014)Observe o gráfico a seguir.
m
co

(B)
0 gráfico da figura acima mostra a variação do raio da
a

Terra (R) com a latitude (φ). Observe que foram acres-


centadas informações para algumas latitudes, sobre a
sic

menor distância entre o eixo da Terra e um ponto P na


superfície da Terra ao nível do mar, ou seja, R · cosφ. Con-
siderando que a Terra gira com uma velocidade angular
ωT = π/12 (rad/h), qual é, aproximadamente, a latitude

de P quando a velocidade de P em relação ao centro da


Terra se aproxima numericamente da velocidade do som?
Dados: vsom = 340 m/s e π = 3.
(C)
(a) 0°
(b) 20°
(c) 40°
(d) 60°
(e) 80°
7. (EN - 2013) Os gráficos abaixo foram obtidos da tra-
jetória de um projétil, sendo y a distância vertical e x
a distância horizontal percorrida pelo projétil. A com-
ponente vertical da velocidade, em m/s, do projétil no
instante inicial vale: (D)
partir de então, o veículo A recebe, durante 2,8 s, uma
aceleração de 3,0 m/s2 , no sentido positivo do eixo dos
Y, e o veículo B recebe, durante 2,5 s, uma aceleração de
2,0 m/s2 , no sentido negativo do eixo dos X. O módulo
da velocidade do veículo A em relação ao veículo B, em
m/s, no instante t = 1,0 s, é

(a) 1,5 3

(b) 2,0 5

(E) (c) 3,0 3

(d) 3,0 5

(e) 5,0 5

1. B

ão
2. D

3. A

ov
4. E

9. (EN - 2009) Um carro de testes parte do repouso com 5. B

Tr
uma aceleração constante de 6,00 m/s2 em uma pista
retilínea. Ao atingir a velocidade de 216 km/h, é sub- 6. C
metido a uma desaceleração constante até parar. Qual 7. E
foi o módulo da desaceleração, em m/s2 , considerando
que a distância total percorrida pelo carro foi de 750 m? 8. C
m
(a) 3,50 9. E
(b) 4,00
co

10. D
(c) 4,50
11. D
(d) 5,00
(e) 5,50
a

10. (EN - 2017) Dois navios da Marinha de Guerra, as Fra-


sic

gatas Independência e Rademaker, encontram-se próxi-


mos a um farol. A Fragata Independência
√ segue em di-
reção ao norte com velocidade de 15 2 nós e a Fragata
Rademaker, em direção ao nordeste com velocidade de 20

nós. Considere que ambas as velocidades foram medidas


em relação ao farol. Se na região há uma corrente marí-
tima de 2,0 nós no sentido norte-sul, qual o módulo da
velocidade relativa da Fragat Independência, em nós, em
relação à Fragata Rademaker?

(a) 10,0
(b) 12,3
(c) 13,7
(d) 15,8
(e) 16,7

11. (EN - 2008) Em um certo cruzamento de uma rodovia,


no instante t0 = 0, um veículo A possui velocidade de
4,0 î(m/s) e outro veículo B velocidade de 6,0 ĵ(m/s). A

Você também pode gostar