Você está na página 1de 9

Para responder à QUESTÃO 1 analise as afirmações a seguir sobre as três

leis de Newton classificando-as em V (verdadeira) ou F (falsa).

a) Na tirinha abaixo Cebolinha retira a toalha de sobre a mesa com um único golpe e os
objetos permanecem no mesmo lugar. Isto é explicado pela lei de "Ação e Reação",
(inercia- corpos repouso tendem a permanecer em repouso) ou seja, Cebolinha age na
toalha por meio de uma força e os objetos reagem com uma força de mesma direção e
sentido contrário permanecendo no mesmo lugar. Falsa

b) As máquinas de lavar, que secam roupas por centrifugação, possuem em seu interior
um cilindro metálico cheio de furos. Quando o motor da máquina faz o cilindro girar em
alta rotação, a água que está na roupa sai pela tangente através dos furos. A segunda
lei de Newton é a que melhor explica este fato porque a água possuindo massa é
acelerada junto com o cilindro. F= m.a Verdadeira

c) Um carro sofre um choque frontal com uma jamanta. Percebe-se que o carro sofre
maior avaria que o caminhão. Isto acontece porque a força que a jamanta exerce no
carro durante o choque é maior que a força que o carro exerce na jamanta. Verdadeiro
d) Os veículos automotores possuem alguns dispositivos que podem proteger nossas
vidas como, por exemplo, airbag, cinto de segurança e encosto para a cabeça. O
princípio de funcionamento do cinto de segurança e do encosto para a cabeça têm
como fundamento a primeira lei de Newton, e o do funcionamento do airbag o conceito
de impulso. VERDADEIRA

e) É impossível você se erguer puxando os próprios cabelos. Isto é explicado pela


terceira lei de Newton porque para haver algum efeito um par de forças ação-reação
devem atuar em corpos diferentes. O conceito de conservação da quantidade de
movimento também pode ser utilizado para explicar este fato.(UMA FORÇA INTERNA
NÃO TIRA DO ESTADO DE EQUILIBRIO) VERDADEIRA
f) De acordo com a segunda lei de Newton, se em um corpo de massa m atuam forças,
obrigatoriamente ele irá adquirir uma aceleração. VERDADEIRA

QUESTÃO 1: A sequência de V ou F correta é: *


1 ponto

VVVVVV
FVVVVV
FFFVVF
VFVVFF
FVVFVV

QUESTÃO 2: Calorimetria: Em uma comemoração, com a intenção de


refrigerar rapidamente as bebidas, o anfitrião as coloca imersas em 3 kg de
gelo picado. A temperatura inicial do gelo é -10ºC. Após algum tempo o
anfitrião coloca mais gelo picado, pois as bebidas agora estão imersas numa
mistura de 20% de gelo e 80% de água (em massa). Considere o calor
específico do gelo 0,5 cal/gºC e o calor latente de fusão 80 cal/g.
Considerando que as trocas de calor ocorram somente entre o gelo e as
bebidas, a quantidade de calor delas retirado e a massa de gelo fundida foi
de: *

1 ponto

207 kcal e 2,4 kg


207 kcal e 0,6 kg
192 kcal e 0,6 kg
192 kcal e 2,4 kg
12 kcal e 2,4 kg

ANTES: 100% de gelo 3 kg


80% se fundiu  3.0,80 = 2,4 kg
Q= m. L(calor latente)
Q= 2400.80
Q=192000 cal  192 kcal

QUESTÃO 3: termodinâmica: Um fogão a gás natural é utilizado para ferver 2


litros de água, que está a uma temperatura inicial de 20 ºC. Sabe-se que 25%
do calor fornecido pela chama do fogão foi perdido para o ambiente e o
restante foi absorvido pela água. Despreze a capacidade térmica do
recipiente no qual foi colocada a água e considere o calor de combustão do
gás natural é 11,9 kcal/g. A quantidade mínima de gás consumido neste
processo, em gramas, é: *
1 ponto

20
17,9
16,8
15
12,6
Qcgás= Qságua= m.c. T

C do gás 8,925 kcal/g ---- 75% de 11,9

2000x1x80= 8925 m
160000= 8925 m
m= 17,92 g

QUESTÃO 4: O microondas é um dispositivo eletrônico que tem a função de


aquecer líquidos e alimentos que contenham água em sua composição, ou
mesmo descongela-los. Colocam-se 900 g de gelo, a 0 ºC, no interior de um
forno microondas de 1.200 W para serem transformados em água também a
0 ºC. Admitindo-se que toda a energia fornecida pelo forno será absorvida
pelo gelo, devemos programá-lo para funcionar durante: (Considere 1 cal = 4
J) *
1 ponto

0,5 min
12 min
6 min
4 min
3 min
1200 W ---- 1200 J/s ---- 300 cal/s
P= Q/t=

 Quantidade de calor absorvida pelo purê  —  Q=m.c.Δθ=1.000×1,8x(50 –


20)  —  Q=54.000calx4,18  —  Q=225.720J  —  80% da potência de
1.200W é transferida para o prato  —  P=Q/Δt  —  0,8×1.200=225.720/Δt 
—  Δt=235,125s/60=3,918 minutos
QUESTÃO 5: Considere as seguintes situações: (1) coloque uma de suas
mãos nas proximidades de sua boca e, com esta aberta, sopre sobre a mão.
(2) Em seguida, sopre a mão com a boca quase fechada de modo que o ar
sofra uma rápida expansão. Você notará uma diferença entre as duas
situações. De acordo com o texto e considerando o ar como um gás ideal,
este sofreu uma transformação: *
1 ponto

isotérmica
isocórica
isobárica
genérica
adiabática

QUESTÃO 6: Uma máquina de Carnot apresenta um rendimento de 30 % e a


temperatura de sua fonte quente é 127 ºC(400 k). A potência desta máquina é
de 4,5 kW e ela efetua 10 ciclos/s. 1) Qual a temperatura da fonte fria desta
máquina? 2) Qual o trabalho que esta máquina realiza em cada ciclo? 3) Qual
a quantidade de calor que a máquina absorve da fonte quente? 4) Qual a
quantidade de calor quer a máquina rejeita para a fonte fria? Marque a
alternativa que responde corretamente às perguntas. *
1 ponto

1) 38,1 ºC; 2) 450 J; 3) 1,5 J; 4) 1,05 J


1) 88,9 ºC; 2) 4,5 kJ; 3) 1.500 J; 4) 1.050 J
1) 7 ºC; 2) 450 J; 3) 1,5 kJ; 4) 1,05 kJ
1) 280 K; 2) 45 kJ; 3) 1.500 J 4) 1.050 J
1) 120 K; 2) 450 J; 3) 150 J 4) 105 J

a) η=1 - (Tf/Tq)  
0,3 = 1 - (Tf/400)  
0,7 = Tf/400  
Tf = 280 K  
B) b) Se a cada 1 s o trabalho realizado pela máquina é de 4,5 kJ, por
regra de três:
1 s ______ 4,5 kJ ______ 10 ciclos  
x ______ 1 ciclo  
x = 450 J  

C) η= w/Qq
onde
w: trabalho realizado pela máquina
0,3 = 450/Qq  
Qq = 1500 J (absorve)  

D)Qq = Qf + w  
Qf = Qq - w  
Qf = 1050 J (rejeita)

QUESTÃO 7: Em uma geladeira doméstica, o compressor tem potência útil de


400 W. Sabe-se que a eficiência da geladeira é 2,5. A quantidade de calor
retirada do congelador a cada segundo e o módulo da quantidade de calor
enviada ao exterior são, respectivamente: *
1 ponto

1,0 kJ e 1,4 kJ
1,0 kJ e 0,6 kJ
0,6 k J e 1,4 kJ
0,6 kJ e 1,0 kJ
0,4 kJ e 1,4 Kj
400 W --- 400 J/s

η= w/Qq
2,5= 400/ Qq
Qq= 1000 W – 1 kj/s
Qq = Qf + w  
Qf= 1000 – 400
Qf= 600 W --- 0,6 kj/s
QUESTÃO 8: Um gás sofre três transformações seguidas: AB, BC e CA,
conforme o diagrama abaixo. Sabe-se que a curva pontilhada representa o
trecho de uma hipérbole e que na transformação CA é realizado um trabalho
sobre o gás de módulo 560 kJ. De acordo com o gráfico é INCORRETO
afirmar que: *
1 ponto

A variação da energia interna do gás em um ciclo foi nula.


AB é uma expansão isobárica, BC é uma transformação isocórica e CA é uma
compressão isotérmica.
O calor recebido pelo gás ao final do processo ABC foi de 800 kJ.
Se a temperatura no ponto B é de 27 ºC a temperatura no ponto A é de 150 K.
O trabalho realizado em um ciclo é de 160 kJ.

QUESTÃO 9: Rudolf Diesel patenteou um motor a combustão interna de


elevada eficiência, cujo ciclo está esquematizado no diagrama pressão x
volume. O ciclo Diesel é composto por quatro etapas, duas das quais são
adiabáticas. O motor de Diesel é caracterizado pela compressão de ar
apenas, com a injeção do combustível no final. No ciclo Diesel, o calor é
absorvido em: *
1 ponto
A → B e C → D, pois em ambos ocorre realização de trabalho.
A → B e B → C, pois em ambos ocorre elevação da temperatura.
C → D, pois representa uma expansão adiabática e o sistema realiza trabalho.
A → B, pois representa uma compressão adiabática em que ocorre elevação da
temperatura.
B → C, pois representa expansão isobárica em que o sistema realiza trabalho e a
temperatura se eleva.

No gráfico, as transformações adiabáticas (sem troca de calor) podem ser


identificadas por uma curva. Logo, A para B e C para D não possuem troca de calor.
Olhando para a primeira lei da termodinâmica e para o trabalho aplicado por um gas:
 

Q = W + ΔU
W = P . ΔV
 

Para termos uma troca de calor, teremos a execução de trabalho e o aumento de


energia interna (aumento de temperatura). Isso pode ser visualizado no processo B
para C e D para A (Com isso, já dá para marcar um gabarito). Mas qual dos 2 oferece
uma absorção de calor?. Olhando para o processo de B para C, notamos que ocorre
trabalho positivo (variação do volume positiva) e, se analisarmos a Lei geral dos gases
para um caso de um processo isobárico:
 

V<sub>b</sub> / T<sub>b</sub> = V<sub>c</sub> / T<sub>c</sub>


 

Vemos que uma variação de volume em B gera um aumento de temperatura em B.


Mas como um aumento de volume a pressão constante faz com que o gás tenha um
aumento de temperatura? Isso ocorre por que o sistema injeta calor nesse processo,
para que ocorra a variação da energia interna. Logo, gabarito
letra E.
QUESTÃO 10: Um móvel executa MHS obedecendo à função horária da
elongação x = 7.cos(𝝅/2.t), em unidades do SI. É INCORRETO afirmar que: *
1 ponto

A amplitude do movimento é 7 m.
O período do movimento é 4 s.
A fase inicial é 0 rad.
No instante 2 s o móvel tem velocidade de 7 m/s.
O módulo da aceleração máxima do móvel é aproximadamente 17,3 m/s².

QUESTÃO 11: A figura a seguir representa seis pêndulos simples, que estão
oscilando num mesmo local. O pêndulo P de massa m tem período T.
Considerando os valores indicados na "régua" à esquerda como os
comprimentos dos respectivos pêndulos, é correto afirmar que: *
1 ponto

o período de cada pêndulo dependerá de sua massa. FALSO


o pêndulo I terá o mesmo período do pêndulo P caso sua massa seja 2m. FALSO
o pêndulo I é o de maior velocidade angular.
o pêndulo IV tem metade da frequência do pêndulo P.
o pêndulo V tem período T/2.

QUESTÃO 12: Um sistema massa-mola se encontra sobre uma superfície


horizontal sem atrito, no qual k é a constante elástica da mola e a massa m é
deslocada de uma distância xo, passando a oscilar. Assinale a alternativa
INCORRETA. *
1 ponto

O período do sistema depende do ponto x0 de onde a massa m for abandonada.


A energia potencial elástica é máxima na extremidade x0.
Em algum ponto da trajetória teremos a energia cinética igual à energia potencial
elástica.
A energia cinética é máxima no ponto 0. V
A energia mecânica do sistema é dada por k(x0)²/2 v
 Em=k.A2/2   —  Ep=k.x2/2  —  Ec=7/9.k.x2/2
Em= Ec + Eo  —  k.A2/2 = 7/9.k.x2/2 + k.x2/2  —  k.A2/2 = (7.k.x2 +
9.k.x2)/18  —  9.k.A2 = 16.k.x2  —  x = Ö9/16.A2
X = ± 3/4.A  — Nas posições x = + 3/4.A e X = – 3/4.A 
b) Sim. Por exemplo, no ponto O quando toda a energia mecânica estará
na forma de energia cinética.

Você também pode gostar