Você está na página 1de 3

Indicadores de Liquidez

Liquidez Corrente = Ativo Circulante


Passivo Circulante
Este índice indica quanto a empresa tem a receber no curto prazo em relação a
cada unidade monetária que deve no mesmo período.

Liquidez Seca = Ativo Circulante - Estoques


Passivo Circulante
Tem o mesmo significado que a liquidez corrente, com exceção do fato de que
os estoques não são considerados como recebíveis, ou seja, não conta com a
realização imediata dos estoques.

Liquidez Geral = Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo


Passivo Circulante + Exigível a Longo Prazo
Oferece a mesma indicação da liquidez corrente, mas engloba também os
ativos e passivos a longo prazo.

Indicadores de Endividamento

Endividamento Geral = Exigível_Total


Ativo Total

O índice de endividamento geral mede a proporção dos ativos totais da


empresa financiada pelos credores. De forma geral, quanto maior for este
índice, maior será o montante de capital de terceiros, que vem sendo utilizado
para gerar lucros

Imobilização do PL = Ativo Permanente x 100


Patrimônio Líquido

Indica quanto do Patrimônio Líquido da empresa está aplicado no Ativo


Permanente., ou seja,
quanto do Ativo Permanente da empresa é financiado pelo seu Patrimônio
Líquido, evidenciando , dessa forma, maior ou menor dependência de capital
de terceiros para a manutenção dos negócios.

Indicadores de Rentabilidade

Estes indicadores são habitualmente expressos no formato percentual (%).

Rentabilidade do Patrimônio Líquido = Lucro Líquido


Patrimônio Líquido
É a taxa de retorno dos acionistas e mede a performance do lucro em relação
ao capital próprio empregado no empreendimento. Normalmente se utiliza o
patrimônio inicial, mas podem ser necessários ajustes, o que nos leva a
sugerir, em princípio, o emprego do patrimônio médio do período de apuração
do lucro.
Rentabilidade do Ativo Total = Lucro Líquido
Ativo Total médio
Este indicador mede a eficiência global da administração, ou seja, o retorno
obtido em relação ao total de recursos empregados, sejam eles próprios ou de
terceiros.

Margem Líquida = Lucro Líquido_____100


Vendas Líquidas
Também denominado de Margem Operacional, evidencia qual foi o retorno que
a empresa obteve frente ao que conseguiu gerar de receitas. Em outras
palavras: quanto o que sobrou para a firma representa sobre o volume
faturado.

Indicadores de Mercado

Aqui o que se deseja não é calcular um valor absoluto concernente a uma


companhia, mas sim comparar os índices da empresa em relação aos de
outras, a fim de perceber se ela está cara ou barata, em termos relativos,
naquele mercado. Uma observação relevante deve ser feita quanto ao LPA e
ao VPA, que não são comparáveis entre várias empresas, eles apenas medem,
respectivamente, a representatividade do lucro e do patrimônio em relação ao
número de ações da companhia.

Lucro por Ação (LPA): representa a divisão do lucro líquido pelo número total
de ações da empresa.
LPA = Lucro Líquido
Número Total de Ações

Valor Patrimonial por Ação (VPA): representa a divisão do Patrimônio


Líquido da empresa pelo seu número total de ações.
VPA = Patrimônio Líquido
Número Total de Ações

PAY-OUT = Dividendos distribuídos


Lucro Líquido

Mostra como a empresa distribui seus dividendos.

YIELD = Dividendos distribuídos por ação


Cotação da ação

Mostra quanto da ação o acionista está recebendo.


Preço/Lucro (P/L): Indica o tempo de retorno do investimento, partindo-se da
premissa que o lucro apurado se repetirá nos próximos anos. Assume ainda
um caráter de preço relativo, na medida em que seja disponível uma série de
projeções para várias empresas para determinado ano.
P/L = Cotação da Ação = Valor de Mercado
Lucro por Ação Lucro Líquido

Preço/Valor Patrimonial Ajustado (P/VPA): compara o valor de mercado da


empresa com seu valor contábil. Em tese, quanto mais baixo este índice, mais
barata é a empresa.
P/VPA = Cotação da Ação = Valor de Mercado
Patrimônio Líquido por Ação Patrimônio Líquido