Você está na página 1de 7

CONDIÇÕES PRÓPRIAS DA TERRA QUE  5.

  Formação da camada de ozono e


PERMITEM A EXISTÊNCIA DE VIDA aparecimento dos seres vivos terrestres:
o ⤷  a atmosfera passa a ter uma
»  Posição da Terra no Sistema Solar: composição semelhante à da
 •  a  Terra é o terceiro planeta mais atualidade, o que permitiu o
perto do Sol aparecimento dos seres vivos
  terrestres
 6.  Evolução da biodiversidade:
»  Condições que permitem a vida na Terra: o ⤷  a vida evolui e diversifica-se
 •  distância ao Sol adequada: até à atualidade
o ⤷  que permite uma temperatura  
amena e a existência de água nos
três estados físicos »  Como evoluiu a atmosfera da Terra desde
 •  massa adequada: a sua formação?
o ⤷  que permite a retenção de  •  atmosfera primitiva:
uma atmosfera  ⤷  principais constituintes:
 ⤷  importante para a  ⤷  nitrogénio (65%)
respiração dos seres vivos  ⤷  vapor de água (25%)
 ⤷  que protege a Terra  ⤷  dióxido de carbono
contra meteoros (5%)
 ⤷  que protege os seres  ⤷  metano e amónia (5%)
vivos dos raios ultravioleta o ⤷  esta composição da
(através da camada de ozono) atmosfera devia-se sobretudo à
 ⤷  que tem um efeito intensa atividade vulcânica
moderador da temperatura  •  atmosfera atual:
(devido ao efeito de estufa) o ⤷  principais constituintes:
 •  substrato rochoso:  ⤷  nitrogénio (78%)
o ⤷  que serve de suporte à vida  ⤷  oxigénio (21%)
 •  campo magnético:  ⤷  vapor de água (0,4%)
o ⤷  que serve de escudo contra  ⤷  dióxido de carbono
partículas solares (0,04%)
  o ⤷  as quantidades de metano e
amónia foram diminuindo até
»  Como evoluiu o planeta de modo a permitir desaparecerem
a vida na Terra? o ⤷  o aparecimento de seres
 1.  Formação da Terra: vivos fotossintéticos fez com que a
o ⤷  intensa atividade vulcânica e quantidade de dióxido de carbono
superfície coberta de lavas diminuísse e surgisse oxigénio em
 2.  Arrefecimento e solidificação da quantidades cada vez maiores na
superfície terrestre e formação dos atmosfera
oceanos:  
o ⤷  o vapor de água existente na
atmosfera condensou e precipitou »  Qual a importância da atmosfera?
formando os oceanos onde se  •  permite trocas gasosas com os
formou matéria orgânica seres vivos essenciais para a sua
 3.  Redução da atividade vulcânica e sobrevivência:
aparecimento dos primeiros seres vivos: o ⤷  na respiração os seres vivos
o ⤷  surgimento dos primeiros recebem oxigénio e libertam dióxido
seres vivos, nos oceanos, a partir de de carbono
matéria orgânica o ⤷  na fotossíntese as plantas
 4.  Evolução da vida nos oceanos: recebem dióxido de carbono e
o ⤷  surgimento dos primeiros libertam oxigénio
seres fotossintéticos, que vão alterar  •  protege a Terra contra meteoros:
a composição da atmosfera
o ⤷  corpos rochosos vindos do carbono e libertam oxigénio
Espaço, ao entrarem na atmosfera, (fotossíntese)
incendeiam-se e desintegram-se o ⤷  os seres aeróbios retiram da
 •  protege os seres vivos contra as atmosfera oxigénio e libertam dióxido
radiações ultravioletas: de carbono (respiração)
o ⤷  devido à existência de  •  atmosfera-hidrosfera:
uma camada de ozono (O ) que
3 o ⤷  a água dos rios, lagos e
impede a passagem destes raios oceanos evapora acumulando-se na
nocivos para os seres vivos atmosfera e que posteriormente
 •  tem um efeito moderador de pode precipitar voltando assim à
temperatura: superfície terrestre (ciclo da água)
o ⤷  devido ao efeito de estufa, ou  •  atmosfera-geosfera:
seja, à retenção de energia vinda do o ⤷  durante as erupções
Sol por parte de alguns gases da vulcânicas são libertados vários
atmosfera gases para a atmosfera
   •  hidrosfera-biosfera:
o ⤷  os seres vivos ingerem água
Um dos principais gases com efeito de estufa pois é o seu principal constituinte e é
é o dióxido de carbono. Por isso é que a fundamental para as funções
variação da temperatura do planeta ao longo essenciais do organismo
dos tempos está relacionada com a o ⤷  a água é poluída por várias
concentração deste gás na atmosfera. atividades humanas
Quanto maior a concentração de dióxido de  •  hidrosfera-geosfera:
carbono, maior é a temperatura registada no
o ⤷  a água tem uma ação erosiva
planeta.
sobre as rochas
 •  biosfera-geosfera:
 Componentes da Terra: o ⤷  a geosfera serve de suporte
 •  geosfera: a grande parte da vida terrestre
o ⤷  camada rochosa sólida o ⤷  as plantas retiram do solo
externa da Terra, bem como o seu grande parte dos nutrientes que
interior utilizam na fotossíntese
 •  hidrosfera: o ⤷  os produtos resultantes da
o ⤷  água existente no planeta decomposição de seres vivos podem
nos estados sólido e líquido originar novas rochas como o carvão
 •  atmosfera: e o petróleo
o ⤷  camada que envolve a Terra  
 •  biosfera: Como existem trocas de energia e matéria
o ⤷ conjunto dos seres vivos que entre os subsistemas da Terra, são
habitam a Terra considerados sistemas abertos.
   
Estes componentes do planeta estão SISTEMA TERRA
interligados, influenciando-se uns aos outros,  
estando assim dependentes uns dos outros.
Por isso mesmo são »  Porque é que a Terra é considerada um
designados subsistemas do sistema Terra. sistema?
  •  a Terra é um sistema pois é um conjunto
de componentes interligados entre si e
»  Exemplos de interações entre os vários dependentes uns dos outros
subsistemas:  
 •  atmosfera-biosfera:
o ⤷  os seres fotossintéticos O planeta Terra é considerado um sistema
retiram da atmosfera dióxido de fechado porque permite trocas de energia
mas não de matéria (são praticamente  •  Hipótese Evolucionista (atualmente
inexistentes). mais aceite):
o ⤷  defende que a vida surgiu a
partir de moléculas orgânicas
(protovida) formadas a partir do
metano e da amónia nas fontes
hidrotermais existentes nos fundos
COMO TERÃO SURGIDO NA TERRA OS
oceânicos
PRIMEIROS SERES VIVOS  
 
Segundo esta teoria, após o surgimento das
»  Teorias da origem da vida na Terra: primeiras formas de vida, a vida foi
 •  Teoria do Criacionismo: evoluindo, verificando-se uma explosão
o ⤷  defende que a vida, o mundo evolutiva há cerca de 600 milhões de anos –
e os seres vivos foram criados por o designado Big Bang evolutivo.
uma entidade divina (Deus)  
 •  Hipótese Cosmozoica (ou
Panspermia): PAPEL DOS SUBSISTEMAS NA
o ⤷  defende que a vida surgiu na MANUTENÇÃO DE VIDA NA TERRA
Terra através de corpos vindo do
Espaço »  Papel de cada subsistema na manutenção
 •  Espontaneísmo: da vida:
o ⤷  defende que a vida surgiu a  •  geosfera:
partir de matéria não viva de forma o ⤷  é o substrato para a vida na
espontânea terra e constitui o reservatório dos
 •  Hipótese Evolucionista minerais essenciais à vida
(desenvolvida por Oparin): o ⤷  é responsável pelo campo
o ⤷  defende que a vida surgiu a magnético que serve de escudo
partir de uma “sopa nutritiva” contra partículas solares
constituída por moléculas orgânicas  •  hidrosfera:
que se formaram a partir de o ⤷  é o maior habitat terrestre e
moléculas mais simples na constitui o reservatório de água para
atmosfera devido a descargas a manutenção da vida
elétricas  •  atmosfera:
  o ⤷  é constituída por gases
essenciais para a respiração para os
»  Experiência que suporta a Hipótese seres vivos
Evolucionista de Oparin: o ⤷  protege a Terra contra
 •  Dispositivo de Harold Urey e de meteoros
Stanley Miller: o ⤷  protege os seres vivos contra
o ⤷  em 1953, Harold Urey e as radiações ultravioletas (através da
Stanley Miller construíram um camada de ozono)
dispositivo que pretendia recriar as o ⤷  tem um efeito moderador da
condições existentes na Terra na temperatura (devido ao efeito de
altura do aparecimento da vida estufa)
o ⤷  nessa experiência foi  •  biosfera:
possível criar compostos orgânicos o ⤷  constitui a fonte de matéria
sem a presença de seres vivos, o orgânica (alimento) para a
que veio suportar a Hipótese manutenção da vida
Evolucionista de Oparin.  
 
A manutenção da vida na Terra está
»  Teoria da origem da vida atualmente mais dependente de complexas interações entre
aceite: os subsistemas terrestres dado que a rutura
do equilíbrio de um dos subsistemas reflete- influenciam (água, luz, temperatura,
se em todos os outros. solo, vento, etc…)

Onde vivem os seres vivos? Fatores abióticos


 

Cada ser vivo precisa de condições Os fatores abióticos são os fatores do meio


específicas para sobreviver. O local onde o que influenciam os seres vivos.
ser vivo encontra essas condições chama-
se habitat. Os principais fatores abióticos são:
 
 a luz
 a temperatura
 a água
Habitat  o solo
 local onde um determinado ser vivo  o vento
habita por encontrar as condições  
necessárias à sua sobrevivência.
  Influência do fotoperíodo (número de
horas de luz diárias)
Níveis de organização dos seres vivos  
num ecossistema
  As plantas são classificadas conforme a
influência do número de horas diárias na
Espécie sua floração:
 conjunto de organismos geralmente
semelhantes que, quando cruzados entre Plantas de dia longo
si, originam descendência fértil.  florescem quando o fotoperíodo é, em
População média, superior a 12 horas
 conjunto de indivíduos da mesma  
espécie que habitam um determinado
local (habitat) e que interagem entre si Plantas de dia curto
Comunidade  florescem quando o fotoperíodo é, em
 conjunto de populações que habitam média, inferior a 8 horas
um determinado local (habitat) e que  
interagem entre si
Plantas indiferentes
Ecossistema
 não são influenciadas pelo fotoperíodo
 conjunto dos seres vivos
(comunidade), do meio onde habitam
(habitat), das relações entre si e com o  INFLUÊNCIA DA LUZ NOS
meio. ANIMAIS
    
Existem animais que são atraídos pela luz e
Componente biótica e componente outros que não suportam a luz:
abiótica
Podemos afirmar então que um ecossistema Animais lucífilos
é constituído por:  são atraídos pela luz – apresentam
fototaxia positiva, ou seja, deslocam-se
 uma componente biótica em direção a uma fonte luminosa (ex:
 seres vivos e as relações entre traças e borboletas)
si e com o meio
 e por uma componente abiótica Animais lucífugos
 meio onde vivem os seres vivos  não suportam a luz – apresentam
e os fatores abióticos que os fototaxia negativa, ou seja, deslocam-se
em direção oposta a uma fonte Ambientes quentes:
luminosa (ex: morcego e minhoca)
   Estivação
 redução da atividade durante a
Influência da luz na sua atividade estação quente (ex: caracol e
Os animais realizam as suas atividades crocodilo)
diárias em função da presença ou ausência  
de luz:
Ambientes frios:
Animais diurnos
 encontram-se ativos durante o dia (ex:  Hibernação
águia)  redução da atividade durante a
  estação fria (ex: ouriço-cacheiro e
urso)
Animais notívagos (ou noturnos) Migração
 encontram-se ativos durante a  Deslocação regular de um ser vivo
noite (ex: morcego e coruja) para locais que conferem melhores
  condições de sobrevivência. (ex:
andorinha e baleia)
Adaptações das plantas à variação da  
temperatura
Adaptações corporais
Ambientes quentes:
Para sobreviver às condições desfavoráveis
durante a estação fria algumas plantas:  Orelhas grandes, o que permite
aumentar a superfície de perda de calor
 perdem as folhas – plantas de folha para o ambiente
caduca ou caducifólias (ex: castanheiro)  Pelo curto, para mais facilmente
 ficam reduzidas à perder calor corporal
parte subterrânea (ex: narciso)  
 ficam reduzidas a sementes (ex:
milho) Ambientes frios:
 
 Orelhas pequenas, o que permite
Seres homeotérmicos e diminuir a superfície de perda de calor
para o ambiente
seres poiquilotérmicos  Pelo longo, para mais dificilmente
perder calor corporal
Seres homeotérmicos (ex: mamíferos e  Camada espessa de gordura, que
aves) impede a perda de calor
 conseguem manter a temperatura do  
corpo constante, independentemente da
temperatura ambiente Adaptações fisiológicas
  Ambientes quentes

Seres poiquilotérmicos (ex: peixes, répteis e  arfar, o que permite perder calor


anfíbios)  
 a temperatura do corpo varia conforme
Ambientes frios
a temperatura ambiente
   ereção dos pelos, o que permite criar
uma camada de ar isolante junto à pele,
Adaptações dos animais às diferentes diminuindo assim as perdas de calor
temperaturas do meio ambiente  
 

Adaptações comportamentais
Importância da água para os seres Adaptações dos animais à escassez
vivos de água
 

Todos os seres vivos precisam de água para Os animais de clima seco podem apresentar:
sobreviver pois é o seu principal constituinte
e é necessária para as suas funções vitais.  reservas de gordura que utilizam para
Por isso existe maior vegetação e animais produzir água (ex: dromedário e camelo)
nos locais com maior humidade e  revestimento impermeável que evita a
pluviosidade. perda de água por transpiração (ex:
escorpião)
No entanto, nem todos os seres 
vivos dependem da mesma quantidade de Existem ainda animais (ex: gerbilo) que não
água: transpiram, produzem pouca urina e
são mais ativos durante a noite de forma a
Seres hidrófilos: evitar perdas de água.
 vivem permanentemente na água (ex:  
polvo e nenúfar)
Importância do vento

 Contribui para a dispersão de algumas


Seres higrófilos:
sementes, de modo a que estas se
 vivem em locais húmidos (ex: minhoca
possam dispersar por uma maior área e
e arrozal)
de forma a encontrarem condições mais
 
apropriadas à sobrevivências das plantas
Seres mesófilos: após a germinação
 necessitam de quantidades  É responsável pelo transporte de
moderadas de água (ex: cavalo e bactérias e de fungos, bem como das
sobreiro) suas estruturas reprodutoras (esporos).
   Nos ambientes aquáticos, promove
o arejamento das águas e dá origem à
Seres xerófilos: ondulação dos oceanos
 vivem em locais secos (ex:  
dromedário e cato)
  Influência do vento na morfologia dos
seres vivos
Adaptações das plantas à escassez de  
água
  Em regiões muito ventosas encontram-se,
preferencialmente, plantas rasteiras e
Plantas de climas secos  (ex. cato) animais de pequeno porte e achatados.
apresentam:
 raízes longas e pouco profundas, para Influência do vento no comportamento
captar a maior quantidade de água dos animais
possível  
 caules carnudos, para acumular água
de reserva  Os gafanhotos por vezes
 folhas de pequenas dimensões ou movimentam-se aproveitando a
reduzidas a espinhos, para não deslocação das massas de ar, formando
perderem água por transpiração nuvens de gafanhotos
   As aves de rapina (ex:
falcão) aproveitam as massas de ar
quente para planar, gastando assim
menos energia
 As rotas de migração são
influenciadas pelos ventos dominantes
em determinadas regiões
 

Relação entre as alterações do meio e


a evolução ou a extinção de espécies

Os fatores abióticos condicionam largamente


a biodiversidade. No passado, extinções em
massa, provocadas por alterações súbitas
do meio ambiente, levaram ao
desaparecimento de algumas espécies
e criaram condições propícias à
diversificação e à dispersão de outras.

Você também pode gostar