Você está na página 1de 21

Centro Universitário Leonardo Da Vinci

ELINETE EVALDINA FURTADO FERREIRA


(FSB0243)
TUTOR EXTERNO: WALTERNICE OLIMPIO SILVA DE ARAÚJO

PROJETO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

BACABAL
2021
2

SUMÁRIO

1 PARTE I: PESQUISA........................................................................................3

1.1 DELIMITAÇÃO DO TEMA: ÁREA DE CONCENTRAÇÃO E JUSTIFICATIVA.......3

1.2 OBJETIVOS....................................................................................................3

1.3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DA PESQUISA............................................4

2 PARTE II: PROCEDIMENTOS DE ESTÁGIO..................................................6

2.1 METODOLOGIA.............................................................................................6

2.2 CRONOGRAMA.............................................................................................8

REFERÊNCIAS....................................................................................................9

APÊNDICES.......................................................................................................10
3

1 PARTE I: PESQUISA

1.1 DELIMITAÇÃO DO TEMA, ÁREA DE CONCENTRAÇÃO E JUSTIFICATIVA

Área de Concentração: Ensino de Língua Portuguesa ou Ensino de Literatura

Delimitação do Tema: Práticas Virtuais de Contação de Histórias.

Justificativa:

O hábito de ouvir e contar histórias está presente em nossa cultura,


aproximando-nos do universo da leitura e escrita, ampliando o vocabulário e
estimulando o imaginário. A tecnologia era uma ferramenta que vinha tirando o
hábito de contação de histórias nas famílias e escolas, mas, neste momento de
pandemia, esta tem se tornado uma excelente aliada para a continuidade do
processo de ensino e contação de histórias, tanto no seio familiar quanto
escolar. Contar histórias tem se tornado uma atividade da rotina escolar,
diretores e professores dos educandários estão se mobilizando e postando as
contações de histórias nos perfis do Facebook das prefeituras e das EMIS e
EMMEES.

A elaboração deste projeto de pesquisa visa mostrar que a utilização do


processo de contação de histórias não somente nas salas de aulas físicas, mas
também nas salas virtuais e nas redes sociais permite que todos saiam
ganhando, os alunos porque serão instigados a imaginar e criar muito mais e
os professores que poderão ministrar uma aula mais agradável, atraente e
produtiva, além de alcançar os objetivos pretendidos através de uma
aprendizagem verdadeiramente significativa.

1.2 OBJETIVOS

 Estimular o hábito de contação de histórias em sala de aula;


 Mostrar que a prática virtual de contação de histórias é importante para
o desenvolvimento da leitura e escrita do aluno;
 Incentivar a prática de contação de histórias por meio das redes sociais
nesse momento de isolamento social;
 Reconhecer a importância do hábito da leitura e da contação de histórias
na construção da aprendizagem dos alunos.
4

1.3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DA PESQUISA

“Devemos isso uns aos outros contar histórias”. Segundo o escritor


inglês Neil Gaiman no texto “cachinhos” do livro Coisas Frágeis, contar
histórias é um dever dos seres humanos. O ato de contar histórias é uma cara
característica da humanidade, desenvolvendo-se junto com as culturas. Mais
que uma herança das civilizações antigas, a contação de histórias é uma ação
cultural e social, uma atividade integradora que permanece até os tempos
atuais. Desde a antiguidade contar histórias se tornou uma prática prazerosa
que possui grande importância educacional e cultural entre as diferentes
sociedades.

“A história grava-se, indelevelmente, em nossas mentes e seus


ensinamentos passam como patrimônio moral para a nossa vida. Ao
nos depararmos com situações idênticas aos dos contos, somos
levados a agir de acordo com a experiência que, inconscientemente,
já vivemos na história. Por isso, em nossos dias, pais e professores
bem orientados empregam a contação de história como meio eficaz
de corrigir faltas, ensinar bons costumes, inspirar atitudes nobres e
justas e recorrem ao conto como o mais fácil, o mais racional e o mais
eficaz processo de formação de possíveis leitores. E a experiência
tem provado de sobejo, o acerto do caminho seguido. (TAHAN, 1966,
p. 16).

Neste sentido, podemos dizer que contar histórias não é somente uma
atividade pedagógica, mas, uma prática utilizada pelos mais velhos para
transmitir seus ensinamentos, tradições e conservação dos seus costumes as
novas gerações. Além de ser uma prática que estimula a leitura e também
desenvolve a imaginação do docente.

A leitura exige muito além de ler mecanicamente, isto é, não se limita


apenas em ler cada palavra escrita em determinado texto. Mesmo conhecendo
signos linguísticos é necessário que se memorize, analise, dialogue com o
texto e interprete o que nele está escrito.

"[...] a contação de histórias é atividade própria de incentivo à


imaginação e o trânsito entre o fictício e o real. Ao preparar uma
história para ser contada, tomamos a experiência do narrador e de
5

cada personagem como nossa e ampliamos nossa experiência


vivencial por meio da narrativa do autor. Os fatos, as cenas e os
contextos são do plano do imaginário, mas os sentimentos e as
emoções transcendem a ficção e se materializam na vida real"

(RODRIGUES, 2005, P. 4).

A contação de histórias é uma atividade fundamental, valores e


conhecimentos, sua atuação é importante no processo de ensino-
aprendizagem do aluno, são inúmeras possibilidades que essa atividade
propicia em sala de aula, além da aula se tornar prazerosa para o docente,
além de estimular a imaginação do discente trazendo consigo a realização de
objetivos significativos, como educar, instruir, socializar, desenvolver a
inteligência e a sensibilidade.

Na atualidade contar histórias não é uma tarefa que necessariamente


está sendo executada somente por leitura de livros. Novas metodologias vem
sendo desenvolvidas, como a utilização da tecnologia por meio das redes
sociais, canais no YouTube, nos perfis de Facebook entre outros.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC, P. 09) destaca que uma das
competências gerais da educação é compreender, utilizar e criar tecnologias
digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e
ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar,
acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas
e exercer protagonismos e autoria na vida pessoal e coletiva.

A tecnologia veio para enriquecer o processo de ensino aprendizagem do


professor e aluno, facilitando e simplificando a prática de atividade
pedagógicas, tornando as tarefas escolares mais prazerosa nesse momento de
pandemia e incentivando o uso das redes sociais como ferramenta para manter
o contato entre mestres e alunos. É dessa forma que professores estão
conseguindo realizar suas práticas pedagógicas e metodológicas.

Nesse momento de crise e isolamento social os contadores de histórias


não apenas levam a oportunidade aos alunos, mas, também, estimulam a
leitura e escrita. Mais uma forma positiva de trazer um pouco de carinho e
alegria para as famílias brasileiras diante deste cenário de muitas tristeza. “A
poesia está guardada nas palavras, as brincadeiras também pela fala, pela
6

espontaneidade dos gestos ou pela simplicidade de olhar nos olhos de quem


escuta, o hábito de contar histórias, além de despertar o lúdico e imaginação
em adultos e crianças adeque um novo significado em um momento marcado
pela brusca interrupção na rotina e a consequente maior proximidade entre
familiares no espaço doméstico. Nesse período diversas iniciativas online tem
incentivado a escrita e a narração de histórias por meio de transmissões ao
vivo como forma de entreter as famílias durante a pandemia e também
preencher os vazios da rotina com encantamento e imaginação.

2 PARTE II: PROCEDIMENTOS DE ESTÁGIO

2.1 METODOLOGIA

Este projeto foi elaborado com objetivo de mostrar a importância de


práticas virtuais de contação de histórias nas seres finais do ensino
fundamental e iniciais do ensino médio, onde será elaborado um e-book
orientativo sobre a prática de contação de histórias, após o e-book, será feito a
contação de quatro histórias por meio de podcasts, será elaborado 05 planos
de aula com metodologias diferenciadas para cada série esses planos serão
anexados nos apêndices. Toda elaboração desse projeto será realizado
virtualmente.
Devido a pandemia do novo Coronavírus e enquanto durar este
momento de isolamento social as metodologias de ensino serão feitas a
distância. As informações aqui presente foram obtidas a partir de uma pesquisa
bibliográfica física e online.
Para Raven (1999, p.25), a pesquisa bibliográfica:

[...] consiste na busca de dados a partir do acervo bibliográfico


existente, isto é, em toda espécie de informação registrada em
bibliografias e que pode, em tese, ser arquivada numa biblioteca é
condição básica para qualquer trabalho, uma vez que o pesquisador
precisa se municiar do acervo humano para realizar seus esforços.

As informações obtidas, tanto na pesquisa quanto na entrevista,


demonstram a ausência de projetos de intervenção, mediados pela tecnologia
7

e alicerçados por estudos dirigidos remotos de contação de histórias, utilizando


ainda materiais impressos e/ou digitais que podem ser enviados para os
alunos, objetivando despertar o interesse pela prática de leitura e contação de
histórias.
O Documento Curricular do Território Maranhense (DCTMA, 2019, p. 93)
destaca às Competências específicas de Língua de Portuguesa para o ensino
fundamental;
1. Compreender a língua como fenômeno cultural, histórico, social, variável,
heterogêneo e sensível aos contextos de uso, reconhecendo-a como meio de
construção de identidades de seus usuários e da comunidade a que
pertencem.
2. Apropriar-se da linguagem escrita, reconhecendo-a como forma de interação
nos diferentes campos de atuação da vida social e utilizando-a para ampliar
suas possibilidades de participar da cultura letrada, de construir conhecimentos
(inclusive escolares) e de se envolver com maior autonomia e protagonismo na
vida social.
3. Ler, escutar e produzir textos orais, escritos e multissemióticos que circulam
em diferentes campos de atuação e mídias, com compreensão, autonomia,
fluência e criticidade, de modo a se expressar e partilhar informações,
experiências, ideias e sentimentos, e continuar aprendendo.
4. Compreender o fenômeno da variação linguística, demonstrando atitude
respeitosa diante de variedades linguísticas e rejeitando preconceitos
linguísticos.
5. Empregar, nas interações sociais, a variedade e o estilo de linguagem
adequados à situação comunicativa, ao(s) interlocutor(es) e ao gênero do
discurso/gênero textual.
6. Analisar informações, argumentos e opiniões manifestados em interações
sociais e nos meios de comunicação, posicionando-se ética e criticamente em
relação a conteúdos discriminatórios que ferem direitos humanos e ambientais.
7. Reconhecer o texto como lugar de manifestação e negociação de sentidos,
valores e ideologias.
8. Selecionar textos e livros para leitura integral, de acordo com objetivos,
interesses e projetos pessoais (estudo, formação pessoal, entretenimento,
pesquisa, trabalho etc.).
8

9. Envolver-se em práticas de leitura literária que possibilitem o


desenvolvimento do senso estético para fruição, valorizando a literatura e
outras manifestações artístico-culturais como formas de acesso às dimensões
lúdicas, de imaginário e encantamento, reconhecendo o potencial
transformador e humanizador da experiência com a literatura.
10. Mobilizar práticas da cultura digital, diferentes linguagens, mídias e
ferramentas digitais para expandir as formas de produzir sentidos (nos
processos de compreensão e produção), aprender e refletir sobre o mundo e
realizar diferentes projetos autorais
Neste sentido, buscamos além da efetivação das competências gerais
da BNCC para a língua portuguesa propor um projeto que estimule dentro do
seio escolar e familiar a prática da contação de histórias em virtude da
pandemia da COVID-19 em função do distanciamento.

2.2 CRONOGRAMA

Para a elaboração do presente projeto de Estágio da Educação Básica I,


seguiremos às etapas e datas já estabelecidas no Ambiente virtual de
aprendizagem (AVA) para a disciplina de Estágio Curricular Supervisionado no
qual estou matriculado.

ETAPA AÇÃO A SER REALIZADA DATA PARA ENTREGA


Projeto de Estágio + Planos
Etapa 1 Até o 3º encontro da disciplina.
de aula.
Roteiro de Observação
Etapa 2 Até o 3º encontro da disciplina.
Virtual.
Paper de Estágio + Produto
Etapa 3 Virtual + Termo de Até o 4º encontro da disciplina.
autorização.
Socialização – Elaboração e
Etapa 4 Até o 4º encontro da disciplina.
apresentação do Slides.
9

REFERÊNCIAS

GAIMAN, Neil. Coisas Frágeis 2. São Paulo. Contrad Editora do Brasil, 2010.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2021.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2021.

RAVEN, Fábio José. Elementos de Iniciação a pesquisa: inclui orientações


para a referenciação de documentos eletrônicos. Rio do Sul: Nova Era, 1999.

RODRIGUES, Edvânia. Braz Teixeira. Cultura, arte e contação de histórias.


Goiânia, 2005.

TAHAN, Malba. A arte de ler e contar histórias. 4. ed. Rio de Janeiro:


Conquista, 1966.
10

APÊNDICES
11

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
UNIDADE ESCOLAR CIDADE DE ALCÂNTARA -
Nome da escola
UECA
Diretor(a) Roger Melo do Nascimento
Turma 9º ano
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Leitura: Olhos de água
Carga Horária 01H

Objetivos/Habilidades - [EF89LP53]

Livro didático, Computador/celular, Internet, Google


Recursos/Materiais
Meet.
Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma dinâmica de apresentação virtual com os alunos da turma,
em seguida farei uma breve apresentação do tema da aula e dos objetivos almejados
frente a habilidade que pretendemos alcançar através da leitura do texto “Olhos de
Água”. No segundo momento da aula faremos uma leitura compartilhada com a
participação dos alunos e na sequencia será feita uma explanação oral da história
pelos alunos.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento, compromisso desenvoltura do aluno nas atividades
durante a aula.

Referências
BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
12

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
UNIDADE ESCOLAR CIDADE DE ALCÂNTARA -
Nome da escola
UECA
Diretor(a) Roger Melo do Nascimento
Turma 9º ano
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Contando a Minha História
Carga Horária 01H

-[EF69LP10]
Objetivos/Habilidades
-[EF69LP44]

Livro didático, Computador/celular, Internet, Google


Recursos/Materiais
Meet.
Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma apresentação do tema da aula través de uma abordagem
sob a importância da identidade social e cultural de cada indivíduo. No segundo
momento todos os alunos farão uma explanação oral sobre sua identidade cultural e
social. Na sequência será proposto aos alunos que gravem um pequeno vídeo no
celular com os pais relatando sobre a identidade e a cultura da comunidade em que
residem. Será realizada uma exposição virtual com a produção dos alunos.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento, compromisso desenvoltura do aluno nas atividades
durante a aula.

Referências
BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
13

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
UNIDADE ESCOLAR CIDADE DE ALCÂNTARA -
Nome da escola
UECA
Diretor(a) Roger Melo do Nascimento
Turma 9º ano
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Mini Contos
Carga Horária 01H

- [EF89LP53]
Objetivos/Habilidades
- [EF89LP33]

Livro didático, Computador/celular, Internet, Google


Recursos/Materiais
Meet.
Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei a apresentação do tema e objetivos da aula, em seguida
formarei pequeno grupos com três participantes para aprofundar as discussões sob a
temática e estimular a participação e leitura dos alunos em relação aos textos
selecionados. No segundo momento serão compartilhadas algumas questões para
serem desenvolvidas em grupos em relação aos minicontos e suas características
gerais, cada grupo irá trabalhar um miniconto específico. No último momento da aulas
os alunos irão socializar os resultados obtidos em relação ao miniconto trabalhado
pelo grupo.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento, compromisso desenvoltura do aluno nas atividades
durante a aula.

Referências
BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
14

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
UNIDADE ESCOLAR CIDADE DE ALCÂNTARA -
Nome da escola
UECA
Diretor(a) Roger Melo do Nascimento
Turma 9º ano
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Miniconto Engraçado
Carga Horária 01H

- [EF89LP33]
Objetivos/Habilidades
- [EF69LP46]

Livro didático, Computador/celular, Internet,


Recursos/Materiais
Google Meet.
Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma abordagem sob como identificar um miniconto.
Apresentarei exemplos de minicontos e ensinarei de forma dinâmica os alunos a
produzirem seus próprios minicontos. No segundo momento da aula faremos uma
leitura compartilhada, onde os alunos apresentarão suas produções.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências
BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://blog.sweek.com>pt.br.com: acesso em 19/04/2021.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
15

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
UNIDADE ESCOLAR CIDADE DE ALCÂNTARA -
Nome da escola
UECA
Diretor(a) Roger Melo do Nascimento
Turma 9º ano
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Contando Histórias nas Redes Sociais
Carga Horária 01H

- [EF69LP44]
Objetivos/Habilidades - [EF69LP45]
- [EF69LP46]

Livro didático, Computador/celular, Internet,


Recursos/Materiais
Google Meet.
Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma breve introdução sob a importância da prática da
Contação de Histórias através das redes sociais nesse momento de pandemia. Na
sequência abrirei espaço para o diálogo com a turma sob a opinião de cada um dos
alunos em relação ao uso das redes sociais para fins pedagógicos. No segundo
momento da aula os alunos irão selecionar uma pequena história para fazerem a
explanação oral para a turma.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências
BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
16

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
CENTRO DE ENSINO QUILOMBOLA PROFESSOR
Nome da escola AQUILES BATISTA VIEIRA – ANEXO OITIUA
Diretor(a) João Carlos Ribeiro
Turma 3º ano (Ensino Médio)
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Contando a Minha História
Carga Horária 01H

- [EM13LP13]
Objetivos/Habilidades
- [EM13LP47]

Recursos/Materiais Computador/celular, Internet, Google Meet.


Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma breve apresentação dos alunos através de uma dinâmica,
em seguida uma abordagem contando um pouco da minha história, na sequência todos
alunos contarão rapidamente a sua história. No segundo momento, será proposto aos
alunos que façam um pequeno vídeo, de no máximo 01 minuto contando e apresentando
a história da comunidade em que vivem. Na aula seguinte será feira uma pequena
exposição virtual dos vídeos produzidos.

Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
17

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
CENTRO DE ENSINO QUILOMBOLA PROFESSOR
Nome da escola AQUILES BATISTA VIEIRA – ANEXO OITIUA
Diretor(a) João Carlos Ribeiro
Turma 3º ano (Ensino Médio)
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Leitura Olhos de Água
Carga Horária 01H

- [EM13LP17]
Objetivos/Habilidades
- [EM13LP19]

Recursos/Materiais Computador/celular, Internet, Google Meet.


Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei a apresentação e leitura do texto com os alunos. Na sequência
será disponibilizado o link para que os alunos façam o download do aplicativo Spotify,
onde os alunos irão gravar o áudio do texto Olhos de Água, criando assim um
podcasts. No segundo momento faremos um breve comentário a respeito dessa
metodologia utilizada em sala de aula esclarecendo os pontos positivos e negativos da
aula online.
Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências

BELMATO, Dileta. Português em uso 9º ano: Ensino Fundamental Anos Finais. 1º ed.
São Paulo: Saraiva, 2018, P.12.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.
18

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
CENTRO DE ENSINO QUILOMBOLA PROFESSOR
Nome da escola AQUILES BATISTA VIEIRA – ANEXO OITIUA
Diretor(a) João Carlos Ribeiro
Turma 3º ano (Ensino Médio)
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Poema ao desconcerto do mundo (Luís de Camões)
Carga Horária 01H

- [EM13LP42]
Objetivos/Habilidades
- [EM13LP54]

Recursos/Materiais Computador/celular, Internet, Google Meet.


Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei a apresentação do poeta Luís Vaz de Camões. Na sequência
será feita a leitura do poema pelos alunos de forma compartilhada pelos alunos. Após
esse momento, o professor juntamente com os alunos farão uma explanação oral do
poema de forma interativa e no segundo momento da aula estes transformarão o poema
em parodia, de forma criativa, fazendo gestos e cantando virtualmente.

Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.

GRAÇA, Selte [et al]. Português: trilhas e tramas; volume 2. 2ª ed. São Paulo,
Leya, 2016, P. 52.
19

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
CENTRO DE ENSINO QUILOMBOLA PROFESSOR
Nome da escola AQUILES BATISTA VIEIRA – ANEXO OITIUA
Diretor(a) João Carlos Ribeiro
Turma 3º ano (Ensino Médio)
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema A primeira missa no Brasil (Victor Meireles)
Carga Horária 01H

- [EM13LP42]
Objetivos/Habilidades
- [EM13LP54]

Recursos/Materiais Computador/celular, Internet, Google Meet.


Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma abordagem falando sobre a primeira missa no Brasil,
obra de Victor Meireles. Na sequência será disponibilizado algumas questões
relacionadas ao texto para discussão junto aos alunos. Será proposto aos alunos que
façam uma pintura, em um cartaz, retratando segundo a sua imaginação, a primeira
missa no Brasil. Na aula seguinte, o professor juntamente com os alunos farão uma
exposição virtual das obras produzidas.

Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.

GRAÇA, Selte [et al]. Português: trilhas e tramas; volume 2. 2ª ed. São Paulo,
Leya, 2016, P. 62.
20

PLANO DE AULA
PLANO DE PERÍODO DE PANDEMIA
CENTRO DE ENSINO QUILOMBOLA PROFESSOR
Nome da escola AQUILES BATISTA VIEIRA – ANEXO OITIUA
Diretor(a) João Carlos Ribeiro
Turma 3º ano (Ensino Médio)
Disciplinas/Campo de
Língua Portuguesa
Experiência
Tema Vertentes Poéticas
Carga Horária 01H

- [EM13LP49]
Objetivos/Habilidades
- [EM13LP53]

Recursos/Materiais Computador/celular, Internet, Google Meet.


Desenvolvimento/Procedimentos Metodológicos
A aula será ministrada de forma virtual através do aplicativo Google Meet. No
primeiro momento farei uma explanação oral compartilhada com os alunos, tendo
como tema base a poesia árcade e suas três vertentes: líricas, satíricas e épicas. Na
sequência será elaborado um podcasts pelos alunos com o auxílio do professor para a
contação de três poesias, sendo utilizadas as três vertentes. O professor juntamente
com os alunos farão uma exposição virtual das obras produzidas.

Avaliação
A avaliação será diagnóstica e contínua. Serão atribuídas notas pela assiduidade,
participação, comportamento e desenvoltura do aluno durante a aula.

Referências

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofin
al_site.pdf, acesso em 04/04/2020.

http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/implementacao/curriculos_estad
os/documento_curricular_ma.pdf, acesso em 04/04/2020.

GRAÇA, Selte [et al]. Português: trilhas e tramas; volume 2. 2ª ed. São Paulo,
Leya, 2016, P. 100.
21

Você também pode gostar