Você está na página 1de 14

47934 . 7 - Saúde Coletiva - 20212.

Avaliação On-Line 3 (AOL 3) - Questionário

Avaliação On-Line 3 (AOL 3) - Questionário

Conteúdo do teste

Pergunta 1

1 ponto

Leia o trecho abaixo:

“Em 1990, foi editada a Lei número 8.080; está é designada como Lei Orgânica da Saúde, a
qual por meio dos seus artigos 5º e 6º atribui os objetivos e responsabilidades do Sistema
Único de Saúde (SUS), tentando dessa forma explicitar melhor o artigo número 200 da
Constituição Federal da República brasileira.”

Fonte: LENIR, S. Saúde: conceito e atribuições do Sistema Único de Saúde. Revista Jus
Navigandi, Teresina, a. 10, n. 821, 2 out. 2005. Disponível em:
<https://jus.com.br/artigos/7378>. Acesso em: 25 mar. 2020. (Adaptado).

Considerando o trecho apre¬sentado e o conteúdo estudado sobre a Lei nº 8.080/90 e os


objetivos do Sistema Único de Saúde (SUS), analise as asserções a seguir e a relação proposta
entre elas.

I. De acordo com a Lei nº 8.080/90, a assistência prestada pelo SUS deve sempre obedecer a
um padrão de complexidade decrescente, ou seja, do nível mais complexo para o mais simples.

Porque:

II. A busca inicial pelo nível de assistência de alta complexidade proporciona um melhor
atendimento clínico, com mais recursos tecnológicos, garantindo maior sobrevida ao paciente.

A seguir, assinale a alternativa correta:


As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.

As asserções I e II são proposições falsas.

As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.

A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.

A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.

Pergunta 2

1 ponto

Leia o trecho a seguir:

“A regionalização e a hierarquização dos serviços de saúde buscam impedir a sobreposição de


serviços, almejando a articulação da saúde em níveis de complexidade divididos em: atenção
básica, de média e de alta complexidade. A atenção de média e alta complexidade
compreendem um conjunto de serviços ambulatoriais, hospitalares e de urgência e
emergência, cuja prática clínica exige a disponibilidade de profissionais especializados e a
utilização de recursos tecnológicos.”
Fonte: AGUILERA, S. L. V. U. et al. Articulação entre os níveis de atenção dos serviços de saúde
na Região Metropolitana de Curitiba: desafios para os gestores. Rev. Adm. Pública, Rio de
Janeiro, v. 47, n. 4, p. 1021-1040, ago. 2013. (Adaptado).

Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a organização do sistema de


saúde, pode-se afirmar que é considerado como porta de entrada no SUS:

os serviços hospitalares pediátricos.

a atenção básica de saúde.

o nível de atenção à saúde de alta complexidade.

o nível de atenção à saúde de média complexidade.

os serviços de urgência e emergência.

Pergunta 3

1 ponto

Leia o excerto a seguir:

“Uma das grandes conquistas introduzidas pela Constituição de 1988 e incorporada pelo SUS
foi a participação popular nas políticas de saúde, por meio dos conselhos de saúde. Os
conselhos ajudaram a romper com as tradicionais formas de gestão, possibilitando a ampliação
dos espaços de decisões do poder público, impulsionando a formação de esferas públicas
democráticas e potencializando processos participativos mais amplos e sociais.”

Fonte: SALIBA, N. A. et al. Conselhos de saúde: conhecimento sobre as ações de saúde. Rev.
Adm. Pública, Rio de Janeiro, v. 43, n. 6, p. 1369-1378, dez. 2009. (Adaptado).

A Lei nº 8.142/90 trata da composição, organização e competências do Conselho de Saúde.


Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a Lei Orgânica da Saúde, pode-
se afirmar que o Conselho de Saúde é:

responsável por fiscalizar, estabelecer o valor e o destino dos recursos financeiros da saúde.

um órgão deliberativo e permanente do Sistema Único de Saúde brasileiro.

responsável por controlar as intervenções da iniciativa privada no âmbito da saúde.

incumbido de esclarecer à população os aspectos essenciais à manutenção da saúde.

um grupo composto por representantes do governo, usuários do SUS e majoritariamente por


profissionais da saúde pública.

Pergunta 4

1 ponto
Leia o excerto a seguir:

“O SUS é a primeira política pública no Brasil a adotar constitucionalmente a participação


popular como um de seus princípios; esta não somente reitera o exercício do controle social
sob as práticas de saúde, mas também evidencia a possibilidade de seu exercício através de
outros espaços institucionalizados em seu arcabouço jurídico, como através da Lei Orgânica de
Saúde, dos conselhos de saúde e das Conferências Nacionais de Saúde.”

Fonte: ROLIM, L. B. et al. Participação popular e o controle social como diretriz do SUS: uma
revisão narrativa. Saúde debate, Rio de Janeiro, v. 37, n. 96, p. 139-147, mar. 2013.
(Adaptado).

Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a participação social na gestão


do SUS, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s) falsa(s)
em relação às Conferências Nacionais de Saúde:

I. ( ) Têm a função de propor medidas para os problemas de saúde pública.

II. ( ) São realizadas a cada dois anos.

III. ( ) Possuem o objetivo de analisar a situação da saúde no país.

IV. ( ) São de caráter deliberativo e permanente.

Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

F, V, V, F.

V, F, F, V.
V, F, V, F.

F, V, F, V.

F, F, V, V.

Pergunta 5

1 ponto

Leia o excerto a seguir:

“A Lei Orgânica Municipal é considerada a lei das leis na ordem local. É onde repousa a
vontade majoritariamente qualificada da população na organização e funcionalidade dos
poderes municipais e que conforma a elaboração de todas as demais espécies legislativas
locais.”

Fonte: CORRALO, G. CARDOSO, L. B. A lei orgânica e a administração municipal. Publica direito,


2016. Disponível em: <https://bit.ly/2xqbVSg>. Acesso em: 26 mar. 2020.

Considerando as informações disponibilizadas e o conteúdo estudado sobre a lei do tipo


orgânica, analise as afirmativas a seguir e assinale V para a(s) verdadeira(s) e F para a(s)
falsa(s):

I. ( ) As leis são as normas e regras jurídicas de um país.


II. ( ) A Lei Orgânica da Saúde é amparada na esfera da magistratura nacional pela Lei
Complementar nº 35/1979.

III. ( ) Para uma lei orgânica ser aprovada, é necessária a obtenção de 1/3 de votos favoráveis.

IV. ( ) A Lei Orgânica Municipal representa a lei de maior magnitude no município, estando
acima da própria Constituição Federal.

Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:

F, F, V, V.

V, F, V, F.

F, V, V, F.

V, F, F, F.

V, V, F, F.

Pergunta 6

1 ponto
Leia o excerto a seguir:

“As redes de atenção são organizações poliárquicas à saúde; estas operam de forma
cooperativa e interdependente; intercambiam constantemente seus recursos; focam-se no
ciclo completo de atenção a uma condição de saúde e convocam uma atenção integral com
intervenções promocionais, preventivas, curativas, cuidadoras, reabilitadoras e paliativas.”

Fonte: MENDES, E. V. As redes de atenção à saúde. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15,
n. 5, p. 2297-2305, ago. 2010. (Adaptado).

Considerando o trecho apre¬sentado e o conteúdo estudado sobre as redes de atenção à


saúde, analise as asserções a seguir e a relação proposta entre elas.

I. A constituição da equipe de saúde deve sempre ser multiprofissional no sistema de redes.

Porque:

II. O sistema de redes determina que as doenças são unicausais, requerendo distintos
conhecimentos profissionais.

A seguir, assinale a alternativa correta:

As asserções I e II são proposições falsas.

As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa correta da I.

As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.


A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.

A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.

Pergunta 7

1 ponto

Leia o excerto a seguir:“O Pod

er Constituinte é aquele capaz de editar uma Constituição, estabelecendo uma organização


jurídica fundamental, dando forma ao Estado, constituindo poderes e criando normas de
exercício de governo, tal qual o estabelecimento de seus órgãos fundamentais, os limites da
sua ação e as bases do ordenamento econômico e social. Existem, para tanto, duas formas de
manifestação do Poder Constituinte: o Poder Originário e o Poder Derivado.”

Fonte: GREGÓRIO JUNIOR, C. Poder Constituinte. Revista Jus Navigandi, Teresina, a. 22, n.
2390, 1 dez. 2017. Disponível em: <https://jus.com.br/artigos/63100/poder-constituinte>.
Acesso em: 25 mar. 2020.

A partir dessas informações e do conteúdo previamente estudado sobre o poder constituinte,


pode-se afirmar que este se divide em dois tipos, o poder originário e o derivado, sendo o:

poder originário caracterizado como supremo e político.

poder derivado manifestado por um evento que quebra com a ordem jurídica precedente,
provocando a necessidade de se criar outra Constituição.
poder originário responsável pela realização das modificações no texto constitucional.

poder derivado subdividido em poder igualitário e reformador.

poder originário instaurado pelo poder derivado.

Pergunta 8

1 ponto

Leia o excerto a seguir:

“A criação do SUS foi defendida por movimentos populares que percebiam na sua criação a
possibilidade de concretização do direito universal à saúde. Conquistado o direito à saúde, era
necessário institucionalizar o SUS, esse processo se deu por meio da Lei Orgânica da Saúde, a
qual dispõe, entre outras coisas, sobre as condições para promoção, proteção e recuperação
da saúde.”

Fonte: Regulamentação da Lei 8.080 para fortalecimento do Sistema Único da Saúde: decreto
7508, de 2011. Rev. Saúde Pública, São Paulo, v. 45, n. 6, p. 1206-1207, dez. 2011.

A partir dessas informações e do conteúdo estudado a respeito da Lei Orgânica da Saúde,


pode-se afirmar que esta:

protege o direito fundamental à saúde desde o período imperial.


tem o propósito de ensinar e esclarecer a população métodos de combater doenças
infectocontagiosas.

é responsável por designar as equipes multiprofissionais da saúde para os diferentes níveis de


complexidade.

atribui ao governo a total responsabilidade pelo cuidado à saúde da população.

contempla a definição de saúde com base em determinantes e condicionantes


socioeconômicos.

Pergunta 9

1 ponto

Leia o excerto a seguir:

“O artigo 35 da Lei nº 8.080/90 e o artigo 2 da Lei nº 8.142/90 discorrem a respeito das verbas
a serem repassadas a estados e municípios, as quais são estabelecidas a partir de uma
combinação de critérios e normas do Fundo Nacional de Saúde que é o gestor financeiro
federal dos recursos destinados ao SUS.”

Fonte: MENDES, Á. et al. Reflexões acerca do financiamento federal da Atenção Básica no


Sistema Único de Saúde. Saúde debate, Rio de Janeiro, v. 42, n. spe1, p. 224-243, set. 2018.
(Adaptado).
Considerando essas informações e o conteúdo estudado sobre a Lei Orgânica da Saúde, analise
as afirmativas a seguir sobre a alocação financeira do Fundo Nacional de Saúde na cobertura
assistencial ambulatorial e hospitalar:

I. As verbas são distribuídas primeiramente aos estados, os quais ficam com 80% do montante
do fundo, e posteriormente aos municípios.

II. Os recursos são alocados através de investimentos previstos no plano decenal do Ministério
da Economia.

III. Os recursos são distribuídos como despesas de capital e custeio do Ministério da Saúde.

IV. A alocação financeira se dá por meio de investimentos pressupostos em lei orçamentária.

Está correto apenas o que se afirma em:

I e IV.

II e IV.

III e IV.

II e III.
I e II.

Pergunta 10

1 ponto

Leia o excerto a seguir:

“As redes de atenção à saúde são conjuntos de serviços de saúde, vinculados entre si por uma
missão única, por objetivos comuns e por uma ação cooperativa e interdependente, que
permitem ofertar uma atenção à saúde contínua e integral à determinada população.”

Fonte: MENDES, E. V. As redes de atenção à saúde. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 15,
n. 5, p. 2297-2305, ago. 2010.

A partir dessas informações e do conteúdo estudado a respeito do sistema de organização da


saúde em redes de atenção, pode-se afirmar que este:

é organizado em um padrão único, que se replica em todas as subdivisões do sistema.

possui o propósito de integrar os serviços de saúde, estabelecendo serviços de referência e


subdivisões de cuidados específicos.

considera a atenção de alta complexidade como porta de entrada no SUS e a atenção básica
como porta de saída.
fomenta o vínculo entre a atenção hospitalar e a atenção básica de saúde, através do seu
modelo piramidal.

é um sistema hierárquico que divide a saúde em três níveis de complexidade.

Você também pode gostar