Você está na página 1de 4

Polímeros

Objetivo
O objetivo desta síntese é a explicação de forma literal sobre os materiais que são frutos
das complexas reações químicas de todos os seres vivos deste planeta, os Polímeros.
Sua composição, propriedades e características fazem destes os materiais de construção
mecânica de maior importâncias para a indústria moderna, entre eles, destacam-se os
plásticos.

O que são Polímeros?

Polímeros são materiais compostos por macromoléculas, geralmente, de origem orgânica.


Essas macromoléculas são cadeias compostas pela repetição de umas unidades básicas,
chamadas mero. Os Polímeros podem ser de origem natural ou sintética e aqueles de maior
importâncias econômicas atualmente são os Plásticos.

Qual é a origem dos Polímeros?

Os polímeros mais usados até o inicio do século XX eram de origem animal, tais como: a
celulose, as fibras e a borracha natural provenientes do Látex da árvore brasileira Hevea
brasiliensis. Isso se deve porque ainda eram desconhecidos os processos para produção de
polímeros de materiais sintéticos. Foi durante a 1° guerra mundial, com a escassez destes
materiais de origem natural, que houve a necessidade de produção de produtos sintéticos.

O Plástico, atualmente, é fabricado a partir do petróleo e do gás natural, porque são os


meios mais viáveis economicamente, mas podem ser fabricados da madeira, carvão e até
CO2, visto que o elemento básico necessário para a produção dos meros é o Carbono.

O que são os Plásticos?

A palavra plástico caracteriza diversos materiais com estrutura, qualidade, e composições


diferentes. O elemento essencial deste material é a constituição das ligações moleculares
orgânicas que definem as propriedades mecânicas únicas dos plásticos.

Como se definem os plásticos?

Termoplásticos, elastômeros e duroplásticos, sendo que o termoplástico representa a


maior parcela destes materiais.

Termoplásticos - Características: Fusível e Solúvel.

Duroplásticos - Características: Indeformáveis e infusíveis


Estruturas: Rígidos e quebradiços

Elastômeros - Características: Infusíveis, insolúveis, mas podem ser amolecidos.


Estruturas: Estado elástico à temperatura ambiente.

Características comuns que fazem dos plásticos substitutos de vários produtos:

Leveza: O polietileno é três vezes mais leve que o alumínio e oito vezes mais que o aço.

Temperatura de processamento baixa: que vai da temperatura ambiente até os 250ºC e


em alguns casos especiais, 400ºC enquanto o aço deve ser processado a 1400ºC.
Condutibilidade elétrica baixa: não apresentam elétrons livres, por isso são maus
condutores de corrente elétrica e maus condutores térmicos.

Menos suscetíveis à corrosão: O mecanismo de ligação dos plásticos é diferente dos


metais, por isso são menos suscetíveis á ácidos, bases e soluções de água salgada.

Resistência ao Impacto: tem substituído vários materiais metálicos em automóveis, por


causa de sua alta absorção de impactos e construção mais barata. Ex.: Pára-choques

Processo de Obtenção de um Polímero Plástico – Origem Sintética

Matéria-Prima: É a Nafta obtida da destilação do petróleo bruto, conhecido como Crude.


A Nafta é um hidrocarboneto que se apresenta na forma líquida e é extremamente tóxico. A
Nafta, depois de extraída do petróleo através da destilação, é processada numa indústria
petroquímica de primeira geração (Central de Matérias-Primas), de onde são produzidos os
“meros”, entre eles os gases etileno e propileno.
Os “meros” são processados na indústria petroquímica de segunda geração onde são
produzidos plásticos como Polietileno e o Copolímero Etileno-acetato de vinila, resinas
usadas na produção de filmes flexíveis e embalagens.

Processo de Produção de um Polímero – Origem Natural

Matéria-Prima: A matéria prima para produção do elastômeros usado na produção de


Pneus é o Látex da Árvore brasileira Hevea Brasiliensis (seringueira). Estas árvores têm a
capacidade de secretar o isopreno, elastômeros de origem natural mais usado nas
indústrias.

O látex in natura é coagulado com a adição de ácido fórmico, após este, é extraída a água
resultante do processo e o material passa por um período de cura. As chapas prensadas
formam um bloco chamado Cauchu, de pequena consistência, resistência e boa
elasticidade. Este bloco é aquecido para que possa ser adicionado ao material o enxofre,
que conforme a porcentagem adicionada modifica as propriedades da borracha de forma
como podem ser produzidos diversos materiais desde brinquedos a pneus. A borracha com
mais de 30% de enxofre chama-se Ebonita, tem grande resistência mecânica e é de larga
aplicação industrial.

MATERIAIS PLÁSTICOS X MEIO AMBIENTE


No Atol de Midway, próximo ao Havaí, devido ao fluxo das correntes marinhas, recebe
diariamente entulhos plásticos proveniente do Japão e da costa oeste dos Estados Unidos.
O lixo plástico do Atol de Midway provoca a morte de metade dos 500.000 albatrozes que
nascem anualmente no atol, aos quais confundem plástico com comida.

Conclusão

Os Polímeros estão entre os materiais mais abundantes do Planeta, pois estão diretamente
ligados à diversidade da vida que se adaptou e colonizou todos os habitats existentes nele.
A importância destes materiais devido a sua aplicabilidade em praticamente todas as áreas
produtivas está diretamente ligada à coexistência sustentável do ser humano com o
ambiente em que vive. A reciclagem e a pesquisa de materiais biodegradáveis e
biocompatíveis é parte desta nova mentalidade que busca o progresso científico sem onerar
o delicado equilíbrio do nosso ecossistema.

Bibliografia

Livros:

Albuquerque, J.A.C.: O Plástico na Prática, Sagra, 1990.

Mano, E.B.: Polímeros como Materiais de Engenharia, Edgard Blücher, 1991.

MATERIAIS, A. Rermy, M. Gray e R. Gonthier, São Paulo – SP, Ed. Hemus, 1993.

Sites:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Polímero
Acesso: 14/02/2009 -15h20
http://ciencia.hsw.uol.com.br/plastico.htm
Acesso: 14/02/2009 - 18h22
http://www.simpesc.org.br/pt/plasticos_sc/index.php
Acesso: 14/02/2009 - 18h30
http://www.scielo.br/scielo.php/script_sci_serial/pid_0104-1428/lng_pt/nrm_iso
Acesso: 14/02/2009 - 18h30
http://www.abpol.com.br/
Acesso: 14/02/2009 -18h35
http://www.qmc.ufsc.br/qmcweb/artigos/polimeros.html
Acesso: 15/02/2009 - 18h42
http://www.fisica.net/quimica/resumo34.htm
Acesso: 21/02/2009 -18h50
http://www.ambientebrasil.com.br/composer.php3?
base=residuos/index.php3&conteudo=./residuos/reciclagem/plastico.html
Acesso: 22/02/2009 -18h54
www.joinville.udesc.br/portal/professores/sergiohp/materiais/fisquimpol2.ppt
Acesso: 24/02/2009 - 19h10

Você também pode gostar