Você está na página 1de 2

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Departamento de Engenharia Naval e Oceânica

Professor: Antonio Carlos Fernandes


TÉCNICAS EXPERIMENTAIS EM
HIDRODINÂMICA COV 730

Lista 3

1) No Canal de Correntes do LOC serão ensaiados modelos de turbina para operar em correntes
velocidade U de baixa intensidade. O diâmetro do rotor é D , o conjugado medido é Q , a
rotação é n e a fluido de densidade é ρ . Sugerir adimensionais que regem a operação.

2) Um projétil é lançado verticalmente da superfície da Terra (ordenada x). Levando em conta a


resistência do ar e sem levar em conta a variação da atração gravitacional, o problema pode ser
equacionado pela Equação (1):
d 2x dx
m 2 +k = − mg
dt dt (1)
com as seguintes condições iniciais:
dx
( 0) = V
x(0)=0 e dt (1a) e (1b)
onde V é a velocidade inicial.
Reequacionar o problema em termos adimensionais. Discutir os parâmetros envolvidos.
Projetar uma experiência.

3) Projetar um ensaio para estudar a turbina baseada em “torsional galloping”. Tal turbina consiste
de uma placa plana vertical (altura h, corda c, momento de inércia I) com perfil ainda indefinido
alinhada com o escoamento de velocidade U, com o eixo vertical posicionado à uma distância a
do bordo de ataque. Como, sob certas condições, a tendência da turbina é ficar transversal ao
escoamento, uma mola torsional de rigidez é adicionada ao eixo vertical. Tal mola induz um
movimento oscilatório periódico (frequência de resposta ) que é usado para realizar trabalho,
caracterizado pela potência útil (PTO=Power Take Off). Projetar uma experiência num
canal de água circulante para medir a eficiência da turbina em função de parâmetro cinemático.
Este último deve relacionar , U e c.

4) O modelo reduzido de uma bomba de diâmetro D tem como variáveis cinemáticas a velocidade
do duto de entrada U e a rotação n . Em uma situação de regime permanente, o conjugado Q é
medido. Obter adimensionais que permitam avaliar a eficiência η da bomba. A densidade do
fluido é ρ e a viscosidade é µ .
5) Nos ensaios onde a gravidade (aceleração da gravidade g ), a viscosidade ( µ ) são essenciais, é
impossível que os seus dois adimensionais correspondentes sejam obedecidos ao mesmo tempo.
Provar que de fato isso acontece e sugerir alternativas para contornar o problema nos casos
abaixo.
a) Obtenção da resistência ao avanço do navio, onde a resistência de ondas e a resistência à
fricção (de origem viscosa/fricção) são igualmente importantes.
b) Representação do Mooring Line Damping (MLD) no movimento de deriva lenta em
unidade estacionárias de produção, onde os efeitos de excitação de segunda ordem de onda devem
ser corretamente representados ao mesmo tempo que o MLD (de origem viscosa/separação).

6) Projetar o ensaio de fluttering e autorotation com um grau de liberdade (ângulo) admitindo que
uma corrente uniforme (intensidade U) incida sobre uma placa plana vertical articulada. Ver as
duas fotos A placa plana tem largura b, a profundidade da água é h, o momento de inércia da
placa no seco é I. Considere as propriedades usuais do fluido.

7) Uma boia tipo spar de calado 2 m tem um acelerômetro para seguir o movimento de heave em
relação a um sistema de referência inercial. Com Base na Figura de RAO da spar, indicar o
intervalo de comprimentos de onda para os quais a altura de onda com acurácia de 20%.

8) Um cilindro vertical de diâmetro d recebe um escoamento oscilatório . Obter


a razão A/d tal que a força viscosa e a força inercial na Equação de Morison sejam iguais.
Assumir que a massa adicional seja igual à massa deslocada e que o coeficiente de arrasto é 1.0.

9) Quando a velocidade de 10 nós entra perpendicular a de um cabo tencionado de seção circular


(diâmetro de 1 cm), observa-se o fenômeno de strumming resonant. Qual é a frequência natural
do cabo? A situação pode ficar mais séria para velocidades maiores?

10) Uma plataforma tipo spar, cilíndrica, que tem diâmetro D e calado T, flutua livremente
conforme a figura. A massa é m, o fluido tem densidade ρ e viscosidade µ, bem como a
aceleração da gravidade é g. Com ajuda da Análise Dimensional, obter como a frequência
natural de heave se relaciona com algumas das variáveis mencionadas. Sugerir uma maneira de
consistente um ensaio simples para a obtenção da massa adicional?