Você está na página 1de 5

AULA 2- CLASSIFICAÇÕES DOS NEGÓCIOS JURÍDICOS

A classificação do negócio jurídico tem como objetivo enquadrar um determinado instituto jurídico,
bem como demonstrar a natureza deste. A classificação a seguir serve tanto para os atos quanto para
os negócios jurídicos.

Quanto às manifestações de vontade:

Negócios Jurídicos Unilaterais- Atos e negócios em que a vontade emana de apenas uma
pessoa.Testamento, renúncia a um crédito e promessa de recompensa.

Negócios Jurídicos Bilaterais- Há dias manifestações de vontade sobre o objeto tutelado. Ex:
Contrato e casamento.

Negócios Jurídicos Plurilaterais- Envolve a vontade de várias pessoas. Contrato de consórcio e


contrato de sociedade entre várias pessoas.

Quanto às vantagens patrimoniais:

Negócios Jurídicos Gratuitos- Atos de liberdade, que não outorga à parte contrária a obrigação de
uma contraprestação. Doação pura
Negócios Jurídicos Onerosos- Envolvem sacrifícios e vantagens patrimoniais para todas as partes
nos negócios- Compra e venda e locação.
Negócios jurídicos neutros- Não há uma atribuição patrimonial determinada, não podendo ser
enquadrados como gratuitos ou onerosos caso da instituição do bem de família.

Quanto ao momento de produção dos efeitos (aspecto temporal):


Negócios Jurídicos “Inter Vivos”;- Produz efeitos desde logo, durante a vida. Ex: Contratos em
geral.
Negócios Jurídicos “Mortis Causa”- Apenas após a morte: Testamento

Quanto à necessidade ou não de formalidades:


Negócios Jurídicos Formais ou Solenes- Obedecem a uma solenidade prevista em lei: Casamento e
testamento
Negócios Jurídicos Informais ou Não Solenes- Admitem forma livre, constituindo regra geral, pelo
que prevê o artigo 107 CC.
Quanto à independência ou autonomia:
Negócios Jurídicos Principais ou Independentes- Negócios que possuem vida própria e não
dependem de outro negócio jurídico para terem validade.
Negócios Jurídicos Acessórios ou Dependentes- Aqueles cuja existência dependa de outro negócio
jurídico.
Quanto às condições pessoais especiais:
Negócios Jurídicos Impessoais-A obrigação pode ser cumprida tanto pelo obrigado quanto por um
terceiro.
Negócios Jurídicos Personalíssimos ou “Intuitu Personae”- Dependentes de uma condição
especial de um dos negociantes, havendo uma obrigação infungível. Exemplo contratação de um
pintor com arte única para fazer um quadro.

-Quanto à sua causa determinante:


Negócios Jurídicos Causais ou Materiais- O motivo consta expressamente em seu conteúdo como
no divórcio.
Negócios Jurídicos Abstratos ou Formais- Aqueles cuja razão não se encontra inseridas em seu
conteúdo, decorrendo dele naturalmente.
Quanto ao momento de aperfeiçoamento:
Negócios Jurídicos Consensuais- Geram efeitos a partir do momento em que há acordo de vontade
entre as partes, como ocorre com a compra e venda.
Negócios Jurídicos Reais- São aqueles que geram efeitos após a entrega do objeto. Exemplo:
Comodato e mútuo que são contratos de empréstimo.

Quanto à extensão dos efeitos:


Negócios Jurídicos Constitutivos- Geram efeitos ex nunc, a partir de sua conclusão. Compra e
venda.
Negócios Jurídicos Declarativos- Geram efeitos ex tunc a partir do fato que constitui seu objeto.
Ex. Partilha de bens no inventário.
1) João foi até seu escritório para te contratar como seu advogado para ajuizar uma ação na Justiça
do Trabalho contra a empresa Santos Silva S/A.
Classifique este negócio jurídico.

2) Maria resolveu comprar uma bicicleta para trabalhar. Sendo assim, no dia seguinte ela foi até a
loja, mas ao verificar os preços das bicicletas, Maria desistiu de comprá-la. Diante dos fatos,
indaga-se: Há negócio jurídico neste caso? Se não, o que há?

3) Felisberto trabalha em Itaúna e devido às chuvas na estrada, trocou de veículo com seu irmão
José e deixou sua moto com ele.Qual negócio jurídico foi celebrado? Classifique-o.

4) Helena, uma senhora de 80 anos te procurou como seu advogado para realização de seu
testamento. Após a conclusão do testamento, passados cinco dias, Helena faleceu deixando cinco
filhos. Após a abertura de seu testamento, houve a partilha de bens. Diante dos fatos, classifique
todos os atos e negócios jurídicos realizados.

Você também pode gostar