Você está na página 1de 9

APROVAÇÃO EXPERT ENEM

GUIA PARA REDAÇÃO DO ENEM


A redação do ENEM é decisiva na hora da aprovação ou reprovação.
Na hora da composição da média, possui um alto peso, ela tende a ser peça
chave para aumentar ou diminuir sua nota final. E é a única competência
em que é possível atingir nota máxima de 1000 pontos, uma redação bem
produzida pode agregar muitos pontos na sua nota. Mas, por ser manuscrita
não tem como chutar ela, e também não tem como tirar uma boa nota
deixando-a em branco. É preciso aprender a desenvolver uma redação.

Aqui vão algumas dicas que vão te ajudar a se preparar para chegar na
prova e desenvolve-las em menos de 1 hora, e podendo atingir uma
pontuação mais elevada.

1° dica: pratique muito a redação. Busque fazer produções semanais,


escreva de próprio punho e passe a limpo, todas às vezes. Desenvolva
sempre o processo completo da produção, sem interrupções, sem pausas.
Sempre peça para corrigirem sua redação, conforme os quesitos do ENEM.
É muito importante que você tenha um retorno e um termômetro de como
está indo. O certo seria um professor corrigindo sua redação. E se caso
tiver que enviar digitada para alguém corrigir, faça toda sua redação
manuscrita, faça todo o processo simulando a prova e depois de pronta e
passada a limpo, só aí então digite a redação e envie. Muito cuidado com
sua letra, peça para alguém apenas ler e te dar um retorno em relação à
ela. Se caso não tenha ninguém que corrija sua redação, pegue e avalie por
si só, com base nos quesitos da prova do ENEM.

2° dica: enquanto estiver produzindo sua redação cronometre todo o


processo. Na preparação, cuide em quanto tempo você faz a redação. O
ideal é fazê-la e passar a limpo em 1h. Para que consiga isso, só muita
prática e escrita semanal de redação. Mas, conforme o treino, seu tempo
para produzir uma redação diminuir bastante, sendo assim não se preocupe
se no início você está demorando 5 horas para escrever. Sempre tenha em
mente que o processo de produção de uma redação é complexo e envolve
vários fatores. Continue escrevendo semanalmente que eventualmente
você vai conseguir atingir o tempo que deseja.
3° dica: pegue algumas citações de filósofos. A dica é interessante para
usar como introdução ou como evidência. Para isso, marque algumas
citações de escritores, poetas e filósofos que você acha pertinente e que
possam ser usadas em redação. A frase do Sociólogo Bauman: “nenhuma
sociedade que esquece a arte de questionar pode esperar encontrar
soluções para os problemas que a afligem” esse seria um bom exemplo.
Frases assim podem ser usadas em diversos temas, e inclusive como
introdução. Marque frases como essas conforme você as encontra, tenha
junto consigo um bloquinho ou um caderno de anotações.

4° dica: foque em melhorar o seu vocabulário. E para isso, tenha sempre


em mãos um bloco de anotações de palavras novas, de termos que são
pouco usados, ou então de palavras que gerem confusão de seu significado
(comprimento e cumprimento, por exemplo). Procure conhecer sinônimos
para apresentar um vocabulário vasto na hora de escrever.

5° dica: na hora de escrever sua redação, não use consulta. Com exceção
dos textos de motivação que acompanham o tema, na hora da prova você
não terá acesso a nenhuma fonte de consulta. Sendo assim, não se sabote,
na hora de treinar a escrita da redação, não use fontes de consulta, nem
mesmo seu bloquinho de anotações.

6° dica: faça o download da cartilha da redação do ENEM acessando o site


do INEP ou acesse o link https://goo.gl/5XjVmR. No site você vai encontrar
várias informações importantes, como exemplos de redações nota 1000 de
Exames passados. Essa cartilha é bem produzida e traz todo o método de
avaliação. Eu imprimi ela e usei durante toda minha preparação.

Redação no dia do ENEM


1° dica: inicie pela redação. comece o primeiro dia de prova pela redação.
A redação vale um quinto da prova e é a única competência que pode ter a
nota máxima de 1000 pontos. Assim que você chegar na prova, no primeiro
dia, seu cérebro está mais descansado, você está raciocinando melhor e
tem mais ideias. Portanto, a redação feita nesse momento será melhor
produzida, com menos erros e ideias mais claras. Além disso, assim que a
redação estiver pronta e passada a limpo, você pode se dedicar
exclusivamente à prova objetiva. Se você ficar indo e voltando das questões
para redação acaba perdendo tempo e te confundindo. Então, faça toda a
redação primeiro, depois vá para as objetivas.
2° dica: pegue o texto e estude muito bem a sua proposta, construa os
argumentos e evidências e analise se estão de acordo com o tema
proposto. É muito importante fazer essa checagem agora, porque assim que
iniciar a redação, não há mais volta.

3° dica: sempre deixe uma linha de margem de erro. Desenvolva o


rascunho da redação com uma linha de margem de erro. O seu espaço na
folha na folha definitiva é limitado à 30 linhas. O que estiver fora dessas
linhas será ignorado. Dessa forma, se você chegar ao final da folha sem ter
finalizado sua redação, ficará com uma redação incompleta que poderá
diminuir muito sua pontuação. Deixar uma linha de margem garante que,
por mais que mude o tamanho da redação final para a redação de rascunho,
você tem margem de erro. Caso houver alguma rasura na hora de passar a
limpo, isso não vai comprometer sua redação. Escreve o rascunho sempre
com 29 linhas no máximo e a folha definitiva com 30 linhas. Pratique a
escrita da redação já com essa ideia em mente.

4° dica: quanto ao título, não existe nenhum item específico que avalie, ele
compõe o conjunto da obra. Faça um título se realmente agregar valor à
sua redação. Caso pensar em um título bacana para colocar na sua
redação, um título original, que talvez brinque com alguma frase famosa,
reserve uma linha para colocar esse título. Caso contrário, se você não tem
nenhuma ideia original para um título adequado ou se você utiliza as 29 ou
30 linhas para escrever sua redação, deixe sua redação sem título.

Processo da produção da Redação


Existem diversas maneiras de escrever uma redação de qualidade, esse
processo é apenas um deles. Se você já possui um método, use o seu.

Pegue um tema qualquer proposto. Assimile este tema, procure


informações disponíveis sobre este tema nos textos de apoio. Faça uma
primeira leitura e deixe o tema entrar na sua mente. Vão começar a surgir
ideias. Então espere, releia o tema com calma, com cuidado, com atenção,
o que o tema quer? O que o tema tá q? O que o tema quer de mim? O tema
tem uma pergunta? Meus argumentos respondem essa pergunta? Retorne
para seu cérebro e vá anotando as informações que vão surgindo, como um
brainstorm, marque tudo, todas as ideias aqui e agora são válidas. Marque
no caderno de redação, ao lado do tema, escreva de lado, ache espaços
em branco, não saia da página do tema da redação. Quando começarmos
a escrever, só vamos parar depois de completa. Você vai precisar de dois
argumentos, uma introdução e evidências. Foque em uma solução, uma
solução que envolva a sociedade, o estado, a família, a mídia, talvez
empresas privadas? Retorne e foque nos argumentos, compare com o tema
da redação, eles fazem sentido? Escolha dois argumentos, os que você
“confiar” mais, os dois argumentos que mais fazem sentido para você. Se
agarre neles, pense neles, eles são teus ingressos. Reescreva seus dois
argumentos escolhidos, reescreva melhor, mas cuidado para não perder o
sentido. Vamos para o esqueleto da redação. É hora de montar o esquema,
colocar no caderno o que você vai escrever na próxima hora. Serão 4
parágrafos:

1° parágrafo: será a introdução ao tema +


apresentação da tese

TESE: O que é? São seus DOIS argumentos. Os dois argumentos


defendem uma tese, uma ideia, um ponto de vista.

No primeiro parágrafo, você pode começar a introdução com um fato


histórico, com uma citação, ou com vários outros exemplos de introduções
que você conhece. Pegue uma introdução que você se sinta confortável.
Faça ela de forma curta, pois você precisará de espaço para o resto da
sua redação. Faça uma relação da introdução com o tema, use a frase
tema na introdução, não há problema nisso. Agora vá para a tese, ainda
no primeiro parágrafo. Desenvolva o seu ponto de vista, escreva as suas
duas teses, uma depois da outra, conforme a ordem que você irá falar
sobre elas. Deixe o melhor argumento para o fim. Com a introdução ao
tema e a apresentação da tese feitas, vá para os dois próximos
parágrafos, os da argumentação.

2° parágrafo: argumentação. 1° argumento e evidência.

Com finalidade de ter um parágrafo de argumentação completo, vai ser


preciso de um argumento e de uma evidência que sustente esse seu
argumento. A evidência pode ser um exemplo da realidade, parte de uma
obra literária conhecida, frase de um autor conhecido.

Comece desenvolvendo seu argumento e desenvolva seu discurso.


Sempre seja conciso e coeso. Bote uma evidência que sustente esse
argumento e vá para o próximo parágrafo, onde você irá basicamente
fazer a mesma coisa.

3° parágrafo: argumentação. 2° argumento e


evidência.

Esse parágrafo é parecido com sua estrutura ao 2° parágrafo. Procure


colocar seu argumento mais forte e uma boa evidência. E agora você está
pronto para entrar para a conclusão.

4° parágrafo:
conclusão.

Aqui você vai apresentar uma solução para o problema que você
abordou, e vai dar nomes de quem pode ajudar para resolvê-lo ou melhorar.
Você pode usar a sociedade, governo, estado, família, escola, ONGS,
dentre tantas outras instituições da nossa sociedade que podem contribuir.
Também deverá ser bastante específico na hora de dizer quem fará o que,
propor ações concretas e que possam realmente serem feitas, respeitando
nossa realidade é claro.

Você já tem então uma noção de como serão os 4 parágrafos de sua


redação, é preciso criar o rascunho da sua redação no papel, colocando os
argumentos, as evidências, a introdução e a tese.

Pegue o rascunho, comece e termine-o. Busque escrever todo o rascunho


de uma vez só. Isso é muito importante para ter uma redação coesa. A fim
de conseguir fazer isso na prova, é muito importante o treino da escrita da
redação. Escrevê-la do início ao fim vai requerer muito treino. Depois de
terminar o rascunho, releia e procure por erros. É agora a hora de corrigir.

Assim que o rascunho estiver revisado, comece a passar a redação a limpo.


Sempre com calma, comece a escrever, evite as rasuras e garanta que a
letra esteja facilmente legível. Passe toda ela a limpo. Desse jeito, você
garante, logo no início do Primeiro dia de prova, que sua redação esteja
completa em tempo suficiente.

Exemplo de redação
Iremos ver um exemplo de redação do ENEM 2015, essa redação teve uma
pontuação de 920 pontos.
Tema da redação: “A persistência da violência contra a mulher na sociedade
brasileira”

Mulher brasileira em primeiro lugar

A literatura de Clarice Lispector, em muitas narrativas, denuncia a


condição da mulher de sua época. De lá para cá, o sexo feminino angariou
diversas conquistas. No entanto, a violência contra a mulher brasileira ainda
persiste, devido, principalmente, à falta de denúncias, além de uma herança
histórica patriarcal.

Apesar de haver uma lei específica que ampara a mulher e pune casos
de violência, a falta de denúncias a essas agressões configura-se como um
óbice a resolução dos crimes. Dessa forma, seja devido à coerção do
agressor, à falta de confiança na segurança pública ou ainda à demora na
resolução dos casos, o número de denúncias é baixo comparado ao de
agressões. Retrato disso é que, segundo a Central de Atendimento à
Mulher, 77% das vítimas relataram sofrer violência frequentemente.

Ainda nesse contexto, é válido considerar a forte herança histórica


patriarcal que permeia a sociedade brasileira. Diante disso, é possível
observar um rebaixamento da figura feminina frente à masculina, fruto da
formação da sociedade brasileira. Assim, observa-se inúmeros anúncios e
propagandas que “coisificam” a mulher e degradam sua imagem.

Portanto, para minimizar esse problema, é necessário o apoio de toda


a sociedade civil. Para tanto, são válidas medidas individuais que apoiem a
causa feminina. Em vista disso, o governo possui papel central na garantia
da eficiência dos órgãos de segurança do Estado, por meio de
investimentos na formação de profissionais qualificados e distribuídos em
delegacias por todo o país. Dessa maneira será possível trazer para o Brasil
o respeito e a admiração que a as mulheres brasileiras possuem lá fora.

Legenda

A introdução no primeiro parágrafo começa com uma referência à


literatura brasileira.

Em seguida tem uma transição que liga a introdução do tema.

O tema é exposto usando as palavras da proposta de redação.


Compare os dois para ver.

Tese: Argumento 1 e argumento 2

O segundo parágrafo começa com a apresentação do argumento, o


desenvolvimento da ideia e a evidência do argumento.
O segundo parágrafo aborda o segundo argumento, o
desenvolvimento e apresentação da evidência do segundo
argumento.

E no último parágrafo eu procuro a solução para o problema,


mostrando quem é o agente e o que deve ser feito.

Como evitar para zerar uma redação segundo a cartilha do INEP, se


caso apresentar algum desses itens ela será zerada:

• Escrever só até 7 linhas;


• Fugir do tema;
• Não seguir a estrutura dissertativo-argumentativo;
• Ferir os direitos humanos;
• Fazer cópia do texto motivador;
• Fazer desenhos na redação;
• Redação em branco.

Se preocupe mais em não fugir do tema, pois o resto é o básico,


você já sabe. Sempre compare seus argumentos com o tema da
redação. Use os textos motivadores apenas para criar uma ideia,
ele irá ajudar abrir sua cabeça, e nunca faça cópia dele.

Você também pode gostar