1 Título1 – CONDUTIVIDADE ELÉTRICA 1.

1 – INTRODUÇÃO O experimento apresentado no laboratório de Química tinha como interesse analisar as soluções de compostos moleculares puros ou adicionado de água (1º experimento) e soluções aquosas (2ª experimento). Para sabermos a sua capacidade de condução ou não de eletricidade, as soluções se dividem em eletrolíticas e soluções não eletrolíticas, possuem eletrólitos ou não possuem eletrólitos. Na dissociação o qual os íons são liberados quando se dissolve a um soluto, fornecendo íons à solução, uma substância que não é eletrólito não libera íons na solução à medida que se dissolve e assim não influencia a condutividade do solvente. Substâncias iônicas no estado sólido não conduz eletricidade, no estado fundido ou dissolvida conduz eletricidade. Substância molecular no estado fundido ou no estado sólido não conduz eletricidade, em solução contendo íons conduz eletricidade, não contendo íons, não conduz. Também foi apresentado no laboratório um aparelho chamado de condutivímetro, que é um medidor de condutividade e também fornece números de medidas (dados). Título 2 – OBJETIVO Verificar e analisar o comportamento das substâncias em soluções (pura e aquosa), o nível de ionização e atestar a condutividade nas soluções. Título 3 – DESENVOLVIMENTO 3.1 – PROCEDIMENTO O professor criou um dispositivo elétrico montado e conectado a uma fonte de rede elétrica. Usou-se uma lâmpada em série com uma solução em análise, utilizando-se de um recipiente denominado Becker. Ligou o dispositivo em uma tomada, onde o fio da tomada chegará diretamente na lâmpada enquanto o outro fio irá para uma peça do fio de uma das extremidades. A lâmpada só ascenderá se houver condução entre os dois fios. Outro exemplo prático foi com um objeto de metal, uniu-se os dois fios das extremidades com o objeto, que conduziu uma corrente elétrica entre os fios e o objeto, logo, a lâmpada ascenderá e se não houver nenhuma condução, a lâmpada permanecerá apagada.

que depois.2 – RESULTADOS As substâncias analisadas são as seguintes: Água(H2O). a lâmpada apagará. não conduz corrente elétrica. não conduz corrente elétrica. haverá uma condutividade alta ou baixa (dependendo da quantidade de íons e de sua movimentação na solução para produzir corrente elétrica). Hidróxido de Amônio(NH4OH). Cloreto de Sódio(NaCl). Usou-se uma bureta para ir gotejando lentamente a água(H2O) no ácido Acético(CH3COOH) e agitando o becker. logo. caso contrário não haverá passagem da corrente elétrica na solução analisada. Se mergulhado em uma solução que conduz corrente elétrica. Mergulhou o dispositivo na água pura e a lâmpada não ascendeu. Etanol (C2H6O) puro (álcool) – Não ioniza. não conduz corrente elétrica. a lâmpada não ascenderá. . Hidróxido de Sódio(NaOH). Ácido Acético(CH3COOH) puro – não conduz corrente elétrica. não haverá uma condutividade. adicionando mais água(H2O) no becker a condutividade vai abaixando (a lâmpada fica mais fraca). é um eletrólito fraco. Etanol(C2H6O). 3. mergulhou o dispositivo na solução e ocorreu uma pequena corrente elétrica na lâmpada. Etanol(C2H5O). foi analisado também em uma outra solução (aquosa). Ácido Acético(CH3COOH). Á medida que adicionava a água aumentava a condutividade na lâmpada. Ácido Acético(CH3COOH) Água pura (H2O) – Condutividade é baixíssima. porém. A lâmpada não ascenderá. 1ª Linha de experimento (Compostos moleculares) Composição: Água(H2O). Chegando um certo momento em que a condutividade começa a diminuir. logo a lâmpada não ascenderá. então. Ácido Clorídrico(HCl). Etanol(C2H5O) + Água(H2O) – Não ioniza.2 Foi utilizado este método em uma solução pura ou com um acréscimo de água em um composto molecular. não teve íons suficientes para conduzir eletricidade.

que por sua vez não produzirá corrente elétrica. No momento em que sofrem ionização podem conduzir corrente elétrica. alta condutividade. passando não obter nenhuma condutividade elétrica. 3. Cloreto de Sódio(NaCl) + Água(H2O) em solução a 1mol/L – Sal forte com alta condutividade. logo. Ácido Acético(CH3COOH) + Água(H2O) em solução a 1mol/L – Eletrólito fraco com baixa condutividade. Hidróxido de Sódio(NaOH) + Água(H2O) em solução a 1mol/L – Composto iônico dissociado 100% ionizado.3 2ª Linha de experimento (Soluções aquosas) Composição: Ácido Acético(CH3COOH). condutividade bem baixa. é preciso que haja a liberação das moléculas produzindo íons. não ocorrendo. pode ser dissolvida em água mais com baixa ionização. Mas os compostos moleculares podem sofrer ionização em água(H2O) [solução aquosa]. mesmo que seja uma pequena quantidade de íons. Ácido Clorídrico(HCl) + Água(H2O) em solução a 1mol/L – Eletrólito forte 100% ionizado condutividade bem alta mais forte que o Ácido Acético. Misturou-se Etanol com Água e mesmo assim não ocorreu ionização. Hidróxido de Sódio(NaOH). não conduz corrente elétrica.3 – DISCUSSÃO A Água(H2O) quando no estado puro não conduz íons. passará a obter uma baixa condutividade. não havendo nenhuma condutividade. Hidróxido de Amônio(NH4OH) + Água(H2O) em solução a 1mol/L – Base fraca. Ácido Clorídrico(HCl). Misturas de duas soluções: Hidróxido de Amônio(NH4OH) + Ácido Acético(CH3COOH) – A soma de base + ácido forma o sal que produz corrente elétrica com alta condutividade. O Etanol(C2H6O) em seu estado puro não ioniza pois é da sua natureza. . Observando que todas as concentrações do segundo experimento estão a 1mol/L e o solvente nas análises é a água(H2O). Cloreto de Sódio(NaCl) e Hidróxido de Amônio(NH4OH).

são responsáveis pela existência da corrente elétrica para se obter uma condutividade. O ácido clorídrico(HCl) possue em sua composição moléculas ionizáveis com 100% de íons na sua forma. Hidróxido de sódio(NaOH) possue o sal em sua composição e está dissociado em água(H2O) produzindo 100% de ionização. sua formação já é um sal. que apresentaram em sua forma grande quantidade de íons na solução. faz-se necessário o acréscimo da água(H2O) para promover a sua ionização. apresenta alta condutividade. Não se pode testar a condutividade da amônia pura. As substâncias com eletrólitos fortes. que é a amônia. quanto maior o alfa (porcentagem de moléculas que sofre ionização) maior será a condução de corrente elétrica (condutividade).sc.br/quimapoio/eletrolitos.educar. dissolvido em água(H2O) apresenta na sua forma 100% de ionização aumentando sua condutividade. O sal é ionizável por isto que sua condutividade aumenta. O hidróxido de amônio(NH4OH) no seu estado puro. Em uma solução dissociada em água (H2O) e que se apresenta ionizável. origina-se em sal. obtiveram baixa ou nenhuma capacidade condução elétrica (condutividade).4 O ácido acético é um composto molecular com ligações covalentes. Os íons em uma solução (aquosa ou não). Apresenta uma forte condutividade elétrica em solução. na sua forma pequenas quantidades de íons na solução ou nenhuma ionização. obtiveram alta ou total (100%) capacidade de condutividade. A soma entre hidróxido de amônio(NH4OH) [base] e ácido acético(CH3COOH) [ácido]. Título 4 – CONCLUSÃO As substâncias analisadas que apresentaram eletrólitos fracos. No caso do cloreto de sódio(NaCl) [sal]. Título 5 – REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA Extraído do site: http://www. O sal se dissolve em água(H2O) formando íons e produz corrente elétrica com uma condutividade alta. e é um eletrólito fraco onde a maior parte de suas moléculas estão na forma não-ionizável e.html em 20/04/2011 ás 11:15h . possuem porcentagens pequenas na forma de íons.usp. é um gás NH3.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful