Você está na página 1de 4

Mensagem dia 02/10/21 MOBREJA.

TEMA: Noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz.

LEITURA: Efésios 5: 1-16

INTRODUÇÃO À CARTA:

Efésios é uma carta escrita por Paulo aos irmãos da cidade de Éfeso. Éfeso era
uma cidade grandiosa naquele tempo, era uma cidade portuária e por isso
transitava por lá um grande número de pessoas. O fundador dessa igreja foi o
próprio Paulo durante a sua segunda viagem missionária. Éfeso era muito famosa
naquele tempo porque nela existia o templo da deusa Diana e esse tempo era uma
das sete maravilhas do mundo antigo.
E como toda religião pagã, os adoradores dessa deusa Diana eram cheios de
misticismo, tanto que após a conversão de muitos cidadãos daquela cidade houve
uma grande queima de livros de magia que eram utilizados para prestar culto à
deusa, da parte dos que agora tinham se convertido ao evangelho. (Atos 19:17-20).
O livro de atos também nos mostra que o trabalho naquela cidade foi tão
maravilhoso que mexeu até com uma das maiores fontes de renda de lá, que era
justamente a venda de objetos relacionados à deusa. Isso está descrito em (Atos
19:24-41).

Pois bem, esta carta é escrita por Paulo em sua segunda prisão lá em Roma.
A carta tem como objetivo acalmar os irmãos que estavam amedrontados com a
situação de Paulo preso, ela também fala sobre a unidade da igreja de Cristo e
outro assunto principal abordado pelo apóstolo é sobre a maneira de viver daqueles
que já entregaram sua vida a Cristo e é justamente sobre isso que vamos ver na
mensagem de hoje.

V1. SER IMITADOR DE DEUS. (Esse versículo puxa o fim do cap 4.)

Entre os versículos 17 até o versículo 32 do capítulo 4 Paulo vai falar do modo de


viver daqueles que ainda não têm a Deus como Salvador (Atos 4:17-19)e também
de como eles após terem se convertido deviam se comportar. (Atos 4:20-32).
O uso do “pois” no primeiro versículo serve para referenciar tudo aquilo que ele já
havia falado antes, então podemos interpretar assim “por conta de todas estas
coisas, sede imitadores de Deus” como filhos amados.
Podemos retirar desse texto duas lições.
1º lição: Todas as coisas se resumem a imitar a Deus.
Percebam que após toda aquela lista de como deve se portar um crente verdadeiro
Paulo resume tudo no versículo 1 dizendo apenas. “Sede imitadores de Deus”.
Quando ele diz isso ele está revelando que muito mais precioso que você ir
seguindo regrinha por regrinha daquela é você simplesmente imitar a Deus. Porém,
de que maneira podemos imitar a Deus? Observando os exemplos de Jesus Cristo,
irmãos. Ele é o próprio Deus e andou como nós neste mundo, por meio do Seu
exemplo podemos nos tornar imitadores de Deus.
Esta questão se assemelha bastante com quando Jesus foi perguntado sobre qual
era o maior dos mandamentos e ele diz “amar a Deus sobre todas as coisas e a teu
próximo como a ti mesmo”. Da mesma forma que o amor verdadeiro a Deus e ao
próximo nos torna capazes de cumprir todos os mandamentos, ser imitador de Deus
nos torna capaz de viver uma vida plenamente santa.

2º lição: Não podemos esquecer quem nós somos.

Quem pode ser filho amado de Deus?


João 1:12 diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos
filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;”
Quando Paulo diz que devemos ser imitadores de Deus como filhos amados ele
está nos lembrando quem nós somos agora, irmãos! E se somos filhos de Deus
devemos nos comportar como filhos de Deus, isso é óbvio, porém não tem
acontecido em nosso meio. Quantos de nós temos rejeitado essa graça maravilhosa
de sermos filhos de Deus somente para desfrutar dos prazeres deste mundo tão
pecador, irmãos? Não nos esqueçamos NUNCA do preço que Cristo pagou por nós
na cruz, do quanto Ele nos amou e nem de quem nós somos agora, novas criaturas!
Nenhum prazer neste mundo pode se comparar com essa graça maravilhosa que
Deus nos deu.

V2. O AMOR É SACRIFICIAL - (sacrifício é abdicar de algo que amamos muito por
amar mais ainda a Deus.)

Neste versículo a palavra de Deus nos exorta a andar em amor e nos dá um


exemplo sublime de amor, irmãos. O maior exemplo de amor que existe é
justamente o amor de Cristo para conosco.
lição: Andar em amor significa que todos os passos que nós dermos em nossa vida
devem levar acima de todas as coisas o amor em consideração. Todas as nossas
atitudes devem ter como ponto crucial o amor. Não o amor a nós mesmos ou às
coisas do mundo, mas o amor a DEUS e ao nosso próximo.
Reparem o que Paulo diz. Cristo nos amou e se entregou por nós, se sacrificou por
nós, por amor a nós então quando nós amamos a Deus e ao nosso próximo
verdadeiramente nós devemos fazer o que? SACRIFÍCIOS.
Sacrificar nós mesmos, nossos prazeres e vontades carnais para agradar a Deus.
Quantos de nós aqui deixamos de lado a graça de nossa Salvação para viver os
prazeres desse mundo? Para postar uma foto indevida no instagram, para utilizar
uma roupa indecente com o intuito de chamar a atenção, para conversar coisas
impróprias a nós que fomos separados por Deus? Para rir de coisas depravadas
para não sermos taxados como os diferentões? Quantos de nós não achamos
melhor dormir até tarde no domingo em vez de assistirmos à EBD? Quantos de nós
não faltamos ao culto por preguiça ou porque temos algo melhor para fazer?

Irmãos, onde está nosso amor a Deus? O que nós temos sacrificado de nossa vida
secular por amor ao nosso pai?
Devemos olhar para Cristo, para o seu exemplo, para como ele nos amou, para que
nós aprendamos a não brincar de ser salvo, mas viver uma vida plenamente
sacrificial de amor a Deus e amor ao próximo.

V.3-4: VIVENDO EXCLUSIVAMENTE PARA DEUS.

Aqui Paulo acaba com todos os argumentos daquele tipo de pessoa que acha que
pode misturar as coisas de Deus com algumas coisinhas do mundo pois elas
julgando como normais. Notem que nos versos 1 e 2 Paulo trata de como devem se
portar os crentes, sendo imitadores de Deus e andando em amor. Nesses versos 3
e 4 ele fala de coisas aparentemente óbvias para nós, porém existe aquele tipo de
pessoa que se acha superior aos crentes e acredita que pode desfrutar da graça
maravilhosa de Deus em sua vida e ao mesmo tempo se utilizar dos prazeres que o
mundo pecador oferece.
Irmãos, Deus exige de nós uma vida de TOTAL entrega a Ele, de total dedicação a
Ele, não podemos imitá-lo e amar como Jesus amou se em algumas áreas de nossa
vida ainda estivermos entregues ao pecado e aos prazeres da nossa carne,
devemos viver uma vida exclusivamente para Deus de modo que tudo o que
fizermos deve ser para Ele, pois não mais somos deste mundo nem sequer de nós
mesmos, mas somos de Cristo, somos luz.

V.5,6,7: SE ASSOCIAI COM O BEM.

Nestes três versículos Paulo vai nos alertar sobre as boas e más companhias. Ele
nos fala aqui dos chamados filhos da desobediência que nada mais são aquelas
pessoas que estão perdidas e não obedecem a Deus em absolutamente nada. Que
estão entregues totalmente ao pecado.
Bem, por que motivo Paulo nos alerta sobre isso? Afinal, somos de Cristo e nada
nos separará dele e se estivermos fortes espiritualmente o suficiente não vai ser
uma amizadezinha que nos deixará distantes de Deus, correto?
ERRADO! Charles Spurgeon diz que “Mesmo no crente que está mais próximo do
céu existe combustível suficiente para acender outro inferno, se Deus tão somente
permitisse que uma chama caísse sobre ele.”
Ou seja, nunca estaremos fortes o suficiente para resistirmos de maneira
incondicional ao pecado, por isso é tão importante estarmos em comunhão com
nossos irmãos e deixar as influências do mundo distantes de nós, pois a qualquer
momento essas pessoas podem nos puxar para um lugar distante de Deus.

V.8,9,10: A REVELAÇÃO DE QUEM SOMOS NÓS.

Chegamos aqui ao ponto principal de nossa mensagem. Paulo nos revela quem nós
éramos e quem hoje nós somos.
Porém, será que nós temos feito juz à nossa vocação? Será que temos vivido de
acordo com o que nós somos? Nossa caminhada cristã começa agora, irmãos! É
comum nós pensarmos que vamos ser crentes fiéis quando crescermos, quando
tivermos nossa família, seremos diáconos, missionários talvez, mas agora não, né?
agora somos jovens, agora devemos aproveitar nossa juventude.
Esse pensamento não é correto, irmãos. Olhem quem nós somos, olhem o que
Deus fez conosco, vamos buscar viver em santidade desde já, irmãos. É isso que
Deus quer e exige de nós.

Você também pode gostar