Você está na página 1de 2

Aula 02: OS FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS

(PARTE I)
Prof. Gui de Franco
CONCEITOS FUNDAMENTAIS DO PENSAMENTO FILOSÓFICO- Cosmo (harmonia universal) através do pensamento racional
CIENTÍFICO (Logos).
 Como fisiólogos ( filósofos da natureza), buscavam
 LOGOS: Discurso racional, argumentativo, lógico, em
identificar a causa natural contínua, eterna, imperecível da
que as explicações são justificadas e estão sujeitas à
existência de todos os seres e suas transformações.
crítica e à discussão. Os primeiros filósofos
 Embora a physis seja imperecível, ela dá origem a todos os
acreditavam que a razão humana conseguia captar
seres infinitamente variados e diferentes no mundo.
pela lógica a ordenação racional do Universo. Por isso
a razão humana seria a chave para compreender a  A physis é imortal e as coisas físicas são mortais, finitas.
lógica do Universo.  A obtenção da resposta sobre o princípio universal e seu
 COSMO: Ideia de ordem, harmonia e beleza (beleza funcionamento é um estudo sistemático que tenta desvendar
como harmonia das formas/ cosmético). É a ordenação além das aparências finitas e terrenas e só seria possível
do Universo e tudo o que ele contém, de forma natural, através do pensamento e não da mera percepção sensorial.
oposta ao caos. É uma ordenação racional, com leis e
AS REGRAS DO PRINCÍPIO: ESSÊNCIA x APARÊNCIA
princípios que regem e organizam essa realidade.
Tomar ciência destas leis e princípios é portanto a base  Para que um princípio universal seja válido filosoficamente,
do pensamento científico (FAZER CIÊNCIA/ TOMAR ele deve permitir a mudança na aparência dos seres (
CONSCIÊNCIA). uma vez que observarmos a mudança como uma constante
 PHYSIS: Natureza do ser. Aquilo que o ser é, a força no universo tanto na qualidade quanto na quanidade dos
que o move e o transforma. A água tem natureza de seres - velhice, morte, crescimento, etc) mas ao mesmo
água, não importa em que estado ela esteja. É a base tempo não deve modificar sua essência, que deve
de investigação dos primeiros filósofos, considerados permanecer intacta.
physiólogos, por observarem a natureza buscando a  Se o princípio existia desde o início, deve existir ainda hoje,
causa natural dos fenômenos e suas consequências. deve ser parte de todos os seres atuais e deve ser
 CAUSALIDADE: Explicação da causa de um fenômeno identificável pelo pensamento.
natural. Explicar é relacionar um efeito a uma causa
que o antecede e o determina. Se tudo o que existe FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS IMPORTANTES
possui uma causa, essa relação poderia ir até o infinito.
Tal processo invalidaria a própria explicação pois OS MILÉSIOS: TALES, ANAXIMANDRO E ANAXÍMENES
chegaríamos no inexplicável e perderia o sentido do
 Tales de Mileto, considerado no século VI a.C como o
raciocínio filosófico. Cairíamos em um mistério, em um
primeiro filósofo ocidental, e seus discípulos formam a
mito. Daí surge a necessidade de admitir a existência
chamada ESCOLA JÔNICA, que se caracteriza
de uma CAUSA PRIMEIRA (Arkhé).
basicamente pelo amplo interesse na physis e pelas
 ARKHÉ: Aquilo que começou, o mais antigo, a origem
teorias sobre a natureza.
de tudo, o princípio universal, o elemento primordial.
Objeto de análise dos filósofos pré-socráticos.
 Para TALES DE MILETO, o princípio universal era a
água (hydron/ úmido), que estava ligada à gênese de
SOBRE OS PRÉ-SOCRÁTICOS todas as coisas, direta ou indiretamente, e mudava de
aparência ( estados da água) sem mudar sua essência,
 Embora sejam de grande importância como iniciadores da permitindo o surgimento de seres variados. Foi o
Filosofia ocidental, pouco se sabe sobre eles. primeiro a estabelecer um princípio único e racional,
 Restam apenas alguns excertos de suas obras e a opinião explicativo para o universo. Ao afirmar “tudo é água”,
de alguns comentadores que tiveram contato com suas podemos inferir essa noção de unidade – “TUDO É
obras mais completas. UM”.
 Estudam diversos assuntos importantes para o
desenvolvimento da Filosofia na posteridade, mas a maior  Para ANAXIMANDRO DE MILETO, principal discípulo
preocupação dos pré-socráticos era encontrar uma forma de e sucessor de Tales, o princípio era o APÉIRON, ou
explicar racionalmente a origem e o funcionamento do seja, o infinito, o ilimitado, ciclo infinito de
universo. transformações. (Nada se cria, nada se perde, tudo se
 Tentavam descobrir o Arkhé (princípio) através da transforma em um ciclo infinito de sucessões.) Sua
contemplação da Physis (natureza do ser/ ação do visão pode ser considerada um esforço na direção de
princípio/aquilo que transforma),desvendando o segredo do uma explicação mais abstrata e genérica da realidade.
1
 Não se sabia na antiguidade porque os átomos se uniam ou
 Para ANAXÍMENES DE MILETO, discípulo de se separavam, por isso os atomistas atribuíram esse
Anaximandro, o ar (pneuma) seria o princípio universal, movimento às suas formas geométricas.
uma vez que é incorpóreo, e encontra-se por toda  Átomos de formas semelhantes se atraem e os de forma
parte, apesar de ser invisível. diferente se repelem.
 Desta forma, os átomos que formam nossa matéria, e toda a
A ESCOLA ITALIANA: PITÁGORAS E OS PITAGÓRICOS matéria do universo, são parte do ser primordial perfeito e
imutável, conhecido como princípio universal.
 Fundada por Pitágoras de Samos, ESCOLA ITALIANA
(Crotona) possuía um caráter iniciático e semirreligioso,
indicando a permanência de mitos e rituais misturados á EXERCÍCIOS DE SALA
filosofia nascente.
 Uma destas características era o ORFISMO, um culto de 1. (Unesp 2020) Em 4 de julho de 2012, foi detectada uma nova
partícula, que pode ser o bóson de Higgs. Trata-se de uma partícula
sociedades secretas ligado à rituais dionisíacos.
elementar proposta pelo físico teórico Peter Higgs, e que validaria a
 Segundo este culto dedicado a Orfeu, os homens trazem em teoria do modelo padrão, segundo a qual o bóson de Higgs seria a
si uma marca dos deuses (psyché) e ao desenvolvê-la e se partícula elementar responsável pela origem da massa de todas as
purificarem, suas almas se religariam aos deuses no outras partículas elementares.
momento da morte física, ou então reencarnariam
(metempsicose). (Jean Júnio M. Pimenta et al. “O bóson de Higgs”. In: Revista
brasileira de ensino de física, vol. 35, no 2, 2013. Adaptado.)

 Para PITÁGORAS DE SAMOS, o princípio eram os


números, que formavam todas as medidas do universo. O que se descreve no texto possui relação com o conceito de arqué,
Logo, o universo teria base numérica, uma vez que existe desenvolvido pelos primeiros pensadores pré-socráticos da Jônia. A
arqué diz respeito
proporção em todo o cosmo, o que explicaria a harmonia da
a) à retórica utilizada pelos sofistas para convencimento dos cidadãos
realidade e seu equilíbrio. na pólis.
(HARMONIA/MÚSICA/MATEMÁTICA) b) a uma explicação da origem do cosmos fundamentada em
pressupostos mitológicos.
 Os números se combinam formando todas as medidas de c) à investigação sobre a constituição do cosmos por meio de um
todas as coisas existentes. Os números eram entidades princípio fundamental da natureza.
d) ao desenvolvimento da lógica formal como habilidade de raciocínio.
reais, com características próprias quando decompostos ou
e) à justificação ética das ações na busca pelo entendimento sobre o
recombinados. As medidas do Universo sempre existiram bem.
em números e a matemática foi a linguagem encontrada
pelos seres humanos para poder ler o poema numérico a
que chamamos universo. 2. (Ufpr 2020) De acordo com Tales de Mileto, a água é origem e
matriz de todas as coisas. Essa maneira de reduzir a multiplicidade
das coisas a um único elemento foi considerada uma das primeiras
 Essa concepção do número como elemento primordial expressões da Filosofia, porque:
reflete-se na tetractys, ou “grupo dos quatro”, que consiste a) é um questionamento sobre o fundamento das coisas.
nos primeiros algarismos (1, 2, 3 4), que somam dez (10) e b) enuncia a verdade sobre a origem das coisas.
que podem ser dispostos de forma triangular, simbolizando c) é uma proposição que se pode comprovar.
uma relação perfeita. d) é uma proposição científica.
e) é um mito de origem.
A ESCOLA ATOMISTA: DEMÓCRITO E LEUCIPO

 Escola fundada por Leucipo, desenvolveu o atomismo, uma


das doutrinas pré-socráticas mais influentes do mundo
grego, sendo retomada pelos epicuristas no período
helenístico e na modernidade por Pierre Gassendi (1592-
1655)
 A doutrina atomista sustenta que a realidade consiste em
átomos e no vazio.
 Estabelecem como princípio o átomo-ideia, invisível,
indivisível e inteligível.
 O átomo-ideia seria a menor partícula que compõe todos os
seres. São imperceptíveis e existem em número infinito.
 Aos se combinarem os átomos dão origem à todas as coisas
que existem e ao se separarem causam a destruição dos
seres. (IDEIA DE MOVIMENTO)

Você também pode gostar