Você está na página 1de 13

PESQUISA OPERACIONAL

Noções básicas
Visão Geral do Modelo

Professor Me. Carlos Guimarães


Adaptado do Professor Me Adias Nogueira

1 / 13
Objetivo
Introduzir os elementos de um modelo de pesquisa
operacional por meio da apresentação:
• Do conceito de modelo;
• Das suas variáveis de decisão;
• Dos seus parâmetros;
• Da sua função objetivo;
• Das suas restrições.

Vamos ver um por um

Prof. Me. Carlos Guimarães 2 / 13


Modelo
• Representação simplificada de um sistema real,
podendo ser um projeto já existente ou um
projeto futuro.
• No primeiro caso, pretende-se reproduzir o
funcionamento do sistema real existente, de
forma a aumentar a produtividade ou diminuir
prejuizo.
• No segundo caso o objetivo é definir a estrutura
ideal do futuro sistema.

Prof. Me. Carlos Guimarães 3 / 13


Modelo Quantitativo

Elementos

Variáveis de Parâmetros ou
Função Objetivo Restrições
Decisão Dados

Prof. Me. Carlos Guimarães 4 / 13


Variáveis de Decisão
• São as incógnitas, ou valores desconhecidos, que
serão determinados pela solução do modelo.
• As variáveis de decisão devem assumir valores
não negativos.
• Normalmente serão designadas pelas seguintes
representações:
• xey
• x1 e x2

Prof. Me. Carlos Guimarães 5 / 13


Função Objetivo
• Função matemática que determina o valor-alvo
que se pretende alcançar ou a qualidade da
solução, em função das variáveis de decisão e
dos parâmetros.
• Aparecem como o que o modelo precisa
solucionar.
• Pode ser uma função de:
✓ Maximização (lucro, receita, utilidade, nível de
serviço, riqueza, expectativa de vida, entre outros
atributos);
✓ Minimização (custo, risco, erro, entre outros).
Prof. Me. Carlos Guimarães 6 / 13
Função Objetivo
• Exemplos:
✓ Maximização do lucro na venda;
✓ Minimização do risco de crédito de uma carteira
de clientes;
• Normalmente serão designadas e escritas pelas
seguintes representações:
• Maximizar o lucro 4x + 3y
• Minimizar risco de crédito 3x1 + 2x2

Prof. Me. Carlos Guimarães 7 / 13


Restrições
• Conjunto de que pode ser composto por:
– equações (expressões matemáticas de igualdade)
como por exemplo: x=3; e

– inequações (expressões matemáticas de


desigualdade) que as variáveis de decisão do
modelo devem satisfazer como por exemplo:
3x+2y<10

Prof. Me. Carlos Guimarães 8 / 13


Restrições
– Considerando os seguintes significados:
• < é menor
• ≤ é menor e igual
• > é maior; e
• ≥ é maior e igual
Para lembrar é fácil:
< é menor quando colocamos um traço aparentar ser um 4 <
> é maior quando colocamos um traço aparentar ser um 7 >
Prof. Me. Carlos Guimarães 9 / 13
Restrições

• São adicionadas ao modelo de forma a


considerar as limitações físicas do sistema e
afetam diretamente os valores das variáveis de
decisão.

Prof. Me. Carlos Guimarães 10 / 13


Restrições
• Uma restrição que sempre deve ser seguida é a
da não negatividade, ou seja:
x≥0ey≥0
• Graficamente temos:
y

1
R eg ião P er m is sív el

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Prof. Me. Carlos Guimarães 11 / 13


Restrições
• Exemplos:
✓ Capacidade máxima de produção;
✓ Risco máximo a que determinado investidor está
disposto a se submeter;
✓ Número máximo de veículos disponíveis;
✓ Demanda mínima aceitável de um produto.

Prof. Me. Carlos Guimarães 12 / 13


Agora vamos treinar
com o Exercício 1

13 / 13

Você também pode gostar