Você está na página 1de 5

Economia

Procura individual: representa a


Custos de producço quantidade de um bem que cada
indivíduo deseja consumir a um
Custos fixos: despesas de que a
determinado preço.
unidade de produção tem que
suportar independentemente de Procura agregada: resulta do
produzir muito ou pouco. somatório de todas as procuras
individuais
Ex: juros, rendas, alugueres Custos
variáveis: despesas que variam em Fatores que influenciam a procura
função da quantidade produzida.
- cultura
Ex: matéria-prima, energia, salários,
-idades
etc.
-rendimentos
Custos totais: a soma dos custos
fixos e dos custos variáveis. -necessidades

-preço dos bens

> explicam a procura a cada


momento

Preço dos bens: se o preço de um


determinado bem aumentar é
natural que a quantidade procurada
desse bem diminue.

Lei da procura
�� + ��
custo médio = A quantidade procurada varia na
��� ���������
razão inversa do respetivo preço.

São as economias de escala que


provocam a diminuição do custo
médio

Oferta e procura
Conjunto de bens e serviços que o
consumidor está disposto a adquirir
em certo momento e a um
determinado preço.
para cima da linha de equilíbrio há
Lei da Oferta -
excesso de oferta, a preços
superiores ao p.e., oferece-se maior
É a quantidade de bens e serviços
quantidade do que a que se procura
de que os vendedores desejam
vender num certo momento, tendo - para baixo da linha de equilíbrio há
em conta o preço de outros bens, excesso da procura, a preços
os custos de produção e a inferiores ao p.e., procura-se maior
tecnologia. quantidade do que a que se oferece

Varia sempre na razão direta.


Sempre que a quantidade procurada
sobe o preço desse mesmo bem irá
subir também.

Calcular a quantidade procurada e a


quantidade oferecida

Quantidade pro. = qnt. Pro. A valor 0

Fatores que influenciam a oferta

-Custos de produção

-preço dos bens

-preço de outros bens

-inovação tecnológica

O aumento dos custos de produção


provocam uma deslocação da curva Mercado
para a direita.
Mercado é qualquer situação onde
Ponto de equilíbrio os vendedores e os compradores
ajustam o preço e as quantidades
Ao preço de equilíbrio, toda a
transacionarem de um bem.
procura é satisfeita, não ficando
nenhuma unidade oferecida por É um locus de encontro entre quem
vender, o mercado encontra-se em procura e quem oferece (vende)
equilíbrio.
características idênticas, não
Deslocacões na curva e havendo motivo para os

deslocacões da curva consumidores terem preferência

-mobilidade dos fatores: a todo


Deslocações na curva: momento é possível que as
correspondem a variações da empresas possam mudar o seu
quantidade procurada perante ramo de atividade, produzir ou
variações do preço do bem. vender
Deslocações da curva: quando -transparência: todos os
existem alterações de fatores, que compradores e vendedores dispõe
não o preço do próprio bem, que de informação perfeita e completa
afetam a quantidade procurada. das condições do mercado de forma
a poderem realizar as suas coisas
Estruturas dos mercados
-livre acesso: quer consumidores
que vendedores podem entrar e sair
Há dois ramos de mercados, os
livremente no mercado pois não
mercados de concorrência perfeita
existem quaisquer restrições
e os mercados de concorrência
imperfeita.
Mercados de concorrência
Mercados de concorrência imperfeita
perfeita Sempre que uma ou varias
condições do mercado de
A concorrência perfeita é uma concorrência perfeita não se
situação ideal de mercado na qual verifique, estamos em presença de
m existe uma grande quantidade de um mercado de concorrência
vendedores e uma grande imperfeita.
quantidade de compradores.
O mercado de concorrência
Características de mercado de imperfeita pode assumir varias
concorrência perfeita formas:

- atomicidade: o numero de - monopólio:


compradores e vendedores tem que
-oligopolio:
ser naturalmente elevado, para que
nenhum deles isoladamente possa -concorrência monopolista:
dispor do poder de fixar preços

-homogeneidade do bem: os bens


oferecidos no mercado apresentam
A distribuição é fundamental na
atividade económica, acrescentando
maior valor aos bens, já que os
disponibiliza ao consumidor nas

Moeda e inflacço quantidades que ele deseja, quando


necessita e no local que lhe for mais
Comércio- noção e tipos conveniente.

Distribuição: corresponde ao
Atividade de distribuicço conjunto de atividades que
estabelecem a ligação entre os
É importante que exista um
produtores e os consumidores,
conjunto de atividades que
permitindo que os consumidores
estabeleça a ligação entre a
adquiram os bens no local, no tempo
produção e o consumo. Este
e nas condições que lhes sejam mais
conjunto de atividades é designado
adequadas.
por distribuição.
Comércio: está associado apenas a
troca que envolve o último
Produção distribuição consumo elemento da cadeia, o consumidor
final, e o comerciante.

O comércio constitui uma das


Para que os bens e serviços passem atividades que compõe a
da fase de produção até à fase de distribuição, correspondendo apenas
consumo é necessário desenvolver à fase em que se estabelece a
uma série de atividades, o que troca dos bens. Assim, é habitual
engloba: distinguirem-se dois tipos de
comércio:
-A compra dos bens aos produtores;
Grossista, que contacta
-O seu transporte até aos
diretamente o produtor e reúne,
armazéns ou aos pontos de venda;
por vezes, produções que se
-A armazenagem dos bens; encontram dispersas;

-O fracionamento e a embalagem
dos bens, em quantidades acessíveis
Retalhista, que adquire os
ao consumidor;
produtores junto do grossista (ou
-A comercialização dos bens, ou seja, do produtor) disponibilizando-os aos
a sua colocação nos locais próprios, consuidores finais nos locais e nas
de forma a serem adquiridos. quantidades de que estas
necessitam.
Circuitos de distribuição de circuito intervirem dois ou mais
intermediários não significa menor
São as etaps percorridas pelos bens
eficiência, a sua escolha justifica-se
ou serviços, através de diversos
pelas características do produtor e
agentes económicos com diferente
do mercado em causa.
funções, desde o seu lugar de
produção até serem colocados à > a vantagem da escolha deste tipo
disposição do consumidor. de circuito justifica-se pela
possibilidade de repetir os custos de
>Ultracurto
transporte e armazenagem pelos
>Curto vários intermediários.

>longo Produtor consumidor

Ultracurto: nestes circuito, não


existem intermediários, já que o
Grossista retalhista
produtor oferece diretamente os
seus produtos aos consumidores,
acumulando assim as funçoes de
grossista e retalhista.
Tipos de comércio

Distingui-mos o comércio em três


Produtor consumidor formas diferentes:

> O comércio independente

> O comércio integrado


Curto: encontramos apenas um
> O comércio associado
intermediário que estabelece a
ligação entre o produtor e o Comércio independente
consumidor; em geral esse É constituído na grande maioria das
intermediário é o retalhista vezes por empresas familiares, de
dimensões relativamente pequenas,
emprega um número reduzido de
Produtor retalhista consumidor
trabalhadores ou até mesmo
nenhum, pois encontra-se a cargo
do proprietário ou de familiares e
opera-se normalmente num único
Longo: intervêm dois ou mais ponto de venda.
intermediários, desempenhando
diferentes funções e estabelecendo
a ligação entre o produtor e o
consumidor. O facto de neste tipo

Você também pode gostar