Você está na página 1de 52

Deliberação Normativa COPAM nº 01, de 22 de março de 1990.

(REVOGADA)1[1]

Estabelece os critérios e valores para


indenização dos custos de análise de
pedidos de licenciamento ambiental, e dá
outras providências.

(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 04/04/1990)

(Versão atualizada até a Deliberação Normativa COPAM nº 71, de 19 de


janeiro de 2004, Resolução SEMAD nº 104 de 16 de abril de 2002 e
Resolução SEMAD n.º 141, de 24 de abril de 2003)

O COPAM - Conselho Estadual de Política Ambiental, no uso de


atribuições que lhe confere o artigo 15 da Lei 9.525 de 29 de dezembro de
1987, que instituiu a FEAM - Fundação Estadual do Meio Ambiente,
considerando a necessidade de regular a indenização dos custos de serviços
de análise de licenciamento ambiental de fontes de poluição e atividades
modificadoras do meio ambiente no Estado de Minas Gerais, resolve:2[2]

Art. 1º Os custos de análise de pedido de licenciamento ambiental,


através da Licença Prévia (LP), Licença de Instalação (LI) e Licença de
Operação (LO), de fontes de poluição e atividades modificadoras do meio
ambiente, serão previamente indenizados à FEAM, pelo requerente.

Parágrafo único. Para efeito de fixação dos custos, as fontes de poluição


serão enquadradas em três classes, segundo o critério de porte e potencial
poluidor, de acordo com o Anexo I.

Art. 2º Ficam estabelecidos os valores constantes do Anexo II, para


análise dos pedidos de licenciamento dos empreendimentos de cada classe.

§ 1º Os empreendimentos com início de implantação anteriores a


01.06.83, data de vigência do Decreto Federal 88.351, ficam dispensados da
parcela correspondente a LP.3[3]

1[1]
A Deliberação Normativa COPAM nº 74, de 9 de setembro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 02/10/2004) revogou totalmente esta Deliberação Normativa.
2[2]
A Lei Estadual nº 9.525, de 29 de dezembro de 1987 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 30/12/1987) dispõe sobre a instituição da Fundação Estadual do Meio
Ambiente. A Lei Estadual nº 12.583, de 17 de julho de 1997 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 18/07/1997) dispõe, sobre a reorganização da Fundação Estadual do Meio
Ambiente - FEAM.
3[3]
O Decreto Federal nº 88.351, de 01 de junho de 1983 (Publicação - Diário Oficial da União -
03/06/1983) regulamentava a Lei Federal nº 6.938, de 31 de agosto de 1981, posteriormente o
Decreto Federal nº 99.274, de 6 de junho de 1990 (Publicação - Diário Oficial da União -
07/06/1990) revogou o referido Decreto. Posteriormente, o Decreto Federal nº 99.604, de 13 de
outubro de 1990 (Publicação - Diário Oficial da União - 15/10/1990) também revogou o referido
Decreto.
§ 2º Os empreendimentos com início de implantação anteriores a
10.03.81, data de vigência do Decreto Estadual 21.228, ficam dispensados das
parcelas correspondentes a LP e LI.4[4]

§ 3º Os empreendimentos já licenciados pelo COPAM excluem-se da


incidência de indenização, exceto em caso de renovação da licença ou de
modificação nas suas atividades.

§ 4º Isentam-se do ônus da indenização dos custos de licenciamento as


micro-empresas, assim definidas em lei.

§ 5º O pagamento dos custos de análise dos pedidos de licenciamento


poderá ser dividido, a requerimento do interessado, em até 3 (três) parcelas
mensais e consecutivas de valor não inferior a R$ 1.000,00 (um mil reais),
ficando a emissão da licença condicionada à quitação integral das parcelas.5[5]

Art. 3º Os empreendimentos indenizarão os custos correspondentes a


todas as modalidades de licenciamento exigíveis na sua data de início de
implantação.

§1º. A indenização dos custos será feita pela parcela correspondente a


cada tipo de licenciamento, quando este fizer através de cada etapa em seu
devido tempo, ou em parcela correspondente ao total das modalidades de
licença não requeridas, nos demais casos. 6[6]

§ 2º - Em caso de modificação em empreendimento já licenciado, o


enquadramento em classes, para efeito de indenização de custos de análise,
será feito considerando-se o porte e o potencial poluidor correspondentes à
modificação a ser implantada. 7[7]

Art. 4º - Os empreendimentos que se constituírem pela conjugação de duas ou


mais atividades listadas na tabela A-3 indenização os custos correspondentes
ao valor da atividade de maior porte e potencial poluidor 8[8].

4[4]
O Decreto Estadual nº 21.228, de 10 de março de 1981 (Publicação- Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 21/03/1981) regulamentava a Lei Estadual nº 7.772, de 08 de setembro de
1980, posteriormente o Decreto Estadual nº 39.424, de 5 de fevereiro de 1998 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 06/02/1998) alterou e consolidou o referido Decreto.
5[5]
A Deliberação Normativa COPAM nº 19, de 25 de março de 1997. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 12/04/1997) incluiu este § 5º ao artigo 2º desta Deliberação
Normativa.
6[6]
A Deliberação Normativa COPAM nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/99) incluiu este parágrafo ao artigo 3º desta Deliberação
Normativa.
7[7]
A Deliberação Normativa COPAM nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/99) renumerou o antigo parágrafo único do artigo 3º
desta Deliberação Normativa, que passou a constituir o § 2º.
8[8]
A Deliberação Normativa COPAM nº 02, de 31 de março de 1992 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 10/04/1992) deu nova redação ao artigo 4º desta Deliberação
Normativa, que tinha a seguinte redação original: "Art. 4º Os empreendimentos que se
constituírem pela conjugação de duas ou mais atividades passíveis de licenciamento
Art. 5º Quando o licenciamento se fizer mediante apresentação de
Estudos de Impacto Ambiental - EIA e Relatório de Impacto Ambiental - RIMA,
conforme legislação aplicável, serão indenizados pelo requerente os custos de
análise do EIA/RIMA, de acordo com os valores estabelecidos no Anexo II, sem
prejuízo do valor correspondente à licença.

§ 1º Nos casos de realização de Audiência Pública, os custos correrão


por conta do empreendedor.

Art. 6º A indenização dos custos da análise do licenciamento, não


garante ao interessado a concessão da licença requerida, e nem o isenta de
imposição de penalidade por infração à Legislação Ambiental.

Art. 7º Quando a verificação das condições ambientais de fonte de


poluição, por parte da FEAM, a qualquer tempo, exigir a realização de
amostragens ou análises laboratoriais, ou a adoção de medidas emergenciais
para controle de efeitos ambientais, os custos incorridos pela FEAM serão a ela
reembolsados, independentemente da indenização dos custos de
licenciamento.

Art. 8º - Para as atividades de pequeno porte, não listadas, cujas


especificidades, a critério da FEAM, não exigirem a elaboração de estudos
ambientais, o licenciamento competirá ao Secretário Executivo do COPAM,
mediante apresentação pelo requerente e do Formulário de Caracterização do
Empreendimento - FCE, preenchido. 9[9]

Parágrafo 1º - Os casos omissos serão resolvidos pelo Presidente "ad


referendum" do Plenário do COPAM",

Art. 8ºA - Quanto às atividades de extração e tratamento de minerais, a


análise de EIA/RIMA para áreas contíguas com características ambientais
semelhantes e com processos diferentes junto ao Departamento Nacional de
Produção Mineral - DNPM será indenizada por um único custo. 10[10]

Parágrafo único - O disposto pelo caput deste artigo só ocorrerá se o


EIA/RIMA tiver abordado todas as áreas contíguas quanto aos diagnósticos e
prognósticos, incluindo as propostas de medidas mitigadoras.

Art. 9º Esta Deliberação entrará em vigor na data de sua publicação,


revogadas as disposições em contrário. 11[11]

indenizarão os custos correspondentes à soma dos valores para cada atividade isoladamente."
9[9]
A Deliberação Normativa COPAM nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 10/04/1992) deu nova redação ao artigo 8º desta Deliberação
Normativa, que tinha a seguinte redação original: "Art. 8º. Os casos omissos serão resolvidos
pelo Presidente, "ad referendum" do Plenário do COPAM."
10[10]
A Deliberação Normativa COPAM nº 043, de 06 de novembro de 2000 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 09/11/2000) incluiu este artigo 8ºA nesta Deliberação
Normativa
11[11]
A Deliberação Normativa COPAM nº 01/90 foi objeto de alteração pelos seguintes atos
normativos: Resolução COPAM nº 2, de 28 de agosto de 1990 (Publicação - Diário do
Belo Horizonte, 22 de março de 1990

Jorge Gibran Sobrinho


Presidente

Executivo - "Minas Gerais" - 31/8/1990). Deliberação Normativa COPAM nº 2, de 20 de


dezembro de 1990 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 16/2/1991). Deliberação
Normativa COPAM nº 2, de 31 de março de 1992 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 10/4/1992). Deliberação Normativa COPAM nº 6, de 22 de dezembro de 1993
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 10/2/1994). Deliberação Normativa
COPAM nº 15, de 26 de fevereiro de 1996 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
01/03/1996), (Republicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 28/03/1996). Deliberação
Normativa COPAM nº 18, de 17 de dezembro de 1996 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 21/12/1996), (Republicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
24/12/1996. Deliberação Normativa COPAM nº 21, de 24 de junho de 1997 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 27/6/1997), (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
1/7/1997).Deliberação Normativa COPAM nº 24, de 21 de outubro de 1997 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 30/10/1997). Resolução SEMAD nº 23, de 14 de julho de 1998
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 24/07/1998) Deliberação Normativa
COPAM nº 025, de 24 de junho de 1998. (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
26/06/98), (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 01/07/98 - 08/07/98 - 09/07/98),
(Referendada - Minas Gerais - 11/08/98). Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de
julho de 1999.(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999), (Retificação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 28/09/1999), (Retificação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 27/01/2000). Deliberação Normativa COPAM no 037, de 18 de outubro de 1999
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 26/10/1999). Deliberação Normativa
COPAM nº 038, de 19 de novembro de 1999., (Publicação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 24/12/1999). Deliberação Normativa COPAM nº 040, de 23 de novembro de 1999.
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 25/11/1999). Deliberação Normativa nº
041, de 06 de janeiro de 2000. (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
12/01/2000). Deliberação Normativa COPAM nº 042, de 17 de abril de 2000. (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 19/04/2000) (Referendo - 12/05/2000 - Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 20/06/2000). Deliberação Normativa COPAM nº 043, de
06 de novembro de 2000 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 09/11/2000).
Deliberação Normativa COPAM nº 44, de 20 de novembro de 2000 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 25/11/2000). Deliberação Normativa COPAM nº 50, de 28 de
novembro de 2001 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 15/12/2001).
Deliberação Normativa COPAM nº 54,de 06 março de 2002 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 09/03/2002). Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de
2002 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002). Deliberação Normativa
COPAM nº 59, de 28 de novembro de 2002 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
04/12/2002). Resolução SEMAD nº 104, de 16 de abril de 2002 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 18/04/2002). Resolução SEMAD n.º 141, de 24 de abril de 2003
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 25/04/2003). Deliberação Normativa
COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
24/12/2003). Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004). Deliberação Normativa COPAM nº 71, 19
de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 20/01/2004).
ANEXO I
Classificação das Fontes de Poluição

1. As fontes de poluição são enquadradas em três classes de potencial


poluidor ou degradador do meio ambiente (I, II e III) em função do seu porte e
do potencial poluidor da atividade, conforme a Tabela A-1 abaixo:

Potencial poluidor/degradador geral da atividade


P M G
Porte do P I I II
Empreendimento M I II III
G II III III
Tabela A-1: Determinação da classe do empreendimento a partir do potencial
poluidor da atividade e do porte.

2 - O potencial poluidor/degradador da atividade é considerado pequeno (P),-


médio (M) ou grande (G), em função das características intrínsecas da
atividade, conforme a Tabela A-3 anexa. O potencial poluidor é considerado
sobre as variáveis ambientais: ar, água e solo. Para efeito de simplificação
inclui-se no potencial poluidor sobre o ar os efeitos de poluição sonora, e sobre
o solo os efeitos nos meios biótico e sócio- econômico.12[12]

O potencial poluidor/degradador geral será obtido da Tabela A-2 abaixo:13[13]

Potencial Poluidor/Degradador Variáveis


Variáveis P P P P P P M M M G
Ambientais P P P M M G M M G G
Ar/Água/Solo P M G M G G M G G G
Geral P P M M M G M M G G
Tabela A-2: determinação de potencial poluidor/degradador geral.

3 - O porte do empreendimento, por sua vez, também é considerado pequeno


(P), médio (M) ou Grande (G), conforme os limites fixados na Tabela A-3.
Exceto quando indicado de outra forma, o porte é função da área útil (AU) e
número de empregados (NE) do empreendimento, assim considerados:14[14]

12[12]
A Deliberação Normativa COPAM nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 10/04/1992) deu nova redação ao item 2 do Anexo I desta
Deliberação Normativa, que tinha a seguinte redação original: "2. O potencial
poluidor/degradador da atividade é considerado pequeno (P), médio (M) ou grande (G), em
função das características intrínsecas da atividade, conforme a Tabela A-2 anexa. O potencial
poluidor é considerado sobre o ar a água e o solo. Para efeito de simplificação inclui-se no
potencial poluidor sobre o ar os efeitos de poluição sonora, e sobre o solo os efeitos sobre o
meios biótico e sócio-econômico. O potencial poluidor/degradador geral é o maior dentre os
potenciais sobre cada um dos recursos ambientais considerados."
13[13]
A Deliberação Normativa nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do Executivo
- "Minas Gerais" - 10/04/1992) inseriu uma nova Tabela A-2 e renumerou a tabela A - 2 original,
que passou a constituir a tabela A - 3 desta Deliberação Normativa.
14[14]
A Deliberação Normativa nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do Executivo
- "Minas Gerais" - 10/04/1992) deu nova redação ao item 3 do Anexo I desta Deliberação
Normativa, que tinha a seguinte redação original "3. O porte do empreendimento, por sua vez,
a) o empreendimento é de pequeno porte (P) quando a área útil (A U) e o
número de empregados (N E) são menores que o indicado;

b) O empreendimento é de grande porte (G), quando AU ou NE são maiores


que o valor indicado;

c) O empreendimento é de médio porte (M) nos demais casos.

4. Considera-se área útil ( AU, em hectares), a área total utilizada pelo


empreendimento para a consecução de seu objetivo social, incluídos os
setores de apoio e as áreas destinadas à circulação e estocagem, ficando as
áreas de composição paisagística, cinturão verde, parques, reservas ecológica
e legal, bem como as áreas consideradas de preservação permanente e de
patrimônio natural, excluídas do cômputo da área útil. Considera-se número de
empregados ( NE) o número total de empregados do empreendimento
envolvidos na produção e administração, incluídas as contratações de qualquer
natureza cujo objeto seja a prestação de serviços.15[15]

Para a atividade de extração e tratamento de minerais, considera-se área útil a


área autorizada junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM
somada à área de servidão, caso esta última não esteja inserida no polígono
autorizado. ( NR) 16[16]

também é considerado pequeno (P), médio (M) ou grande (G), conforme os limites fixados na
Tabela A-2. Exceto quando indicado de outra forma, o porte é função da área útil (AU) e
número de empregados (NE) do empreendimento, assim considerados a) O empreendimento é
de pequeno porte (P) quando a área útil (AU) e o número de empregados (NE) são menores
que o indicado; b) O empreendimento é de grande porte (G), quando AU ou NE são maiores
que o valor indicado; c) O empreendimento é de médio porte (M) nos demais casos."
15[15]
A Deliberação Normativa nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do Executivo
- "Minas Gerais" - 10/04/1992) e a Deliberação Normativa COPAM nº 038, de 19 de novembro
de 1999 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/1999) deram nova redação
ao item 4 do anexo I desta Deliberação Normativa, que tinha a seguinte redação original: "4.
Considera-se área útil (AU, em hectares), a área total utilizada pelo empreendimento, incluindo-
se a área construída e a não-construída, mas utilizada para circulação, estocagem,
composição paisagística, etc. Considera-se número de empregados (NE) o nº total de
empregados do empreendimento, na produção e na administração."
16[16]
A Deliberação Normativa COPAM nº 043, de 06 de novembro de 2000 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 09/11/2000) deu nova redação à última parte do item 4
do Anexo I desta Deliberação Normativa.
17[17]
TABELA A-3: CLASSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES

Legenda:
AInt - Área de Intervenção (hectare)
AR - Área Requerida para pesquisa junto ao DNPM (hectare)
AU - Área útil (hectare)
Au (I) - área de represa (ha)
AI - Área inundada (hectare)
CI - Capacidade instalada (MW)
CIn - Capacidade instalada em litros por dia (l/dia)
DB - Duração de Bombeamento (ano)
NE - Número de empregados nas instalações do empreendimento a
ser licenciado
P - Pequeno
M - Médio
G - Grande
< - Menor
> - Maior
< - Menor ou igual
> - Maior ou igual
NC - Número de Cabeças
L - extensão (Km)
PT - Potência
NI - Número de Indivíduos
QO - Quantidade Operada (t/dia)
V - Volume dragado (m3)
Q - Vazão prevista (l/s)
Q1 - Vazão de água tratada (l/s)
Q2 - Vazão máxima prevista (l/s)
Q3 - Vazão média prevista (l/s)
Q4 - vazão média prevista (l/s)
NV - número de veículos, embarcações ou aeronaves
AT - Área total (hectares)
T - Tensão (quilovolts)
18[18]
NF - número de famílias

17[17]
A Deliberação Normativa COPAM nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 10/04/1992) renumerou a tabela A - 2, que passou a constituir a
tabela A - 3 desta Deliberação Normativa.
18[18]
A Deliberação Normativa COPAM nº 02, de 31 de março de1992 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 10/04/1992), a Deliberação Normativa COPAM nº 21, de 24 de
junho de 1997. (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/06/1997) deram nova
redação à legenda desta tabela. A Deliberação Normativa COPAM nº 24, de 21 de outubro de
1997.(Publicação - Diário do Executivo - Minas Gerais - 30/10/97) acrescentou as siglas "AT -
Área total (hectares) e T - Tensão (quilovolts) "à legenda desta tabela e a Deliberação
Normativa COPAM nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 24/11/1999) acrescentou a sigla "Cl ( 1000/dia) A Deliberação Normativa
COPAM nº 41, de 06 de janeiro de 2000 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
12/01/2000) alterou a sigla "Cl" pela sigla "Cln" ( l/dia). A Deliberação Normativa COPAM nº
043, de 06 de novembro de 2000 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
09/11/2000) acrescentou as siglas "Aint - Área de Intervenção (hectares)" e "DB - Duração de
Bombeamento (ano) . A Deliberação Normativa COPAM nº 44, de 20 de novembro de 2000
19[19] 3
CA - Capacidade de Armazenagem (m )
20[20] D - Densidade Populacional Bruta (hab/há)
21[21] AC - Área Construída (hectares)
22[22] 2
PNM2 - Produção Nominal (m do produto por dia)
23[23] PNU - Produção Nominal (unidades - número de peles - produzidas por
dia)
24[24] 2
AC - significa Área Construída, em metros quadrados (AC – m )

00 – Extração e Tratamento de Minerais 25[25]

00.01.00-9 Lavra Experimental com Guia de Utilização ou a critério do COPAM

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = M Solo = G Geral = M


Porte: AR  200 e NE  5 : pequeno

(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 25/11/2000) acrescentou a sigla "NF -


número de famílias". A redação original era a seguinte:
Legenda:

AU - Área útil (hectare)

NE - Número de empregados

P - Pequeno

M - Médio

G - Grande

< - Menor ou igual

> - Maior ou igual

19[19]
O artigo 4º da Deliberação Normativa COPAM nº 50, de 28 de novembro de 2001
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 15/12/2001) acrescentou a sigla CA -
3
Capacidade de Armazenagem (m ) a esta tabela.
20[20]
A Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de 2002 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002) acrescentou a sigla D - Densidade
Populacional Bruta (hab/há) a esta tabela
21[21]
A Deliberação Normativa COPAM nº 59, de 28 de novembro de 2002 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002) acrescentou a sigla AC - Área Construída
(hectares) a esta tabela.
22[22]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
2
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) acrescentou a sigla PNM2 - Produção Nominal (m
do produto por dia) a esta tabela.
23[23]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) acrescentou a sigla PNU - Produção Nominal
(unidades - número de peles - produzidas por dia) a esta tabela.
24[24]
A Deliberação Normativa COPAM nº 71, 19 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 20/01/2004) acrescentou a sigla AC - Área Construída em metros
2
quadrados (AC – m ) a esta tabela.
25[25]
A Deliberação Normativa COPAM nº 43, de 06 de novembro de 2000 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 09/11/2000) deu nova redação a este item e estabeleceu regras
de transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
AR  500 ou NE  5 : grande
Demais : médio

00.02.00-9 Lavra Subterrânea

00.03.00-9 Lavra subterrânea sem beneficiamento ou com cominuição

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = P Água = M Solo = M Geral = M


Porte: AU  50 e NE  50 :pequeno
AU  200 ou NE  200 :grande
os demais :médio

00.04.00-9 Lavra subterrânea com beneficiamento : flotação, hidrometalurgia e


biometalurgia

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = G Solo = G Geral = G

Porte: AU  50 e NE  50 : pequeno
AU  200 ou NE  200 : grande
Demais : médio

00.05.00-9 Lavra a Céu Aberto

00.06.00-9 Lavra a céu aberto sem beneficiamento ou com cominuição a seco

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = M Solo = M Geral = M

Porte: AU  300 e NE  50 : pequeno


AU  800 ou NE  200 : grande
Demais : médio

00.07.00-9 Lavra a céu aberto com beneficiamento via úmida

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = G Solo = G Geral = G


Porte :AU  300 e NE  50 : pequeno
AU  800 ou NE  200 : grande
Demais : médio

00.08.00-9 Lavra em aluvião

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = P Água = G Solo = G Geral = G

Porte: AU  200 e NE  30 : pequeno


AU  500 ou NE  100 : grande
Demais : médio

00.09.00-9 Lavra a Céu Aberto de Rochas Carbonáticas (Calcário, Dolomito e


Mármore)

00.10.00-9 Lavra a céu aberto sem beneficiamento


Pot. Poluidor/Degradador: Ar = P Água = G Solo = M Geral = M

Porte: AU  150 e NE  25 :pequeno


AU  400 ou NE  100 : grande
Demais : médio

00.11.00-9 Lavra a céu aberto com cominuição ( britagem, e/ou moagem e


peneiramento )

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = G Água = G Solo = M Geral = G

Porte: AU  150 e NE  25 : pequeno


AU  400 ou NE  100 : grande
Demais : médio

00.12.00-9 Lavra a céu aberto com beneficiamento

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = G Solo = G Geral = G

Porte: AU  150 e NE  50 : pequeno


AU  400 ou NE  200 : grande
Demais : médio

00.13.00-9 Lavra Subterrânea de Rochas Carbonáticas ( Calcário, Dolomito e


Mármore)

00.14.00-9 Lavra subterrânea sem beneficiamento ou com cominuição (


britagem e/ou moagem e peneiramento)

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = G Água = G Solo = M Geral = G

Porte: AU  150 e NE  25 : pequeno


AU  400 ou NE  100 : grande
Demais : médio

00.15.00-9 Lavra subterrânea com beneficiamento

Pot. Poluidor/Degradador : Ar = M Água = G Solo = G Geral = G

Porte: AU  150 e NE  50 : pequeno


AU  400 ou NE  200 : grande
Demais : médio

00.16.00-9 Modificações e/ou Ampliações dos Licenciamentos anteriores

00.17.00-9 Rebaixamento de Nível de Água Subterrânea

Pot. Poluidor/Degradador : Ar = P Água = G Solo = M Geral = M


Porte: Q < 50 l/s e DB < 5 anos : pequeno
Q > 200 l/s ou DB > 10 anos : grande
Demais : médio

00.18.00-9 Pilhas de Resíduos/Estéril de Mina

Pot. Poluidor/Degradador : Ar = P Água = G Solo = G Geral = G

Porte : AInt  5,0 ha : pequeno


AInt  20 ha : grande
Demais : médio

00.19.00-9 Barragem de Contenção de Rejeitos/Sedimentos

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = P Água = G Solo = G Geral = G

Porte: AInt  10 ha : pequeno


AInt  30 ha : grande
Demais : médio

00.20.00-9 Obras de Infra-estrutura/Postos de Abastecimento/ Oficinas/


Aterros Controlados/Pátio de Resíduos/Modificações de ITM (Instalações de
Tratamento de minério)/Diques

Pot. Poluidor/Degradador : Ar = P Água = M Solo = M Geral = M

Porte: AInt  0,5 ha : pequeno


AInt  2,0 ha : grande
Demais : médio

00.21.00-9 Estradas em Mineração

Pot. Poluidor/Degradador: Ar = M Água = M Solo = M Geral = M

Porte: L < 3,0 : pequeno


L > 6,0 : grande
Demais : médio

00.22.00-9 Novas Frentes/Ampliação de Lavra

Pot. Poluidor/Degradador : Ar = P Água = M Solo = G Geral = M

Porte: AInt  5 ha : pequeno


AInt  20 ha : grande
Demais : médio

10 - Indústria de Produtos Minerais Não-Metálicos 26[26]

26[26]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
10.10.00 - Britamento e aparelhamento de pedras para construção e execução
de trabalhos em mármore, ardósia, granito e outras pedras.27[27]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.20.00 - Fabricação de cal virgem, hidratada ou extinta. 28[28]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.30.00 - Fabricação de telhas, tijolos e outros artigos de barro cozido,


exclusive de cerâmica. 29[29]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.40.00 - Fabricação de material cerâmico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.50.00 - Fabricação de cimento.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: M Geral: M

transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.


27[27]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
28[28]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
29[29]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno
AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.60.00 - Fabricação de peças, ornatos e estruturas de cimento, gesso e


amianto. 30[30]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.70.00 - Fabricação e elaboração de vidro e cristal. 31[31]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

10.80.00 - Beneficiamento, preparação e transformação de minerais não


metálicos, não associados à extração.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 300 : grande
os demais : médio

11 - Indústria Metalúrgica 32[32]

11.00.01-9 - Siderurgia e elaboração de produtos siderúrgicos com redução de


minérios, inclusive ferro-gusa.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno

30[30]
Os empreendimentos constantes neste item, exclusive os utilizarem-se de amianto, e
cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam
dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação Normativa
COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
13/01/2004).
31[31]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
32[32]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.02-9 - Produção de ferro e aço e suas ligas, e silício metálico, em


qualquer forma, com ou sem redução de minérios, com fusão.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.03-9 - Produção de laminados de aço, inclusive ferro-ligas, sem fusão,


em todas as suas modalidades.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.06-9 - Produção de canos e tubos de ferro e aço, com fusão, tratamento


químico superficial e/ou galvanotécnico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.07-9 - Produção de canos e tubos de ferro e aço, sem fusão, em todas


as suas modalidades.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.09-9 - Produção de fundidos de ferro e aço, sem tratamento químico


superficial e/ou galvanotécnico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.10-9 - Produção de fundidos de ferro e aço, com tratamento químico


superficial e/ou galvanotécnico.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: P Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.00.11-9 - Produção de forjados, arames e relaminados de aço, em todas as


suas modalidades.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.10.00-9 - Metalurgia dos metais não-ferrosos em formas primárias, inclusive


metais preciosos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.02-9 - Produção de laminados de metais e de ligas de metais não-


ferrosos (placas, discos, chapas lisas ou corrugadas, bobinas, tiras e fitas,
perfis, barras redondas, chatas ou quadradas, vergalhões), com ou sem fusão,
inclusive canos, tubos e arames, em todas as suas modalidades.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.08-9 - Produção de formas, moldes e peças fundidas de metais não


ferrosos, inclusive ligas, com tratamento químico superficial e/ou
galvanotécnico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.09-9 - Produção de formas, moldes e peças fundidas de metais não


ferrosos, inclusive ligas, sem tratamento químico superficial e/ou
galvanotécnico.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.10-9 - Produção de fios e arames de metais e de ligas de metais não-


ferrosos, inclusive fios, cabos e condutores elétricos, com ou sem fusão, em
todas as sua modalidades.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.12-9 - Relaminação de metais não ferrosos, inclusive ligas.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.11.13-9 - Produção de soldas e ânodos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.12.00-9 - Metalurgia dos metais preciosos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.20.00 - Metalurgia de pó, inclusive peças moldadas.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.30.01-9 - Fabricação de estruturas metálicas, com tratamento químico


superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por aspersão.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.30.02-9 - Fabricação de estruturas metálicas, sem tratamento químico


superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por aspersão. 33[33]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.40.01-9 - Fabricação de artefatos de trefilados de ferro e aço, e de metais


não-ferrosos, exclusive móveis com tratamento químico superficial e/ou
galvanotécnico e/ou pintura por aspersão.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.40.02-9 - Fabricação de artefatos de trefilados de ferro e aço, e de metais


não-ferrosos, exclusive móveis sem tratamento químico superficial e/ou
galvanotécnico e/ou pintura por aspersão.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.50.01-9 - Estamparia, funilaria e latoaria com ou sem tratamento químico


superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por aspersão e/ou aplicação de
verniz e/ou esmaltação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

33[33]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30 empregados, ficam dispensados do Licenciamento
Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro
de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
11.60.01-9 - Serralheria, fabricação de tanques, reservatórios e outros
recipientes metálicos e de artigos de caldeireiro com ou sem tratamento
químico-superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por aspersão e/ou
esmaltação. 34[34]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.70.01-9 - Fabricação de artigos de cutelaria, armas, ferramentas manuais e


fabricação de artigos de metal para escritório, usos pessoal e doméstico, com
ou sem tratamento químico superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por
aspersão.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.80.01-9 - Têmpera e cementação de aço e recozimento de arames.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.80.02-9 - Serviços de galvanotécnico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.90.01-9 - Fabricação de outros artigos de metal, não especificados ou não


classificados com tratamento químico superficial e/ou galvanotécnico e/ou
pintura por aspersão e/ou aplicação de verniz e/ou esmaltação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno

34[34]
Os empreendimentos constantes neste item, exclusivamente sem tratamento químico-
superficial e/ou galvanotécnico e/ou pintura por aspersão e/ou esmaltação, e cujo o número de
empregados, incluindo terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do
Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70,
de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio

11.90.02-9 - Fabricação de outros artigos de metal, não especificados ou não


classificados sem tratamento químico superficial e/ou galvanotécnico e/ou
pintura por aspersão e/ou aplicação de verniz e/ou esmaltação. 35[35]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 50 ou NE > 350 : grande
os demais : médio
36[36]
12 - Indústria Mecânica

12.10.00-9 - Fabricação de máquinas, aparelhos, peças e acessórios com


tratamento térmico e/ou tratamento galvanotécnico e/ou fundição.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 40 : pequeno


AU > 50 ou NE > 370 : grande
os demais : médio

12.20.00-9 - Fabricação de máquinas, aparelhos, peças e acessórios sem


tratamento térmico, tratamento galvanotécnico e fundição. 37[37]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 40 : pequeno


AU > 50 ou NE > 370 : grande
os demais : médio
38[38]
13 - Indústria de Material Elétrico e Comunicações

13.10.00-9 - Fabricação de pilhas, baterias e acumuladores.

35[35]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
36[36]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
37[37]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
38[38]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 250 : grande
os demais : médio

13.20.00-9 - Demais atividades da indústria de material elétrico e de


comunicações.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 250 : grande
os demais : médio

13.60.00-9 - Fabricação de máquinas, aparelhos ou equipamentos para


telecomunicação e informática.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 250 : grande
os demais : médio

13.90.00-9 - Reparação ou manutenção de máquinas aparelhos e


equipamentos industriais e comerciais e elétricos e eletrônicos. 39[39]

Pot. Poluidor/Degradador Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 250 : grande
os demais : médio

14 - Indústria de Material de Transporte40[40]

14.10.00 - Construção e reparação de embarcações estruturas flutuantes,


reparação de caldeiras, máquinas, turbinas e motores.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar:G Águas: G Solo:M Geral:G


Porte: AU  10 e NE  50 :pequeno
AU  100 ou NE  500 :grande

39[39]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
40[40]
O item 14, em razão de erro material na publicação da Deliberação Normativa nº 38, de
19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999),
havia sido excluído. Considerando a necessidade de se garantir a publicidade dos critérios
para o Licenciamento Ambiental dessas atividades, fica o presente item incluído através da
retificação da referida Deliberação Normativa publicada em 21 de dezembro de 2002.
Os demais :médio

14.20.00 - Construção, montagem e reparação de veículos ferroviários e


fabricação de peças e acessórios.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar:G Águas: G Solo:M Geral:G


Porte: AU  10 e NE  50 :pequeno
AU  100 ou NE  500 :grande
Os demais :médio

14.30.00 - Fabricação de veículos rodoviários, peças e acessórios.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar:G Águas: G Solo:M Geral:G


Porte: AU  10 e NE  50 :pequeno
AU  100 ou NE  500 :grande
Os demais :médio

14.40.00 - Construção, montagem e reparação da aviões, fabricação e


reparação de turbinas e motores de aviação, peças e acessórios.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar:G Águas: G Solo:M Geral:G


Porte: AU  10 e NE  50 :pequeno
AU  100 ou NE  500 :grande
Os demais :médio
41[41]
15 - Indústria de Madeira

15.10.00-9 - Serrarias.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

15.11.00-9 - Desdobramento de madeira, exceto serrarias.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

15.12.00-9 - Preservação de madeira.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: P Geral: M

41[41]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno
AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

15.31.00-9 - Fabricação de chapas e placas de madeira aglomerada ou


prensada.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

15.32.00-9 - Fabricação de chapas de madeira compensada, revestida ou não


com material plástico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
42[42]
16 - Indústria de Mobiliário

16.20.00 - Fabricação de móveis de metal ou com predominância de metal,


revestidos ou não com lâminas plásticas, inclusive estofado.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
43[43]
17 - Indústria de Papel e Papelão

17.11.00-9 - Fabricação de celulose.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

42[42]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
43[43]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
17.12.00-9 - Fabricação de pasta mecânica.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

17.21.01-9 - Fabricação de papel, cartolina, cartão e polpa moldada, utilizando


madeira como matéria-prima.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

17.21.02-9 - Fabricação de papel, cartolina, cartão e polpa moldada, utilizando


celulose ou papel reciclado como matéria-prima.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

17.22.00-9 - Fabricação de papelão.


Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

17.40.00 - Fabricação de artigos e artefatos de papelão, cartolina e cartão,


impressos ou não, simples ou plastificados. 44[44]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

17.60.00 - Fabricação de artigos diversos de fibra prensada ou isolante


inclusive peças e acessórios para máquinas e veículos.

44[44]
Os empreendimentos constantes neste item, exclusive fabricação de artigos e artefatos
de papelão, cartolina e cartão, impressos, e cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 20, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
45[45]
18 - Indústria da Borracha

18.10.00 - Beneficiamento de borracha natural.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: G Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

18.20.00 - Fabricação e recondicionamento de pneumáticos e câmaras-de-ar e


fabricação de material para recondicionamento de pneumáticos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: G Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

18.30.00 - Fabricação de laminados e fios de borracha.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

18.40.00 - Fabricação de espuma de borracha e de artefatos de espuma de


borracha, inclusive látex.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

18.50.00 - Fabricação de artefatos de borracha (peças e acessórios para


veículos, máquinas e aparelhos, correias, canos, tubos, artigos para uso
doméstico, galochas e botas), exclusive artigos do vestuário.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M


45[45]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno
AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

18.90.00 - Fabricação de artefatos diversos de borracha, não especificados ou


não classificados.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
46[46]
19 - Indústria de Couros e Peles e Produtos Similares

19.11.00-9 - Secagem e salga de couros e peles.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 50 : grande
os demais : médio

19.12.00-9 – Fabricação de couro por processo completo, a partir de peles até


o couro acabado, com curtimento ao cromo47[47]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno


380 < PNM2  4.400 ou 100 < PNU  1.160 :médio
PNM2 > 4.400 ou PNU > 1.160 :grande

19.13.00-9 – Fabricação de couro por processo completo, a partir de peles até


o couro acabado, com curtimento ao tanino48[48]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

46[46]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
47[47]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) deu nova redação a este item e estabeleceu regras
de transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação, que tinha a
seguinte redação original: 19.12.00-9 - Curtimento e outras preparações de couros e peles.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G
Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno
AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
48[48]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) incluiu este item.
Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno
380 < PNM2  4.400 ou 100 < PNU  1.160 :médio
PNM2 > 4.400 ou PNU > 1.160 :grande

19.14.00-9 – Fabricação de wet-blue49[49]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno


380 < PNM2  5.500 ou 100 < PNU  1.450 :médio
PNM2 > 5.500 ou PNU > 1.450 :grande

19.15.00-9 – Fabricação de couro semi-acabado, não associado ao


curtimento50[50]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno


380 < PNM2  5.200 ou 100 < PNU  1.370 :médio
PNM2 > 5.200 ou PNU > 1.370 :grande

19.16.00-9 – Fabricação de couro acabado, não associado ao curtimento51[51]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno


380 < PNM2  4.600 ou 100 < PNU  1.200 :médio
PNM2 > 4.600 ou PNU > 1.200 :grande

19.17.00-9 – Fabricação de couro acabado a partir do semi-acabado52[52]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: PNM2  380 ou PNU  100 :pequeno


380 < PNM2  4.900 ou 100 < PNU  1.300 :médio
PNM2 > 4.900 ou PNU > 1.300 :grande”

19.90.00 - Fabricação de artefatos diversos de couros e peles. 53[53]


49[49]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) incluiu este item.
50[50]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) incluiu este item.
51[51]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) incluiu este item.
52[52]
A Deliberação Normativa COPAM nº 68, de 10 de dezembro de 2003 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/12/2003) incluiu este item.
53[53]
Os empreendimentos constantes neste item, exclusive fabricação de calçados e artigos
de segurança, e cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja menor ou igual a
20, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: M Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
54[54]
20 - Indústria Química

20.00.00 - Produção de substâncias químicas e de produtos químicos


inorgânicos, orgânicos, organo-inorgânicos, exclusive produtos derivados do
processamento do petróleo, de rochas oleígenas, do carvão-de-pedra e da
madeira.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 15 : pequeno


AU > 4 ou NE > 50 : grande
os demais : médio

20.10.00 - Fabricação de produtos derivados do processamento do petróleo,


de rocha oleígenas e do carvão-de-pedra.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 100 : pequeno


AU > 50 ou NE > 500 : grande
os demais : médio

20.20.00 - Fabricação de resinas e de fibras e fios artificiais e sintéticos e de


borracha e látex sintéticos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

20.30.00 - Fabricação de explosivos, detonantes, munição para caça e


desporto e fósforo de segurança.55[55]

Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas


Gerais" - 13/01/2004).
54[54]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
55[55]
A Deliberação Normativa COPAM nº 59, de 28 de novembro de 2002 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002) deu nove redação a este item: "20.30.00 -
Fabricação de pólvora, explosivos, detonantes, munição para caça e desporto, fósforo de
segurança e artigos pirotécnicos.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M
Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno
Potencial Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU  5 e NE  20 : pequeno
AU  10 ou NE  60 : grande
Os demais : médio

20.30.01 - Fabricação de pólvora e artigos pirotécnicos56[56]

Potencial Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AC  0,3 e NE  100 : pequeno


AC  0,5 ou NE  200 : grande
Os demais : médio

20.40.00 - Produção de óleos, gorduras e cêras vegetais e animais, em bruto,


de óleos essenciais vegetais e outros produtos da destilação da madeira,
exclusive refinação de produtos alimentares.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

20.41.00-90 - Recuperação e refino de óleos minerais, vegetais e animais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

20.50.00 - Fabricação de concentrados aromáticos naturais, artificiais e


sintéticos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 50 : grande
os demais : médio

20.60.00 - Fabricação de preparados para limpeza e polimento, desinfetantes,


inseticidas, germicidas e fungicidas.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

AU > 10 ou NE > 60 : grande


os demais : médio"
56[56]
A Deliberação Normativa COPAM nº 59, de 28 de novembro de 2002 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002) incluiu este item.
Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno
AU > 5 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

20.70.00 - Fabricação de tintas, esmaltes, lacas, vernizes, impermeabilizantes,


solventes e secantes.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

20.80.00 - Fabricação de adubos, fertilizantes e corretivos do solo.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 3 e NE < 20 : pequeno


AU > 6 ou NE > 60 : grande
os demais : médio
57[57]
21 - Indústria de Produtos Farmacêuticos e Veterinários

21.10.00 - Todas as atividades industriais dedicadas a fabricação de produtos


farmacêuticos e veterinários.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 20 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
58[58]
22 - Indústria de Perfumaria, Sabões e Velas

22.20.00 - Fabricação de sabões, detergentes e glicerina. 59[59]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


57[57]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
58[58]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
59[59]
Os empreendimentos constantes neste item que sejam exclusivamente fabricação de
velas e cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja menor ou igual a 20, ficam
dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação Normativa
COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
13/01/2004).
AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
60[60]
23 - Indústria de Produtos de Matérias Plásticas

23.10.01 - Moldagem de termoplástico não organo-clorado, sem a utilização de


matéria-prima reciclada ou com a utilização de matéria-prima reciclada a
seco.61[61]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: M Geral: P

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

23.10.02 - Moldagem de termoplástico não organo-clorado, sem a utilização de


matéria-prima reciclada ou com a utilização de matéria-prima reciclada a seco,
com utilização de tinta para gravação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

23.10.03 - Moldagem de termoplástico não organo-clorado, com utilização de


matéria-prima reciclada à base de lavagem com água.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

23.10.04 - Moldagem de termoplástico não organo-clorado, com utilização de


matéria-prima reciclada à base de lavagem com água, com utilização de tinta
para gravação.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

60[60]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
61[61]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 20, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
23.60.01 - Moldagem de termoplástico organo-clorado, sem a utilização de
matéria-prima reciclada ou com a utilização de matéria-prima reciclada a seco.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

23.70.01 - Moldagem de termofixo ou endurente.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 3 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

23.90.01 - Outras indústrias de transformação de termoplásticos, não


especificadas ou não classificadas.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 3 e NE < 20 : pequeno


AU > 6 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
62[62]
24 - Indústria Têxtil

24.11.00-9 - Beneficiamento de fibras têxteis naturais e artificiais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 3 e NE < 30 : pequeno


AU > 6 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

24.14.00-9 - Fabricação de estopa, de materiais para estofos e recuperação de


resíduos têxteis. 63[63]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 30 : pequeno


AU > 3 ou NE > 100 : grande

62[62]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
63[63]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
os demais : médio

24.20.00 - Fiação, fiação e tecelagem, e tecelagem de tecidos e planos e


malhas, sem acabamento.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

24.20.01 - Fiação, fiação e tecelagem, e tecelagem de tecidos e planos e


malhas, com acabamento.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio
64[64]
25 - Indústria de Vestuário, Calçados e Artefatos de Tecidos

25.70.00 - Tingimento, estamparia e outros acabamentos em roupas, peças do


vestuário e artefatos diversos de tecidos.

Pot. Poluidor/Degradador Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

25.70.01 – Facção e confecção de roupas, peças de vestuário e artefatos


diversos de tecidos. 65[65]

Pot. Poluidor/Degradador Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 3 e NE < 30 : pequeno


AU > 6 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
66[66]
26 - Indústria de Produtos Alimentares

64[64]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
65[65]
Os empreendimentos constantes neste item, exclusivamente quando houver lavagem ou
tingimento, cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja menor ou igual a 30,
ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos da Deliberação
Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 13/01/2004).
66[66]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
26.00.00 - Beneficiamento, moagem, torrefação e fabricação de produtos
alimentares.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 4 ou NE > 40 : grande
os demais : médio

26.20.00 - Abate de animais em matadouros, frigoríficos e charqueadas,


preparação de conservas de carnes, e produção de banha de porco e de outras
gorduras domésticas de origem animal.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 10 ou NE > 200 : grande
os demais : médio

26.30.00 - Preparação de pescado e fabricação de conservas do pescado.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 4 ou NE > 40 : grande
os demais : médio

26.40.00 - Preparação do leite e fabricação de produtos de laticínios.67[67]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: 5.000  Cln  50.000 : pequeno


50.001  CIn  100.000 : médio
CIn  100.001 : grande"

26.41.00 - Resfriamento e distribuição de leite. 68[68]

Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
67[67]
A Deliberação Normativa COPAM nº 41, de 06 de janeiro de 2000 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 12/01/2000) deu nova redação ao item 26.40.00 desta Deliberação
Normativa que tinha a seguinte redação original:
26.40.00 - Preparação do leite e fabricação de produtos de laticínios.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M
Porte: CI < 100 : pequeno
CI > 400 : grande
os demais : médio
68[68]
Os empreendimentos constantes neste item, desde que não integrado à atividade de
produção de leite nas propriedades rurais, e cuja capacidade instalada seja menor que 5.000
(cinco mil) litros por dia, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos
termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: AU < 1 : pequeno


AU > 2 : grande
os demais : médio

26.50.00 - Fabricação e refinação de açúcar.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

26.91.00-9 - Refinação e preparação de óleos e gorduras vegetais, produção


de manteiga de cacau e de gorduras de origem animal destinadas à
alimentação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: P Geral: P

Porte: AU < 1 e NE < 20 : pequeno


AU > 2 ou NE > 60 : grande
os demais : médio

26.94.00-9 - Fabricação de vinagre.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 2 ou NE > 40 : grande
os demais : médio

26.95.00-9 - Fabricação de fermentos e leveduras.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

26.97.00-9 - Fabricação de rações balanceadas e de alimentos preparados


para animais inclusive farinhas de carne, sangue, osso, peixe e pena. 69[69]

do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).


69[69]
Os empreendimentos constantes neste item, exceto fabricação de farinhas de carne,
sangue, osso, peixe e pena e cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja
menor ou igual a 10, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos
da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 4 ou NE > 40 : grande
os demais : médio

26.99.00 - Fabricação de produtos alimentares, não especificados ou não


classificados. 70[70]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 5 ou NE > 40 : grande
os demais : médio
71[71]
27 - Indústria de Bebidas e Álcool Etílico

27.10.00 - Fabricação de vinhos. 72[72]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

27.20.00 - Fabricação de licores e outras bebidas alcoólicas.73[73]

70[70]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
71[71]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
72[72]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
73[73]
A Deliberação Normativa nº 042 , de 17 de abril de 2000 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 19/04/2000) deu nova redação ao item 27.20.00 desta Deliberação Normativa, que tinha a
seguinte redação original:

27.20.00 - Fabricação de aguardentes, licores e outras bebidas alcóolicas.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: P Geral: G

Porte: AU < 1 e NE < 40 : pequeno

AU > 3 ou NE > 50 : grande

os demais : médio

Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo


Potencial poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: AU  2 e NE  30 :pequeno
AU  5 e NE  80 :grande
os demais :médio

27.20.01 - Fabricação de aguardente de cana-de-açúcar.74[74]

Potencial poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: M Geral: M

Porte: 500  CIn  800 :pequeno


801  CIn  1000 :médio
CIn  1001 :grande

27.30.00 - Fabricação de cervejas, chopes e maltes.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

27.40.00 - Fabricação de bebidas não alcóolicas - inclusive engarrafamento e


gaseificação de águas minerais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M

Porte: AU < 2 e NE < 30 : pequeno


AU > 5 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

27.50.00 - Destilação de álcool etílico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
75[75]
29 - Indústria de Fumo

terceirizados, seja menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
74[74]
A Deliberação Normativa nº 042 , de 17 de abril de 2000 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 19/04/2000) acrescentou este item ao texto original.
75[75]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
29.90.00-9 - Preparação de fumo, fabricação de cigarros, charutos e
cigarrilhas e de outras atividades de elaboração do tabaco não especificados
ou não classificados. 76[76]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: P Geral: M

Porte: AU < 1 e NE < 10 : pequeno


AU > 5 ou NE > 50 : grande
os demais : médio
77[77]
31 - Indústrias Diversas

31.10.00-9 - Usinas de produção de concreto.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 3 e NE < 30 : pequeno


AU > 6 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

31.20.00-9 - Usinas de produção de concreto asfáltico.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 3 e NE < 30 : pequeno


AU > 6 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

31.90.00-9 - Fabricação de artigos diversos, não compreendidos nos grupos


acima mencionados.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno


AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio
78[78]
34 - Construção Civil

76[76]
Os empreendimentos constantes neste item cujo o número de empregados, incluindo
terceirizados, seja menor ou igual a 10, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo
COPAM, nos termos da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
77[77]
A Deliberação Normativa nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
78[78]
A Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de julho de 1999. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
28/09/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/01/2000) deu nova redação
a este item e estabeleceu regras de transição quanto à incidência das normas pertinentes à
nova classificação.
34.51.00-9 – Implantação ou duplicação de rodovias.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 10 < L < 50 km : pequeno


50 < L < 100 km : médio
L > 100 km : grande

34.51.01-9 Pavimentação e/ou melhoramentos de rodovias

Pot. Poluidor/Degradador: Ar : M Água: M Solo: G Geral: M

Porte: 10 < L < 50 km : pequeno


50 < L < 100 km : médio
L > 100 km : grande

34.52.00-9 - Ferrovias.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: L < 10 km : pequeno


L > 30 km : grande
os demais : médio

34.53.00-9 - Metropolitanos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: L < 10 km : pequeno


L > 30 km : grande
os demais : médio

34.56.00-9 – Gasodutos 79[79]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: G Geral: G

Porte: L  10 km : pequeno
10 km < L < 20 km : médio
L  20 km : grande

34. 56.01-9 – Dutos para o Transporte de Gás Natural

79[79]
O artigo 13 da Deliberação Normativa COPAM nº 39, de 19 de novembro de 1999.
o
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais - 24/11/1999) deu nova redação ao código n
35.20.00 que passou a constituir os atuais códigos "34.56.00-9 - Gasodutos" e “34. 56.01-9 –
Dutos para o Transporte de Gás Natural. A redação original do código 35.20.00 era a seguinte:
"35.20.00 - Gasodutos
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: G Geral: G
Porte: L < 10 : pequeno
L > 20 : grande
os demais : médio"
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: G Geral: G

Porte: 1  L  5 km : pequeno
5 km < L < 50 km : médio
L  50 km : grande

34.61.01-9 - Barragens de geração.

Pot. Poluidor/Degradador Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AI < 100 e CI < 30MW : pequeno


AI > 1000 ou CI > 100MW : grande
os demais : médio

34.61.02-9 - Barragens de irrigação e de saneamento

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G


Porte: 5 < AI < 50 : pequeno
50 < AI < 500 : médio
AI > 500 : grande

34.61.04-9 - Barragens de perenização.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AI < 100 : pequeno


AI > 300 : grande
os demais : médio

34.62.01-9 - Canais para navegação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: L < 10 : pequeno


L > 50 : grande
os demais : médio

34.62.02-9 - Canais para drenagem.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: Q2 < 50.000 ou 50.000 < Q2 < 500.000 e L < 0,5: pequeno
50.000 < Q2 < 500.000 : médio
Q2 > 500.000 :grande

34.62.03-9 - Canais para irrigação.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G


Porte: 0,5 < L < 5 : pequeno
5 < L < 20 : médio
L > 20 : grande

34.63.01-9 - Retificação de curso d’água.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: M Geral: M

Porte: 2< L < 5 : pequeno


5  L  15 : médio
L > 15 : grande

34.64.00-9 - Abertura de barras e embocaduras.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 : pequeno


AU > 30 : grande
os demais : médio

34.65.00-9 - Transposição de bacias.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 : pequeno


AU > 30 : grande
os demais : médio

34.66.00-9 - Diques.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 : pequeno


AU > 30 : grande
os demais : médio
80[80]
35 - Serviços Industriais de Utilidade Pública

35.11.00-9 - Produção de energia termoelétrica.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 50 : pequeno


AU > 30 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

80[80]
A Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de julho de 1999. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
28/09/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/01/2000) deu nova redação
a este item e estabeleceu regras de transição quanto à incidência das normas pertinentes à
nova classificação.
35.12.00-9 – Linhas de transmissão de energia elétrica81[81]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: 138 kV  T < 230 kV e 20 Km < L  50 Km :pequeno


138KV  T < 230 kV e L > 50 Km :médio
T  230 kV :grande

35.13.00-9 – Subestação de energia elétrica82[82]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M

Porte: 138 kV  T < 230 kV e 2 ha < AT  5 ha :pequeno


138 kV  T < 230 kV e AT > 5 ha :médio
T  230 kV :grande

35.21.00- Dutos para o transporte de gás natural

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: P Solo: G Geral: G

Porte: 1<L<5 : pequeno


5  L  50 : médio
L > 50 : grande

35.31.00-9 - Tratamento de água para abastecimento.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: 20 < Q1 < 200 : pequeno

81[81]
A Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de julho de 1999. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
28/09/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/01/2000) deu nova redação
a este item e estabeleceu regras de transição quanto à incidência das normas pertinentes à
nova classificação. Posteriormente, a Deliberação Normativa COPAM nº 54,de 06 março de
2002 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 09/03/2002) deu nova redação a este
item, que tinha a seguinte redação: "35.12.00-9 - Linhas de transmissão de energia elétrica.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M
Porte: T < 230 KV e L < 20 Km : pequeno
T < 230 KV e L > 20 Km : médio
T > 230 KV : grande"
82[82]
A Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de julho de 1999. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
28/09/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/01/2000) deu nova redação
a este item e estabeleceu regras de transição quanto à incidência das normas pertinentes à
nova classificação. Posteriormente, a Deliberação Normativa COPAM nº 54,de 06 março de
2002 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 09/03/2002) deu nova redação a este
item, que tinha a seguinte redação: "35.13.00-9 - Subestação de energia elétrica.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: M Geral: M
Porte: T < 230 KV e AT < 2 ha : pequeno
T < 230 KV e AT > 2 ha : médio
T > 230 KV : grande"
200 < Q1 < 500 : médio
Q1 > 500 : grande

35.32.01-9 - Interceptores.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: Q2 > 200 : médio

35.32.02-9 - Emissários.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: Q2 > 200 : médio

35.32.03-9 - Reversão de esgotos sanitários.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: Q2 < 200 : pequeno


Q2 > 200 : médio

35.33.00-9 - Tratamento de esgotos sanitários.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: 10 < Q3 < 50 : pequeno


50  Q3  400 : médio
Q3 > 400 : grande

35.41.00-9 - Coleta e tratamento de resíduos sólidos industriais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 10 e NE < 30 : pequeno


AU > 50 ou NE > 80 :grande
os demais : médio

35.42.00-9 - Tratamento e/ou disposição final de resíduos sólidos urbanos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

Porte: 3 < QO < 15 : pequeno


15  QO  100 : médio
QO > 100 : grande

35.51.00-9 - Dragagem em corpos d’água.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: M Geral: M


Porte: 20.000 < V < 100.000 : pequeno
100.000  V  500.000 : médio
V > 500.000 :grande

35.61.00-9 - Descarga de fundo de represa.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: Au (l) < 20 : pequeno


Au (I) > 50 : grande
Os demais : médio

43 - Comércio Atacadista

43.04.00 - Produtos extrativos de origem mineral, em bruto.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M


Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno
AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

43.05.00 - Produtos extrativos de origem vegetal.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M


Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno
AU > 10 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

43.51.00-9 - Produtos químicos, inclusive fogos e explosivos. 83[83]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M


Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno
AU > 10 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

43.55.00 - Combustível e lubrificantes, de origem vegetal e mineral.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M


Porte: AU < 5 e NE < 30 : pequeno
AU > 10 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

83[83]
Os empreendimentos constantes neste item, que sejam produtos químicos de uso
domissanitário (detergentes, alvejantes, ceras, lustra-móveis, removedores, sabões,
saponáceos, desinfetantes, desodorizantes, esterilizantes, água sanitária, inseticidas, raticidas,
repelentes de insetos, produtos biológicos à base de microrganismos utilizados no tratamento
de sistemas sépticos, fungicidas e algicidas para piscinas), desde que não haja diluição ou
reenvase no empreendimento e cujo o número de empregados, incluindo terceirizados, seja
menor ou igual a 30, ficam dispensados do Licenciamento Ambiental pelo COPAM, nos termos
da Deliberação Normativa COPAM nº 70, de 09 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 13/01/2004).
84[84]
47 - Transportes e Terminais

47.11.00-9 – Transporte de resíduos perigosos classe I e II (sendo o classe II


só para coprocessamento) e produtos perigosos de acordo com o Decreto
Federal 96.044, de 18 de maio de 1988, em todas as modalidade de transporte.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: NV < 10 : pequeno


NV > 50 : grande
os demais : médio

47.40.00 - Oleodutos

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: L < 10 : pequeno


L > 20 : grande
os demais : médio

47.41.00 - Minerodutos

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: L < 10 : pequeno


L > 20 : grande
os demais : médio

47.71.00-9 - Teleféricos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: M Geral: M

Porte: L < 5 : pequeno


L > 15 : grande
os demais : médio

47.72.00-9 - Correias transportadoras.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: G Geral: G

Porte: L < 5 : pequeno


L > 15 : grande
os demais : médio

84[84]
A Deliberação Normativa COPAM nº 36, de 07 de julho de 1999 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 08/07/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de transição quanto à
incidência das normas pertinentes à nova classificação.
47.81.00-9 – Portos fluviais

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AT< 5 e NE < 100 : pequeno


AT > 15 ou NE > 200 : grande
os demais : médio

47.82.01.9 - Aeroportos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: M Solo: G


Geral: G

Porte: AT < 10 e NE < 30 : pequeno


AT > 30 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

47.83.01-9 - Terminal de minério.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 30 e NE < 40 : pequeno


AU > 80 ou NE > 100 : grande
os demais : médio

47.83.03-9 - Terminal de produtos químicos e petroquímicos

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AU < 20 e NE < 30 : pequeno


AU > 60 ou NE > 80 : grande
os demais : médio

47.8304-9 - Terminal de cargas

Pot. Poluidor/Degradador Ar: G Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 2  AT < 10 : pequeno


10  AT 50 : médio
AT> 50 :grande
85[85]
53 - Serviços

53.11.00 - Lavanderias industriais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: M Geral: M

85[85]
A Deliberação Normativa COPAM nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras
de transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
Porte: AU < 0,2 e NE < 20 :pequeno
AU > 1 ou NE > 60 :grande
os demais :médio

55 - Serviços Auxiliares Diversos

55.44.00 - Serviços de armazenagem (armazéns gerais e frigorificados,


trapiches, silos, etc.), exclusive frigoríficos de animais abatidos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: P Solo: P Geral: P


Porte: AU < 5 : pequeno
AU > 10 : grande
os demais : médio

58 - Serviços Auxiliares de Atividades Econômicas

58.11.00-9 - Serviços de combate a pragas (extinção de formigueiros,


pulverização, polvilhamento, dedetização e outros, inclusive por aviões).

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: G Geral: M


Porte: AU < 5 e NE < 20 : pequeno
AU > 10 ou NE > 50 : grande
os demais : médio

61 - Serviços Comunitários e Sociais (exclusive serviços médicos


odontológicos e veterinários e ensino) 86[86]

61.70.00-9 – Complexos turísticos e de lazer , inclusive parques temáticos e


autódromos.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 10  AT < 50 : pequeno


50  AT  100 :médio
AT > 100 :grande

70 - Administração Pública, Defesa e Segurança87[87]

70.20.00-9 - Bases militares de exército, marinha de guerra, aeronáutica,


polícia militar, corpos de bombeiros.

86[86]
A Deliberação Normativa COPAM nº 036 , de 07 de julho de 1999. (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" -
28/09/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 27/01/2000) deu nova redação
a este item, excetuando-se o item 61.40.00, que não teve sua redação alterada e estabeleceu
regras de transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
87[87]
A Deliberação Normativa COPAM nº 36, de 07 de julho de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: 10 < AU < 40 : pequeno


40  AU  100 : médio
AU > 100 : grande

70.25.00-9 - Estabelecimentos prisionais.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: M Solo: M Geral: M

Porte: 10 < AU < 40 : pequeno


40  AU  70 : médio
AU > 70 :grande
88[88]
76 - Beneficiamento de Resíduos

76.11.00-9 - Beneficiamento de resíduos industriais (resíduos sólido, líquido,


pastoso, semi-sólido e líquido não passível de tratamento convencional).

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: G Água: G Solo: M Geral: G

Porte: AU < 0,5 e NE < 10 : pequeno


AU > 2 ou NE > 30 : grande
Os demais : médio
89[89]
91 - Atividades Diversas

91.10.00.9 - Loteamento do solo urbano para fins exclusiva ou


predominantemente residenciais90[90]

Pot. Poluidor/Degradador: Ar:P Água:G Solo: G Geral:G

Porte: 25  AT  50 e D  70 :pequeno
25  AT  50 e D > 70 ou 50 < AT < 100 e D  70 : médio
50 < AT < 100 e D> 70 ou AT  100 : grande

91.21.00-9 - Distrito industrial e Zona estritamente industrial

88[88]
A Deliberação Normativa COPAM nº 38, de 19 de novembro de 1999 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 24/11/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras
de transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
89[89]
A Deliberação Normativa COPAM nº 36, de 07 de julho de 1999 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 08/07/1999) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de
transição quanto à incidência das normas pertinentes à nova classificação.
90[90]
A Deliberação Normativa COPAM n.º 58, de 28 de Novembro de 2002 (Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 04/12/2002) deu nova redação a este item, que tinha a
seguinte redação original: "91.10.00-9 - Parcelamento do solo urbano para fins exclusivo ou
predominantemente residenciais
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G
Porte: 25 < AT < 50 : pequeno
50  AT  100 : médio
AT > 100 :grande"
Pot. Poluidor/Degradador: Ar: M Água: G Solo: G Geral: G

Porte: AT < 30 : pequeno


AT > 100 : grande
os demais : médio

91.23.00-9 - Postos revendedores, postos de abastecimento, instalações de


sistemas retalhistas e postos flutuantes de combustíveis.91[91]

Pot.Poluidor/degradador: Ar = P Água = P Solo = M Geral = P

Porte: CA  45 :pequeno
45 > CA  90: :médio
CA > 90 :grande

92 – Atividades Agrossilvopastoris 92[92]

92.11.00-9 - Olericultura

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 10  AU  30 :pequeno
30  AU  50 :médio
AU  50 :grande

92.12.00-9 - Culturas anuais e permanentes

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 100  AU  300 :pequeno


300  AU  500 :médio
AU  500 :grande

92.13.00-9 - Silvicultura.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 100  AU  500 :pequeno


500  AU  1.000 :médio
AU  1.000 :grande

91[91]
O artigo 4º da Deliberação Normativa COPAM nº 50, de 28 de novembro de 2001
(Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 15/12/2001) incluiu este ítem a esta
Deliberação Normativa.
92[92]
A Deliberação Normativa COPAM nº 040, de 23 de novembro de 1999.(Publicação -
Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 25/11/1999) (Retificação - Diário do Executivo - "Minas
Gerais" - 01/02/2000) deu nova redação a este item e estabeleceu regras de transição quanto à
incidência das normas pertinentes à nova classificação.
92.14.00-9 - Projeto Agropecuário irrigado

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: M Geral: M

Porte: 20  AU  500 :pequeno


500  AU  1000 :médio
AU  1000 :grande
93[93]
92.15.00-9 – Projetos de assentamento para fins de reforma agrária

Potencial Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P


Porte: 25  NF < 50 :Pequeno
50  NF < 200 :Médio
NF  200 :Grande

(5) 92.21.00-9 – Criação de pequenos animais (avicultura, cunicultura,


ranicultura, etc).

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: P Solo: M Geral: P

Porte: 20.000  NC  50.000 :pequeno


50.000  NC  100.000 :médio
NC  100.000 :grande

92.21.01.9 - Piscicultura

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: P Geral: P

Porte: 10  AI  20 :pequeno
20  AI 40 :médio
AI  40 :grande

92.22.00-9 - Criação de animais de médio e grande porte (suínos, ovinos,


caprinos, bovinos, eqüinos, bubalinos, muares, etc.)

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: M Solo: M Geral: M

Porte: 500  NC  2.000 :pequeno


2.000  NC  5.000 :médio
NC  5.000 :grande

92.30.00-9 – Exploração econômica da madeira ou lenha.

Pot. Poluidor/Degradador: Ar: P Água: G Solo: G Geral: G

Porte: 10  NI  100: pequeno

93[93]
A Deliberação Normativa COPAM nº 44, de 20 de novembro de 2000 (Publicação - Diário
do Executivo - "Minas Gerais" - 25/11/2000) incluiu este item ao texto da tabela A-3.
100  NI  500: médio
NI  500: grande

92.31.00-9 – Postos e centrais destinados ao recebimento de embalagens


vazias de agrotóxicos.94[94]

Pot. Poluidor/degradador:Ar = P Água = M Solo = M Geral = M

Porte: 80  AC < 600: pequeno


600  AC < 1000: médio
AC  1000: grande

94[94]
A Deliberação Normativa COPAM nº 71, 19 de janeiro de 2004 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 20/01/2004) incluiu este item ao texto da tabela A-3.
95[95]
Anexo II

Valores para Indenização de Custos (em reais)


(atualizada mensalmente pelo INPC)

Valores para indenização de custos em reais exceto para atividades


agrícolas, pecuárias e florestais

A) Análise de Pedido de Licenciamento


LICENÇAS CLASSE
I II III
P,P ou M,P P,M M,M ou G,P P,G M,G ou G,M G,G
LP 1.828,45 2.193,82 3.081,94 3.699,59 7.700,26 11.550,40
LI 1.197,74 1.437,29 1.704,45 2.045,32 5.114,77 7.672,15
LO 1.486,71 1.784,04 2.230,78 2.676,92 4.289,95 6.434,94
Total 4.512,89 5.415,14 7.017,16 8.421,83 17.104,99 25.657,48

B) Análise de EIA/RIMA
CLASSE
I II III
P,P ou M,P P,M M,M ou G,P P,G M,G ou G,M G,G
2.256,45 2.707,74 3.509,10 4.210,90 8.552,49 12.828,74

Valores para indenização de custos em reais para atividades agrícolas,


pecuárias e florestais

A - Análise de Pedido de Licenciamento


Classe
Licenças I II III
P,P ou M,P P,M M,M ou G,P P,G M,G ou G,M G,G
LP 1.097,07 1.316,29 1.849,16 2.219,75 4.620,16 6.930,24
LI 718,64 862,37 1.022,67 1.227,19 3.068,86 4.603,29
LO 892,03 1.070,42 1.338,47 1.606,15 2.573,97 3.860,96
Total 2.707,73 3.249,08 4.210,30 5.053,10 10.262,99 15.394,49

B - Análise de EIA/RIMA
Classe
I II III

95[95]
A Resolução SEMAD nº 23, de 14 de julho de 1998 (Publicação - Diário do Executivo -
"Minas Gerais" - 24/07/98) fixou os valores dos custos a serem indenizados aos órgãos
seccionais responsáveis pela análise dos pedidos de licenças ambientais e dispôs que os
referidos valores serão reajustados com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor -
INPC. A tabela acima está apresentada num formato diferente do original, de modo mais
didático, para melhor entendimento. Posteriormente a Resolução SEMAD nº 104, de 16 de abril
de 2002 (Publicação - Diário do Executivo - "Minas Gerais" - 18/04/2002) alterou novamente
esta tabela. A Resolução SEMAD n.º 141, de 24 de abril de 2003 (Publicação - Diário do
Executivo - "Minas Gerais" - 25/04/2003) estabeleceu os valores da indenização dos custos da
análise do pedido de licenciamento de atividades agrícolas, pecuárias e florestais.
P,P ou M,P P,M M,M ou G,P P,G M,G ou G,M G,G
1.805,16 2166,19 2.807,28 3.368,72 6.841,99 10.262,99