Você está na página 1de 13

See discussions, stats, and author profiles for this publication at: https://www.researchgate.

net/publication/276244703

IMPACTOS AMBIENTAIS EM EMPRESA DE MINERAÇÃO DE COBRE

Article · February 2014


DOI: 10.5902/2236117010382

CITATIONS READS

4 3,449

2 authors:

Hélio Cardoso Martim Vivianni Santos


Instituto Federal de Alagoas (IFAL) Federal University of San Francisco Valley
4 PUBLICATIONS   4 CITATIONS    61 PUBLICATIONS   232 CITATIONS   

SEE PROFILE SEE PROFILE

Some of the authors of this publication are also working on these related projects:

SISTEMA PARA GESTÃO DE PROCESSOS DE ACORDOS E CONTRATOS DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA (TT) View project

Alternativas de reciclagem para óleos residuais View project

All content following this page was uploaded by Vivianni Santos on 22 October 2018.

The user has requested enhancement of the downloaded file.


http://dx.doi.org/10.5902/2236117010382
Revista do Centro do Ciências Naturais e Exatas - UFSM, Santa Maria
Revista Eletronica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental - REGET
e-ISSN 2236 1170 - v. 17n. 17 Dez 2013, p. 3246 - 3257

Avaliação de impactos ambientais em empresa de mineração de cobre


utilizando redes de interação
Evaluation of environmental impacts in copper mining companies using interaction networks

Hélio Cardoso Martim1, Vivianni Marques Leite dos Santos2

Graduando do Curso de Engenharia na Universidade Federal do Vale do São Francisco - Juazeiro, BA - Brasil
1

Doutora em Química e professora Adjunto IV na Universidade Federal do Vale do São Francisco – Juazeiro, BA - Brasil
2

Resumo

A mineração é um dos principais setores da economia brasileira, disponibilizando recursos indispensáveis para o seu desenvolvimento. A
obtenção do cobre por lixiviação é responsável pela obtenção de catodos com pureza de 99,9% de cobre, o qual apresenta uma vasta gama
de aplicações industriais. No entanto, quaisquer atividades mineradoras ocasionam o surgimento de diversos impactos ambientais. Estes
impactos devem ser avaliados para que haja constante busca por ações que promovam sua mitigação. A avaliação de impactos ambientais
contribui significativamente para o desenvolvimento do processo de gestão ambiental de qualquer empreendimento. Neste sentido foram
utilizadas redes de interação para avaliação de impactos ambientais como metodologia para auxiliar a identificação dos impactos ambientais
em ordens diferenciadas e a interação existente entre eles. O uso desta ferramenta no presente estudo permitiu que fossem identificadas as
atividades que geram o maior número de impactos ambientais, tais como a extração de malaqueta. Esta análise pode ser utilizada como
ferramenta de diagnóstico para a implantação de medidas de prevenção ou correção de impactos negativos ao meio ambiente, promovendo
a sustentabilidade.

Palavras-chave: Impactos Ambientais. Redes de Interação. Mineração.

Abstract

Mining is one of the major sectors of the Brazilian economy, providing essential resources for its development. The obtained copper leach-
ing is responsible for obtaining cathodes with a purity of 99.9% copper, which has a wide range of industrial applications. However, any
mining operations cause the rise of diverse environmental impacts. These impacts should be assessed so that there is constant search for
actions that promote their mitigation. The environmental impact assessment is a fundamental tool for the development of environmental
management process of any enterprise. In this regard the use of interaction networks for environmental impact assessment is a methodol-
ogy that allows the identification of these impacts in different orders and the interaction between them. The use of this tool in this study
allowed the identification of the activities that generate the greatest number of environmental impacts, such as the extraction of malachita.
This analysis can be used as a diagnostic tool for the implementation of measures to prevent or correct negative impacts to the environment,
promoting the sustainability.

Key-words: Environmental impacts. Interaction networks. Mining.

Recebido em: 08.08.13 Aceito em:13.12.13


Avaliação de impactos ambientais... 3247

1 INTRODUÇÃO melhor desempenho a etapa mecânica represen-


tada pela moagem (Balaz; Achimovicová, 2006).
O aumento do consumo dos recursos A natureza dos métodos de lixiviação varia
naturais, considerado necessário para o almejado desde aqueles nitidamente industriais, que neces-
desenvolvimento econômico, vem trazendo con- sitam equipamentos sofisticados e apresentam
sequências negativas graves para o meio ambiente. produção elevada, até as técnicas quase desprovidas
Neste sentido a conservação dos recursos naturais de reatores, que são empregadas proximamente
chama atenção para a busca da exploração racio- ou diretamente na mina. Segundo Heath et al.,
nal daqueles recursos. Para este fim a legislação (2007), o tipo mais primitivo e mais simples de
brasileira vem se consolidando gradativamente lixiviação tem sido utilizado desde meados da
e impondo limites cada vez mais rigorosos sob década de 1970 nos Estados Unidos e na antiga
pena de punição. União Soviética para a produção de urânio refi-
Para se adequar as mudanças impostas nado bem como na recuperação de cobre e sais
pela legislação, as empresas devem aplicar ferra- solúveis, tais como halita, trona, boro e potássio
mentas que ajudem a diagnosticar os impactos de rocha fosfática. Neste tipo de lixiviação não é
ambientais oriundos de suas atividades, para um utilizado nenhum tipo de reator, ela acontece pela
adequado monitoramento e tomadas de decisão. injeção e aspiração direta da solução lixiviante no
Neste estudo foi utilizado o método de redes de corpo mineral.
interação para avaliação de impactos ambientais A evolução dos estudos e das técnicas acerca
em uma empresa de mineração. do processo de lixiviação revela que as taxas de
lixiviação podem ser aumentadas elevando-se os
1.1 Processo de Produção do Cobre níveis de agitação e a temperatura do processo, bem
Os processos de produção de cobre são como pela adição de catalisadores de superfície e
comumente realizados por procedimentos hidro- reagentes ativos (Peng et al., 2005). Estes e outros
metalúrgicos, os quais consistem na extração dos fatores que influenciam no processo de lixiviação
metais de interesse contidos em minérios através foram estudados por Poon et al., (2000), através
de dissoluções em meio aquoso (Ciminelli, 2006). de modelos matemáticos baseados em teorias de
À medida que essas técnicas de extração de metal difusão de massa ou em outros modelos de sistemas
foram evoluindo, estes minérios passaram a adqui- de transporte que utilizam dados obtidos a partir
rir maior valor agregado, uma vez que deles são de testes de lixiviação a curto e a médio prazo e
extraídos metais de elevado interesse comercial concluíram que os modelos podem auxiliar na
(Hazek et al., 2006). previsão do comportamento do processo.
Dentre os metais que podem ser extraídos A lixiviação destinada a obtenção de cobre
por métodos hidrometalúrgicos, podemos destacar segue uma rota específica, onde o minério de cobre
o cobre em virtude da sua vasta aplicabilidade é extraído e posteriormente beneficiado obtendo-
industrial. Francisco et al. (2006), atribuem esta -se primeiramente o concentrado. Em seguida, ele
vantagem ao fato deste metal ser um material passa por um processo metalúrgico, que pode ser o
condutor, podendo ser empregado na fabricação pirometalúrgico, o mais antigo, aplicável a minérios
de cabos e fios, eletroímãs, materiais elétricos, sulfetados, ou o hidrometalúrgico, especificamente
interruptores, tubos de vácuo, magnetrões de forno o SX-EW (lixiviação, extração por solvente e
de micro-ondas, cunhagem de moedas e esculturas. eletrodeposição), de grande economicidade no
Esta vasta gama de aplicações confere ao cobre aproveitamento de minérios oxidados de baixo
um alto valor de mercado, o que faz despontar o teor. Posteriormente, o cobre é refinado por pro-
interesse nos estudos referentes aos processos de cesso de eletrólise, resultando nos catodos de alta
extração do metal para sua comercialização. pureza que serão fundidos e elaborados, gerando
Para extração do cobre, a lixiviação e a os produtos de cobre. Andrade (2001) relata que
biolixiviação destacam-se entre as técnicas hidro- essa rota tecnológica vem sendo largamente uti-
metalúrgicas mais utilizadas. A lixiviação corres- lizada devido às facilidades de aproveitamento
ponde ao processo de extração de metais que ocorre de depósitos oxidados de baixo teor, partindo-se
mediante a solubilização dos mesmos em soluções diretamente do minério e obtendo-se o catodo
adequadas por meio de reações químicas e/ou com teor de 99,9% de cobre, sem necessidade de
bioquímicas. O melhor desempenho deste processo fundição e refinaria.
pode ser atingido através da ação conjunta de uma No que diz respeito à biolixiviação, pode-
etapa química e outra mecânica, onde a lixiviação -se afirmar que este baseia-se na utilização de
química funciona como aditivo proporcionando microorganismos, que suprem suas necessida-

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


3248 MARTIM; SANTOS

des energéticas com a oxidação de íons para a ambiental, como aquela que atende as necessidades
manutenção de seus metabolismos, tendo como atuais de sua população em relação a alimentos,
resultado prático a solubilização dos metais de água e ar limpos, abrigos e outros recursos básicos
interesse comercial. Devido ao fato dos ácidos e sem comprometer a capacidade de as gerações
agentes oxidantes necessários ao processo, serem futuras atenderem às suas necessidades (Mil-
produzidos pela atividade dos micro-organismos, é ler Jr, 2007). Para atingir esta meta é necessário
possível afirmar que neste método hidrometalúrgico criar e executar processos de gestão ambiental,
de extração de metais há uma redução do gasto os quais promovem adaptações ou modificações
energético que juntamente ao fato de que neste no ambiente natural, de forma a adequá-lo às
processo não é emitido dióxido de enxofre (SO2), necessidades individuais ou coletivas.
como no processo pirometalúrgico, por exemplo, Gestão ambiental é o sistema que inclui a
faz com que o mesmo se torne mais atrativo do estrutura organizacional, atividades de planeja-
ponto de vista ambiental. mento, responsabilidades, práticas, procedimentos,
No caso do processo de biolixiviação em processos e recursos para desenvolver, implementar,
pilha, que é comumente aplicado para obtenção atingir, analisar criticamente e manter a política
de cobre metálico, o minério britado é empilhado ambiental. É o que a empresa precisa fazer para
sobre uma camada impermeável de polietileno minimizar ou eliminar os efeitos negativos provo-
de alta densidade (PEAD), em seguida, é irri- cados no ambiente pelas suas atividades através da
gado com solução lixiviante, que permeia a pilha inclusão de uma série de atividades a serem conside-
por gravidade. A lixívia carregada com o metal radas, como: formular estratégias de administração
de interesse (PLS - Pregnant Leaching Solution) é para o meio ambiente; assegurar a conformidade
recolhida na base da pilha e retorna ao topo pelo com as leis ambientais; implementar programas
sistema de irrigação até que uma concentração de prevenção à poluição; gerir instrumentos de
pré-estabelecida do metal de interesse em solução correção de danos ao meio ambiente; adequar os
seja alcançada (Santos et al., 2009). produtos às especificações ecológicas; monitorar
Esta pesquisa foi realizada em empresa que o programa ambiental da empresa de encontro
utiliza para obtenção de cobre uma metodologia ao conceito de excelência ambiental, como uma
que se assemelha ao processo de biolixiviação em vantagem competitiva (Tinoco; Robles, 2006).
pilha supracitado, embora seja empregado o ácido O sistema de gestão ambiental (SGA) pres-
sulfúrico como solução lixiviante sobre a pilha de supõe a elevação do potencial competitivo junto à
minério britado e é desconhecida a atividade de preocupação com o meio ambiente, satisfazendo o
microorganismos para a solubilização do metal interesse essencial dos empregadores (lucratividade)
de interesse. Desse modo, o processo de obten- em paralelo à proteção ambiental, a qual deve
ção de cobre realizado pela empresa une etapas ser de interesse da sociedade em geral. Jerônimo
pertencentes a ambos os processos mencionados. et al., (2013) afirmam em seu trabalho que este
Em decorrência da existência e do interesse sistema é aplicado em diferentes linhas ou ativi-
pelas atividades de extração de cobre se faz neces- dades produtivas não importando a dimensão do
sário a realização de estudo referente aos impactos empreendimento. Uma das formas de atuação da
ao meio ambiente que podem ser ocasionados pela Gestão Ambiental se dá por meio da prevenção da
mesma, com o objetivo de que esta atividade seja poluição, ocasionando-se por meio dela o aumento
realizada com respeito ao meio ambiente natural, da produtividade por pressionar a empresa a pensar
conservando-o para esta e para as futuras gerações na melhoria sistemática dos seus processos e em
de modo a garantir a sustentabilidade que, para decorrência deste fato, traz vantagens competitivas.
Pimentel (2008), é alcançada através de práticas No estudo de Brand et al., (2013) é relatado
semelhantes a estas que decorrem de estudos e que a percepção da dimensão ambiental, agregada
observações, por parte dos cidadãos que a medida às práticas administrativas e empresariais, trans-
que se tornam mais conscientes de seus atos e formou as organizações. Até a década de 80, a
adquirem a percepção de que os recursos naturais proteção ambiental era tida como uma atividade
devem ser preservados, promovem a utilização marginal, custosa, indesejável e que deveria ser
racional e sustentável dos mesmos. evitada para não comprometer o desempenho
competitivo. A partir daí, os gastos com proteção
1.2 Sustentabilidade e Gestão Ambiental ambiental passaram a ser vistos não mais como
O conceito de sustentabilidade conduz a despesas, mas sim como investimentos para o
busca pelo desenvolvimento de uma sociedade futuro, e contraditoriamente, para a manutenção
sustentável, a qual definida, sob o ponto de vista da competitividade das empresas.

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


Avaliação de impactos ambientais... 3249

O gerenciamento ambiental tem se confi- das propriedades físicas, químicas e biológicas


gurado, portanto, como uma das mais importantes do meio ambiente, causada por qualquer forma
atividades relacionadas com qualquer empreen- de matéria ou energia resultante das atividades
dimento, uma vez que através da implantação de econômicas que afetem a saúde, segurança, bem
um sistema de gestão ambiental, pode se afirmar estar da população e o meio ambiente, conforme
que as empresas conseguem atingir resultados a Resolução n.º 001/86 do Conselho Nacional do
positivos dentre os quais destaca-se a redução de Meio Ambiente (CONAMA).
custos, procedente da redução do consumo dos Os estudos referentes aos impactos ambien-
recursos naturais e dos resíduos gerados, com a tais estão dispostos sob as mais variadas abordagens,
consequente diminuição dos gastos com trata- como, por exemplo, as alterações no funcionamento
mento, armazenagem, disposição dos mesmos; dos sistemas ambientais naturais, a aceleração
a possibilidade de conquista de mercados inter- dos processos erosivos, a poluição do ar, a con-
nacionais, por adequar-se a normas de exigência taminação e o assoreamento dos cursos hídricos,
comercial; o cumprimento às exigências das legis- contaminação dos solos, entre vários outros (Loe-
lações ambientais vigentes; melhoria da imagem bens; Link, 2011).
da empresa pela implantação de um modelo de De acordo com Silva (2007), os efeitos
administração responsável; facilidade de obtenção ambientais relacionados à mineração estão asso-
de financiamento junto às agências financiadoras ciados, de modo geral, às diversas fases de explo-
da qual estabelecem a necessidade de certificação ração dos bens minerais, como à abertura da cava,
ambiental (Silva Filho; Sicsú, 2003). (retirada da vegetação, escavações, movimentação
No caso da área dos processos de produção, de terra e modificação da paisagem local), ao uso
o envolvimento com a gestão ambiental é mais de explosivos no desmonte de rocha (sobrepressão
explícito, por serem estes processos potenciais atmosférica, vibração do terreno, ultralançamento
geradores de impactos ambientais em virtude da de fragmentos, fumos, gases, poeira, ruído), ao
sua natureza transformadora de recursos. Neste transporte e beneficiamento do minério (geração
aspecto, Corazza (2003) relata que embora os de poeira e ruído), afetando os meios como água,
possíveis impactos ambientais nesta área variem solo e ar e a população local.
segundo o setor industrial ao qual pertence a orga- No Brasil os principais problemas ambien-
nização, há um conjunto de indicadores ambientais tais referentes à atividade mineradora correspon-
que são suficientemente gerais para que sejam dem à poluição da água, ar e sonora, subsidência
considerados como ponto de partida para uma do terreno, incêndios causados pelo carvão, rejeitos
análise do desempenho ambiental da produção. radioativos e degradação do subsolo ocorrente em
Esses indicadores dizem respeito à qualidade do áreas urbanas (Farias; Coelho, 2002).
ar e da água, à quantidade de energia e de água Deve-se ressaltar outras atividades presentes
consumidas, à geração e à disposição de resíduos em fases diferenciadas da exploração mineral e
(inclusive a possibilidade de reciclagem) e, ainda, beneficiamento de minérios que podem ser consi-
à segurança no trabalho (condições de iluminação, deradas prejudiciais ao meio ambiente, tais como
ventilação, barulho, poeira, calor, vibração, tem- a construção de barragens e represas, retificação
peratura, odores, substâncias tóxicas etc.). e desvio do curso natural de rios, lançamento de
Os indicadores mencionados, bem como efluentes domésticos e industriais não tratados,
a análise criteriosa das atividades de produção, desmatamento e uso inadequado do solo em regi-
podem ser identificados como precursores do ões ripárias e planícies de inundação, exploração
estudo e desenvolvimento de metodologias de de recursos pesqueiros e introdução de espécies
previsão e avaliação dos impactos ambientais exóticas. Estas atividades podem ser consideradas
oriundos de quaisquer atividades industriais e como causadoras de impactos ambientais negativos
constituem ferramentas importantes ao processo na medida em que influenciam na queda acentuada
de gestão ambiental, uma vez que a maneira de da biodiversidade aquática, além de causar grande
gerir a utilização dos recursos naturais é o fator impacto sobre a vegetação e os microrganismos,
que pode acentuar ou minimizar os impactos ao que resulta numa alteração dos processos fun-
ambientais (Philippi Jr. et al., 2004). cionais desses ecossistemas (Callisto et al., 2004;
Silva et al., 2001).
1.3 Impactos Ambientais Oriundos de Atividades O diagnóstico dos impactos ambientais de
de Mineração um determinado empreendimento é o primeiro
Segundo Nascente e Ferreira (2007), con- passo para proposição de medidas mitigadoras
sidera-se impacto ambiental qualquer alteração dos mesmos. No caso do exercício de mineração,

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


3250 MARTIM; SANTOS

Mendes e Vieira (2010) afirmam que a minimização Filho; Souza, 2004).


dos impactos ambientais negativos pode ser alcan-
çada utilizando-se medidas como a implantação 1.4 Métodos de Avaliação de Impactos Ambientais
de cortina arbórea e de unidades de tratamento As linhas metodológicas de avaliação de
de esgoto para mitigação dos impactos visuais impactos ambientais são mecanismos estruturados
e na poluição das águas respectivamente, bem para comparar, organizar e analisar informações
como a utilização de técnicas de biolixiviação sobre esses impactos oriundos de qualquer ativi-
ou de quaisquer outras menos agressivas como dade, incluindo os meios de apresentação escrita
forma de evitar os impactos de poluição do solo e visual dessas informações. No entanto, face à
e diminuição da emissão de poluentes. diversidade de métodos de AIA, é necessário que
O estudo dos impactos ambientais causados haja seleção criteriosa e adaptações, para que
pelas atividades mineradoras ou por qualquer outra esses métodos de avaliação sejam realmente úteis
atividade industrial é de fundamental importân- na tomada de decisão dos projetos. Fica, então,
cia, uma vez que as questões referentes ao meio a critério de cada equipe técnica a escolha do(s)
ambiente têm se tornado uma preocupação cres- método(s) mais adequado(s) ou parte(s) dele(s),
cente, devido à diminuição da qualidade de vida segundo as atividades previstas (Costa et al., 2005).
e aos riscos oferecidos à saúde humana (Quadros, Para Moura e Olivier (2009), a avaliação dos
2009). Como forma de garantir a sustentabilidade, impactos ambientais pode ser feita por diferentes
a área de legislação ambiental vem instituindo métodos, os quais visam identificar, avaliar e sin-
e aprimorando as condições para obtenção de tetizar os impactos de um determinado projeto ou
licenciamento, procedimento pelo qual o órgão programa. A aplicação destes métodos, entretanto,
ambiental competente concede ou não licença mostra-se limitada pela própria dificuldade de pre-
ambiental para empreendimentos capazes, sob ver a evolução de sistemas que são tão complexos
qualquer forma, de causar degradação ambiental quanto os ecossistemas.
(Viana, 2005). A Análise de impactos ambientais Dentre as opções, Costa et al., (2005) des-
– AIA, o Estudo de Impacto Ambiental – EIA, em creve algumas das metodologias mais utilizadas
conjunto com o relatório de impacto ambiental para a avaliação de impactos ambientais, dentre
(RIMA) constituem ferramentas importantes para as quais podem ser citados: métodos espontâneos
o referido licenciamento. (ad hoc), listagens (check-list), matrizes de interações
A avaliação dos impactos ambientais é e redes de interações (networks), além de outros
considerada como importante instrumento de métodos quantitativos, de simulação, mapas de
gestão e proteção ambiental, principalmente no superposição (overlays) e projeção de cenários.
que diz respeito à indicação de ações preventivas O método ad hoc consiste em declarações
que visam a sustentabilidade ambiental. O estudo feitas por especialistas sobre o tipo e a intensidade
de impacto ambiental (EIA) foi definido pela Reso- de um impacto, sendo adequado para casos com
lução do CONAMA 001/86 como etapa central escassez de dados, fornecendo orientação para
do processo de avaliação de impacto ambiental futuras avaliações. Os impactos são identifica-
e como a mais importante ferramenta utilizada dos normalmente via brainstorming e a seguir são
para o licenciamento de empreendimentos com caracterizados e sintetizados por meio de tabelas
potencial de degradação ambiental. Este fato ou matrizes. Sua maior vantagem é a possibilidade
tornou o EIA parte integrante e indissociável de estimativa rápida da evolução de impactos, de
do licenciamento ambiental, como estabelecem forma organizada e facilmente compreensível
as Resoluções CONANA 001/86 e 237/97. No pelo público. Entretanto, não examinam, detalha-
entanto, a Resolução CONAMA 237/97esta- damente, as intervenções e variáveis ambientais
beleceu que todas as atividades potencialmente envolvidas, considerando-as apenas de forma
degradadoras ou poluidoras, e não somente aque- subjetiva e qualitativa, sendo pouco quantitativa.
las que causem significativo impacto ambiental, No que diz respeito aos métodos de lista-
deverão ser licenciadas pelo órgão ambiental com- gem, a avaliação é feita através da identificação
petente. Determinou, para tanto, que deveriam e enumeração dos impactos, a partir da diagnose
ser definidos pela agência ambiental responsável, ambiental, feita por especialistas, quanto aos meios
com a participação do empreendedor, os tipos de físico, biótico e socioeconômico. São descritos os
estudos ambientais necessários àquela finalidade, impactos decorrentes das fases de implantação e
mantendo a exigência do EIA/RIMA para ativi- operação do empreendimento, categorizando-os
dades efetiva ou potencialmente causadoras de em positivos ou negativos, conforme o tipo da
significativa degradação do meio ambiente (Prado modificação antrópica a ser introduzida no sis-

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


Avaliação de impactos ambientais... 3251

tema analisado. Costa et al. (2005) destaca que os do processo através da metodologia de redes de
métodos de listagem apresentam como vantagem interação, principalmente por seu potencial de
o emprego imediato na avaliação qualitativa dos identificação dos impactos indiretos e sinergéti-
impactos mais relevantes, mas, por desconside- cos (secundários), os quais são subsequentes ao
rarem a sequência de alterações desencadeadas impacto principal (Stamm, 2003). Desse modo a
a partir de ações impactantes, são adequados utilização desse método viabilizou a identificação
somente para avaliações preliminares. das interações entre impactos de ordens diferencia-
Outro método de avaliação de impactos das (impactos primários, secundários, etc.), além
ambientais corresponde as matrizes de interações, de permitir uma abordagem integrada na análise
as quais são definidas como técnicas bidimensio- dos impactos e suas interações.
nais que relacionam ações com fatores ambien- Dessa forma, os resultados obtidos se
tais. Estas matrizes, embora possam incorporar referem ao estudo do processo de produção do
parâmetros de avaliação, constituem métodos cobre em empresa parceira, com diagnóstico dos
basicamente de identificação. No entanto a van- impactos ambientais utilizando o método de redes
tagem do uso desta metodologia em relação a de interação, o qual contribui com a visualização
outras metodologias de avaliação de impactos dos impactos de ordem primária e também daque-
ambientais se fundamenta na relação entre causa les gerados a partir destes, ou seja, os impactos
e efeito, na forma como os resultados são exibidos, secundários e terciários, servindo de base para
na simplicidade de elaboração e no baixo custo. As estudos futuros, tais como aqueles referentes à
matrizes funcionam como tabelas que podem ser proposição de medidas mitigadoras dos impactos
usadas para identificar a interação entre atividades ambientais negativos resultantes das atividades
de projeto e características ambientais. Ao usar daquela empresa.
uma tabela ou matriz de interação, uma interação
entre uma atividade (ação proposta) e uma dada
característica ambiental (fator ambiental), podem 2 METODOLOGIA
ser identificadas na célula que é comum à ambas na
rede de interação elaborada para um determinado O estudo do processo de extração de cobre
estudo, podendo ser aplicada em todas as fases de foi feito por meio de pesquisa bibliográfica e, prin-
um projeto, desde o seu planejamento constituindo cipalmente, através de visitas técnicas realizadas
uma ação preventiva aos danos ambientais, como à empresa de mineração destinada a obtenção de
na fase de desenvolvimento no sentido de mitigar cobre metálico utilizando o processo de lixivia-
os prejuízos ambientais existentes. ção. Durante estas visitas foram observados os
O trabalho realizado por Stamm (2003), procedimentos técnicos realizados em cada etapa
apresenta o caso de uma usina termelétrica e para do processo global, com descrição de todas as
este estudo são usados os diferentes métodos de entradas e saídas, considerando os resíduos gera-
avaliação de impactos ambientais acima relacio- dos e os possíveis impactos ambientais em cada
nados, como forma de exemplificar o modo de uma dessas etapas. Além disso, foram aplicados
utilização dos mesmos e diferenças aplicativas questionários aos responsáveis pelo processo de
entre eles. extração de cobre por lixiviação na empresa par-
Finalmente, a metodologia de redes de ceira. Em seguida, foi elaborado um fluxograma
interação utiliza métodos gráficos e estabelece geral do processo, no qual estão inclusas todas as
a sequência de impactos ambientais, a partir de etapas em funcionamento na referida empresa.
determinada intervenção. As redes de interação Finalmente, utilizou-se o método de redes de
têm por objetivo determinar as relações preceden- interação (Stamm, 2003) para a identificação dos
tes entre ações praticadas pelo empreendimento impactos de ordem primária, secundária e terciária,
e os consequentes impactos em uma primeira e bem como a interação entre eles.
demais ordens indiretas. Neste sentido, permitem
a visualização de impactos secundários e demais
ordens, sobretudo, quando computadorizadas. 3 RESULTADOS E DISCUSSÃO
Este método permite ainda a possibilidade de
introdução de parâmetros probabilísticos. O estudo teórico dos processos de obtenção
Neste estudo foi realizado estudo do pro- de cobre foi aprimorado com a visita técnica à
cesso de obtenção do cobre, com descrição de todas mineradora onde foram observadas todas as etapas
as entradas e saídas em empresa parceira, seguida que compõem o processo de obtenção de cobre
da avaliação dos impactos ambientais oriundos realizado pela empresa. A partir desta visita foi

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


3252 MARTIM; SANTOS

elaborado um fluxograma detalhado do referido sendo comumente denominada solução interme-


processo produtivo, o qual foi dividido em três diária de cobre.
estágios diferenciados, conforme mostrado na O estágio posterior diz respeito à extração.
Figura 1. A elaboração deste fluxograma permitiu Neste estágio ocorre a produção de um reagente
a caracterização e o estudo dos diferentes estágios químico com alta seletividade em cobre, podendo
do processo como um todo, com identificação ocorrer durante esse procedimento a formação de
das entradas e saídas, facilitando, dessa forma, a borras que são filtradas de modo que contribua
avaliação dos impactos ambientais das atividades com a reutilização do reagente contido na borra.
pertencentes a cada etapa. O reagente produzido é então misturado à solução
Conforme pode ser observado na Figura PLS obtida na etapa anterior em misturadores até
1, o primeiro estágio do processo global inicia-se que seja obtida uma solução com concentração
com a extração e estoque de malaqueta e tem como desejada de cobre nomeada eletrólito rico. Este
resultado final a formação da solução PLS - Preg- eletrólito é filtrado e as impurezas sólidas seguem
nant Leaching Solution, que corresponde a lixívia para unidades de tratamento de resíduos.
carregada com metal de interesse. A malaqueta Ainda na etapa de extração, é adicionado
corresponde a um minério de cobre oxidado, que sulfato de cobalto à solução após filtração, com o
após ser extraída, tem seu tamanho reduzido ao objetivo de garantir a qualidade visual do catodo,
passar por um britador e em seguida segue para o uma vez que a adição desse reagente reduz imper-
aglomerador, cuja principal função é unir as partí- feições como rugosidade e duplo depósito.
culas do minério, em contato com soluções ácidas, O estágio final do processo corresponde
de modo a facilitar o ataque químico da pilha. a eletrólise. Nesta etapa, uma placa metálica é
A mistura formada no aglomerador forma submersa no eletrólito rico em cobre, cujo sistema
as pilhas de lixiviação, que são irrigadas por um resultante é submetido a uma descarga elétrica
sistema de aspersores com solução ácida, em pis- de forma igualitária, responsável pelo depósito
cinas de irrigação e refino que garante a irrigação de cobre na placa. Em seguida, as placas são
constante nessas pilhas. A partir da pilha lixiviada resfriadas em banho-maria e lavadas com jatos
obtém-se a solução de PLS de caráter ácido que d’água quente para eliminação dos contaminantes,
apresenta baixo teor de cobre em sua composição, obtendo-se placas com 99,9% de cobre (Figura 2),

Figura 1 - Fluxograma do processo de obtenção de cobre por lixiviação.

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


Avaliação de impactos ambientais... 3253

Figura 2 – Placas de cobre aptas para comercialização e produzidas pela empresa de mineração.

segundo dados técnicos fornecidos durante a visita que passaram a buscar capacitação através da
a empresa de mineração. participação em cursos de formação ou aperfei-
A partir da elucidação do processo foi pos- çoamento profissional (impacto secundário), em
sível aplicar o método de redes de interação com áreas do conhecimento que seriam indispensáveis
maior precisão, uma vez que foram identificadas para implantação e manutenção da empresa de
todas as etapas impactantes. A Figura 3 é o resul- mineração. Isto gera impactos terciários relativos
tado da análise dos principais impactos ambientais a alteração das condições socioeconômicas da
relacionados à atividade mineradora destinada à comunidade. Destaca-se ainda o impacto primário
extração de cobre na empresa em estudo, bem como relativo a necessidade de infraestrutura local, que
dos impactos posteriores decorrentes dos impactos gera a busca por maior oferta de serviços de saúde,
principais e a interação existente entre eles. transporte, moradia e outros.
A rede de interação (Figura 3), obtida neste Com relação aos impactos ambientais
estudo permitiu identificar as principais ativida- oriundos da segunda e terceira atividades impac-
des impactantes da atividade de mineração, uma tantes, que correspondem a abertura da cava para
vez que ao estabelecer os impactos primários, extração de malaqueta e o acúmulo desse miné-
secundários e terciários decorrentes das atividades rio respectivamente, identifica-se alteração do
integrantes do processo produtivo e a interação ambiente natural, provocando impacto visual
existente entre eles é possível analisar qualitativa- (Figura 4). Além disso, contribui com a modifi-
mente os efeitos produzidos para o meio ambiente cação do solo em virtude da retirada da cobertura
por cada uma dessas atividades. vegetal que diminui sua permeabilidade e faz
Deve-se destacar ainda que minimizando com que animais deixem seus habitats naturais
impactos primários, através deste método, pode- resultando em um desequilíbrio no ecossistema e
-se prever as reduções nos impactos ambientais prejuízo à biodiversidade local (impacto terciário).
secundários e terciários decorrentes do primeiro. A intensa atividade do maquinário está
Ou seja, com base na rede de interação poderá descrita como a quarta atividade impactante e
ser definido o planejamento, com prioridade para está relacionada às operações de britagem e aglo-
minimização dos impactos ambientais em função meração. Foi observado que esta atividade não só
de seus impactos posteriores. contribui para o aumento do ruído (impacto pri-
A primeira atividade impactante corres- mário), que gera desconforto tanto para o homem
ponde a implantação da atividade mineradora. quanto para fauna (impacto secundário), como
Esta atividade é responsável por impactos conside- também tem papel fundamental na emissão de
rados positivos, uma vez que houve contribuição poeiras e partículas sólidas (impactos primários)
com o desenvolvimento econômico e a geração que diminuem a qualidade do ar e contaminam a
de empregos na região (impacto primário), o que vegetação e os recursos hídricos, afetando direta-
favoreceu a população local e regional, uma vez mente à vida de animais e plantas. Neste estudo

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


3254 MARTIM; SANTOS

Figura 3 - Rede de interação dos impactos ambientais referentes à obtenção de cobre por lixiviação.

não foi possível identificar o raio geográfico afetado diminuindo a qualidade desses recursos naturais.
por este impacto. Por este motivo, é indispensável que qualquer
Em relação ao armazenamento de reagentes mineradora, do mesmo modo que a empresa
químicos e a formação de pilhas de lixiviação, que analisada neste trabalho, possua licença ambiental
correspondem a quinta e sexta atividades impac- concedida por órgãos de defesa e fiscalização como
tantes, respectivamente, são adotadas, pela empresa IMA (Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos
em estudo, como práticas preventivas de acidente Naturais) e IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio
ambiental, a utilização de mantas impermeáveis Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).
antiácidas nas pilhas de lixiviação como forma No que se refere às atividades geradoras
de evitar qualquer vazamento que comprometa a de resíduos, as borras oriundas do processo de
qualidade do solo e atinja os lençóis subterrâneos. filtração de soluções, oitava atividade impactante,
Foi possível identificar também que é realizado são armazenadas adequadamente para posterior
armazenamento dos reagentes envolvidos no pro- tratamento especializado de gerenciamento de
cesso, em reservatórios devidamente fechados. resíduos. A água residual proveniente da etapa
A sétima atividade impactante corresponde de resfriamento e lavagem das placas, enumerada
a irrigação da pilha de lixiviação. Nesta etapa, o como a nona atividade impactante, é encaminhada
calor do sol e o vento favorecem a cristalização para uma unidade de tratamento que minimiza os
de contaminantes presentes nas soluções ácidas, impactos ao solo, água e ar (impactos secundários).
que podem impregnar no solo e na vegetação, Com a diminuição destes impactos secundários,

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


Avaliação de impactos ambientais... 3255

Figura 4 – Impacto visual ao ambiente natural decorrente da atividade mineradora, devido a abertura de cavas para extração da ma-
laqueta.

os impactos de ordem terciária referentes aos metodologia de avaliação de impactos ambientais


prejuízos ao meio antrópico (saúde pública), a permitiu a identificação dos principais impactos
fauna e à flora, também são minimizados. Logo, causados pela mineração do cobre, bem como os
a implantação da unidade de tratamento de água, impactos secundários e/ou terciários aos impac-
embora acarrete um novo impacto visual, é con- tos principais. As atividades de maiores impactos
siderada viável por representar a diminuição de (secundários e terciários) correspondem a abertura
impactos ambientais mais danosos.  da cava decorrente da extração mineral, a estoca-
Adicionalmente não foram identificados gem de malaqueta, a irrigação da pilha de lixivia-
programas ou projetos, com retorno social ou ção com soluções ácidas, a filtração de soluções
ambiental, desenvolvidos ou em desenvolvimento e o resfriamento e lavagem das placas metálicas.
na empresa. Sob esse aspecto foi sugerido, por Apesar dos impactos ambientais negativos,
exemplo, que a empresa realize cursos e oficinas de deve-se destacar que a implantação de uma empresa
educação ambiental para funcionários e moradores desta natureza pode ser avaliada como um impacto
da região, desenvolva projetos de reflorestamento, positivo, uma vez que a geração de emprego e renda
bem como outras técnicas de recuperação de para população e o direcionamento da formação
solos em virtude da grande área degradada pela profissional da mesma voltada para as atividades
atividade mineradora. mineradoras contribuem com o desenvolvimento
socioeconômico da localidade. Isto está de acordo
com a primeira atividade impactante: “Implanta-
4 CONCLUSÃO ção da atividade mineradora”, descrita na rede de
interação elaborada neste estudo.
A utilização das redes de interação como Nesse contexto, a empresa de mineração

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


3256 MARTIM; SANTOS

deve dar atenção especial a suas atividades no BALAZ, P.; ACHIMOVICOVÁ, M. Mechano-
sentido de minimizar aqueles impactos através do -chemical leaching in hydrometallurgy of complex
aproveitamento dos resíduos gerados ou, quando sulphides. Hydrometallurgy, n. 84, p. 60–68, 2006.
não aproveitados, o tratamento adequado para
estes resíduos, como também a manipulação e a BRAND, F. A.; DALMOLIN, C.; TRAVASSOS JR,
estocagem cuidadosa dos produtos nocivos ao meio X. L.; PACHEKOSKI, W. M. Avaliação da metodo-
ambiente. Além deste fato, devem ser tomadas logia FMEA como ferramenta para reduzir impac-
medidas preventivas durante as operações reali- tos ambientais no processo manutenção industrial.
zadas com o objetivo de evitar qualquer acidente Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecno-
ambiental. Neste caso sugere-se a manutenção logia Ambiental, v. 10, n. 10, p. 2081-2090, 2013.
de sistema de gestão ambiental (SGA) atuante,
que neste caso poderia elaborar cartilhas a serem CALLISTO, M.; GONÇALVES Jr., J. F.; MORENO,
mantidas com cada funcionário, na qual estariam P. Invertebrados aquáticos como bioindicadores.
descritas ações práticas e rápidas a serem tomadas Navegando o Rio das Velhas das Minas aos Gerais,
em caso de eventos/ocorrências impactantes ao Belo Horizonte, v. 1, p. 1-12, 2004.
meio ambiente.
Apesar de existir o setor de Gestão ambien- CIMINELLI, V.S.T. Tendências tecnológicas em
tal, não foi possível identificar adequada celeridade hidrometalurgia. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE
no que se refere às medidas tomadas com intuito de TECNOLOGIA MINERAL, 2006, Rio de Janeiro.
proteção ao meio ambiente. Dessa forma, pode-se Anais do Seminário Nacional de Tecnologia mine-
concluir que a empresa esta precisando acelerar o ral. Rio de Janeiro: CETEM, 2006.
desenvolvimento da consciência ambiental, desde
a alta administração, mudando de atitude reativa COSTA, M. V., CHAVES, P. S. V., OLIVEIRA, F. C.
para pró-ativa, e que há necessidade de criação de Uso das técnicas de avaliação de impacto ambien-
programas e projetos com retorno social e ambien- tal em estudos realizados no Ceará. In: XXVIII
tal, como forma de mitigar os impactos ambientais CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA
negativos oriundos deste tipo de atividade. COMUNICAÇÃO. 2005, Rio de Janeiro. Anais
Deve-se ressaltar que o método utilizado, do XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da
embora não forneça informações relativas à inten- Comunicação. Rio de Janeiro: INTERCOM, 2005.
sidade dos impactos, pode ser utilizado como
ferramenta de diagnóstico qualitativo para tomada CORAZZA, R.I. Gestão ambiental e mudanças da
de decisão quanto à definição de prioridades estrutura organizacional. RAE-eletrônica, v. 2, n. 2,
e ações a serem realizadas para minimizar os 2003.
impactos negativos oriundos de suas atividades.
Adicionalmente, esta ferramenta pode vir a auxiliar FARIAS, C.E.G.; COELHO, J.M. Mineração e
também a fiscalização pelos órgãos ambientais em meio ambiente no Brasil. Relatório preparado para
processos de concessão de licenças. o CGEE PNUD, 2002.

FRANCISCO, B.B.A.; LEMOS, F.A.; MASSON,


5 AGRADECIMENTOS I.O.C. Fontes alternativas para a obtenção de níquel,
cobalto e cobre. In: XIV JORNADA DE INICIA-
Os autores agradecem a FAPESB pela bolsa ÇÃO CIENTÍFICA. 2006. Anais da XIV Jornada
de iniciação científica concedida e a BioHydro- de Iniciação Científica. CETEM, 2006.
Solutions – BHS pelo auxílio no consentimento
das visitas à empresa de mineração. HAZEK, M.N.; LASHEEN, T.A.; HELAL, A.S.
Reductive leaching of manganese from low grade
Sinai ore in HCl using H2O2 as reductant. Hydro-
REFERÊNCIAS metallurgy, n. 84, p. 187–191, 2006.

HEATH, J.A.; JEFFREY, M.I.; ZHANG, H.G.;


ANDRADE, M.L.A.; CUNHA, L.M.S., GANDRA, RUMBALL, J.A. Anaerobic thiosulfate leaching:
G.T. O cobre brasileiro em ascensão no mercado Development of in situ gold leaching systems. Mine-
mundial. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 13, p. rals Engineering, n. 21, p. 424–433, 2007.
65-94, 2001.

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257


Avaliação de impactos ambientais... 3257

PIMENTEL, F.S. A educação ambiental como Ambiental, v. 9, n. 4, p. 343-349, 2004.


instrumento da conscientização ecológica pública.
2008. Disponível em: <http://www.webartigos. QUADROS, C. Avaliação ambiental simplificada
com>. Acesso em: 18 set. 2012. de diferentes atividades agrícolas, estudo de caso
no município de Paulo Lopes, SC. Florianópolis,
JERÔNIMO, C. E. M.; MOURA, T. N.; DANTAS, Santa Catarina, 2009.
G. R. Gestão ambiental em panificadoras de Mos-
soró-RN. Revista Eletrônica em Gestão, Educação SANTOS, G.V.; LIMA, R.B.; SOBRAL, L.G.S.
e Tecnologia Ambiental, v. 10, n. 10, p. 2151-2164, Lixiviação bio-assistida de concentrado de flotação
2013. de sulfetos minerais de cobre, em coluna, utilizando
consórcios de micro-organismos mesófilos e termófi-
LOEBENS, C. M.; LINK, D. Avaliando
os los. In: XVII JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍ-
impactos ambientais visuais do arroio FICA. 2009. Anais da XVII Jornada de Iniciação
monjolo, em Científica. CETEM, 2009.

Santo Cristo – RS, na perspectiva de SILVA FILHO, C. G. S; SICSÚ, A.B. Produção mais
desenvolver ações de sustentabilidade. limpa: uma ferramenta da gestão ambiental aplicada
Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecno- às empresas nacionais. In: XXIII ENCONTRO
logia Ambiental, v. 4, n. 4, p. 493-509, 2011. NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODU-
ÇÃO. 2003, Ouro Preto. Anais do XXIII Encontro
MENDES, A. F.; VIEIRA, F. Gestão ambiental na Nacional de Engenharia de Produção. Ouro Preto,
indústria de mineração no Brasil: Técnicas para Minas Gerais: ENEGEP, 2003.
minimizar potenciais impactos ambientais na extra-
ção do cobre. In: I CONGRESSO BRASILEIRO DE SILVA, G.A.; MAIA, L.C.; SILVA, F.S.B.; LIMA,
GESTÃO AMBIENTAL, 2010, Bauru. Anais do I P.C.F. Potencial de infectividade de fungos micorrízi-
Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. Bauru, cos arbusculares oriundos de área de caatinga nativa
São Paulo: IBEAS, 2010. e degradada por mineração, no estado da Bahia,
Brasil. Revista brasileira Botânica, São Paulo, v.24,
MILLER JR, G.T. Ciência Ambiental. 11. ed. São n.2, p. 135-143, 2001.
Paulo, 2007.
SILVA, J. P. S. Impactos ambientais causados por
MOURA, H.J.T.; OLIVEIR, F.C. O uso das metodo- mineração. Revista Espaço da Sophia, n.8, 2007.
logias de avaliação de impacto ambiental em estudos
realizados no Ceará. Pretexto, Belo Horizonte, v. 10, STAMM, H.R. Método para avaliação de impacto
n.4, p. 79-98,v.10, 2009. ambiental (AIA) em projetos de grande porte:
Estudo de caso de uma usina termelétrica. 2003.
NASCENTE, J.P.C.; FERREIRA, O.M. Impactos 265 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção)
sócio-ambientais provocados pelas ocupações irre- - Programa de Pós-Graduação em Engenharia de
gulares do solo urbano: Estudo de caso do lotea- Produção, Universidade Federal de Santa Catarina,
mento serra azul. Goiania, Goiás, 2007. Florianópolis, Santa Catarina, 2003.

PENG,P.; XIE, H.; LU, L. Leaching of a sphalerite TINOCO, J.E.P.; ROBLES, L.T. A contabilidade da
concentrate with H2SO4–HNO3 solutions in the pres- gestão ambiental e sua dimensão para a transparên-
ence of C2Cl4. Hydrometallurgy, n. 80, 2005. cia empresarial: estudo de caso de quatro empresas
brasileiras com atuação global. RAP, v. 6, n. 40, p.
POON, C.S.; CHEN, Z.Q.; WAI, O.W.H. The effect 1077-96, 2006.
of flow-through leaching on the diffusivity of heavy
metals instabilized/solidified wastes. Journal of VIANA, M.B. Legislação sobre licenciamento
Hazardous Materials, p. 179–192, 2000. ambiental: Histórico, controvérsias e perspectivas.
Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados. Fev.
PRADO FILHO, J.F.; SOUZA, M.P. O licencia- 2005. Disponível em: <http://bd.camara.gov.br>.
mento ambiental da mineração no quadrilátero Acesso em: 01 mai. 2012.
ferrífero de Minas Gerais – Uma análise da imple-
mentação de medidas de controle ambiental formu-
ladas em EIAs/RIMAs. Engenharia Sanitária e

REGET - v. 17 n. 17 Dez. 2013, p. 3246 - 3257

View publication stats

Você também pode gostar