Você está na página 1de 4

Ano B / Tempo Comum / Verde Ano 42 - Nº 2496 - 03/10/2021

Mês missionário S. A vós, irmãos, paz e fé da parte de Deus, o Pai,


e do Senhor Jesus Cristo.
27º DOMINGO DO TEMPO COMUM T. Bendito seja Deus, que nos reuniu no amor
de Cristo.

3. ATO PENITENCIAL
S. O Senhor disse: "Quem dentre vós estiver sem
pecado, atire a primeira pedra". Reconheçamo-
nos todos pecadores e perdoemo-nos mutuamente
do fundo do coração (pausa).

S. Senhor, que viestes, não para condenar, mas


para perdoar, tende piedade de nós.
T. Senhor, tende piedade de nós.
RITOS INICIAIS S. Cristo, que vos alegrais pelo pecador
arrependido, tende piedade de nós.
A. Caríssimos irmãos e irmãs, T. Cristo, tende piedade de nós.
com alegria e gratidão, S. Senhor, que muito perdoais a quem muito ama,
iniciemos o Mês Missionário, tende piedade de nós.
relembrando o lema de nosso T. Senhor, tende piedade de nós.
Sínodo Diocesano: “O sonho
missionário de chegar a todos”. S. Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós,
Somos convidados a sermos perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida
uma “Igreja em saída”, indo ao eterna.
encontro do outro, anunciando T. Amém.
a Boa Nova e tentando auxiliá-
lo em suas necessidades físicas 4. HINO DE LOUVOR
e espirituais. “Não é bom que 1. Glória a Deus nos altos céus! / Paz na terra a
o homem esteja só”. Portanto, seus amados! / A vós louvam, Rei celeste, / os
sejamos solidários, fraternos que foram libertados.
e fiéis, para que nossa missão Glória a Deus, glória a Deus! / Paz na terra aos
seja realizada segundo a filhos seus!
vontade do Pai. Cantemos. 2. Deus e Pai nós vos louvamos, / adoramos,
bendizemos, / damos glória ao vosso nome, /
vossos dons agradecemos.
1. CANTO DE ABERTURA 3. Senhor nosso, Jesus Cristo, / Unigênito do Pai, / Vós,
1. Venham trabalhar na minha vinha, / dilatar meu
de Deus Cordeiro Santo, / nossas culpas perdoai!
Reino entre as nações. / Convidar meu povo
4. Vós, que estais junto do Pai, / como nosso
ao banquete. / Quero habitar nos corações. intercessor, / acolhei nossos pedidos, / atendei
Unidos pela força da oração, / ungidos pelo nosso clamor!
Espírito da missão, / vamos juntos construir / 5. Vós somente sois o Santo, / o Altíssimo, o
uma Igreja em ação. Senhor, / com o Espírito Divino, / de Deus Pai
2. Venham trabalhar na minha vinha, / espalhar no esplendor!
na terra o meu amor. / Muitos não conhecem
a Boa Nova, / vivem como ovelhas sem pastor. 5. ORAÇÃO
3. Venham trabalhar na minha vinha, / com fervor S. Oremos: (pausa) Ó Deus eterno e todo-
meu nome proclamar. / Que ninguém se queixe poderoso, que nos concedeis no vosso imenso
ao fim do dia: / Ninguém me chamou a trabalhar. amor de Pai mais do que merecemos e pedimos,
derramai sobre nós a vossa misericórdia,
2. SAUDAÇÃO perdoando o que nos pesa na consciência e
S. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. dando-nos mais do que ousamos pedir. P.N.S.J.C.
T. Amém. T. Amém.
conduzir muitos filhos à glória, levasse o iniciador
LITURGIA DA PALAVRA da salvação deles à consumação, por meio de
A. A aliança que Deus nos sofrimentos. Pois tanto Jesus, o Santificador,
propõe exige fidelidade e quanto os santificados, são descendentes do
compromisso para não se mesmo ancestral; por esta razão, ele não se
partir. Sejamos como crianças, envergonha de os chamar irmãos.
de corações puros e sinceros, Palavra do Senhor.
para que possamos fazer parte T. Graças a Deus.
do Reino de Deus.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
6. PRIMEIRA LEITURA (Gn 2,18-24) Aleluia, aleluia, aleluia.
Leitura do Livro do Gênesis. Se amarmos uns aos outros, Deus em nós há de
O Senhor Deus disse: “Não é bom que o homem estar; / e o seu amor em nós se aperfeiçoará.
esteja só. Vou dar-lhe uma auxiliar semelhante a
ele”. Então o Senhor Deus formou da terra todos 10. EVANGELHO
os animais selvagens e todas as aves do céu, e (Mc 10,2-16 - forma "mais longa")
trouxe-os a Adão para ver como os chamaria; S. O Senhor esteja convosco.
todo ser vivo teria o nome que Adão lhe desse. E T. Ele está no meio de nós.
Adão deu nome a todos os animais domésticos, S. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo
e a todas as aves do céu e a todos os animais segundo Marcos.
selvagens; mas Adão não encontrou uma auxiliar T. Glória a vós, Senhor.
semelhante a ele. Então o Senhor Deus fez cair S. Naquele tempo, alguns fariseus se aproximaram
um sono profundo sobre Adão. Quando este de Jesus. Para pô-lo à prova, perguntaram se era
adormeceu, tirou-lhe uma das costelas e fechou permitido ao homem divorciar-se de sua mulher.
o lugar com carne. Depois, da costela tirada Jesus perguntou: “O que Moisés vos ordenou?”
de Adão, o Senhor Deus formou a mulher e Os fariseus responderam: “Moisés permitiu
conduziu-a a Adão. E Adão exclamou: “Desta escrever uma certidão de divórcio e despedi-
vez, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha la”. Jesus então disse: “Foi por causa da dureza
carne! Ela será chamada ‘mulher’ porque foi do vosso coração que Moisés vos escreveu este
tirada do homem”. Por isso, o homem deixará mandamento. No entanto, desde o começo da
seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles criação, Deus os fez homem e mulher. Por isso, o
serão uma só carne. homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão
Palavra do Senhor. uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma
T. Graças a Deus. só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem
não separe!” Em casa, os discípulos fizeram,
7. SALMO RESPONSORIAL (SI 127[128]) novamente, perguntas sobre o mesmo assunto.
O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua Jesus respondeu: “Quem se divorciar de sua
vida. mulher e casar com outra, cometerá adultério
• Feliz és tu se temes o Senhor / e trilhas seus contra a primeira. E se a mulher se divorciar
caminhos! / Do trabalho de tuas mãos hás de de seu marido e casar com outro, cometerá
viver, / serás feliz, tudo irá bem! adultério”. Depois disso, traziam crianças
• A tua esposa é uma videira bem fecunda / para que Jesus as tocasse. Mas os discípulos as
no coração da tua casa; / os teus filhos são repreendiam. Vendo isso, Jesus se aborreceu
rebentos de oliveira ao redor de tua mesa. e disse: “Deixai vir a mim as crianças. Não as
• Será assim abençoado todo homem / que teme proibais, porque o Reino de Deus é dos que
o Senhor. / O Senhor te abençoe de Sião, / cada são como elas. Em verdade vos digo: quem não
dia de tua vida. receber o Reino de Deus como uma criança,
• Para que vejas prosperar Jerusalém, / e os filhos não entrará nele”. Ele abraçava as crianças e as
dos teus filhos. / Ó Senhor, que venha a paz a abençoava, impondo-lhes as mãos.
Israel, / que venha a paz ao vosso povo! Palavra da Salvação.
T. Glória a vós, Senhor.
8. SEGUNDA LEITURA (Hb 2,9-11)
Leitura da Carta aos Hebreus. 11. PROFISSÃO DE FÉ
Irmãos, Jesus, a quem Deus fez pouco menor do
que os anjos, nós o vemos coroado de glória e 12. PRECES DOS IRMÃOS
honra, por ter sofrido a morte. Sim, pela graça S. Irmãos e irmãs, aqui reunidos para recordar
de Deus em favor de todos, ele provou a morte. os benefícios de nosso Deus, roguemos que ele
Convinha de fato que aquele, por quem e para inspire os nossos pedidos, para que possa atender
quem todas as coisas existem, e que desejou as nossas súplicas.
L. Para que a Igreja, em sua missão evangelizadora, S. Acolhei, ó Deus, nós vos pedimos, o sacrifício
tenha coragem, ousadia e prudência para que instituístes e, pelos mistérios que celebramos
alcançar todas as periferias, rezemos ao Senhor: em vossa honra, completai a santificação dos que
T. Senhor, atendei a nossa prece. salvastes. P.C.N.S.
L. Para que os governantes da Nação e do T. Amém.
Estado exerçam a sua missão, visando sempre
às necessidades dos mais pobres e excluídos, 15. ORAÇÃO EUCARÍSTICA VII
rezemos ao Senhor: “Sobre reconciliação, I”
T. Senhor, atendei a nossa prece. S. O Senhor esteja convosco.
L. Para que todos os missionários e missionárias T. Ele está no meio de nós.
sejam sustentados e conduzidos pela fé e não se S. Corações ao alto.
deixem amedrontar pelos desafios e obstáculos T. O nosso coração está em Deus.
em seus caminhos , rezemos ao Senhor: S. Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
T. Senhor, atendei a nossa prece. T. É nosso dever e nossa salvação.
S. Na verdade, é justo e bom agradecer-vos, Deus
(Preces da comunidade) Pai, porque constantemente nos chamais a viver
na felicidade completa. Vós, Deus de ternura e de
S. Possam agradar-vos, ó Deus, as preces de vossa bondade, nunca vos cansais de perdoar. Ofereceis
Igreja, para que recebamos por vossa misericórdia vosso perdão a todos, convidando os pecadores a
o que por nossos méritos não ousamos esperar. entregar-se confiantes à vossa misericórdia.
P.C.N.S. T. Como é grande, ó Pai, a vossa misericórdia!
T. Amém. S. Jamais nos rejeitastes quando quebramos a
vossa aliança, mas, por Jesus, vosso Filho e nosso
LITURGIA EUCARÍSTICA irmão, criastes com a família humana novo laço
de amizade, tão estreito e forte, que nada poderá
A. Toda ação missionária é romper. Concedeis agora a vosso povo tempo de
dom de Deus, que nos encoraja graça e reconciliação. Dai, pois, em Cristo, novo
a seguir com entusiasmo. alento à vossa Igreja, para que se volte para vós.
Ofertemos ao Senhor a nossa Fazei que, sempre mais dócil ao Espírito Santo,
gratidão por sermos chamados se coloque a serviço de todos.
a continuar a sua missão. T. Como é grande, ó Pai, a vossa misericórdia!
S. Cheios de admiração e reconhecimento,
13. APRESENTAÇÃO DOS DONS unimos nossa voz à voz das multidões do céu
1. Nosso Deus fez um mundo tão perfeito, / para cantar o poder de vosso amor e a alegria da
colocou em nosso peito a semente do amor. nossa salvação:
/ E, por isso, aqui somos seus convivas / e T. Santo, santo, santo,...
formamos hóstias vivas, nesta casa do Senhor. S. Ó Deus, desde a criação do mundo, fazeis o bem
Vamos preparar a Ceia, / vamos repartir o pão. / a cada um de nós para sermos santos como vós sois
Quero ver a mesa cheia / dos sinais da salvação. / Santo. Olhai vosso povo aqui reunido e derramai
Vamos preparar a Ceia, / vamos repartir o vinho. / a força do Espírito, para que estas oferendas se
Quero ver a casa cheia / de ternura e de carinho. tornem o Corpo e o Sangue do Filho muito amado,
2. Nosso Deus fez de nós uma família, / numa no qual também somos vossos filhos. Enquanto
Igreja que partilha e se oferta em oblação, / estávamos perdidos e incapazes de vos encontrar,
para que ofertemos pão e vinho, / que dão vós nos amastes de modo admirável, pois vosso
força no caminho e nos levam à doação. Filho, o Justo e Santo, entregou-se em nossas mãos
3. Nosso Deus sabe ouvir nosso clamor / e, com aceitando ser pregado na cruz.
todo sofredor, faz a nova aliança. / Também T. Como é grande, ó Pai, a vossa misericórdia!
nós o que temos partilhamos; / o que somos S. Antes, porém, de seus braços abertos traçarem entre
ofertamos, pra gerar mais esperança. o céu e a terra o sinal permanente da vossa aliança,
4. Nosso Deus chama toda a humanidade / a viver Jesus quis celebrar a páscoa com seus discípulos.
em liberdade a oferta e a paixão. / Tudo é Dele Ceando com eles, tomou o pão e pronunciou a
e nós somos seu rebanho; / nele pomos nossos bênção de ação de graças. Depois, partindo o pão,
sonhos: toda a vida e vocação. o deu a seus amigos, dizendo:
TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO,
14. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.
S. Orai, irmãos e irmãs... Ao fim da ceia, Jesus, sabendo que ia reconciliar
T. Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, todas as coisas pelo sangue a ser derramado na
para a glória do seu nome, para nosso bem e de cruz, tomou o cálice com vinho. Ele vos deu graças
toda a santa Igreja. novamente e passou o cálice a seus amigos, dizendo:
TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO 3. É comunhão com o Espírito de amor, / protagonista
MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA da evangelização. / Ele revela os segredos do
ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E Senhor / e guia a Igreja nos caminhos da missão.
POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. 4. É comunhão com a Igreja missionária, / que
FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. nos acolhe, nos convoca, nos envia. / Como
S. Eis o mistério da fé! Maria, segue sempre solidária, / alimentada
T. Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos pela santa Eucaristia.
a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! 5. É comunhão com a história do meu povo, /
S. Lembramo-nos de Jesus Cristo, nossa páscoa que sofre, chora e não cansa de esperar. / Da
e certeza da paz definitiva. Hoje celebramos sua velha terra vai nascer um mundo novo; / nesta
morte e ressurreição, esperando o dia feliz de esperança vamos juntos comungar.
sua vinda gloriosa. Por isso, vos apresentamos, ó
Deus fiel, a vítima de reconciliação que nos faz 18. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO
voltar à vossa graça. S. Oremos: (pausa) Possamos, ó Deus onipotente,
T. Esperamos, ó Cristo, vossa vinda gloriosa! saciar-nos do pão celeste e inebriar-nos do vinho
S. Olhai, com amor, Pai misericordioso, aqueles sagrado, para que sejamos transformados naquele
que atraís para vós, fazendo-os participar no que agora recebemos. P.C.N.S.
único sacrifício do Cristo. Pela força do Espírito T. Amém.
Santo, todos se tornem um só corpo bem unido,
no qual todas as divisões sejam superadas. RITOS FINAIS
T. Esperamos, ó Cristo, vossa vinda gloriosa!
S. Conservai-nos, em comunhão de fé e de amor, A. Deus seja louvado por tantos missionários
unidos ao papa Francisco e ao nosso bispo Pedro. e missionárias, que abrem mão da própria
Ajudai-nos a trabalhar juntos na construção do vida, que se doam a tantas pessoas, mesmo
vosso reino, até o dia em que, diante de vós, sem as conhecer, mas trabalham na messe do
formos santos com os vossos santos, ao lado da Senhor, para que “todos tenham vida, e vida
Virgem Maria, de São José, seu esposo, e dos em abundância”, como é da vontade do Pai.
apóstolos, com nossos irmãos e irmãs já falecidos, Que cada um de nós, que hoje participou dessa
que confiamos à vossa misericórdia. Quando Eucaristia, possa assumir a missão de batizado,
fizermos parte da nova criação, enfim libertada sendo sal da terra e luz do mundo, levando a Boa
de toda maldade e fraqueza, poderemos cantar a Nova a todas as criaturas.
ação de graças do Cristo, que vive para sempre.
T. Esperamos, ó Cristo, vossa vinda gloriosa! 19. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
S. Por Cristo, com Cristo, em Cristo...
T. Amém. 20. CANTO
1. Senhor, toma minha vida nova, / antes que a
16. RITO DA COMUNHÃO espera desgaste anos em mim. / Estou disposto
A. “Bom é o Senhor para quem confia nele, para ao que queiras. / Não importa o que seja, tu
aquele que o procura”. chamas-me a servir.
Leva-me aonde os homens necessitem de
17. CANTO DE COMUNHÃO tua palavra, / necessitem de força de viver. /
É comunhão, / é comunhão, / em Jesus Cristo por Onde falte a esperança, / onde tudo seja triste,
inteiro neste pão. / É comunhão, / é comunhão, simplesmente por não saber de ti.
/ com sua Igreja missionária em ação. 2. Te dou meu coração sincero, / para gritar sem
1. É comunhão com o Deus vivo e verdadeiro, / medo, formoso é teu amor. / Senhor, tenho alma
que dia a dia vem em nossa direção. / Com ele missionária. / Conduza-me à terra que tenha
vamos revelar ao mundo inteiro / os horizontes sede de ti.
da evangelização. 3. E assim, eu partirei cantando, / por terras
2. É comunhão com o projeto de Jesus: / a Boa-Nova anunciando tua beleza, Senhor. / Terei meus
que ele veio revelar. / E por amor aceitou morrer braços sem cansaço, / tua história em meus
na cruz, / para o seu povo oprimido resgatar. lábios e força na oração.

LITURGIA SEMANAL COMISSÃO DIOCESANA DE LITURGIA - Equipe de Redação ABC


2 feira: Jn 1,1-2,1.11; Jn 2; Lc 10,25-37.
a Litúrgico - Praça do Carmo, 36 - 09010-020 - Santo André / SP
3a feira: Jn 3,1-10; Sl 129(130); Lc 10,38-42. Responsável: Pe. Guilherme Franco Octaviano - Revisão: Mário Gurgel
- Ilustrações: Antônio de P. Luz - Diagramação: Fábio Crepaldi
4a feira: Jn 4,1-11; Sl 85(86); Lc 11,1-4. - Cantos: Setor Música - Jornalista Responsável: Fábio Sales (MTB
5a feira: At 1,12-14; Lc 1; Lc 1,26-38. 59633) - Tiragem: 80 mil - Impressão: www.aarte.com.br - Contato:
6a feira: Jl 1,13-15;21.1-2; Sl 9A(9); Lc 11,15-26. abcliturgico@diocesesa.org.br
Sábado: Jl 4,12-21; Sl 96(97); Lc 11,27-28.
28º DTC: Sb 7,7-11; Sl 89(90); Hb 4,12-13; Mc 10,17-30. www.diocesesa.org.br /DioceseDeSantoAndre

Você também pode gostar