Você está na página 1de 7

AGRUPAMENTO DE ESOLAS DO BARREIRO

ESCOLA BÁSICA D. LUÍS MENDONÇA FURTADO

Professora- Isabel Almeida

TEXTO INFORMATIVO

(É a função que cada elemento desempenha na frase simples)

I- Sujeito (responsável pela ação).

-O sujeito pode ser composto por um ou mais nomes/ ou por um

ou mais pronomes).

a) Sujeito simples- (um nome ou um pronome).

- Ex: O aluno leu o texto; Eu li o texto, Alguém leu o texto: O

António leu o texto.

b) Sujeito composto (dois ou mais nomes ou pronomes, unidos

pela conjunção e.

Ex: Eu e tu vamos a Madrid, Os alunos e os professores vão a

Londres.

c) Sujeito nulo (não tem representação gramatical na frase)


1- Sujeito nulo subentendido- (é a desinência verbal, que

indica qual é o sujeito).

Ex: Fui às compras. (eu); vamos sair. (nós); Fizeste o

almoço. (tu).

2- Sujeito nulo expletivo (o verbo não seleciona qualquer

sujeito- verbos meteorológicos; verbo haver quando é

impessoal).

Ex: Está a chover; Nevou ontem, na serra da Estrela; Há

muito barulho lá fora.

3- Sujeito nulo indeterminado (não se sabe quem praticou a

ação).

Ex: Bateram à porta; Tocaram à campainha, Dizem que vai

chover; Come-se bem, neste restaurante.

II- Vocativo- (é a pessoa; pessoas ou uma entidade, a quem o

sujeito se dirige. Está sempre separado por uma ou duas

vírgulas. Surge no início, no meio, ou no fim da frase).

Ex: André, faz o almoço; Faz o almoço, André; Já te disse,

André, para fazeres o almoço; Meu Deus, ajudai-nos; Ai flores

do pinheiro, tendes notícias do meu amigo?

III- Predicado (é composto pelos verbos, mais os complementos

que este pode selecionar).

Ex: A criança nasceu, Os animais comeram a ração; O pai

veio da Holanda, A Ana contou uma história às crianças.

IV- Complemento direto (é a ação realizada pelo verbo).

Ex: A criança bebeu o leite; A Inês viu um filme; A Inês viu-o.

V- Complemento indireto (é quem ou o quê que recebe a ação do

verbo).
Ex: A Inês ofereceu um ramo de rosas à mãe; A Inês

ofereceu-lhe um ramo de rosas; Ela telefonou ao pai; Ela

telefonou-lhe.

VI- Complemento oblíquo (é um complemento selecionado pelo

verbo, mas não se pode pronominalizar; pode distinguir-se o

complemento oblíquo, substituindo-o por: daí, disso; aí; nisso;

aqui).

Ex: O Ricardo chegou da escola (daí); Nós moramos no

Barreiro (aí/ aqui); As pessoas pensam no futuro (nisso); O

Bruno gosta de chocolate (disso).

VII- Complemento agente da passiva (só surge nas frases que

estão na voz passiva- É introduzido pela preposição por, ou

contraída: pelo, pela, pelos, pelas).

Ex: O livro foi lido pela criança; o filme foi visto pela Inês; Os

exercícios foram feitos pelos alunos.

VIII- Predicativo do sujeito (é selecionado pelos verbos

copulativos: ser; estar; parecer; permanecer; ficar; continuar;

andar (no sentido de continuar); tornar-se; revelar-se).

Ex: As crianças são inocentes e imaginativas; Ela está muito

constipada; tu pareces estrangeiro; Nós ficamos alegres e

bem dispostos contigo; O menino continua doente; A Rosário

ficou zangada contigo; Tu andas muito distraído; Ela revelou-

se uma boa amiga; A Inês tornou-se uma excelente

enfermeira.

IX- Modificadores:

1- Frase (é uma palavra ou expressão que modifica a frase,e

pode mover-se na frase).

Ex: Amanhã vamos às compras; Vamos às compras

amanhã.
2- Verbal (é uma palavra ou expressão que modifica o

sentido do verbo. Não se pode mover na frase).

Ex: A criança bebeu o leite na cozinha; Os alunos almoças

na escola; Tu viste uma série no computador.

3- Do nome apositivo (modifica o sentido do nome, surge

sempre entre vírgulas porque é considerado uma

informação que não é fundamental, para caracterizar o

nome).

Ex: O meu pai, que está reformado, veio visitar-me; O livro

de inglês, que comprei na Bertrand, rasgou-se.

4- Modificador do nome restritivo- (é composto por um ou

mais adjetivos, que são importantes para caracterizar o

nome. Nunca está separado do nome por uma vírgula).

Ex: O aluno estudioso sabe a matéria; As crianças mal

comportadas sujam o chão.

X- Predicativo do complemento direto- (há verbos que não dão

um sentido completo ao complemento direto: julgar; achar

(no sentido de considerar; considerar, nomear, eleger.

Selecionam um Predicativo do complemento direto).

Ex: O juiz considerou o réu culpado; Os alunos elegeram a

colega delegada de turma; A mãe considera-te uma menina

sensata.

XI- Complemento do adjetivo-

Este complemento classifica o adjetivo, completando o seu sentido.

Pode começar por: de, por, da, coPertence ao grupo adjetival.

Exs:

. Ela ficou feliz com a notícia.

.Os alunos estão ansiosos por iniciar as férias.


. Estou convicta da vitória do Benfica.

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO COM CORREÇÃO

I- Indica a função sintática de cada palavra ou expressão

sublinhadas.

1- Os alunos estudam regularmente.

2- Nós estudamos regularmente.

3- O Pedro estuda regularmente.

4- Meninos, arrumem as mochilas.

5- Vem cá, Maria.

6- O professor emprestou o livro ao aluno.

7- Todos os alunos fizeram o teste.

8- A mãe vive na Noruega.

9- Nós pensamos no nosso sucesso escolar.

10- Os meninos estão muito indisciplinados.

11- Nós continuamos a praticar desporto.

12- Elas tornaram-se atrizes de sucesso.

13- O bolo foi comido pela criança.

14- No domingo vou ao fórum.

15- Fizemos os TPC na biblioteca

16- O rapaz envergonhado foi para casa.

17- Este livro, que está na estante, é muito

interessante.

18- Disse-te a verdade.

19- Telefonaste à tua mãe.

II- Classifica o sujeito de cada frase.


1- Ninguém me telefonou.

2- Tocaram á porta.

3- Dizem que está muito frio.

4- Há muitas flores no jardim.

5- O Pedro e o Nuno chamaram-te.

6- Chove torrencialmente.

7- Está muito vento.

8- Come-se bem neste restaurante.

9- Está-se bem aqui.

Correção

I-

1- Sujeito simples

2- Sujeito simples

3- Sujeito simples

4- Vocativo

5- Vocativo

6- Complemento indireto

7- Complemento direto

8- Complemento oblíquo

9- Complemento oblíquo

10- Predicativo do sujeito

11- Predicativo do sujeito

12- Predicativo do sujeito

13- Complemento agente da passiva

14- Modificador de frase


15- Modificador verbal

16- Modificador restritivo do nome

17- Modificador apositivo do nome

18- Complemento indireto

19- Complemento indireto

II –

1- Sujeito simples-Ninguém

2- Sujeito nulo indeterminado

3- Sujeito nulo indeterminado

4- Sujeito nulo expletivo

5- Sujeito composto- O Pedro e o Nuno

6- Sujeito nulo expletivo

7- Sujeito nulo expletivo

8- Sujeito nulo indeterminado

9- Sujeito nulo indeterminado